!-- PLUGIN BARRA DE COOKIES -->
ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

A Secretaria Municipal de Saúde (Semus) divulgou nesta sexta-feira 3/12 a atualização dos dados referentes à Covid-19 em Buriti (MA). De acordo com o informe epidemiológico nº 295, 13 novos casos ativos foram confirmados no município nas últimas 24h.

Assim, o panorama atual dos casos de Covid-19 em Buriti está da seguinte forma:

São 1.466 CASOS CONFIRMADOS para Covid-19 em residentes de Buriti, sendo 107 ATIVOS e 22 ÓBITOS por Covid-19.  Três pacientes estão internados em clínica e os demais, em tratamento domiciliar. Há ainda 48 casos suspeitos.

Desde o início da pandemia, em 11 de março de 2020, já são 4.381 notificações sobre a covid-19, 1.337 pacientes recuperados, e outros 2.867 casos descartados.

CONFIRA O BOLETIM DE HOJE:

 

 

PEDRO DA CONCEIÇÃO, conhecido e tratado pelos que o conheciam pela alcunha de PEDRO BODÍM, era um buritiense trabalhador braçal, que desenvolvia as suas atividades no Engenho de Cana de Açúcar e no capinzal do senhor Miguel Barbosa, na Rua do Curral, hoje Rua da Bandeira, quando eu era um garoto na minha Buriti querida.  Seu Miguel Barbosa, pai do dentista prático Eliezer, de Edson, de Guido e da bela Dagmar era amigo do meu Pai e do meu avô Pio Passos.

Eu, o meu irmão Wilson e os meus primos que morávamos e estudávamos na cidade, éramos amigos do Edson e do Guido, que tinham idades próximas da maioria. Também laborávamos na busca de capim, num cercado arrendado pelo meu avô, situado na Rua João Roberto, cujo cercado era fronteiriço com o do seu Miguel Barbosa, onde Pedro Bodim diariamente era visto trabalhando. Ele era meio gago e por esse motivo, a meninada gostava de brincar imitando - o, a cujas provocações ele sempre reagia mais gago ainda.

Chegávamos no nosso cercado, nos escondíamos e começávamos a gritar, de vários pontos: ÊH PPPDDDUU HÓDDIIM, HÊÚ HÉRU O HÊU HÁPÍM CCÊU SONSON, SÔN - ÍM! Sem entender bem o que falávamos ele esbravejava:  CCC, CCÊUZ DIDI, DIDI, DIDIÁBUS DUDDU DUDÚZ INFEÉ, INFEFÉRNU, HEHÊU CUNCUN - ÊÇUÇUÇU VOVÔ, VOVÔ ÇCÇÊIZ.

Para nós era simplesmente impagável aquela gozação, até que num dia nublado e tarde fria, resolvemos dar um susto no Pedro Bodim, ao vê-lo passar tocando três jumentos rumo a Olaria para buscar tijolos. Os maiores, mais velhos e mais SAFADOS, combinaram me Enterrar na areia debaixo de um juazeiro frondoso, por onde todos passavam obrigatoriamente, e Pedro Bodim não escaparia.

Enterraram-me até o pescoço e me treinaram para esperar a passagem da nossa vítima. Eu tinha de esperar os jumentos carregados de tijolos se aproximarem então começar a gritar desesperado, chorando e dizer que uns Homens haviam tomado o meu dinheiro e me deixaram nu, para eu não poder voltar para casa. Foi um excelente teste para ator, que eu logrei êxito, segundo os meus diretores de produção teatral.

Tudo pronto, apareceu o Pedro Bodim e sua tropa de jumentos, que ao chegarem perto de mim e ouvirem os meus gritos e choro desesperado, assustados, correram e derrubaram as cargas.
Desesperado, meu Salvador correu até à sepultura e começou o interrogatório: MIMI, MIMI, NIN, NINI NUUU   QEEN QUEN QUEEN FÉFÊ FFEEEZ III IIÇUU?

Antes de eu começar a entregar os Malfeitores, eles apareceram gritando: te enganamos Pedro Bodiiim, te enganamos seu pamonhaaa! E antes que ELE pudesse reagir, todos começaram a juntar os jumentos e os tijolos derramados, repondo as cargas.

Pedro Bodim, recuperado do susto, começou a rir e rindo, os meus primos disseram: fala cantando, que dá certooo, e o milagre aconteceu, Pedro Bodim consegui dizer cantando e rindo   VOCCCÊS SÃÃO ÚUNS CACHOOORRUS, e seguiu o seu caminho, balançando a cabeça e rindo satisfeito.

Daquele dia em diante, nunca mais apoquentamos o nosso Amigo Pedro Bodim, que a cada encontro conosco sinalizava com as mãos e sorria lembrando da nossa brincadeira de crianças peraltas, como diziam os nossos pais e os nossos avós.

Meu caro PEDRO BODIM, meu inesquecível amigo. Onde quer que VOCÊ esteja eu sei que está bem, porque VOCÊ foi bondoso no seu CAMINHAR Terreno e por sua grandeza em generosidade, eu o HOMENAGEIO com o Título Simbólico de PEDRO DA CONCEIÇÃO, UM GAGO VALOROSO da História de Buriti e da minha INFÂNCIA.


SOBRE O AUTOR

É buritiense, ardoroso amante da sua terra, deu seus primeiros passos no velho Grupo Escolar Antônia Faria, cursou o Ginásio Industrial na Escola Técnica Federal do Maranhão e Científico no Liceu piauiense e no Liceu maranhense, bacharelou-se em Direito pela Faculdade de Direito/UFMA, é advogado inscrito na OAB/MA, ativo, Pós-graduado em Direito Civil, Direito Penal e Curso de Formação de Magistrado pela Escola de Magistrados do Maranhão, Delegado de Polícia Civil, Classe Especial, aposentado, exerceu todos os cargos de comando da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, incluindo o de Secretário. Detesta injustiça de qualquer natureza, principalmente contra os pobres e oprimidos, com trabalho realizado em favor destes, inclusive na Comarca de Buriti.

(Da ASCOM/Câmara)

Os servidores públicos da Câmara Municipal de Buriti (MA), receberam, na última terça-feira, 30 de novembro, a segunda parcela do 13º salário.

Na Câmara prevalece com um trabalho bem-feito e uma gestão organizada conseguindo com sua equipe trabalhar dentro da margem orçamentária, sempre valorizando os servidores e primando pela melhor prestação de serviços.

Na tarde de ontem, quarta-feira 1º, a Guarda Civil Municipal (GCM) saiu em diligência para atender uma ocorrência no povoado Pirinan, em Buriti, e, quando chegou no local, os agentes da GCM avistaram umas peças de moto jogada dentro de um bueiro, um chassi de moto e três tanque de motos.  Próximo ao local, eles avistaram, ainda, uma residência que serviria como desmanche de motos, encontraram várias peças de moto e uma moto Biz que, após consulta de procedência, constataram existir restrição de roubo.

Todo material foi recolhido e levado para Delegacia de Polícia Civil (DPC) de Buriti para tomada das medidas legais cabíveis.

  MATERIAL APREENDIDO

   04 canos de motos

   01 moto biz

   01 banco de moto

   01 paralama dianteiro

   01 lateral de moto

   01 chassi

   01 roda de liga leve

   03 tanques de motos



A escalada de alta nos casos de covid-19, em Buriti/MA, volta a assustar autoridades e população. O INFORME Epidemiológico nº 294/2021, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde – Semus, às 19h, nesta quinta-feira 2/12, registra um aumento de 19 casos nas últimas 24h.  Subiu de 75 casos ativos ontem para 94 hoje. Além disso, o número de suspeitos aumentou para 55 neste mesmo intervalo (antes era 34). Em isolamento domiciliar estão 92 pessoas, e duas, internadas em clínica, nenhuma em UTI.

Desde o início da pandemia, em 11 de março de 2020, já são 4.348 notificações sobre a covid-19, com um total de 1.452 casos confirmados, sendo 1.336 recuperados e 22 óbitos. Outros 2.841 casos foram descartados.

Boletim do QUINTA-FEIRA 2/12


Boletim de ontem, QUARTA-FEIRA 1º

Na última sexta-feira (26), o Banco Central (BC) publicou uma resolução no Diário Oficial da União que altera o regulamento do Pix. O sistema de pagamentos instantâneos passa a incluir as modalidades de saque e troco em seu funcionamento, opções que estarão disponíveis a partir de segunda-feira (29).

Segundo o próprio BC, as duas novas opções do Pix são opcionais e devem ser implementadas por estabelecimentos comerciais, empresas de redes de autoatendimento e instituições financeiras. Porém, a resolução deixa claro que as modalidades não incorrerão tarifas extras para pessoas físicas em até oito transações mensais.

Pix Saque

Como o nome sugere, a modalidade permite que os clientes realizem o resgate de dinheiro de suas contas a partir de qualquer instituição participante do sistema de pagamento. Isso inclui redes de caixas eletrônicos e até estabelecimentos comerciais credenciados.

No caso de lojas, o cliente precisará fazer um Pix para o agente comercial em uma dinâmica muito parecida a um pagamento convencional. Na sequência, a partir da leitura de um QR Code, poderá receber o dinheiro como um saque do serviço.

Pix Troco

Na modalidade de troco, o funcionamento é praticamente o mesmo. A única diferença é que nessa opção o saque de recursos em papel-moeda pode ser feito no momento do pagamento de uma compra no estabelecimento. Portanto, o Pix é contado no valor total (compra + saque).

Limite e vantagens

De acordo com o BC, o limite máximo para as transações de Pix Troco e Pix Saque será de R$ 500 durante o dia. No período noturno (entre 20h e 6h), esse valor cai para R$ 100. Entretanto, as instituições que vão ofertar o serviço podem optar por definir limites menores, caso considerem mais seguro para os clientes.

O BC afirma que a chegada das novas modalidades oferece mais opções para o cidadão que quer ter acesso a dinheiro físico, já que poderá sacar de diferentes estabelecimentos, como padaria e mercado. No caso das lojas, o serviço diminuirá os custos que estão relacionados aos depósitos de valores e segurança, além de servir como um atrativo para os consumidores que precisam do saque.

 Há ainda 70 casos ativos e 22 suspeitos de contraírem a doença

INFORME EPIDEMIOLÓGICO nº 290, desse domingo 18/11, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde – Semus somente, registra mais uma morte por covid-19 em Buriti/MA. Agora o total de óbitos pela doença do novo coronavírus chega a 2 (vinte e dois), o que representa 1,56% dos casos positivo. Não foi especificado nenhum detalhe sobre o óbito pela Semus no boletim.  O CORREIO apurou que se trata de uma senhora que estava internada em UTI do Hospital Regional de Caxias. Foram contabilizados ainda 70(setenta) casos positivos ativos e mais 22 suspeitos de contraírem a doença.  Três pacientes estão internados em clínica.

Desde o início da pandemia, em 11 de março de 2020, já são 4.188 notificações sobre a covid-19, com um total de 1.413 casos confirmados, sendo 1.321 recuperados e 22 óbitos. Outros 2.753 casos foram descartados.

BOLETIM DO DOMINGO 28/11

O gestor ainda chegou a ser socorrido e levado para o Hospital Regional de Luzilândia, onde foi entubado, mas não resistiu aos ferimentos.

O prefeito da cidade de Madeiro (260km de Teresina), José de Ribamar Araújo Filho, mais conhecido como 'Zé Filho' do Progressistas, morreu após ser atingido com cerca de três disparos no final da tarde deste domingo 28/11, em um campo de futebol da cidade.

Prefeito de Madeiro, município do interior do Piauí, foi morto ao chegar em campo de futebol - Foto: Divulgação

Em entrevista ao meionorte.com, o sargento Gomes da Polícia Militar de Madeiro, informou que recebeu o comunicado da morte do prefeito através de Cleudes Cordeiro, da Secretaria Municipal de Saúde. O gestor ainda chegou a ser socorrido e levado para o Hospital Regional de Luzilândia, onde foi entubado, mas não resistiu aos ferimentos. Ele foi atingido na cabeça, no peito e no ombro.

O PM declarou que Zé Filho foi atingido quando estava chegando no campo de futebol onde acontecia a partida entre os times ‘Entre Morros e Atlético’, por volta de 17h30. “Estávamos no campo de futebol, saímos e fomos chamados imediatamente para retornarmos ao local para socorrermos o prefeito. Nós estamos agora tomando providências na busca de identificar e prender o responsável pelo assassinato que fugiu do local", disse.

(Portal Meio Norte)

O INFORME Epidemiológico nº 288/2021, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde – Semus, às 19h, de ontem 26/11, confirma o avanço dos casos ativos da doença em Buriti-MA. Na quinta-feira 25/11, havia 59 casos ativos registrados e, em 24h, o número saltou para 70 nessa sexta 26/11.  A maior parte dos doentes, 68, estão em isolamento domiciliar; uma pessoa está internada em clínica e outra em UTI. O boletim traz ainda 22 casos suspeitos de terem contraído a doença do novo coronavírus.

Desde o início da pandemia, em 11 de março de 2020, já são 4.187 notificações sobre a covid-19, com um total de 1.412 casos confirmados, sendo 1.321 recuperados e 21 óbitos. Outros 2.753 casos foram descartados.

Boletim do SEXTA-FEIRA 26/11


Boletim de QUINTA-FEIRA 25/11


Boletim nº 280 de 18/NOV/2021

 

José Miguel Divino, um rapaz de 17 anos na época, filho do meu amigo CHIQUETA, morador no Povoado Laranjeiras e muito conhecido nos povoados Espingarda, Areia, Engenho Velho, Capão, Carranca e outros adjacentes, era metido a Esperto, como diziam os que o conheciam. Sendo o filho homem mais velho, era sempre a companhia do seu Pai nas pescarias realizadas no nosso belo Rio Preto e Lagoas da região, muitas vezes no horário noturno, munidos de cofos de palha da palmeira ou de pindoba do babaçu, de facão e de faca.

Quase sempre conseguiam encher seus vasilhames artesanais e retornavam para casa nas madrugadas e ainda antes do amanhecer já havia, com ajuda dos outros filhos e da mulher, tratado de todos os peixes trazido para alimentação da família. Também ocorria não serem bem-sucedidos na pescaria, isto é, pegavam poucos peixes e pequenos.

Uma certa noite, depois de muito lançarem a tarrafa na água, perceberam não ser a noite do pescador, mas do peixe, como costuma acontecer com o caçador. Então o astucioso ZEBUTUTU lembrou ao seu pai, que a Lagoa na propriedade do senhor Manduca, no Povoado Engenho Velho, bem preservada deveria estar cheia de peixes graúdos e com umas duas ou três tarrafeadas poderiam salvar a noite de pescaria.  

Meu amigo CHIQUETA aprovou a ideia e em seguida rumaram para a Lagoa sugerida. No primeiro lance, ou na primeira tarrafeada, a ALEGRIA dos dois, a tarrafa voltou cheia de peixes grandes e de vários tipos, Curimatás, Piaus, Mandis, Lopes, Lubaranas, uma maravilha. Empolgados relançaram a tarrafa por mais duas vezes e o resultado se repetiu e incontidos, queriam muito mais. Era muito peixe e muito fácil a captura deles.

Naquele momento, quando ZEBUTUTU arremessou a tarrafa, apareceu um Clarão no meio da Lagoa vindo de uma lamparina a querosene, iluminação da época, de dentro de uma Cabaça, que eles atordoados, viam uma Cabeça humana cheia de fogo. Apavoraram - se os dois por um segundo, no entanto ZEBUTUTU tentou acalmar o pai, dizendo: meu PAIZÍM, NÚM TÉM-A MÊDU NÄN-U, QUÍ ÉR ÚM-A ÁUMA, MARRÊU RÔU IZAUTÁ ÉLA, e começou o seu ritual: QUÉÉÉM ÉR QUIPÓDI MÁIZ DI QUI DÊÉÉUS? Vindo da direção da Cabeça luminosa, na verdade da Cabaça, ouviram uma voz a responder: um LADRÃO SAFADO que vem roubar os peixes de uma Lagoa alheia, seu Cretino, e em seguida um tiro de espingarda bate bucha iluminou mais perto deles.

Começaram a correr os dois, com o Cofo e a tarrafa cheios de peixes, no entanto esqueceram as Pracatas - alpercatas de couro cru, que ficaram na beira da Lagoa. A alma que quase foi Exaltada eram o Senhor Manduca, proprietário da Terra e da Lagoa e o seu filho Santinho, conhecido como SANTIM DO MANDUCA, que no dia seguinte mandaram deixar as Pracatas dos dois exímios pescadores em sua casa.

Esta história real e muito engraçada, tomou conta das conversas nos terreiros da minha LARANJEIRAS AMADA, e se transformou em brincadeira de roda e Folclore da nossa região, que os dois pescadores absorveram como um ato heroico, dizendo que só praticaram aquele Emprestimozinho, para punir seu Manduca por ele ser muito SOVINA.

Meu caro conterrâneo ZEBUTUTU, JOSÉ MIGUEL DIVINO, Por VOCÊ morar na minha memória e na memória de todos os nossos conterrâneos da nossa região e fazer parte da História da nossa Buriti querida,  eu o Distingo com orgulho, com o Título Simbólico de O MAIOR EXALTADOR DE ALMA LARANJEIRENSE!

SOBRE O AUTOR

É buritiense, ardoroso amante da sua terra, deu seus primeiros passos no velho Grupo Escolar Antônia Faria, cursou o Ginásio Industrial na Escola Técnica Federal do Maranhão e Científico no Liceu piauiense e no Liceu maranhense, bacharelou-se em Direito pela Faculdade de Direito/UFMA, é advogado inscrito na OAB/MA, ativo, Pós-graduado em Direito Civil, Direito Penal e Curso de Formação de Magistrado pela Escola de Magistrados do Maranhão, Delegado de Polícia Civil, Classe Especial, aposentado, exerceu todos os cargos de comando da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, incluindo o de Secretário. Detesta injustiça de qualquer natureza, principalmente contra os pobres e oprimidos, com trabalho realizado em favor destes, inclusive na Comarca de Buriti.

É com grande pesar que comunicamos o falecimento, por falência múltipla dos órgãos, do senhor FRANCISCO DAS CHAGAS BARBOSA, conhecido por CHAGAS SAPATEIRO, aos 87 anos de idade, ocorrido nesse sábado 20/11 no Hospital Complexo Regional Gentil Filho, em Caxias/MA.

Em Buriti-MA, exerceu a profissão de sapateiro por 60 anos, inclusive produziu muitas chuteiras. Viúvo de Maria Raimunda de Sousa Barbosa, teve 10 filhos e 25 netos.

O Velório ocorre na residência de sua filha Profa Nilma, na Avenida Condoca machado, em frente ao DPM, centro de Buriti-MA. O Sepultamento será no Cemitério Municipal São José, às 17h.

 CONDOLÊNCIAS DO BLOG

Este Correio Buritiense presta solidariedade aos amigos e familiares do Senhor Chagas Sapateiro, desejando-lhes paz, conforto, coragem e muito amor neste momento de tristeza. Nosso pensamento está com todos vocês e da mesma forma a total disponibilidade deste redator. Tenham muita força! Quem partiu foi muito amado e para sempre será lembrado pelos que ficaram e por ele sentirão eternas saudades.

 

Um morador do povoado Mocambinho, em Buriti-MA, denunciou, no último quinta-feira, dia 18 de novembro de 2021, que uma máquina da prefeitura da cidade estava realizando a extração de areia do leito do Rio Parnaíba, que passa naquele povoado, zona rural município. Ele aponta ilegalidade na exploração realizada, crimes ambientais, como desmatamento na área que fica a menos de 10 metros das margens do Rio e extração ilegal de areia. Indignado, ele filmou tudo e alegou que as máquinas públicas estavam retirando areia do local conhecido como Porto da Ducarmo, do Rio Parnaíba, para beneficiar um parque de vaquejada, no povoado Boa Vista, que seria ligado ao Prefeito de Buriti/MA.

Confira abaixo os vídeos da denúncia:



DANOS AMBIENTAIS - A retirada ilegal de areia pode resultar na erosão acelerada e na compactação do solo, que, somadas, podem dar origem a um processo de desertificação, com alterações inclusive no microclima da região.

De acordo com o artigo  da Lei 8.176/91 e o do artigo 55 da Lei 9.605/98, a extração ilegal de areia pode configurar dois tipos diferentes de crimes: No primeiro caso (lei que define os crimes contra a ordem econômica), trata-se do crime de usurpação, produzir bens ou explorar matéria-prima pertencentes à União, sem autorização legal ou em desacordo com as obrigações impostas pelo título autorizativo, e a pena prevista é de um a cinco anos de detenção. Já a Lei de crimes ambientais prevê pena de seis meses a um ano, além de multa, para quem extrair recursos minerais sem a devida autorização ou licença.

A areia é um recurso mineral pertencente à União e sua extração geralmente ocorre em locais próximos a fundo de vales e dos rios, coincidindo muitas vezes com as matas ciliares, consideradas áreas de preservação permanente (APP). Cabe à União, mediante autorizações, conceder a terceiros o direito de minerar, com a previsão expressa das medidas compensatórias dos danos causados ao meio ambiente.

O CORREIO BURITIENSE entrou em contato com o delegado da cidade, Josemar Rocha, para ouvir quais providências estavam sendo tomadas. Ele informou que os elementos probatórios estavam sendo coletados para encaminhar à Polícia Federal, já que se trata de crime federal, sendo, portanto, objeto de investigação da PF e processado na Justiça Federal.

 O OUTRO LADO

O CORREIO BURITIENSE contatou a assessoria jurídica do município para esclarecimentos dos fatos narrados na denúncia, mas ainda não obteve resposta.

Também não foi possível contato com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente até o fechamento desta notícia.

 

Na Terra dos humanos, como dizia a minha Amada Mãe Laudelino Pessoa Passos, existem pessoas que somente por existirem já nos fazem muito bem. Assim foi Allaine Carter, buritiense conhecida de toda a nossa Gente, acreditando eu, não estar cometendo nenhum exagero.

 Ela foi uma Fonte de Sorrisos que espargia a mais pura e sincera ALEGRIA DE VIVER que brotava dos seus lábios e da sua ALMA como se fossem uma chuva suave de bênçãos a fazer florescer em nós um dia sempre inundado de esperanças. Eu nunca tive um contato pessoal com ela, todavia mesmo pela virtualidade, era como se fôssemos amigos desde CRIANÇAS embora a diferença de idade entre nós, que as nossas postagens, curtidas e comentários por um milagre tecnológico, resolvia esta distância.

A Vida e o Tempo harmonicamente seguiam seus cursos, porque é assim que caminham e diariamente eu e os amigos de Allaine nos deliciávamos com o seu Sorriso e com a sua Linda Imagem de Menina Mulher.

Inesperadamente, para a sua Família, para seus amigos e amigas, uma torrente de preocupação nos surpreendeu com a notícia da sua enfermidade e consequente hospitalização para tratamento, que nos colocou numa corrente de orações pedindo ao nosso PAI SANTO que a curasse e não nos privasse da sua companhia, debalde espera, pois no plano de DEUS, ela havia sido escolhida para alegrar o Jardim Celestial.

Inconsolável, juntei-me aos prantos dos meus amigos Alex, Aliandro, da família dela, dos seus amigos e de suas amigas, naquele instante através de uma cruzada de Fé cristã, pedindo conformação para todos NÓS, na certeza de que ALLAINE estava bem, noutro orbe mais perfeito, onde inexiste dores ou sofrimentos. Enquanto chorávamos, o firmamento Celeste e o próprio Céu, ganharam uma ESTRELA que brilhará eternamente.

Sofri várias perdas, todas muito doloridas, a sua foi mais uma que me levou às lágrimas, hoje mitigadas pela Lembrança do seu Sorriso, trazida pelas asas da SAUDADE INFINDA, inesquecível amiga ALLAINE.

Como sempre fostes ALEGRE, eu a Homenageio com o Título Honorífico de ALLAINE CARTER BORGES, UMA ESTRELA DE SORRISO CINTILANTE E INAPAGÁVEL.


SOBRE O AUTOR

É buritiense, ardoroso amante da sua terra, deu seus primeiros passos no velho Grupo Escolar Antônia Faria, cursou o Ginásio Industrial na Escola Técnica Federal do Maranhão e Científico no Liceu piauiense e no Liceu maranhense, bacharelou-se em Direito pela Faculdade de Direito/UFMA, é advogado inscrito na OAB/MA, ativo, Pós-graduado em Direito Civil, Direito Penal e Curso de Formação de Magistrado pela Escola de Magistrados do Maranhão, Delegado de Polícia Civil, Classe Especial, aposentado, exerceu todos os cargos de comando da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, incluindo o de Secretário. Detesta injustiça de qualquer natureza, principalmente contra os pobres e oprimidos, com trabalho realizado em favor destes, inclusive na Comarca de Buriti.


Odonto Company Buriti - Rua da Bandeira, nº 25, salas 10 e 11, Centro.

BIOLAB - Rua Antônio Pereira Mourão, em frente ao HTB(Clínica)

PAINEL DO LEITOR - COMENTÁRIOS RECENTES