"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

(1º Princípio da Declaração de Chapultepec)

Visualizações desde 31 de Julho de 2009

SEJA NOSSO PATROCINADOR ANUNCIE SUA EMPRESA AQUI.

SEJA NOSSO PATROCINADOR ANUNCIE SUA EMPRESA AQUI.

TVT: Coletiva com o ex-presidente Lula após denúncia do MPF

CMAC - Centro de Medicina Avançado de Chapadinha

CMAC - Centro de Medicina Avançado de Chapadinha

AGENDA SEMANAL DA CEMAC EM CHAPADINHA

AGENDA SEMANAL DA CEMAC EM CHAPADINHA

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

0

RÁPIDA AÇÃO: MOTO FURTADA É RECUPERADA NO DIA SEGUINTE PELA GUARDA MUNICIPAL E POLÍCIA CIVIL

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Em resposta rápida, por volta das 17h de ontem (28), a Guarda Civil Municipal (GCM) e a Polícia Civil (PC) de Buriti-MA conseguiram recuperar uma motocicleta BIZ, placa NMR-7180, de cor roxa, que havia sido furtada na tarde do dia anterior (26/9). Após tomar conhecimento do fato, e depois de várias averiguações, GCM e PC fizeram rondas no intuito de encontrar a moto e, por volta das 17h dessa quarta-feira (28), avistaram um jovem identificado como Rob montado em uma motocicleta de características idênticas à procurada.
Quando o suspeito observou a ação policial iniciou uma fuga pelo beco do padre, no sentido que leva ao povoado Mocambinho, e abandonou a Biz no meio da estrada e adentrou o mato, conseguindo escapar. A moto foi recolhida e levada para delegacia de Polícia Civil para conhecimento e providências cabíveis.
Parabéns ao empenho destes profissionais da Polícia Civil e, em especial, aos membros da Guarda Municipal que têm sido o diferencial no enfrentamento à criminalidade em nosso município.
2

ELEIÇÕES MUNICIPAIS 2016: CANDIDATOS A PREFEITO ARNALDO CARDOSO E NALDO BATISTA SE RECUSAM A PARTICIPAR DE SABATINA DO CORREIO BURITIENSE

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Dois dos principais candidatos que disputam a prefeitura de Buriti-MA, Arnaldo Cardoso (PRTB), da coligação POR AMOR A BURITI, e Naldo Batista (PC do B), da coligação RECONSTRUINDO BURITI, se recusaram a participar da sabatina do blog Correio Buritiense. Falta de tempo seria uma das justificativas do candidato Naldo Batista, que por meio de nota assinada pela sua assessoria jurídica, informou redação. Já o candidato Arnaldo Cardoso sequer respondeu ao convite do blog.
Pela primeira vez na história do município um veículo de imprensa realizou uma sabatina de perguntas com os candidatos a prefeito. Os questionamentos versavam sobre plano de governo e temas como saúde, educação, cultura, lazer, saneamento básico e segurança pública, entre outros.
Como forma de estabelecer a democracia e questionar os candidatos sobre melhorias que devam ser feitas  no município de Buriti foi que o Correio Buritiense decidiu organizar a sabatina.
Lamentamos que os candidatos supracitados não tiveram a coragem de, em vídeo, apresentar suas propostas para o eleitorado buritiense e o blog, assim como o povo, agradece a participação dos destemidos candidatos Inácio Carvalho (PMN-33) e de Geraldinho (Rede-18).
VEJA O VÍDEO DO REDATOR-CHEFE ABAIXO SOBRE A RECUSA DOS CANDIDATOS
6

CANDIDATO A VEREADOR DIDI DO MOCAMBINHO (Nº 70111) APRESENTA SUAS PROPOSTAS PARA BURITI: É TEMPO E HORA DE RENOVAR

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


EDMILSON ALVES RODRIGUES, popular Didi do Mocambinho (PT do B), de 41 anos, é professor, graduado em Letras pela Universidade Federal do Maranhão com Pós-graduação pela EADCON, se candidatou ao cargo de vereador nestas eleições municipais 2016, com número 70111.
CONHEÇA MAIS UM POUCO DE SUA HISTÓRIA E DE SUAS PROPOSTAS PARA O POVO DE BURITI-MA.
É TEMPO E HORA DE RENOVAR
No dia 2 de outubro, os buritienses irão às urnas para escolher um novo prefeito e seus vereadores. Ao optar por um candidato, o eleitor deve levar em consideração a vida, a história e as propostas dos postulantes aos cargos e, só assim, fazer a sua escolha, visando garantir um futuro decente para todos nós.
Nasci em Buriti, sou professor, tenho 41 anos e sou casado. Estudei no Colégio Professora Carmem Costa, sou graduado em Letras pela Universidade Federal do Maranhão e Pós-graduado pela EADCON; Como um homem jovem, preocupado em contribuir para melhoria da vida das pessoas que moram em Buriti, eu, professor Edmilson, apresento a você minha candidatura a vereador para que, através de projetos de lei na Câmara Municipal, eu possa melhorar a qualidade de vida da população buritiense.
Minha candidatura não é fruto do acaso ou de um estalo qualquer. Entrei na política por acreditar que é possível fazer mais e melhor por nossa gente. Se há insatisfação com os atuais representantes, devemos fazer mudanças nos poderes Executivo e Legislativo municipais. Esse é o momento de avaliar, julgar e decidir sobre as ações daqueles em quem você já votou. É hora de renovarmos a Câmara de Vereadores de Buriti.
Para desenvolver Buriti é preciso planejamento e coragem de enfrentar os desafios, porque todos nós desejamos viver numa cidade mais justa, com educação de qualidade, com segurança, que garanta acesso adequado à saúde e a medicamentos básicos e que respeito o próximo independentemente de classe, gênero, cor, credo ou orientação sexual.
Não sou apenas mais um candidato a vereador. Tenho compromisso com os mais nobres valores. Tenho conhecimento da precariedade que assolam nosso município, sobretudo na questão da segurança e da saúde. Por isso quero contar com seu voto e apoio, sou candidato de propostas, e com a humildade e a coragem de quem conhece a luta, convido você, professor servidor, estudante, trabalhador rural, comerciante, lojista, agente de saúde, enfim, todos que vislumbram um grande futuro para Buriti, a fazer parte dessa luta, com certeza de que caminhando juntos construiremos uma nova Buriti decente para todos.
COMPROMISSOS/PROPOSTAS DE DIDI DO MOCAMBINHO PARA A POPULAÇÃO
*Educação e Cultura
- Criação do Projeto Escola-Reforço, com salas de aula exclusivas para recuperação em disciplinas básicas como língua portuguesa e matemática, sobretudo quando o aproveitamento do aluno for insatisfatório.
- Propor a realização de concurso público para preenchimento das vagas ociosas;
- Participar ativamente dos debates acerca dos reajustes aos professores.
- Exigir de imediato a regularização do INSS de todos os servidores Município.
* Segurança
- Aumentar o efetivo da Guarda Municipal e equipá-la com automóveis e motocicletas para que haja ronda por toda cidade;
- Garantir apoio logístico para ação mais efetiva da Polícia Militar no combate ao crime, inclusive estimulando ações articuladas com a guarda municipal.
* Saúde
- Incentivar e efetivar a criação de centros para prevenção e combate ao uso de drogas;
- propor projeto de lei para fixação de placas ou painéis, em locais visíveis ao usuário, em todas as unidades de saúde de Buriti, que contenham informações referentes a horários, dias e especialidades médicas disponíveis aos pacientes do sistema de saúde;
- Estimular e participar de campanhas de fortalecimento do atendimento à mulher;
- Equipar melhor os centros de saúde
- Votar a implantação do plano de carreira para dos ACS (agentes comunitários de saúde)
* Moradia e Infraestrutura Urbana
- Empenhar-se na melhoria de infraestrutura dos novos bairros, melhoramento e ampliação do abastecimento d’água;
- Propor regularização fundiária e titulação das residências urbanas.
* Emprego, Trabalho e Renda
- Propor a implantação de programas de capacitação de jovens e adolescentes;
- Apoiar as atividades dos pequenos produtores da Zona Rural.
* Esporte e Lazer
- Propor revitalização espaços públicos destinados à prática esportiva e a lazer nos bairros e escolas;
- Propor projeto de Lei de incentivo para resgatar as disputas esportivas interescolares que havia em outras épocas;
 - Propor a criação de uma comissão de Esporte e Lazer na Câmara de Vereadores para acompanhar a política e os programas municipais para apoio à área, inclusive podendo levar o município a ser representado no campeonato maranhense de futebol.
- Propor a criação de um projeto visando a disponibilidade de internet gratuita em locais públicos.
* Políticas Sociais
- Empenhar-se na garantia de acessibilidade às pessoas com deficiência, em todos os aspectos;
- Criar o projeto Caravana da cidadania, que são conjuntos de ações gratuitas e itinerantes, como aplicação de flúor nos dentes, realização de exames preventivos, retiradas de documentos, palestras, em todos os povoados.
* Meio Ambiente
- Propor um sistema adequado de coleta d elixo em toda cidade, incentivando a coleta seletiva.
 Caberá a você, como eleitor, decidir se mereço o seu voto.
Grato pela compreensão,
Profº Edmilson, nº 70111.

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

0

CINCO DETENTOS SÃO TRANSFERIDOS PARA PRESÍDIO DE COROATÁ-MA APÓS REBELIÃO EM DELEGACIA DE BURITI-MA

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Os custodiados reclamavam das condições dentro da cadeia e ameaçaram executar outro detento, caso as autoridades policiais e judiciárias não interviesse nas reivindicações; Segundo o delegado da cidade, estes transferidos seriam os mais violentos e estavam envolvidos diretamente com o motim do último dia 26/9.
Cinco presos foram transferidos na manhã desta quarta-feira (28) da Delegacia de Polícia de Buriti-MA após uma rebelião ocorrida na noite da última segunda-feira (26). São eles: José Carlos Sousa Diniz, o “Zé Carlos”, 19 anos; Francisco das Chagas Bastos dos Anjos, vulgo “Barroso”, 18 anos; Carlos do Carmo Silva, o “Brinde”, 20 anos; Michael Bruno Santos da Silva, o “Mike”, 20 anos; e Geraldo Cardoso da Silva, “Geraldo do Mocambinho”, 21 anos. Todos tinham histórico de participação em roubos no município. Os detentos foram encaminhados para o presídio no município de Coroatá-MA, a 223 km de Buriti-MA.
Segundo o delegado da cidade, Josemar Rocha, estes transferidos seriam os mais violentos e estavam envolvidos diretamente com o motim da última segunda-feira (26). Em conversa com Correio Buritiense, na manhã dessa terça-feira (27), o delegado disse que o objetivo também das transferências é tentar solucionar o problema da superlotação no local. Além da questão da superlotação, há legislação que proíbe que presos cumpram pena em delegacia.
O quadro de superlotação acaba também por sobrecarregar as funções dos investigadores que são obrigados a realizar atividades fora de suas rotinas, como liberar presos para o banho de sol e até para as visitas, comprometendo todo o trabalho da equipe policial.
SOBRE A REBELIÃO
O motim teve início quando uma caixa de som foi retirada da cela 2 e, então, os custodiados começaram a  bater nas grades, a quebrar o piso da cela e revestimentos das paredes, chegando a amarrar um outro detento, sob ameaçar de executá-lo caso autoridades policiais e judiciárias não interviesse nas reivindicações. Eles reclamavam da falta de água, da qualidade da comida e do calor na dependência. (CLIQUE AQUI E RELEMBRE)
Após a chegada do Juiz de Direito e do Promotor de Justiça da Comarca, os internos se acalmaram e, depois de serem ouvidos, encerraram a rebelião. O piso das dependências onde ficam as celas da delegacia ficou destruído após confusão.
Após rendição dos rebelados, juiz ( de Azul) e Promotor de Justiça ( de branco) entram para ouvir as queixas dos presos.



A Delegacia de Buriti tem capacidade total para receber adequadamente 11 presos, porém, no total, tinham 23 detentos, mais que o dobro.  São três dependências de uso dos presos, duas celas e uma área de banho de sol que fica completamente gradeada para evitar eventuais fugas. Atualmente, a cela 1 tem capacidade para três pessoas, mas mantém 11 detentos; a cela 2, onde ocorreu o motim, comporta oito presos, estava com 13, porém, após a transferência dos cinco, voltou a ficar com a lotação máxima.
2

JUSTIÇA DETERMINA PRISÃO DO EX-PREFEITO DE SUCUPIRA DO NORTE

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Os desembargadores da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) rejeitaram – por unanimidade – recurso de apelação criminal contra sentença proferida pela juíza titular da Comarca de Sucupira do Norte ( a 418km de Buriti-MA), Gisa Fernanda Nery Mendonça, que condenou o ex-prefeito do município, Benedito Sá de Santana, a 11 anos e quatro meses de prisão. O processo foi julgado pelo colegiado sob a relatoria do desembargador José Luiz Almeida, que determinou a prisão do ex-prefeito, a ser cumprida inicialmente em regime fechado.
Enquanto prefeito do município, Benedito Sá de Santana teve a prestação de contas do exercício financeiro de 2007 rejeitada pelo Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE), em razão de várias irregularidades, incluindo desvios de recursos públicos, dispensa de licitação fora das regras previstas em lei e emissão de documento falso.
No recurso interposto junto ao Tribunal de Justiça, Benedito Sá alegou que as provas reunidas no processo não são suficientes para demonstrar a autoria e materialidade delitivas (existência de elementos físicos que constatam a ocorrência do delito)  dos crimes imputados a ele quando exercia o cargo de prefeito de Sucupira do Norte.
Aponta ausência de trânsito em julgado (decisão judicial da qual não se pode mais recorrer) dos acórdãos do TCE que serviram de base para a denúncia do Ministério Público do Maranhão (MPMA) e atipicidade (quando o fato não possui todos os elementos legais para se constituir em um delito) quanto ao crime de dispensa de licitação, ante a ausência de dolo (procedimento fraudulento) específico e dano ao erário.
Pugna pela a sua absolvição e, subsidiariamente, pede que seja reduzida a condenação, com a modificação do regime inicial de cumprimento de pena, anulando a multa, ou reduzindo o seu valor, em razão de inexistência de provas que apontem para a prática do delito.
O desembargador José Luz Almeida rejeitou todas as alegações da defesa e afirmou que, na condição de prefeito municipal, Benedito de Sá desviou recursos públicos e se omitiu quanto ao dever de realizar licitação, além de utilizar documento que sabia ser falso.
Quanto à suposta ausência de dolo específico, por não ter ficado supostamente demonstrada a intenção do ex-prefeito de causar prejuízo efetivo ao erário, o relator frisou que esta argumentação não se sustenta. De acordo com o magistrado, o dolo ficou evidenciado e caracterizado pela consciente vontade do ex-prefeito de incorporar ao seu patrimônio verbas públicas, se apropriando destas e apresentando gastos com despesas que não foram comprovadas no processo e nem na apresentação da prestação de contas do acusado junto ao TCE/MA.
Em relação à alegação de que inexiste prova do trânsito em julgado das decisões proferidas pelo Tribunal de Contas, o desembargador ressaltou que os processos foram julgados entre os anos de 2009 e 2010, não tendo a defesa apresentado na época qualquer documento que demonstrasse seu inconformismo em relação aos referidos acórdãos (decisão do órgão colegiado de um tribunal), que sob o ponto de vista legal não são imprescindíveis para a prolação da sentença condenatória.
No que diz respeito ao pedido de redução da condenação e de alteração do regime de cumprimento de pena pela suposta inexistência de provas que apontem para a prática do delito, o magistrado apontou que o conjunto probatório (verdade real dos fatos) constante nos autos revela-se suficiente para a manutenção da condenação, não havendo, de igual modo, qualquer ilegalidade ou desproporção no estabelecimento da pena, uma vez que na sua aplicação foram observados todos os critérios estabelecidos em lei.
A decisão do colegiado acompanhou parecer da Procuradoria Geral de Justiça (PGJ) e recebeu manifestação do desembargador Raimundo Melo, que enfatizou a necessidade de contundente reação institucional contra fraudes cometidas criminosamente por gestores na administração pública, comprometendo o sistema democrático.
(Assessoria de Comunicação do TJMA)
0

CAMINHADA DO GRUPO 55 MOSTRA GIGANTISMO POLÍTICO DE ISAÍAS FORTES EM CHAPADINHA-MA

Compartilhe:

Print Friendly and PDF



*Com informações do Blog do Alexandre Cunha
O povo tomou conta das ruas em apoio a candidatura a prefeito de Raimunda Maria (esposa de Isaías Fortes) e vice professor Francejane.
Para triunfar na vida, faça da perseverança a sua melhor amiga; da experiência, o seu conselheiro; da prudência, o seu irmão mais velho; e da esperança; o seu anjo da guarda. A campanha do grupo 55 pode ser considerada uma caminhada de perseverança, humildade e confiança na vitória.
No último domingo (25) graças ao envolvimento de toda a família 55, com trabalho e muito suor, o grupo 55 superou suas limitações e mostrou para a sociedade Chapadinhense que está vivo e disputando para ganhar as eleições de 2016.
CONFIRAM AS IMAGENS

Proxima → Página inicial