"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

Prefeitura Municipal de Buriti

RESPLANDES TRANSPORTES - Viagens Diárias

RESPLANDES TRANSPORTES - Viagens Diárias

VENDE-SE UMA FAZENDA - CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

NOTA DE PESAR PELO FALECIMENTO DO BURITIENSE HÉLIO ALMEIDA

É com pesar que o CORREIO BURITIENSE comunica o falecimento de HÉLIO DA COSTA ALMEIDA, ocorrido na tarde deste sábado 31/8. Hélio Almeida, como era chamado, tinha 79 anos, era engenheiro agrônomo, filho do ex-prefeito de Buriti Raimundo Almeida e da senhora Hilda Costa Almeida, morreu, por volta de 13h25 de hoje (31), no Hospital Aldenora Belo, em São Luís. Nascido no povoado buritiense de Mocambinho, divisa com o estado do Piauí, Hélio Almeida atualmente morava na capital maranhense, tendo também residido em Rio de Janeiro (10 anos) e São Paulo (12 anos). Liderança histórica do PDT brizolista, retornou ao Estado do Maranhão para honrar o cargo de Secretário de Estado de Agricultura no Governo Ivar Saldanha, tendo também contribuído como coordenador da SAGRIMA no governo de João Castelo. Pai de 2 filhos, Juliana e Helinho, frutos do primeiro casamento, vivia um relacionamento estável de 12 anos com Janete Rodrigues, segunda esposa. Partiu também deixando dois netos.
O corpo está sendo velado na funerária Pax União, no Centro de São Luís. A cremação será realizada nesse domingo 1º/9, pela manhã, às 9 horas.
Este editor do Correio Buritiense lamenta profundamente a partida de Hélio Almeida, um amigo com quem tive a satisfação de desfrutar da companhia generosa e que trazia a memória repleta de casos e boas histórias de grandes personagens da vida política e social de Buriti e do Brasil. Um homem de coração imenso e com grandes serviços prestados ao Maranhão.

Um comentário: Leave Your Comments

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ofensas pessoais, mensagens preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, ou ainda acusações levianas não serão aceitas. O objetivo do painel de comentários é promover o debate mais livre possível, respeitando o mínimo de bom senso e civilidade. O Redator-Chefe deste CORREIO poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.