UTILIDADE PÚBLICA

UTILIDADE PÚBLICA

VISUALIZAÇÕES DE PÁGINA DESDE A CRIAÇÃO DO BLOG EM 31 JULHO DE 2009

ABAIXO A CENSURA PRÉVIA!

“A imprensa é a vista da nação. Por ela é que a nação acompanha o que passa perto e ao longe, enxerga o que malfazem, devassa o que lhe ocultam e tramam, colhe o que sonegam ou roubam, percebe onde lhe almejam ou nodoam, mede o que lhe interessa, e se acautela do que a ameaça.”

quarta-feira, 16 de abril de 2014

A PARÓQUIA DE SANT'ANA E A SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA REALIZAM A 1ª VIA SACRA PELAS RUAS DE BURITI/MA

A Paróquia de Sant'Ana e a Secretaria Municipal de Cultura de Buriti realizam nesta Quarta-Feira Santa (16), a partir das 16h, a 1ª Via Sacra pelas principais ruas da cidade.
A encenação, inédita na cidade, da condenação, crucificação, morte e ressurreição de Jesus Cristo será apresentado por um grupo de teatro da cidade de Porto-PI. Ao todo estarão envolvidos 170 atores e atrizes. Será um espetáculo imperdível.
A programação oficial da paróquia para comemoração da Páscoa Crista teve início já no dia 13, Domingo Ramos, que representa a entrada de Jesus montado num jumento na cidade de Jerusalém. A procissão com muitos fiéis começou na Praça do Estádio e percorreu a Av. Juiz de Fora e Rua Inácia Vaz até a Igreja Matriz.
Confira abaixo a programação completa:
DIA 13/04 – DOMINGO DE RAMOS
Às 6h Procissão dos Ramos e Missa. Saída da Praça do Estádio até a Igreja Matriz.

DIA 16/04 – QUARTA-FEIRA SANTA
Às 16h – Encenação da condenação e morte de Jesus Cristo.

DIA 17/04 – QUINTA-FEIRA SANTA
Às 19h -  Missa de Lava Pés

DIA 18/04 – SEXTA-FEIRA SANTA
Às 15h – Celebração da Paixão de Cristo

DIA 19/04 – SÁBADO DE ALELUIA
20h – Celebração da Vigília Pascal na Igreja Matriz


terça-feira, 15 de abril de 2014

GOVERNO ESTIMA SALÁRIO MÍNIMO DE R$ 779 PARA 2015.

*Por  Repórteres da Agência Brasil 
Com estimativa de crescimento da economia de 3% e inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), em 5% para 2015, o governo encaminhou nesta terça-feira (15) ao Congresso Nacional, o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2015 (LDO-2015). Pelo projeto, o salário mínimo será reajustado em 7,71% e vai ficar em R$ 779,79 em 2015.
O governo estima que o superávit primário para o setor público consolidado será de R$ 143,3 bilhões, valor que corresponde a 2,5% do Produto Interno Bruto (PIB) - soma de todos os bens e serviços produzidos no país. Com o abatimento dos R$ 28,7 bilhões destinados ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), a meta do superávit primário fica em R$ 114,7 bilhões (ou 2% do PIB).
Superávit primário é a poupança para pagar os juros da dívida que o governo tem com outros países e outros credores. Na medida em que o país consegue alcançar as metas de superávits primários, indica que tem condições de pagar suas dívidas.
A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) tem como principal finalidade orientar a elaboração dos orçamentos fiscais e da seguridade social e de investimento dos poderes Executivo, Legislativo, Judiciário, das empresas públicas e das autarquias.
Com a LDO, o governo estabelece as metas e prioridades da administração pública federal, incluindo as despesas de capital para o exercício financeiro do ano seguinte.
A LDO tem de ser enviada pelo Executivo ao Congresso até 15 de abril e aprovada pelo Legislativo até 30 de junho. Se não for aprovada nesse período, o Congresso não pode ter recesso em julho. A aprovação da LDO é a base para elaborar o Projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA), que deve ser apreciada pelo Congresso Nacional até agosto.
Como é lei, após sancionada, nenhum governante deve aumentar despesas, gastar mais do que está previsto na Lei Orçamentária ou criar novos impostos para o pagamento de suas contas sem autorização do Legislativo.
Com a Lei de Responsabilidade Fiscal, a LDO passou a ter um papel importante na condução da política fiscal do governo, devendo estabelecer e indicar as metas fiscais a serem atingidas a cada exercício financeiro a que se refere.

segunda-feira, 14 de abril de 2014

BASTIDORES DA POLÍTICA DE BURITI/MA: REBELDIA NA BASE ALIADA DA CÂMARA AMEAÇA CASSAR MANDATO DO PREFEITO RAFAEL

O movimento de fogo amigo, por hora, perde força, mas rebeldia ainda pode render problemas ao prefeito
Chantagens e interesses escusos levaram à uma rebeldia na base aliada do prefeito de Buriti/MA. Um grupo de vereadores chegou a ameaçar cassar, na Câmara Municipal, o mandato do prefeito Rafael Mesquita, sob a alegação de que estaria muitos dias corridos longe da cidade.
A boataria primeiro se espalhou na cidade e na sessão da última sexta-feira (11/04) a movimentação e articulação da base foi intensa, mas no final das contas não passou de ameaça. O que se negociou para evitar um estrago maior da base governista? Talvez não venha a público.
O bloquinho só não pôs em prática a ameaça porque, primeiro, não teve como provar a vacância do cargo por mais de 15 dias consecutivos; e segundo, o movimento visava mesmo era barganhar para o atendimento de pleitos.
Pondo um lupa nesse imbróglio todo se perceberá um jogo de chantagem evidente. No entanto, essa revolta serviu para alertar o atual prefeito em qual vereador, mesmo da base, deve confiar.   
A rebelião culminou com a formação de um “bloquinho” chantagista e pode render ainda muita dor de cabeça ao prefeito na Câmara, principalmente agora que a oposição prepara chumbo grosso na avaliação das prestações de contas 2013, seu primeiro ano de mandato.
O Correio Buritiense (CB) mergulhou nos bastidores dessa rebeldia aliada e testemunhas ouvidas pelo CB durante todo o final de semana sugeriram que a trairagem teria sido, cirurgicamente, orquestrada pelo ex-prefeito Neném Mourão que estaria insatisfeito pela perda de poder e de espaço nas decisões governamentais. Ele estaria indignado, sentindo-se menosprezado pelo prefeito Rafael, o que seria inaceitável para ele porque se considera o seu criador político.
Mais capítulos ainda serão revelados dessa novela “criador versus criatura”.

ASSISTA NA TV RCB: MOMENTO DE DECLAMAÇÃO DE POESIAS E HOMENAGENS AO POETA LILI LAGO NO LANÇAMENTO DA 3ª EDIÇÃO DO FEBUP PELA AMIB

Lançamento do III Festival Buritiense de Poesia (FEBUP), no dia 5 de abril, na sede da AMIB (Associação dos Amigos de Buriti), em Buriti/MA, foi recheado de apresentações e homenagens ao poeta Lili Lago. Confira grandes momentos que a TV RCB junto com o Correio Buritiense (CB) preparou para vocês leitores e webespectadores.

BASTA CLICAR EM CIMA DE CADA LINK ABAIXO PARA IR DIRETO A TV RCB - O CANAL DO BURITIENSE. ASSISTA TAMBÉM NO FACEBOOK DO CORREIO BURITIENSE E COMPARTILHE:











domingo, 13 de abril de 2014

ALERTA: Cerca de 41 maranhenses morreram de câncer de boca e pode existir 205 novos casos

*Por O Imparcial
Você sabe qual doença mata mais de quatro mil pessoas todo ano de forma silenciosa e, no Maranhão, já vitimou 41 pessoas entre os anos de 2005 a 2010? O responsável por esses números é o câncer de boca, um dos tipos que figuram na lista dos cânceres de maior incidência no Brasil, segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA).
Apesar dos dados alarmantes da última pesquisa feita em 2012, quando foram registrados 14.170 novos casos entre homens e mulheres, o câncer de boca continua sendo uma doença pouco conhecida entre os brasileiros. No Maranhão a estimativa é de 205 novos casos por ano, segundo o Conselho Regional de Odontologia do Maranhão (CROMA).
Segundo a cirurgiã Buco-maxilo-facial, Ingrid Sousa, os principais sintomas do câncer bucal são silenciosos e indolores o que acaba sendo uma das doenças mais perigosas na atualidade. Dentre os sinais encontrados no autoexame estão o aparecimento de feridas na boca – que não doem e não cicatrizam em 15 dias; ulcerações superficiais, manchas esbranquiçadas ou avermelhadas nos lábios; dificuldade de falar, mastigar ou engolir; e emagrecimento acentuado. Nos casos mais avançados existe a presença de caroços no pescoço.
Para alertar a população sobre este mal, o CRO vai realizar uma campanha preventiva e gratuita para detecção precoce do câncer bucal. A ação acontece na Praça João Lisboa, Centro de São Luís, das 9h às 13h da manhã, com exames e distribuição de kits de higiene bucal à população. Os exames serão realizados por cirurgiões-dentistas voluntários e podem participar pessoas de todas as idades. A ação acontece na Semana de Odontologia. “Os sinais e sintomas deste tipo de câncer podem variar e serem muito silenciosos, por isso o autoexame e a procura de um profissional pode ajudar neste diagnóstico precoce facilitando o tratamento”, disse Ingrid.
A dentista também alertou que existem alguns fatores que podem aumentar o risco de obter câncer bucal, entre eles o tabagismo, exposição solar, alcoolismo, dieta pobre em vitaminas e sais minerais, má higienização bucal, genética, imunodeficiência (mau funcionamento do sistema imunológico), portadores de HIV, infecção por papiloma vírus humano (HPV) e o vírus Epstein-Barr (EBV). “O câncer bucal é o sétimo tipo de câncer mais comum no Brasil e o tratamento desta doença é terrível e muito agressivo, pois as vezes é necessário a remoção do maxilar ou outras deformações da face do paciente. Queremos alertar a população para esta realidade. Quem for diagnosticado com algum desses sintomas será encaminhado para o Hospital Geral para ser submetido a outros procedimentos que confirmem ou não a doença”.
O diagnóstico do câncer bucal precoce deve ser parte integrante tanto do exame médico quanto do odontológico, pois a detecção precoce é fundamental. Os cânceres menores que 1 centímetro de diâmetro geralmente podem ser facilmente curados. Infelizmente, a maioria dos cânceres orais só é diagnosticada após ter ocorrido a disseminação para os linfonodos da região mandibular e do pescoço. Devido à detecção tardia, 25% dos cânceres bucais são fatais.
 “A campanha tem o objetivo de orientar a população e de mobilizar a odontologia nacional. Trata-se de um esforço conjunto de diversas frentes odontológicas, como entidades, empresas, cirurgiões-dentistas, em favor da promoção da saúde bucal, que ainda é uma grande demanda da população. Temos testemunhado importantes avanços no acesso ao cuidado odontológico, mas precisamos cuidar para que esses avanços cheguem a todos os brasileiros, de maneira irrestrita”, defende o presidente do CRO-MA, Marcos Pinheiro.
Além da campanha preventiva ao Câncer de Boca, palestras científicas também estão na programação do CRO-MA pela Semana da Odontologia, que acontece de 12 a 16 de Abril. Os temas a serem discutidos são "Pacientes especiais em âmbito clínico e hospitalar”; "Quando e como prescrever antibióticos em Odontologia"; "Biossegurança para TSB e ASB" e "Prontuário odontológico: aspectos éticos e jurídicos".
Saiba mais
De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 43% das mortes por câncer são causadas pelo consumo de tabaco ou álcool, maus hábitos alimentares e de estilo de vida e infecções. Os dados oficiais indicam que o câncer de boca é a 5ª sede anatômica mais frequente nos homens e a 7ª nas mulheres.

O câncer bucal ocorre mais frequentemente em homens, principalmente com mais de 40 anos de idade. Fumo e consumo excessivo de bebidas alcoólicas são os principais fatores de risco. A doença atinge os lábios e a cavidade bucal, nas regiões da bochecha, gengiva, céu da boca, língua e assoalho da boca.
Além da gravidade da incidência do câncer bucal, o Brasil ainda sofre com uma série de outros problemas bucais, como as cáries que atingem cerca de 56% das crianças com 12 anos.

quinta-feira, 10 de abril de 2014

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO (TCE/MA) DECLARA INADIMPLÊNCIA DE GESTORES QUE NÃO PRESTARAM CONTAS

Acreditem: Os gestores de Buriti - MA não estão entre estes inadimplentes. E o que impressiona mesmo é que você pode perguntar a qualquer um vereador, oposicionista ou governista, e nenhum sabe explicar ou mesmo mostrar essas prestações. Mas o CORREIO BURITIENSE já está mantendo contatos para escancará-las aqui no blog.
* Por Jornal pequeno
O Pleno do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE/MA), em sessão realizada nesta quarta-feira, 09/04, decretou a inadimplência dos gestores que não cumpriram o dever constitucional de prestar contas à instituição. O prazo para a entrega das prestações de contas terminou às dezoito horas da última sexta-feira, 04/04.
Apenas quinze gestores de Câmaras Municipais deixaram de entregar suas prestações de contas. Os municípios são os seguintes: Afonso Cunha, Araguanã, Belágua, Benedito Leite, Bequimão, Dom Pedro, Governador Newton Belo, Icatu, Monção, Nova Olinda do Maranhão, Parnarama, Santana do Maranhão, São Domingos do Azeitão, Urbano Santos e Vitória do Mearim.
Durante a sessão, o presidente do TCE, conselheiro Edmar Cutrim, destacou o fato de que todos os prefeitos e gestores municipais entregaram suas prestações de contas ao órgão. Nove prefeitos não realizaram a entrega até o dia 04/04, mas pagaram multa relativa ao atraso e fizeram a entrega das contas, evitando assim a sanção pertinente que é a declaração de inadimplência.
Edmar Cutrim afirmou que a cada dia o TCE procura aprimorar os procedimentos que envolvem a entrega das prestações de contas no sentido de facilitar o atendimento aos gestores maranhenses. Entre as medidas que foram adotadas nos últimos anos está a recepção dos documentos exclusivamente em formato digital, o que eliminou os antigos processos com milhares de folhas de papel, resultando numa logística mais rápida e eficiente.
Outro aspecto destacado pelo presidente do TCE foram as providências implementadas pela equipe de técnicos da instituição responsável pelo recebimento das contas, que envolveu um significativo número de servidores treinados para proporcionar um atendimento organizado, seguro e no menor tempo possível. “Gostaria de reconhecer o excelente trabalho realizado pelos nossos servidores durante o processo de recebimentos das prestações de contas deste ano. Qualidade e comprometimento foram as marcas que determinaram o alcance das metas estabelecidas”, ressaltou.
A Resolução que declarou a inadimplência dos gestores é a de n° 213, de 09 de abril de 2014. Além da declaração de inadimplência, o TCE determinou a instauração de Tomada de Contas Especial. Por meio desse procedimento, uma equipe de auditores irá a cada um dos municípios inadimplentes para ter acesso à documentação que não foi entregue à instituição e assim analisar como os recursos públicos foram aplicados.
A lista com os nomes dos gestores inadimplentes será enviada também à Procuradoria Geral de Justiça, à Procuradoria da República, ao Tribunal Regional Eleitoral, ao Tribunal de Contas da União e ao Governo do Estado do Maranhão para a adoção das providências que se fizerem necessárias no âmbito destas instituições.
JULGAMENTOS – Na sessão foram desaprovadas as contas de Paula Francinete da Silva Nascimento (Monção/2010), R$ 521.985,67 e multas de R$ 92.198,00.
Entre as Câmaras Municipais, foram julgadas irregulares as contas de Antonio Carlos Alves da Silva (Timbiras/2010), com débitos de R$ 34.317,00 e multas de R$ 36.131,00; Genival Fonseca Pinheiro (Ribamar Fiquene/2009), com débitos de R$ 38.892,38 e multas de R$ 14.468,00; João Geraldo Rocha Coêlho (Viana/2009), com débitos de R$ 147.968,73 e multas de R$ 66.529,00; José Coelho Barbosa Filho (Sucupira do Norte/2009), com débitos de R$ 1.288,00 e multas de R$ 38.006,00; Josivaldo Rocha (Monção/2010), com débitos de R$ 38.366,38 e multas de R$ 43.836,00 e Sidrão Soares Silva (Belágua/2011), com débitos de R$ 11.060,17 e multas de R$ 16.546,00.

quarta-feira, 9 de abril de 2014

HOMENAGENS AO POETA BURITIENSE LILI LAGO MARCAM O LANÇAMENTO DA 3ª EDIÇÃO DO FESTIVAL BURITIENSE DE POESIA PELA AMIB

O Festival de Poesia de Buriti é um evento bienal, organizado pela AMIB, uma ONG que presta relevantes serviços à população do município, que teve início em 2010, homenageando o poeta José Borges. Na 2ª edição, em 2012, foi a vez do artista e poeta Bill de Jesus. O sucesso dos festivais consagrou o evento no calendário cultural da cidade e motivou ainda mais a realização da sua 3ª edição, em 2014.
A Associação dos Amigos de Buriti (AMIB) lançou na noite do último sábado (05), o III Festival de Poesia de Buriti (FEBUP). A festa de lançamento desta 3ª edição do FEBUP foi marcada por grandes homenagens ao poeta Aristotelino Carvalho Lago, popularmente Lili Lago.
Participaram do lançamento diversas autoridades políticas, como as vereadoras Andréa Costa e Vanusa Flora, o vereador Jorge do Sindicato; lideranças sociais, como Antônio Flora, presidente do sindicato dos trabalhadores rurais, Santana do Manasses, líder do movimento Acorda Buriti, e o padre Chagas, pároco de Buriti; e lideranças culturais, como os professores e poetas Aliandro Borges (redator-chefe do deste blog), Francisco Carlos, Júnior Veras, Lulu Rocha, Jacira Freire, e Conceição Cordeiro; além de alunos, visitantes de outras cidades e a comunidade local em geral.
          Inicialmente, a comissão organizadora do festival destacou a importância do evento cultural para Buriti e fez um breve relato da biografia do poeta homenageado nesta 3ª edição do festival, o buritiense Lili Lago. Confira abaixo a biografia do homenageado do ano.
Em seguida, a professora Conceição Cordeiro recebeu da presidente da AMIB, Dra. Aretusa, o certificado de participação em Oficina de Linguagens Teatrais, realizado também pela AMIB, como uma espécie de pré-festival, de junho a setembro de 2012, ministrada pelos artistas e teatrólogos Domingos Tourinho e Bruno Oliveira da Silva e pelo artista e cordelista Moizes Nobre.
Os presentes foram instigados pela comissão a declamarem versos. O poeta buritiense Lulu Rocha fez homenagens a Lili Lago, contando um pouco da relação de amizade entre eles e também declamou poemas próprios e de autoria de Lili; o redator-chefe deste blog, Aliandro Borges, fez considerações sobre o papel da AMIB e a poesia para os buritienses, relembrando uma citação do poeta Ferreira Gullar que disse “a arte existe porque a vida não basta”; o poeta, ambientalista e crítico literário, Francisco Carlos Machado, apoiador e divulgador do evento, também teceu considerações sobre o homenageado e declamou poemas do mesmo, fazendo também comentários sobre a importância da poesia. A professora Jacira declamou versos de Lili e de sua autoria. Jovens que participaram de oficinas de poesia e teatro, no ano de 2012, na AMIB, também fizeram suas apresentações.







INSCRIÇÕES PARA FESTIVAL BURITIENSE DE POESIA JÁ ESTÃO ABERTAS

Estão abertas, no período de 05 de abril a 23 de junho de 2014, as inscrições para o III Festival Buritiense de Poesia (FEBUP). As inscrições podem ser feitas na sede da própria AMIB, na Avenida Cel. Lago Júnior, nº 99, no centro de Buriti/MA, ou através do e-mail amibburitima@gmail.com, dentro do mesmo prazo, com fichas de inscrição disponíveis no Centro Cultural e nos blogs parceiros. Baixe aqui no Correio Buritiense a ficha de inscrição, preencha e encaminhe para o e-mail da AMIB. Os poemas que concorrerão serão de temas livres.
Nesta 3ª edição podem participar não apenas buritienses ou pessoas residentes em Buriti, mas também estão abertas as inscrições para participação de toda região do Baixo Parnaíba.
O FEBUP será realizado de 05 de abril a 23 de julho de 2014, tendo como principais objetivos contribuir para a valorização da literatura e, em especial, da poesia, seja como expressão artística, seja como parte da cultura da comunidade; incentivar a criação literária, estimulando o interesse e o gosto mais especificamente pelo gênero poesia; e estimular o exercício do gênero poético no âmbito da comunidade do Baixo Parnaíba, em especial em Buriti, tanto na modalidade produção, como na modalidade leitura expressiva de texto poético (declamação), descobrindo e valorizando talentos artístico-literários voltados para a poesia (intérpretes e autores);
As escolas municipais também poderão inscrever seus alunos para concorrer. O objetivo é incentivar o interesse dos alunos pela leitura e pela escrita, através da expressão de ideias e sentimentos por meio da linguagem poética.
 FICHA DE INSCRIÇÃO DOS CANDIDATOS.

VEJA AQUI O REGULAMENTO DO III FEBUP.

BIOGRAFIA DO POETA HOMENAGEADO NESTA 3ª EDIÇÃO DO FESTIVAL
Aristotelino Carvalho Lago, vulgarmente Lili Lago, filho de Antônio Teixeira Lago e Laura Rosa de Carvalho Lago, estes oriundos de Brejo, de tradicionais famílias. O bisavô de Lili Lago, Luís Pereira Lago e o avô Luís Pereira do Lago Junior, foram deputados em diversos legislaturas no Estado do Maranhão. Nascido em 31 de Março 1911, em Buriti, fez as primeiras letras na sua terra, de onde partiu para Teresina-PI cursar o ginásio no emérito Instituto Demóstenes Avelino, fazendo só até o 2º ano.
Em Buriti, no exercer de ocupações, Lili Lago foi Tabelião Público do 2º Ofício e fundador da Escola Lili Lago, dedicando-se a formação educativa da juventude. Lili, foi também o primeiro agente nos Correios de Buriti. Casa-se em Outubro de 1944 com Letícia Faria Costa Lago, que fora sua aluna na escola que fundou, tendo originado do consócio os filhos: Carlos Rogério, Adhemar Wallace, Josélia Maria, Getúlio Roosevett e Aristóteles Lincoln Lago, Aristotelino Carvalho Júnior e Allan Acásio.
Desejando residir em São Luís, deixa sua terra no ano de 1948. Na capital ocupou os cargos de Secretário e Chefe de Gabinete de diversos prefeitos, chegando a ser em um deles presidente da Comissão de Abastecimento de Preços do Maranhão.
Desde jovem dedicou-se aos estudos de direito, adquirindo o status de advogado provinciano, tendo assim exercido o ofício nas Comarcas de Buriti, Coelho Neto e Chapadinha. Político, foi getulista no Estado Novo, e sempre militando no PDT.
Em vida teve publicado no ano de 1990, o livro “Meu Baixo Sertão”, obra poética dividida em três partes, “Folclore de Salão”; “Miscelânea” e “Memórias de minha Infância”. O livro escrito em versos de rimas leves e transparentes, cheio de humor, irreverência e saudosismo, o poeta Lili descreve as suas vivências buritienses, com os episódios da infância e juventude, o cotidiano e a cultura da gente simples de sua terra, as histórias e os causos; a natureza da chapada, os riachos e morros. 
Lili Lago quando organizava em Buriti o lançamento de “Meu Baixo Sertão”, na noite de 30 de Março de 1990, foi acometido de um ataque cardíaco fulminante, que lhe ceifo a vida. Faltava poucas horas para o poeta completar seus 79 anos, e dos convites para o lançamento já terem sido enviados aos amigos e conterrâneos. 
José Moura, amigo saudosista de Lili, também editor de “Meu Baixo Sertão”, pelo SIOGE, confidência que Lili Lago era um amigo e uma figura humana formidável. Moura pretendia publicar uma outra obra poética de Lili, mas que após sua morte devolveu o original para a família do poeta. Porém, como um legado cultural e literário para todos, temos em “Meu Baixão Sertão”, um testemunho autêntico de um bom poeta, que lutou por justiça e defendeu os pobres e trabalhadores, descrevendo em versos cândidos os sofrimentos e a vida do povo de seu torrão natal. Um poeta cujo viver intenso, apaixonante, se eternizou na poesia como um menino que nadou no riacho do Morro, catou pequi na chapada, fez grande amigos, bebeu cachaça à fole e namorou as caboclas e mulatas da terra de Inácia Vaz.

                                                        FONTE: Vozes Poéticas dos Morros Garapenses.

IMAGENS DO COQUETEL OFERECIDO PELA AMIB AOS PRESENTES NO LANÇAMENTO DO FESTIVAL.








Vereador Jorge do Sindicato, Dra Aretusa, pres.da AMIB e Aliandro Borges, redator-chefe do CB.


Dra. Aretusa, presid.d a AMIB; Elizabeh Faria, ex-diretora da AMIB;
Aliandro Borges, redator do CB e profª Francisca Freitas.


VERGONHA: MAIS UMA SEXTA-FEIRA SEM SESSÃO NA CAMARA MUNICIPAL DE BURITI

Oposicionistas: Sgt Vagner, Vanusa Flora e Jorge do Sindicato.
Um quadro que pode está se tornando corriqueiro na Câmara deixou indignados os vereadores da oposição: mais um dia sem sessão plenária por falta de quórum.
Na última sexta-feira (04/04) o Correio Buritiense (CB) e a TV RCB presenciou a indignação dos vereadores oposicionistas. Os vereadores Jorge do sindicato (PDT), Vanusa Flora (PC do B) e Sgt Vagner (PRP) falaram à TV RCB sobre a ausência dos seus colegas da Casa. Dos governistas apenas a vereadora Andrea Costa compareceu, mas não quis gravar para TV RCB.
Desde o recesso parlamentar, que iniciou em dezembro de 2013, até hoje (09/04/2014) houve apenas três sessões e ainda assim um delas foi apenas solene para entrega de título de “cidadão buritiense” a personalidades importantes para o município.
Observe cidadãos buritienses que há apenas uma sessão ordinária de trabalho na semana (e ocorre na sexta) e cada vereador embolsa por mês quase 5 mil reais de salário bruto e quando se totaliza os 11 vereadores o gasto salarial pode chegar a pouco mais de 52 mil reais.


ASSISTA CLICANDO NO LINK ABAIXO NA TV RCB AO DEPOIMENTO DOS VEREADORES OPOSICIONISTAS




segunda-feira, 7 de abril de 2014

EM NOTA, LUÍS FERNANDO OFICIALIZA SUA DESISTÊNCIA EM CONCORRER AO GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO, MAS NÃO EXPLICA MOTIVOS

*Por O Imparcial
Luis Fernando trabalhou nos últimos meses como pré-candidato de consenso do Grupo Sarney

O ex-secretário de Estado da Infraestrutura, Luís Fernando (PMDB) emitiu um comunicado na manhã desta segunda-feira (07) no qual exalta o grupo político ao qual pertence e diz apenas que "é natural que a condição (de candidato) se altere" no decorrer da pré-campanha.
 Ele não deu detalhes do que o levou a abandonar a candidatura. Nos bastidores, pesa a informação de que o ex-secretário teria desistido após a governadora Roseana Sarney ter optado por permanecer no governo até o fim do mandato e não mais concorrer no pleito de outubro. Assim, ele perderia sua principal "puxadora de votos".
 Há mais de um ano o nome de Luís Fernando era consenso como candidato escolhido para suceder a governadora Roseana. Como secretário, ele foi o principal tocador de obras e nos últimos meses percorreu o Maranhão inaugurando e lançando obras e programas do Governo do Estado.
VEJA A NOTA NA ÍNTEGRA:

Comunicado de Luís Fernando Silva ao povo do Maranhão

A propósito da minha pré-candidatura ao Governo do Maranhão, comunico à sociedade maranhense que:

1 – Na proximidade do período eleitoral, os grupos políticos iniciam um processo de articulação visando à escolha de nomes para a disputa. A cultura política brasileira instituiu para esse período a figura do pré-candidato;

2 – Em julho de 2013, as lideranças políticas do grupo ao qual pertenço atribuíram a mim tal condição de pré-candidato e não de candidato. Aproximando-se a campanha propriamente dita, é natural, no mundo político, que tal condição se altere, no interesse do êxito eleitoral;

3 – Concluída a missão de auxiliar do governo, na qual tive a honra de exercer, a convite pessoal da Governadora, os cargos de Secretário-Chefe da Casa Civil e de Secretário de Estado de Infraestrutura, após análise da conjuntura política e dos prováveis cenários em que ocorrerá a campanha eleitoral, manifestei a Sua Excelência, antes da data da minha desincompatibilização e do seu anúncio de permanecer ou não à frente do Poder Executivo até 31 de dezembro, a decisão de não concorrer ao pleito, deixando a critério do grupo político o momento adequado para promover a devida substituição;

4 – Ressalto a confiança, o apoio e a distinção de que sempre fui alvo por parte da Governadora Roseana no exercício dos referidos cargos de Secretário de Estado bem como na atividade político-institucional a eles inerentes;

5 – Destaco, também, que integro o círculo de amigos pessoais da governadora Roseana Sarney e dos seus familiares;
6 – Nesta oportunidade comunico, também, a decisão de permanecer como integrante do grupo, prestando apoio político ao Governo Roseana Sarney e me mantendo na luta pelo desenvolvimento do Maranhão;

7 – Valho-me desta oportunidade para manifestar a minha gratidão à Governadora, aos Senadores, aos ex e atuais deputados federais e estaduais, prefeitos, vice-prefeitos e vereadores que integram o nosso grupo político, assim como aos líderes comunitários e estudantis, dirigentes de organizações da sociedade civil, movimentos sociais, militantes partidários, imprensa, usuários das redes sociais, cidadãos e cidadãs de todo o Maranhão que me acolheram, apoiaram e estimularam o cumprimento da missão de levar obras públicas a todas as cidades maranhenses;

8 – Finalmente, ao Maranhão, que testemunhou em mim compromisso e dedicação ao trabalho, reafirmo a esperança, que me conduziu durante todos esses anos, por um futuro ainda melhor.


quinta-feira, 3 de abril de 2014

JORNAL O IMPARCIAL DE QUARTA-FEIRA (02/04) TRAZ NOTA SOBRE O FESTIVAL BURITIENSE DE POESIA

O III Festival Buritiense de Poesia já passa a ser destaca no Maranhão. Na edição impressa desta quarta-feira (02) o jornal maranhense O Imparcial traz uma nota que destaca o lançamento que acontecerá no próximo sábado (05) da terceira edição do festival.
 Em decorrência de experiências exitosas dos festivais anteriores que ocorreram em 2010 e 2012, Associação de Amigos de Buriti (AMIB) tornou permanente em seu calendário de atividades culturais a realização dos festivais a cada biênio.

Para a AMIB os festivais são oportunidades de reconhecimento e valorização de talentos de buritienses e pessoas residentes em Buriti-MA; e neste ano de 2014 a participação será estendida para toda região do Baixo Parnaíba.

Seguidores

Mapa dos Visitantes