"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

Investigação da Polícia Civil, conduzida pelo delegado de Buriti, fecha o cerco contra dupla que aterrorizava a região com práticas delituosas


A Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Delegacia de Buriti/MA, concluiu na semana passada uma investigação sobre uma dupla que estava aterrorizando a região com vários assaltos.
A dupla formada por MARCUS VINÍCIUS SOARES DE OLIVEIRA (18 anos) e o menor S.G.S. (15 anos) foram capturados pela Polícia Militar durante uma abordagem na cidade de Duque Bacelar/MA. Na ocasião, eles conduziam uma motocicleta, portavam uma arma de fogo e estavam com dois aparelhos celulares. Ao serem apresentados na Delegacia de Coelho, verificou-se que a motocicleta conduzida acabara de ser roubada em Buriti. Por conta disso, os dois foram trazidos para a cidade de Buriti, local onde foi flagranteado o maior e adotada as providências previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) para o menor.
A partir de então se deflagrou uma investigação pela Polícia Civil que culminou com as seguintes descobertas:
1- O revólver, calibre .32, numeração 624281, marca Taurus encontrado com a dupla possui restrição de ROUBO/FURTO, ou seja, traziam consigo uma arma de fogo, sem a devida autorização, oriundo de um crime antecedente (Roubo ou Furto). Já a motocicleta conduzida por eles, foi roubada de uma mulher na Rua da Bandeira, Buriti/MA, ocasião em que essa vítima foi ferida. A motocicleta foi devolvida a sua proprietária;
2- Os aparelhos celulares encontrados com a dupla foram roubados em um assalto a um Posto de Combustível na cidade de Anapurus/MA, ocasião em que levaram mais de R$ 700,00 em espécie. Os celulares foram entregues aos donos, já o dinheiro não foi recuperado;
3- A dupla também efetuou um roubo a uma Farmácia na cidade de Anapurus/MA, ocasião em que foi levado mais de R$ 4.000,00 em dinheiro, ainda não recuperados; e 
4- O maior Marcus Vinícius Soares de Oliveira também foi identificado como sendo um dos indivíduos que roubaram uma motocicleta Honda Pop 100, cor vermelha, fato ocorrido no dia 08 de fevereiro deste ano, por volta das 12h20, na MA-034, ladeira do Tubi, próximo à Casa Clube, em Buriti. Esse veículo foi tomado de duas mulheres durante seu deslocamento para a zona rural do município. Essa motocicleta ainda não foi recuperada.
A Polícia Civil solicita a comunidade buritiense que caso reconheça Marcus Vinícius Soares de Oliveira como responsável pela prática de outros crimes em nossa região que procurem a Delegacia da cidade para denunciá-lo.

Santa Quitéria perde para Imperatriz que assume agora a liderança no Maranhense

Cavalo de Aço chega aos 10 pontos, enquanto a Raposa, que tem no ataque o atleta buritiense Rômulo Veras, segue na lanterna do Estadual com apenas dois pontos.
Atacante Rômulo, natural de Buriti, fala da dificuldade em vencer o adversário.
Na noite do último sábado 24, o Imperatriz venceu o Santa Quitéria por 3 a 1, no Frei Epifânio. No primeiro tempo, Adauto e Gabriel marcaram para o Cavalo de Aço e Renato, com um gol contra, garantiu o triunfo dos donos da casa no Frei Epifânio, enquanto Rodrigo descontou no minuto final do jogo.
Com a vitória, o Imperatriz assume a liderança provisória, com 10 pontos, enquanto o Santa Quitéria segue na lanterna, com apenas dois pontos. A Raposa, que tem no ataque o atleta buritiense Rômulo Veras, volta a campo na quinta-feira 1º, quando encara o Moto, no Castelão, enquanto o Cavalo de Aço joga contra o MAC no próximo sábado.
Entrevista com atacante Rômulo
O Imperatriz começou a partida mantendo a bola no ataque na maior parte do jogo. Daniel Barros teve a primeira grande oportunidade, quando acertou o travessão após aproveitar uma sobra de bola.
Aos 35 minutos, Adauto colocou o Imperatriz na frente depois de aproveitar o cruzamento de Renan. Ainda no primeiro tempo, Gabriel aproveitou uma nova sobra de bola e ampliou o marcador para o Cavalo de Aço.
No segundo tempo, o Imperatriz seguiu com as melhores chances. Yerien teve boa oportunidade, mas mandou pela linha de fundo. Adautou voltou a levar perigo e o goleiro do Santa Quitéria fez a defesa.
A Raposa conseguiu assustar com um chute de longe de Rodrigo, mas Renan impediu o gol. O Imperatriz chegou com perigo em duas oportunidades com Junior Chicão, que parou no goleiro. Aos 44 minutos, Yerien aproveitou para finalizar e Renato tentou desviar, mas marcou contra, ampliando para o Imperatriz. A Raposa ainda teve tempo para descontar, com Rodrigo acertando um belo chute de longe no último lance do jogo.
Por GloboEsporte.com, Imperatriz

DESEMBARQUE DO NINHO TUCANO: PRB oficializa filiação do vice-governador Carlos Brandão no MA; 27 dos 30 prefeitos do PSDB no estado já confirmaram que seguirão o mesmo caminho

Solenidade de filiação aconteceu no Rio Poty Hotel, em São Luís, e reuniu lideranças de vários municípios do estado, incluindo de Buriti (MA).
PRB chancelou a filiação do vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão, neste sábado (24). A ficha foi abonada pelo presidente nacional em exercício do PRB, senador Eduardo Lopes (RJ), e pelo presidente estadual do PRB Maranhão, deputado federal Cleber Verde. A Executiva estadual preparou uma grande festa para recepcionar o novo republicano no Rio Poty Hotel, em São Luís. Com o slogan: “A União que Fortalece o Maranhão“, o evento reuniu mais de mil pessoas, além de lideranças políticas, deputados, prefeitos, vice-prefeitos e vereadores de vários municípios e da capital maranhense.
Carlos Brandão desembarcou do PSDB no final do ano passado. Seu ingresso no PRB consolida o projeto político para as eleições de 2018 e ratifica a força republicana no Maranhão, tanto que 27 prefeitos já confirmaram a entrada na sigla. “Quero dizer que a partir de hoje eu sou um republicano, sou 10, com a mesma energia que comecei na política. Não vim aqui para ser protagonista ou figurante, estou sim, para ser um soldado do PRB para ajudar a construir um grande partido no nosso estado do Maranhão”, afirmou Brandão em seu pronunciamento.
O novo republicano enalteceu a forma como o PRB vem crescendo de norte a sul do Brasil. Também revelou que foi bem acolhido quando foi convidado por Cleber Verde para vestir a camisa 10. “O deputado  Cleber Verde me chamou para tomar um cafezinho no partido, eu confesso que fui muito modestamente e fui recebido com mais de 100 pessoas me abraçando e eu digo que estou no caminho certo”, disse. “Deixo meu agradecimento especial à todos os partidos que me convidaram para filiar. Mas esse momento era importante e a minha decisão de filiar ao PRB, um partido que já tem 14 prefeitos e mais 30 prefeitos que estão comigo, não sei se vão vir todos, mas a grande maioria, pelo menos 27, já me afirmaram que vão seguir comigo. Viva o PRB, viva o 10″, completou o vice-governador.
Cleber Verde afirmou que a legenda está vibrando com o ingresso do vice-governador. “Estamos recebendo o vice-governador Carlos Brandão que tem um histórico de muita luta e trabalho em favor do Maranhão”, apontou Verde ao acrescentar que o mais novo republicano recebeu total apoio da sigla, que já tem sua marca consolidada de trabalho e dedicação ao social. “Vamos consolidar ainda mais a nossa atuação pelo desenvolvimento do Maranhão e o vice-governador vai contribuir com esse projeto”, disse.
Em seu pronunciamento, Eduardo Lopes exaltou o poder de liderança de Carlos Brandão no estado. “Um evento tão prestigiado como esse, o vemos aqui é o reconhecimento não apenas de amigos, mas de lideranças de todo o estado, e isso mostra a força da liderança de Carlos Brandão. O que vemos aqui no Maranhão é a união de um governador com um vice, em que os dois atuam de forma firme e forte para trazer as mudanças que o estado precisa. Aquele que trabalha com dignidade merece de fato o reconhecimento do povo”, apontou o senador.
Para Júnior Verde, deputado estadual pelo PRB no Maranhão, a filiação reforça que a sigla estará ainda mais responsável pelo desenvolvimento do estado. “Integro um partido que cresce nacionalmente com responsabilidade e no Maranhão não é diferente. Estamos mais responsáveis, pois temos a oportunidade de estar ao lado do governador fazendo a boa gestão comprometida em prol do povo maranhense”, acrescentou.
O prefeito de Sítio Novo, João Piquiá, também deu boas-vindas ao vice-governador. “O PRB está crescendo a cada dia que passa, e precisamos do apoio de todos. Vice-governador Carlos Brandão já caminhamos juntos em outras ocasiões e estamos aqui de braços abertos e vamos somar pelo desenvolvimento do nosso estado”, afirmou.
O presidente nacional do PRB, Marcos Pereira, não pôde participar devido a outras agendas de cunho partidário, mas deixou uma mensagem de boas-vindas ao novo republicano. “A filiação de Carlos Brandão é uma nobre e expressiva aquisição para o PRB. Inclusive, participei da articulação e conversas para que a filiação do vice-governador se concretizasse. Seja bem-vindo”, disse Pereira.
De Buriti, participou do ato o ex-vereador e presidente da Câmara Municipal, César Costa, presidente do PSDB, que confirmou também sua migração para o PRB. A vereadora tucana Andrea Costa e outras personalidades políticas do município, como Adílio Gomes, liderança jovem, ex-conselheiro tutelar e atualmente coordenadora regional da Acectma (Associação de Conselheiros e Ex-Conselheiros Tutelares do Estado do Maranhão), sinalizaram que devem migrar para os republicanos.
Vice-prefeito Brandão com ex-vereador César Costa.
QUEM É CARLOS BRANDÃO
Carlos Brandão, 59 anos, nasceu em Colinas (MA), e é formado em Medicina Veterinária pela Universidade Estadual do Maranhão (Uema).
Iniciou sua vida pública nos anos 90, como assessor especial da Secretaria de Estado da Agricultura. Nesse período, assumiu também o cargo de secretário adjunto de Estado de Meio Ambiente e a chefia de gabinete do vice-governador, seguidos da função
de secretário de Estado de Articulação Política e de secretário chefe do gabinete do governador. Sua atuação de destaque em cargos públicos o promoveu a chefe da Casa Civil do Governo do Estado do Maranhão, em 2002.
Em 2006, Carlos Brandão disputou sua primeira eleição para o cargo de deputado federal, sendo eleito com quase 135 mil votos. Nas eleições de 2010 foi reeleito. Em 2014, foi eleito vice-governador do Estado do Maranhão na chapa encabeçada por Flávio Dino, cargo que ocupa atualmente.
Durante os seus dois mandatos como deputado, foi um dos poucos parlamentares maranhenses a liderar o ‘Ranking do Progresso’ – pesquisa promovida pela revista Veja – alcançando sempre posições de destaque.
(Texto e fotos: Agência PRB Nacional)

Governo anuncia recomposição salarial para professores da rede estadual


O governador Flávio Dino concedeu, nesta terça-feira (27), recomposição salarial a todos os integrantes do Subgrupo Magistério da Educação Básica do Maranhão e professores contratados. A medida, que vai na contramão da maioria dos estados brasileiros, que até o momento não concederam qualquer percentual à categoria, terá impacto anual de R$ 115 milhões na folha de pagamento do Estado.
A recomposição no percentual de 6,81% concedida aos professores da Rede Pública Estadual será paga sobre o vencimento em duas parcelas, sendo 2,71%, implantada no mês de março, e, a segunda, de 3,99% em junho.
Após a implantação integral da recomposição, um professor em início de carreira com 40 horas de jornada semanal terá remuneração de R$ 5.750,83. Já o docente em início de carreira, com 20 horas semanais receberá o equivalente a R$ 2.875,41.
Aos professores contratados, o Governo do Estado fará a recomposição salarial equiparando os vencimentos ao valor estabelecido pelo Piso Nacional em 2018, retroativo ao mês de janeiro.
“Nós governamos em uma conjuntura muito hostil, em todos os sentidos. Temos feito um esforço grande para manter nossas obrigações e ampliar investimentos públicos, principalmente na educação. Essa é uma conquista importante e histórica para a categoria, que reflete em melhorias na área”, destacou Flávio Dino.
Além do aumento na remuneração dos professores, o governador Flávio Dino já concretizou inúmeras ações e benefícios, que representam muito mais do que o cumprimento de direitos, mas, principalmente, conquistas históricas para os professores.
Entre elas, concurso público para 1.500 professores com carga horária de 40h pela primeira vez na história, incluindo 230 vagas para profissionais da Educação Especial e realizará um novo concurso previsto na lei orçamentária para 2018, com oferta, pela primeira vez, de vagas para educação indígena, educação no campo e quilombola.
O governo também avançou na concessão das gratificações nunca antes implantadas, como as de dedicação exclusiva para a educação integral e de educação inclusiva, para os docentes da rede estadual, além do reajuste da gratificação para gestores escolares.
Também realizou de forma inédita no estado concursos internos para ampliação de jornada e unificação de matrículas, beneficiando 1.200 professores em 2017 e mais 1.200 em 2018.
Nos últimos 3 anos, realizou o maior número de estímulos profissionais em igual período de tempo da história: mais de 22 mil progressões, promoções, titulações.
O presidente do  Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma), Raimundo Oliveira, destacou que reconhece o esforço do governo, mesmo diante da crise econômica que assola o país, a categoria obtém inúmeras conquistas.
“E uma proposta aceitável, porque atende dois pontos que é a recomposição sobre o vencimento e o valor integral do percentual. Estamos saindo com um ponto atendido. O Maranhão está saindo na frente com essa recomposição. Isso é fruto do diálogo  com o governo do Maranhão que antes não tínhamos”, destacou.
(Da Ascom/Seduc)

Prefeitura de Buriti (MA) realiza a partir dessa terça-feira (27) a II Conferência Municipal de Educação


O Fórum Municipal de Educação com o apoio da Prefeitura de Buriti (MA) e da Secretaria Municipal de Educação realizará a II Conferência Municipal de Educação – COMED com a temática “A Consolidação do Sistema Nacional de Educação (SNE) e o Plano Nacional de Educação (PNE): monitoramento, avaliação e proposição de políticas para a garantia do direito à educação de qualidade social, pública, gratuita e laica”.
A conferência será realizada no Centro de Apoio Pedagógico – CAP e na Unidade Escolar Inácia Vaz, nos dias 27 e 28 de fevereiro, tendo por objetivo primar pela participação de toda comunidade.
CONFIRA ABAIXO A ÍNTEGRA DA PROGRAMAÇÃO
DATA: 27/02/2018:
Turno Matutino - Centro de Apoio Pedagógico
7h00min: Credenciamento/Inscrição
8h30min: Solenidade de Abertura
9h20min: Apresentação Cultural
10h00min: Lanche
10h30min: Leitura e Aprovação do Regimento
10h50: Palestra Magna Tema: Desafios Impostos à Consolidação do Plano Municipal de Educação e do Sistema Nacional de Educação
12h00min: Intervalo para o Almoço
Turno Vespertino - Unidade Integrada Inácia Vaz
14h00 min: Plenárias de Eixos – 1º Tempo
15h3omin: Intervalo
15h50: Plenárias de Eixos – 2º Tempo
 17h30 min: Encerramento
DATA: 28/02/2018:
Turno Matutino - Centro de Apoio Pedagógico
8h00min: Credenciamento e Café
8h30min: Plenária Final
10h30min: Eleição dos Delegados
11h00: Solenidade de Encerramento

Blog é condenado por divulgação de pesquisa eleitoral falsa


TEM 72h PARA RETIRAR POSTAGEM. MULTA SERÁ DE R$ 5 MIL POR DIA

A Justiça Federal determinou a retirada de postagem do blog “Pensa Amapá”. O blog é acusado de divulgar pesquisa eleitoral fraudulenta. A decisão liminar (provisória) foi emitida pelo MPF (Ministério Público Federal), por meio da PRE (Procuradoria Regional Eleitoral).
Os responsáveis pela página têm até 72 horas para tirar a postagem da internet. A decisão é de 6ª feira, dia 23/2, portanto, o texto deve ser removido até esta 2ª feira 26/2. Caso a decisão não seja cumprida, a pena será de multa de R$ 5 mil por dia de descumprimento.
Até a publicação desta reportagem o texto ainda não tinha sido removido:
Para a PRE, a divulgação da pesquisa fraudulenta tem o intuito de manipular e influenciar os eleitores, podendo também comprometer a legitimidade das eleições. O blog cita o Inpsom (Instituto de Pesquisas Sociais e de opinião de Mercado) como o autor da pesquisa, porém, o instituto não existe.
De acordo com a Lei das Eleições, empresas e entidades são obrigadas a registrar pesquisas de opinião pública no TRE (Tribunal Regional Federal) a partir de 1 de janeiro do ano eleitoral, mas o blog entrou no ar em 31 de dezembro de 2017. Para o TRE, o blog ser veiculado um dia antes, foi justamente para evitar os rigores da legislação.
Do site PODER360


Norte e Nordeste passam a receber nesta segunda alerta de desastres naturais


Os estados das regiões Norte e Nordeste passam a contar a partir de amanhã (26) com o serviço do sistema de alerta de desastres naturais via mensagens de texto (SMS). Com isso, o sistema, que tem por objetivo prevenir e orientar as pessoas quanto aos procedimentos que devem ser adotados diante do risco de inundações, alagamentos, temporais ou deslizamentos de terra, entre outras ocorrências, passará a cobrir todo o Brasil.
A implantação ficou a cargo da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), em parceria com a Defesa Civil e com o apoio das empresas de telecomunicações.
A previsão inicial era que o serviço começasse a funcionar nessas regiões a partir do dia 19 de março. Contudo, no dia 15, o Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (SindiTelebrasil) informou que a entrada em funcionamento do sistema de alerta de desastres naturais via SMS em estados das Regiões Norte e Nordeste foi antecipada para esta segunda-feira.
O sistema envia o alerta por mensagens de texto para os celulares em caso de iminência de desastres naturais. O envio das mensagens ficará a cargo do Cenad (Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres) e Defesa Civil dos estados e municípios. A partir do próximo ano, a implantação deverá ocorrer gradualmente para outros estados.
A mensagem de texto que a população receberá da Defesa Civil será: “Defesa Civil informa: novo serviço de envio de SMS gratuito de alertas de riscos de desastres. Para se cadastrar responda para 40199 com CEP de interesse”.
Qualquer pessoa que estiver em uma das localidades atendidas pode se cadastrar, mesmo não tendo recebido a mensagem e não sendo morador da região, desde que informe um CEP do local atendido.
Ao fim do cadastro, o usuário receberá uma mensagem que vai informar que o celular está apto a receber alertas e recomendações de Defesa Civil. Também será possível cancelar o serviço por mensagem de celular.
Sistema
O sistema de envio de SMS para alerta de desastres começou a ser utilizado no Japão a partir de 2007. Atualmente, ele também funciona em mais de 20 países.
No dia 19 deste mês, o serviço foi ativado no Distrito Federal, Mato Grosso e Tocantins. O projeto-piloto foi colocado em prática em fevereiro do ano passado. Inicialmente o sistema foi ativado em 20 municípios de Santa Catarina, onde moram cerca de 500 mil habitantes.
Essas cidades foram escolhidas por conta de eventos meteorológicos com potencial de acidentes, entre eles, ressacas, vendavais, alagamentos, enxurradas e granizo.

(Da Agência Brasil)

Delegado chefe de investigações criminais é exonerado após ser flagrado próximo a sítio onde havia contrabando de armas


“Essa organização criminosa será neutralizada pela raiz”, AFIRMOU JEFFERSON PORTELA SOBRE OPERAÇÃO QUE DESMONTOU ESQUEMA MILIONÁRIO DE CONTRABANDO NO MARANHÃO.
O superintendente estadual de investigações criminais, Tiago Bardal, foi exonerado do cargo por ter sido encontrado em um local que era alvo de crimes e investigado pela Polícia Militar.
Tiago Bardal era superintendente e membro da alta cúpula da segurança pública no Estado. Ele disse que ainda não prestou depoimento, não sabia da operação e que trabalhou o dia todo na superintendência nessa quinta-feira (22).
A informação foi dada pelo secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, na tarde dessa quinta-feira 22. De acordo com Portela, na madrugada desta quarta-feira (21) a Polícia Militar estava realizando uma operação na região do Quebra Pote, em São Luís.
No caminho, Tiago Bardal foi encontrado em um carro com outro homem, que seria o seu advogado. Ao ser questionado, o superintendente afirmou que estava vindo de uma festa, mas depois mudou a versão falando que procurava um sítio para compra.
O secretário também afirmou que policiais seguiram até um porto privado, localizado em um sítio da região do Quebra Pote. No caminho encontraram uma patrulha de militares dentro de um carro, que foram abordados e presos.
O comandante de área na região onde ocorreu a operação, coronel Edivaldo Mesquita, confirmou que os presos faziam parte da Polícia Militar, sendo um major, dois sargentos e um soldado. Outras sete pessoas também foram presas por suspeitas de integrarem um grupo criminoso com atuação na Região Metropolitana de São Luís. Armas, bebidas alcoólicas e cigarros também foram apreendidas.
No sítio, descobriu-se um esquema criminoso formado pelo major da Polícia Militar que já figurava em ações de inteligência. Ele articulava outros PMs para cobertura armada através de milícia para organização criminosa. Outro homem encontrado no sítio era o agenciador das atividades no sítio, segundo a SSP.
Tiago Bardal informou que ainda não prestou depoimento, não sabia da operação e que trabalhou o dia todo na superintendência nessa quinta-feira (22).
ENTENDA MAIS O CASO
De acordo o Secretário Portela, a zona rural de São Luís já era alvo de investigações sobre possíveis esquemas criminosos por se tratar de uma região estratégica. Foi nesse sentido, que durante uma operação da Polícia Militar realizada na noite da última quarta-feira (21) na comunidade Arraial, bairro do Quebra Pote, em São Luís, a guarnição abordou um veículo onde estava o delegado Thiago Bardal na companhia de um outro homem que seria seu advogado. Após revistas no veículo e nada encontrado, o delegado informou que estava vindo de uma festa, mas segundo a guarnição, depois mudou a versão, afirmando que procurava uma propriedade para compra. Posteriormente a dupla foi liberada.
Dando continuidade aos trabalhos, a guarnição seguiu até uma região chamada de Porto, mas foi justamente a caminho que a PM encontrou uma patrulha de militares dentro de um veículo descaraterizado, sendo estes abordados e presos. Após uma apuração, foi revelada a localização uma propriedade particular (sítio).
Já no local a polícia descobriu um megaesquema criminoso de contrabando de armas, munições, drogas, cigarros e bebidas alcoólicas. Ainda de acordo com secretário Jefferson Portela, os PMs presos eram responsáveis pela cobertura armada, o que configura um esquema de milícia. Foram presos o major Luciano Fábio Farias Rangel, o soldado Fernando Paiva Moraes Júnior, o 2º sargento Joaquim Pereira de Carvalho Filho, o ex-vice prefeito de São Mateus Rogério Sousa Garcia (responsável pelos trâmites do aluguel do sítio), José Carlos Gonçalves, Éder Carvalho Pereira, Edimilson Silva Macedo e Rodrigo Santana Mendes, estes últimos ficavam a frente do transporte do contrabando.
Durante a coletiva o secretário Jefferson Portela informou que pela proporção do crime, estimasse que o esquema deva ter movimentado quase 2 milhões de reais em contrabandos e que esse lucro servia de fonte para manter a organização criminosa. Portela que acompanhou de perto a operação afirmou: “Estamos diante da segunda maior organização criminosa dos últimos 20 anos com atuação no Maranhão”, ele ainda destacou que a operação continuará em andamento, autos de flagrantes estão sendo executados, depoimentos estão levantados e perícias criminais estão sendo concluídas para serem inseridas nos inquéritos coordenados pela Superintendência Estadual de Combate à Corrupção (SECCOR).
Resposta da SSP-MA
O Secretário de Segurança Pública do Maranhão anunciou a exoneração do delegado Thiago Bardal da chefia da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC) por ato administrativo e quebra de confiança do sistema de segurança. O gestor da pasta da segurança não descartou a participação de mais servidores públicos no esquema criminoso, mas enfatizou em dizer: “Essa organização criminosa será neutralizada pela raiz”.

(Do G1MA, Ascom)

Em operação de combate a corrupção, Polícia apreende grande arsenal e prende quatro PMs no Maranhão


Segundo a polícia, um major, dois sargentos e um soldado faziam parte de um grupo que estaria transportando e fazendo segurança de mercadorias, drogas, armas e munições contrabandeadas.
Armas e munições apreendidas pela Polícia Militar durante operação realizada no bairro Quebra Pote, em São Luís (Foto: Divulgação/Polícia Militar)
A Polícia Militar (PM-MA) anunciou, nesta quinta-feira (22), que a operação que prendeu quatro policiais militares no bairro Quebra Pote, zona rural de São Luís, também resultou em grande número de armas e munições apreendidas. O objetivo era capturar pessoas que estariam transportando e fazendo segurança de mercadoria contrabandeada, drogas, armas e munições.
Segundo o Tenente-Coronel Wellington Araújo, por volta das 23h da quarta-feira (21) foi encontrada uma caminhonete com quatro homens. Na abordagem, três pistolas pertencentes à PM-MA foram achadas com eles, que foram presos.
O comandante de área na região onde ocorreu a operação, coronel Edivaldo Mesquita, disse que os presos faziam parte da Polícia Militar, sendo um major, dois sargentos e um soldado. Dentro do veículo foram encontrados:
277 munições para diversos tipos de armas
18 carregadores de armas
6 Pistolas
1 Revólver
2 Rifles
2 Granadas
2 Placas de veículos de São Luís MA
1 Alicate
1 Chave de boca
2 Coldres
1 Porta Tonfa
1 Bandoleira
1 Cinto de guarnição com coldre e faca
1 Binóculos Night Visio
2 Coletes Balísticos
5 Celulares
1 Canivete
1 Mochila
1 Bolsa
1 Saco com abraçadeiras de nylon
R$ 1.156,00 em espécie
1 Veículo sem placas e com chave
Veículo onde um grande número de armas e munições foram encontradas pela Polícia (Foto: Divulgação/Polícia Militar)
Os quatro militares foram apresentados na Superintendência de Combate à Corrupção (Seccor), no bairro do São Francisco, em São Luís.
(Por G1 MA)

Um terço da população brasileira não utiliza a internet, diz IBGE

Cerca de 65,3 milhões de pessoas com 10 anos ou mais de idade não utilizaram a internet em 2016 (35,3% do total); segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 37,8% desses dizem não saber usar, 37,6% alegaram falta de interesse e outros 14,3% consideram o serviço caro. De acordo com o levantamento, o percentual de lares conectados foi estimado em 69,3% naquele ano. Ou seja, mais de 30% das residências não tinham o serviço. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua 2016: acesso à Internet e à televisão e posse de telefone móvel celular para uso pessoal (Pnad Contínua - TIC 2016).
Cerca de 69,3% dos domicílios do País (48,1 milhões) tinham acesso à internet em 2016, por conta da ampliação do acesso à rede via telefone celular. Em 77,3% das residências conectadas havia o uso da banda larga móvel (3G ou 4G), superando o da banda larga fixa (71,4%). O computador foi o único meio de acesso à internet em apenas 2,3% dos domicílios, mesmo presente em 57,8% deles.
O total de conectados somou cerca de 116 milhões de brasileiros, o que equivale a 64,7% da população com 10 anos ou mais de idade. Segundo Azeredo, os brasileiros estão usando a internet como uma forma de comunicação mais barata e alternativa às tradicionais ligações telefônicas. Entre as pessoas com acesso à Internet em 2016, 94,2% usaram aplicativos e redes sociais para troca de mensagens de texto, voz ou imagens. A segunda finalidade mais citada foi assistir a vídeos, programas, séries e filmes (76,4%), conversar por chamada de voz ou vídeo (73,3%) e enviar ou receber e-mail (69,3%).
Em todo o País, 138 milhões de brasileiros tinham telefone móvel celular para uso pessoal em 2016. Apesar do avanço em relação a anos anteriores, cerca de 22,9% das pessoas com 10 anos ou mais de idade ainda não tinham celular: 25,9% consideravam o aparelho caro; 22,1% alegaram falta interesse; 20,6% usavam o celular de outra pessoa; e 19,6% não sabiam usar.
A maior quantidade de famílias desconectadas foi estimada no Nordeste, onde não havia acesso à rede em quase 8 milhões de casas. Na região, o percentual de domicílios com internet era de apenas 56,6%, mais de dez pontos percentuais abaixo da média nacional
Um quarto dos estudantes da rede pública não acessavam a Internet
Dos 37,2 milhões de estudantes com 10 anos ou mais, 81,2% utilizaram a Internet. Esse resultado cai para 60,4% entre aqueles que não eram estudantes. Na rede pública, 75,0% dos estudantes acessaram a Internet, em contraste com 97,4% dos alunos da rede privada.
A utilização da Internet aumentou de acordo com o nível de instrução das pessoas com 10 anos ou mais, alcançando o máximo no superior incompleto: sem instrução (11,2%), fundamental incompleto (43,6%), superior incompleto (97,1%) e superior completo (95,7%).
Celular era o meio de acesso à Internet mais usado nos domicílios
O equipamento mais usado para acessar à Internet no domicílio foi o celular (97,2%), presente em 46,7 milhões de domicílios, sendo o único meio utilizado para esse fim em 38,6% das residências com acesso. O computador ficou em segundo lugar e foi o único meio de acesso em apenas 2,3% das residências com Internet, embora presente em mais da metade (57,8%) desses domicílios. Enquanto isso, o tablet ficou na terceira posição (17,8%), seguido pela televisão (11,7%) e outros equipamentos (1,3%).
Nas grandes regiões, o uso do celular para acessar à Internet variou de 95,8% (Sul) a 98,8% (Norte) dos domicílios com acesso à Rede. Entre os domicílios com Internet, o uso do computador para acessar à Rede variou de 34,4% (Norte) a 66,5% (Sul). Em relação ao tablet, esse indicador variou de 10,5% (Norte) a 19,9% (Sudeste), enquanto para a televisão ele ficou de 4,8% (Norte) a 14,4% (Sul).
O recorte do tipo de conexão reforça esse quadro. O uso de banda larga móvel já ultrapassa a internet fixa no país. Em 2016, 77,3% da conexão era feita por internet móvel, contra 71,4% por banda larga fixa. Na Região Norte, mais da metade (50,9%) se conecta utilizando exclusivamente o 3G e 4G. Em edições anteriores da pequisa, a banda larga fixa ainda era preferência. Enquanto isso, a internet discada está praticamente extinta, presente em apenas 0,6% dos domicílios, ou 276 mil casas em todo o país.
(Brasil 247)


Presidente assina decreto de intervenção federal na segurança pública do estado do Rio de Janeiro; é a 1ª vez que isso ocorre desde a Constituição de 1988; leia íntegra do decreto

Michel Temer assinou na sexta-feira 16, no Palácio do Planalto, o decreto de intervenção federal na segurança pública no Estado do Rio de Janeiro. A decisão ainda terá que passar pelo Congresso Nacional.
Em discurso na solenidade, Temer comparou o crime organizado que atua no Rio de Janeiro a uma metástase e que, por isso, o governo federal tomou a decisão de intervir no estado.
"O crime organizado quase tomou conta do estado do Rio de Janeiro. É uma metástase que se espalha pelo país e ameaça a tranquilidade do nosso povo. Por isso acabamos de decretar neste momento a intervenção federal da área da segurança pública do Rio de Janeiro", completou Temer.
Temer afirmou que o momento pedia uma medida "extrema". "Tomo esta medida extrema porque as circunstâncias assim exigem. O governo dará respostas duras, firmes e adotará todas as providências necessárias para enfrentar e derrotar o crime organizado e as quadrilhas", disse.
Com a medida, o comando das forças de segurança pública do Rio de Janeiro ficará a cargo do Exército. Entre os participantes da reunião está o comandante militar do Leste, general WALTER SOUZA BRAGA NETTO, convocado às pressas pelo comandante do Exército, general Eduardo Dias da Costa Villas Bôas.
Na noite de quinta-feira 15, Temer recebeu Pezão no Palácio do Jaburu, além de ministros das áreas de política e de segurança e os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Eunício Oliveira. Na reunião, que durou quase cinco horas, foi discutida a intervenção na segurança pública do Rio de Janeiro e a criação do Ministério da Segurança Pública.
Este decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) assinado pelo presidente Michel Temer, com o objetivo na segurança pública do Rio de Janeiro, é o primeira na história do Brasil desde a criação da Constituição Federal de 1988.
Justificado pelo Artigo 34, III, que afirma que "A União não intervirá nos Estados nem no Distrito Federal, exceto para: I - manter a integridade nacional; II - repelir invasão estrangeira ou de uma unidade da Federação em outra; III - pôr termo a grave comprometimento da ordem pública", o decreto chancela ao Governo Federal, com a entrada das Forças Armadas, uma atribuição que pertence aos governos estaduais.
Embora o interventor nomeado pela Presidência da República, general Walter Souza Braga Netto, tenha dito mais cedo que a situação do Rio de Janeiro se deve mais a "muita mídia", por conta do noticiário a respeito da violência no estado,  a advogada Giselle Farinhas esclarece que a intervenção é medida de último caso, "excepcionalíssima".
"A intervenção é medida constitucional excepcionalíssima que deve ser invocada como última alternativa. Desde a criação do instituto jurídico, na vigência da Constituição de 1988, é a primeira vez que esta será decretada sendo, portanto, de significativa importância histórica para a democracia do nosso país", afirma a advogada.
O decreto também deve ser analisado no Senado Federal. Para ser válido, ele precisa da autorização da maioria simples dos parlamentares presentes nos dois plenários. De acordo com a Constituição Federal, o decreto de intervenção deve ser analisado pelo Congresso Nacional depois de 24 horas de sua publicação. A Constituição determina ainda que, na vigência de intervenção federal, de estado de defesa ou de estado de sítio, não poderá haver apreciação de emendas constitucionais.

Leia abaixo a íntegra do decreto de intervenção federal no Rio na área de segurança:

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, caput, inciso X, da Constituição,
DECRETA:
Art. 1º  Fica decretada intervenção federal no Estado do Rio de Janeiro até 31 de dezembro de 2018.
§ 1º  A intervenção de que trata o caput se limita à área de segurança pública, conforme o disposto no Capítulo III do Título V da Constituição e no Título V da Constituição do Estado do Rio de Janeiro.
§ 2º  O objetivo da intervenção é pôr termo a grave comprometimento da ordem pública no Estado do Rio de Janeiro.
Art. 2º  Fica nomeado para o cargo de Interventor o General de Exército Walter Souza Braga Netto.
Parágrafo único. O cargo de Interventor é de natureza militar.
Art. 3º  As atribuições do Interventor são aquelas previstas no art. 145 da Constituição do Estado do Rio de Janeiro necessárias às ações de segurança pública, previstas no Título V da Constituição do Estado do Rio de Janeiro.
§ 1º  O Interventor fica subordinado ao Presidente da República e não está sujeito às normas estaduais que conflitarem com as medidas necessárias à execução da intervenção.
§ 2º  O Interventor poderá requisitar, se necessário, os recursos financeiros, tecnológicos, estruturais e humanos do Estado do Rio de Janeiro afetos ao objeto e necessários à consecução do objetivo da intervenção.
§ 3º O Interventor poderá requisitar a quaisquer órgãos, civis e militares, da administração pública federal, os meios necessários para consecução do objetivo da intervenção.
§ 4º  As atribuições previstas no art. 145 da Constituição do Estado do Rio de Janeiro que não tiverem relação direta ou indireta com a segurança pública permanecerão sob a titularidade do Governador do Estado do Rio de Janeiro.
§ 5º  O Interventor, no âmbito do Estado do Rio de Janeiro, exercerá o controle operacional de todos os órgãos estaduais de segurança pública previstos no art. 144 da Constituição e no Título V da Constituição do Estado do Rio de Janeiro.
Art. 4º  Poderão ser requisitados, durante o período da intervenção, os bens, serviços e servidores afetos às áreas da Secretaria de Estado de Segurança do Estado do Rio de Janeiro, da Secretaria de Administração Penitenciária do Estado do Rio de Janeiro e do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro, para emprego nas ações de segurança pública determinadas pelo Interventor.
Art. 5º  Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

 (Do JB, Revista Fórum e Agencia Brasil)

Postagens populares

Postagens mais visitadas

Seguidores

CORREIO TV