"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

Na tarde da quinta-feira 6, a programação do 80° Aniversário de emancipação política da cidade Buriti-MA seguiu com a final do Campeonato Municipal de Futebol, modalidade masculina, disputada entre o BAHIA DA MATINHA e a equipe do BOM JESUS. O campeonato envolveu 56 times, entre masculino e feminino, a maior quantidade já vista numa disputa desse nível realizada na cidade, o que incluiu uma premiação de quase 25 mil reais. O campeonato recebeu o nome de COPA BENEDITO MACHADO, em homenagem ao ex-prefeito que construiu o “Machadão”, Estádio Municipal Elza Magaldi Machado.

A emoção foi intenção para a decisão do terceiro lugar, e o grande campeão da Copa. A disputa de terceiro lugar se deu entre as equipes: Palmeiras do Carranca, que acabou conquistando o 3º colocado, e São Paulo do Bacuri.  
Já a grande final foi disputada entre as equipes Bahia da Matinha x Bom Jesus. O jogo foi recheado de grandes emoções e polêmicas com a arbitragem. O time do povoado Matinha mostrou-se mais eficiente e venceu a final por 3 a 2, sagrando-se assim CAMPEÃO do Campeonato Municipal de Futebol 2018.
Após a entrega das medalhas e troféus para os atletas que disputaram as finais e semifinais vieram os discursos das autoridades presentes.
O prefeito Naldo Batista (PCdoB), em breve discurso, aproveitou a ocasião e fez a entrega, nas mãos do secretário de saúde Rogério Viana, da chave de mais uma nova ambulância para município de Buriti. Destacou o papel do secretário de esporte Toinho Francês e do seu adjunto Zé Ernandes no resgate do futebol buritiense. Veja abaixo a íntegra da sua fala:
O secretário adjunto de esporte Zé Ernandes destacou que a edição deste ano do campeonato revelou o retorno do futebol de anos atrás. Assista abaixo:
O secretário Toinho Francês agradeceu apoio do prefeito Naldo e respondeu às críticas, veja abaixo:
O chefe de Gabinete, Dr. Júnior, agradeceu a homenagem do campeonato em nome do ex-prefeito Zé Vilar e de Patrícia Machado que não puderam comparecer. Veja abaixo:

MAIS IMAGENS 


























Delegada de Aliança, Maria de Lourdes Andrade, está à frente do caso — Foto: Reprodução/Google Street View

Um homem foi preso em flagrante depois de ter assassinado um vizinho com golpes de enxada e facão, na Zona rural de Aliança, na Zona da Mata Norte de Pernambuco. Segundo a polícia, ele confessou o crime e detalhou como esquartejou, decapitou e queimou partes do corpo.
“O autor do crime disse que matou porque a vítima queria manter relações sexuais com ele”, afirmou a delegada de Aliança, Maria de Lourdes Andrade. Quando foi preso, o homem ainda estava sujo de sangue, de acordo com a policial.
O assassinato ocorreu no fim da noite de quarta-feira 5, em Vila Lindaura, na localidade de Chã do Esconso. A prisão aconteceu horas depois, na manhã de quinta (6), na casa de Ítalo Araújo dos Santos, o homem que confessou o crime.
“Na delegacia, ele contou com detalhes como foi o assassinato, ocorrido durante uma bebedeira, na frente da casa da vítima. Em 18 anos de polícia, nunca vi um caso assim”, declarou a delegada.
Maria de Lourdes contou que tudo começou quando Ítalo bebia cachaça com Rafael Leopoldino da Silva, de idade não informada. “O rapaz disse que a vítima começou a fazer gracinhas e disse que queria fazer sexo com ele. Então ele disse que 'era homem' e pegou a enxada e o facão”, relatou a policial.
A delegada disse, ainda, que no primeiro momento Ítalo atingiu Rafael com o instrumento usado na agricultura e cortou a cabeça do vizinho. Depois, pegou o facão e retirou os braços e os pés. Em seguida, juntou mato e botou fogo nas partes do corpo.
Na sequência, relatou a delegada, o autor confesso do crime colocou a cabeça de Rafael em um saco e levou até a casa de outro vizinho. Ele bateu na porta e acordou o homem.
“Quando a pessoa perguntou o que estava acontecendo, Ítalo mostrou o saco com a cabeça e disse que havia matado o homem. O vizinho mandou ele correr”, declarou a policial.
Pouco antes da prisão, na manhã de quinta 6, policiais militares e civis chegaram à vila onde ocorreu o crime e encontraram os restos mortais. “Ainda tinha coisa pegando fogo”, disse a delegada.
Ao fazer rondas na área, os policias chegaram até a casa do vizinho que tinha sido acordado por Ítalo e visto o saco com a cabeça de Rafael. “Essa pessoa contou tudo e a gente foi até a casa do autor do crime. Até a maçaneta da porta estava suja de sangue”, contou Maria de Lourdes.
A delegada informou também que Ítalo comentou que mantinha um relacionamento com uma mulher de 72 anos e que já tinha sido responsável por outros três assassinatos em Camaragibe, no Grande Recife.
Ítalo também teria envolvimento em assaltos e tráfico de drogas no Grande Recife, segundo a polícia. "Ele disse que tinha decidido morar em Aliança para fugir do Grande Recife", afirmou a delegada.
De acordo com a polícia, Ítalo deveria ser encaminhado na manhã desta sexta (7) para a audiência de custódia, no Fórum de Nazaré da Mata, também na na Zona da Mata Norte.
 Do G1/PE

Ele é apontado como um dos líderes de uma organização criminosa que remetia munições de uso restrito a morros cariocas, especialmente para o Comando Vermelho.
Um sargento do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal que estava cedido ao Gabinete de Segurança Institucional (GSI), dando expediente na Presidência da República, foi preso na quarta-feira 5 pela Operação Fogo Amigo, da Polícia Civil de Brasília, que investiga um esquema de desvio de munições da Polícia Militar local e do Comando do Exército para facções do Rio de Janeiro . O GSI informou que o militar Marcelo Rodrigues Gonçalves foi remetido ao seu órgão de origem hoje, após o caso.
Parte superior do formulário
Parte inferior do formulário
Ele é apontado como um dos líderes de uma organização criminosa que remetia munições para fuzil, de uso restrito, a morros cariocas, especialmente para o Comando Vermelho. Na casa de Gonçalves, os policiais encontraram munições de calibre 5,56 mm e 9 mm e granadas de luz e som. Os investigadores recolheram também caixas vazias de projéteis com registro dos lotes. Essa informação será cruzada com dados de munições apreendidas no Rio de Janeiro.
O GSI informou em nota que, no curso das investigações da Polícia Civil de Brasília, "não foram encontradas munições desviadas deste Gabinete". Destacou ainda que o bombeiro militar "não apresentou qualquer indício que pudesse colocar os seus atos sob suspeita, dentro ou fora das atividades profissionais" durante o período em que ficou no GSI. O órgão ressaltou que "não admite desvios de conduta de qualquer natureza" dos servidores.
O bombeiro militar manteve 382 chamadas telefônicas com outro investigado, apontado no inquérito como um dos intermediários das negociações, no período de 3 de janeiro a 19 de agosto de 2018. É uma média de três ligações a cada dois dias.
Para saber mais sobre essa operação CLIQUE AQUI.




Buriti amanheceu nesta quinta-feira, 6 de dezembro, em festa pelos seus 80 anos de emancipação política que se deu em 1938, após um longo processo de colonização da região iniciado no século XVII e que resultou em povoação local, constituição da freguesia de Sant’Ana, formação do município, status de vila e, por fim, a elevação à categoria de cidade.
Para esta comemoração a Prefeitura Municipal preparou um dia de festa com hasteamento das bandeiras ao som da Banda Fanfarra Elza Magaldi Machado e o corte do bolo feito pela Rosa Branca e Pata-Pata, especialmente para esta data. Mais cedo ainda teve a Missa em Ação de Graças e queima de fogos.
Na sua fala, o Prefeito Naldo Batista destacou ações positivas da sua gestão, como pagamento em dia dos funcionários e as obras que vem realizando por todo município. “Prefeito bom é aquele que trabalha com pouco ou com muito”, disse Naldo Batista em referência a sua gestão. Agradeceu a todos os apoiadores do governo e anunciou as obras das ladeiras que dão acesso ao bairro Alto da Moderação.
Íntegra do Discurso do prefeito Naldo
Hasteamento da Bandeira
Parabéns a Buriti e corte do bolo
APRESENTAÇÃO DA BANDA FANFARRA







Veja imagens do corte do bolo















Também pela manhã de hoje (6), ocorreu a disputa pelo título da final do Campeonato Municipal 2018, denominada também Copa Benedito Machado, na modalidade feminino. O time do Belém venceu por 1 a 0 as meninas da Laranjeira e consagrou-se a grande campeão de 2018. Na disputa pelo terceiro colocado, a tradicional equipe do Cruzeiro venceu o time BB Anjo.
Jogadoras do Belém comemora o título com sua torcida
ABAIXO FOTOS DO JOGO ENTRE BELÉM E LARANJEIRA

























Postagens populares

Postagens mais visitadas

Seguidores

CORREIO TV