"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

(1º Princípio da Declaração de Chapultepec)

Visualizações desde 31 de Julho de 2009

SEJA NOSSO PATROCINADOR ANUNCIE SUA EMPRESA AQUI.

SEJA NOSSO PATROCINADOR ANUNCIE SUA EMPRESA AQUI.

Postagem em destaque

DEU NO DIÁRIO OFICIAL (D.O.): MUNICÍPIO DE BURITI/MA CELEBROU SETE CONTRATOS NA ÁREA DE SAÚDE QUE SOMARAM MAIS DE 2,8 MILHÕES DE REAIS EM JANEIRO DE 2016

Só a empresa Fox Distribuidora, de Timon-MA, abocanhou 1,9 milhão em cinco dos sete contratos. O Maior contrato individual ficou com a Atu...

domingo, 4 de dezembro de 2016

0

SUPERCOMPUTADORES COM BASE EM CÁLCULOS QUÂNTICOS: ENTENDA ISSO

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Os fabricantes já estão chegando ao limite máximo da computação clássica. Para atender às necessidades da ciência, computadores baseados nas leis quânticas estão a caminho.

No mundo todo, cientistas tentam produzir um computador que funcione conforme as leis da física quântica. Uma equipe canadense afirma até que eles já estão entre nós. Nem os mais céticos, porém, duvidam que esses aparelhos serão realidade nos próximos dez anos. Os computadores quânticos da primeira geração terão o tamanho de uma caminhonete, vão custar milhões de dólares e consumir mais energia do que as tomadas da sua casa podem suportar.
Além disso, é provável que o tablet ou o celular que você já tem continuem a ser mais eficientes nas tarefas do dia a dia. Então, por que tanto investimento? É que, para a ciência, os computadores quânticos serão revolucionários: vão fazer cálculos hoje impossíveis até para supercomputadores, numa velocidade incrível. Alguns protótipos já foram apresentados, mas nenhum ainda provou ser muito prático. É um caminho difícil, porque a física quântica é esquisita e imprevisível. Uma amostra disso: segundo as leis quânticas, os computadores vão fazer operações em universos paralelos, em várias dimensões ao mesmo tempo. Por isso serão tão rápidos.
O mundo que percebemos segue a mecânica de Newton. Se um objeto cair de uma mesa, sabemos intuitivamente onde ele vai parar. Já no mundo da mecânica quântica, leis diferentes determinam os movimentos dos átomos e das partículas subatômicas, como os elétrons e nêutrons. Essas leis são tão estranhas que Niels Bohr, um dos físicos mais importantes da área, disse: “Se alguém falar que consegue pensar em física quântica sem ficar zonzo, é porque certamente não a compreendeu”.
Um exemplo: se você correr de encontro a uma parede, vai bater e se machucar. Mas se um elétron fizer o mesmo, pode atravessar a parede. Aliás, nem precisa atravessar: provavelmente ele já está na sua sala e na do vizinho ao mesmo tempo. É nesse campo maluco da ciência que os próximos supercomputadores estão sendo desenvolvidos.
QUAL A DIFERENÇA?
Um computador clássico faz cálculos processando uma etapa de cada vez. Eles já estão bem rápidos porque os transistores, as unidades que contêm as informações em bits (bit é a menor unidade de informação que pode ser armazenada ou transmitida), foram ficando menores e mais próximos. Mas as operações para as pesquisas científicas estão maiores e mais complexas. Chegamos a um ponto em que certos cálculos levariam milhares de anos para ser concluídos até pelo computador mais poderoso do mundo (veja texto ao final da reportagem). Agora, imagine se você pudesse teclar ao mesmo tempo em milhões de computadores.
Voltemos aos bits para entender a diferença. Os computadores clássicos trabalham com sistemas binários, porque os bits só podem estar ligados ou desligados. Na linguagem da computação, eles marcam 1 ou 0. Mas os qubits, os bits quânticos, são bem mais versáteis, porque têm a propriedade da superposição: eles podem estar nas posições 1 e 0 ao mesmo tempo. A vantagem está no número de combinações possíveis entre as unidades que contêm informações. Para montar um computador quântico, precisamos de átomos isolados. Retire o elétron do átomo e prenda-o em um cristal de material estável, tantas vezes quantas julgar necessário… Há cientistas que já conseguem montar “transistores” com qubits de verdade.
Em 2012, uma equipe da Universidade de Nova Gales do Sul (Austrália) pôs dois qubits lado a lado e fez o primeiro cálculo com tecnologia quântica da história. Segundo Andrew Dzurak, um dos pesquisadores, eles montaram os circuitos usando silício, que pode ser explorado em escala industrial. “O problema é que os qubits precisam de temperaturas muito baixas, que só conseguimos atingir com máquinas que têm o tamanho de quatro geladeiras juntas. Então, não dá para imaginar que teremos um computador quântico no bolso tão cedo”, diz Dzurak.
As dificuldades não param aí. Além de isolar elétrons e deixar a máquina numa temperatura mais baixa do que a de Plutão (-273° centígrados), é preciso manter os qubits em sincronia. “Hoje, alguns laboratórios conseguem manter a sincronia com um número pequeno de qubits e apenas durante poucas operações”, explica Andrew Millis, da Universidade Columbia, em Nova­ York.
Teremos de aguardar o avanço da computação quântica para apreciarmos esta maravilha computacional.

(Da Revista Planeta)
0

DADOS DO JUDICIÁRIO EM BURITI APONTAM AVANÇOS: UMA SÉRIE DE JÚRIS, AUDIÊNCIAS E CONCILIAÇÕES REALIZADAS ACIMA DA MÉDIA, ALÉM DE RECORDE DE SENTENÇAS PROFERIDAS

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Fórum Desa Madalena Alves Serejo, sede do Poder Judiciário em Buriti-MA.
A Comarca Judicial de Buriti-MA, que tem, desde o dia 2 de junho deste ano, como juiz titular José Pereira Lima Filho, mostra grandes avanços e desempenho extraordinário tanto na quantidade de audiências realizadas quanto na de sentenças proferidas. Em cerca de sete meses de trabalho no Poder Judiciário na cidade, o juiz José Lima conseguiu impactar positivamente e conquistou a confiança da população ao tomar decisões que foram cruciais para garantia da ordem pública e da segurança em Buriti-MA.
    José Lima, como se sabe, durante este breve período no município, já expediu ordens de prisão preventiva a vários acusados de efetuarem crimes, inclusive a um ex-prefeito de Buriti e a um delegado de polícia civil, além de mandados de busca e apreensão que foram fundamentais para o desbaratamento de uma rede de crimes envolvendo roubos, furtos e mortes que até então assombravam os moradores. Foram muitas operações de combate ao crime efetuadas a partir de decisões do juiz.
O Correio Buritiense fez um levantamento de dados da atuação do magistrado e comprovou, em números, o que a população já sente nas ruas: o judiciário local melhorou e tem a plena confiança da população de Buriti-MA.
Somente nos seus três primeiros meses de trabalho na Comarca (junho, julho e agosto de 2016) o juiz José Lima realizou 202 audiências e proferiu 400 sentenças judiciais, sendo que estes números indicam uma atuação acima da média se comparada a outros períodos. Os resultados, inclusive, tanto de audiências quanto de sentenças superaram o esperado pelo magistrado.  
Considerando ainda o mesmo trimestre citado acima, há de se destacar, também, que o número de conciliações subiu de 35 para 88, se comparado a dados de 2015. Ademais, não há registros de processos conclusos com excesso de prazo e de audiências não realizadas injustificadamente.
 No período próximo de 13 a 16 de dezembro serão realizadas, ainda, 184 audiências de conciliação no âmbito do Juizado Especial Civil e, de acordo com a secretaria judicial da comarca, duas sessões de Tribunal de Júri estão marcados para os dias 5 e 7 de dezembro.
No mês de novembro último, a Comarca já realizou uma série de sessões do Tribunal do Júri, que aconteceram no período de 21 a 25 de novembro. Na pauta de julgamentos, havia acusados de homicídios e de tentativa de homicídio, sob a presidência do juiz titular José Pereira Lima Filho.
JULGAMENTOS REALIZADOS
No julgamento do dia 21 de novembro, o réu Geraldo Silva Nunes foi considerado culpado e recebeu a pena de 16 anos, 09 meses e 18 dias de reclusão. Ele estava sendo acusado da morte de Francisco das Chagas Tertulino. Consta na denúncia que o crime ocorreu em junho de 2014 e que a vítima foi morta a pauladas na cabeça, principalmente.
Já no júri do dia 22 de novembro, os réus Fábio Júnior das Neves da Conceição e Silvestre das Neves da Conceição foram absolvidos, mas o terceiro réu, Francisco das Neves foi condenado a 17 anos e meio de reclusão. Eles estavam sendo acusados da morte de Francisco Adriano da Silva, em dezembro de 2005. Adriano foi morto a golpes de faca, dentro de um bar localizado no povoado Santa Cruz, localidade de Buriti.
Em outra sessão do Tribunal do Júri também foi julgado o réu Mauri Martins Alves, acusado de tentar contra a vida de Evangelista Portela Costa, com disparo de arma de fogo, em junho de 2009 no Povoado Mocambinho, na Festa do Peixe.
O júri popular do réu Benedito Rogério Cardoso de Vasconcelos, acusado de tentar matar Ezequias Alves Ferreira, em 29 de outubro de 2008, também foi concluído. Consta na denúncia que eles haviam tido uma briga no dia anterior. Para se vingar, Benedito teria desferido um golpe de faca na garganta da vítima. O acusado confessou, em depoimento à polícia, que a intenção era matar a vítima.

sábado, 3 de dezembro de 2016

0

INICIA A COMEMORAÇÃO DOS FESTEJOS DE NOSSA SENHORA DE GUADALUPE NO BAIRRO BACURI EM BURITI

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Com o tema “SENHORA DE GUADALUPE, MÃE DA MISERICÓRDIA!” e o lema “Fazei tudo o que ele vos disser!”, a Igreja Católica começou nessa sexta-feira (2/12), as festas dedicadas à santa padroeira do Bairro Bacuri, em Buriti-MA.
Ontem (2), por volta das 17h, na chamada Alvorada, aconteceu uma caminhada pelas ruas de nossa cidade.  Deste sábado (3/12) até o dia 11 de dezembro ocorrerão as chamadas NOVENAS, sempre às 19h30, na Igreja de Nossa Senhora de Guadalupe, no bairro Bacuri.
Já no dia 12 de dezembro ocorre, pela manhã, às 8h, a celebração da Santa Missa, ministrada por Padre Chagas e, à noitinha, a partir das 18h, a festa de encerramento da Padroeira, com a realização de uma Procissão.
SOBRE O SIGNIFICADO DAS NOVENAS
Novena é um encontro para orações, realizado durante o período de nove dias, que no caso do Festejo de Guadalupe, no Bacuri, em Buriti-MA, ocorrem, anualmente, de 3 a 11 de dezembro.
Essa tradição começou entre a Ascensão de Jesus Cristo ao Céu e a descida do Espírito Santo, quando se passaram nove dias (cf. Atos 1,3; 2,1). A Comunidade Cristã teria ficado reunida em torno de Maria, de algumas mulheres e dos Apóstolos por este período. Esta é considerada a primeira novena cristã. Essa reunião original é repetida todos os anos pelas comunidades cristãs (especialmente as da Igreja Católica), orando-se pela unidade dos cristãos. Esse se torna também o padrão das novenas rogadas com outros objetivos, no caso dos festejos, por exemplo.
EVENTOS DURANTE O FESTEJO:
Santo Terço diariamente às 18 horas.
Realizador: Comunidade de  Nossa Senhora de Guadalupe.
Apoio: Sistema Pascom de Comunicação - PORTAL PASCOM
PROGRAMAÇÃO COMPLETA

(Do Portal Pascom)
2

BOA GESTÃO: JUSTIÇA ELEITORAL APROVA CONTAS DE LUIS FERNANDO, PREFEITO ELEITO DE SÃO JOSÉ DE RIBAMAR (PSDB)

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Tucano foi eleito com quase 100% dos votos dados nas urnas. Ele já foi prefeito de São José de Ribamar (cidade localizada a 336 km de Buriti-MA), eleito em 2004 e reeleito em 2008. Volta consagrado pela vontade popular.
A juíza Teresa Cristina de Carvalho Pereira Mendes, titular da 47ª Zona Eleitoral, aprovou, na última quinta-feira (1), sem ressalvas, as contas de campanha do prefeito eleito de São José de Ribamar, Luís Fernando Silva (PSDB). Na decisão, a magistrada afirma que as irregularidades encontradas no parecer técnico preliminar foram justificadas pelo tucano, por meio de documentos comprobatórios e prestação de contas retificadora.
DECISÃO PELA APROVAÇÃO DE CONTAS DE LUIS FERNANDO
“O prestador [Luís Fernando Silva] apresentou justificativa, acompanhada de documentos comprobatórios, e prestação de contas retificadora. Conclusivamente, o setor técnico bem como o Ministério Público Eleitoral manifestaram-se pela aprovação das contas”, diz trecho da sentença.
A magistrada lembra, ainda, que o prefeito eleito de São José de Ribamar preencheu todos os requisitos legais durante a apresentação da prestação de contas.
“Compulsando os autos, verifico a regularidade das contas em epígrafe, haja vista terem sido apresentadas em consonância com a legislação eleitoral vigente, preenchendo os requisitos legais. Ante o exposto, em consonância com o parecer ministerial, APROVO as contas apresentadas pelo candidato LUIS FERNANDO MOURA DA SILVA relativas à campanha para o cargo de Prefeito nas eleições municipais de 2016, neste Município, nos termos do art. 68, I, da Res-TSE 23.463/2015”, finaliza.
Ficha limpa, Luís Fernando Silva foi eleito com 100% dos votos válidos. No somatório da votação do tucano e do seu adversário, Júlio Matos, o Julinho (PMDB), que foram anulados por conta da cassação do seu registro, por unanimidade, pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Maranhão, Luís Fernando teria 96,17% dos votos, enquanto Julinho, com 2.659 votos, registraria apenas 3,82% dos sufrágios.

(Do Atual7)
1

NÚCLEO DA AMIB FAZ HOJE (3) SUA TRADICIONAL FEIJOADA EM SÃO LUÍS (MA)

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


A Associação dos Amigos de Buriti (AMIB), fundada em julho de 1992, promove,  neste sábado (3), a partir do meio dia, sua tradicional feijoada de confraternização natalina e mobilização da comunidade buritiense, em São Luís, com intuito, também, de captação de recursos para manter o Centro Cultural Adélia Moreira Martins Ferreira, sede da entidade em Buriti-MA. 
Para participar desta Feijoada da Amizade basta adquirir um convite pelo valor simbólico de 15 reais. O endereço do evento é Rua do Aririzal, Cohama, nº 40, em São Luís. 
Com a realização da Feijoada da Amizade, o núcleo ludovicense da AMIB mantém a tradição de, anualmente, promover um encontro dos amigos de Buriti presentes na capital maranhense. Eventos semelhantes também são feitos nos demais núcleos da entidade espalhados pelo Brasil. 
A feijoada terá animação ao vivo, bebidas, sobremesas, lanches alternativos e um bingo com cartelas para venda durante o próprio encontro.

A AMIB precisa do seu apoio para continuar sua missão de “Congregar e mobilizar buritienses e amigos de Buriti para fortalecer o sentimento nativista e de amor a terra, de modo a contribuir, com ações de cunho social, para o desenvolvimento local sustentável”. 
1

HOMENAGEM COLOMBIANA INESQUECÍVEL AO CHAPECOENSE NA QUARTA-FEIRA (30/11)

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


UM EXEMPLO DE SOLIDARIEDADE QUE COMOVEU OS BRASILEIROS E FOI VISTA EM TODO MUNDO
O estádio onde a Chapecoense e Atletico Nacional da Colômbia disputariam o final da Copa Sul-Americana, na noite da última quarta-feira (30), foi palco de uma belíssima homenagem da torcida do país ao clube catarinense.
Milhares de colombianos lotaram o Atanásio Girardot e as ruas de Medellín. Os 45 000 lugares disponíveis no estádio foram preenchidos em menos de uma hora. Com velas, flores e faixas emocionadas, a torcida entoou cantos como “Que escutem, em todo continente, sempre recordaremos, o campeão Chapecoense“. Houve também um minuto de silêncio em homenagem às vítimas.

ASSISTA ABAIXO A LINDÍSSIMA CERIMÔNIA DE HOMENAGEM

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

3

HOMEM DISFARÇADO DE MANIFESTANTE TENTA AGREDIR DEPUTADO WEVERTON ROCHA (PDT)

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Concorde-se ou não com as posições do deputado, mas esta atitude não pode ser aceita pela sociedade e mostra o desrespeito pela Constituição Federal.
Faltou muito pouco para o deputado federal maranhense Weverton Rocha (PDT) ser agredido por um falso manifestante na última quarta-feira (30) no aeroporto de Brasília. (Veja o vídeo)
A situação vexaminosa, para dizer o mínimo, se deu pelo fato do deputado ser o autor da emenda que estipula que juízes e promotores também respondam por crime de abuso de autoridade quando apresentarem com conduta incompatível ao cargo.
Integrantes da força tarefa da Operação Lava Jato, após a aprovação das alterações na Câmara Federal, chegaram, inclusive, a ameaçar abandonar os trabalhos se a “proposta de intimidação de juízes e procuradores” for sancionada pela presidência da República.
Ontem (1), no encontro de prefeitos eleitos e reeleitos com o governador do Maranhão, no Rio Poty Hotel, em São Luís-MA, o Weverton Rocha voltou a falar sobre a emenda e reafirmou a necessidade de conter abusos.
Em artigo divulgado à imprensa, Weverton afirma que a “intolerância não passará” e que “o nazismo nasceu assim”. (leia abaixo a íntegra)
A INTOLERÂNCIA NÃO PASSARÁ
Sou um deputado federal no segundo mandato, eleito legitimamente pelo povo do Maranhão.
Na minha função de legislar considero a representação dos anseios populares, a legitimidade e a legalidade das propostas. Precisa ser assim.
Para além do efeito imediato de uma lei e o atendimento de uma categoria é preciso pensar no longo prazo e na aplicação em todo o território nacional.
Movido por essa perspectiva ampla, após ouvi por anos pessoas que vivem em todos os rincões desse país, em especial do meu Estado, reclamarem sobre abuso de promotores e juízes, eu e meus companheiros de partido decidimos apresentar uma emenda ampliando o combate à corrupção para todos os agentes públicos, incluindo membros do Judiciário e Ministério Público.
Fizemos uma proposta, que pode ser melhorada no Senado.
Imaginava, é claro, que nem todos concordariam. Para isso existem os debates, os argumentos aos quais estou habituado.
Considero que a democracia se faz no embate de opiniões para a construção do consenso.
Qual foi a minha surpresa ao ver reações desmesuradas e irracionais de pessoas que se dizem representantes de movimentos políticos ou que são “apolíticos”, embora na verdade estejam exercendo a pior política, a da intolerância.
Recebi ataques nas minhas redes sociais com uso de palavras de baixo calão, ameaças a mim, a minha família e à classe política em geral, pedidos de intervenção militar. Poucos argumentos consistentes.
Cheguei a ser abordado no aeroporto por um militante de algum movimento obscuro que me agrediu, enquanto eu tentava calmamente lhe explicar o espírito da proposta do PDT.
Lamentável enquanto amostra de comportamento humano e perigoso enquanto amostra de comportamento político que flerta com o Fascismo.
Inflamadas pelas campanhas de órgãos de imprensa, que atualmente se ocupam mais em dar sua opinião que informar, e infelizmente insufladas pela atitude inconsequente de parte do Ministério Público, que abandona suas atribuições originais para fazer parte do show tentando impor legislação, pessoas passam a repetir conceitos sem reflexão.
Falam em proposta desfigurada, sem saber explicar qual exatamente era a proposta, nem mesmo sem ouvir os muitos especialistas que alertam para os riscos que algumas delas trariam para o direito individual do cidadão e nossas garantias constitucionais.
Dizem que a emenda prejudica a Lava-jato, sem nem mesmo a ler, sem saber que ela apenas atribui penas reais a condutas que já são tipificadas como ilegais.
Luz sobre o debate é do que precisamos. Aliás, precisamos de debate.
Não de bate-boca, não de opiniões pré-concebidas sem informação real, não de pessoas que falam para o sentimento de uma nação ferida por histórias de corrupção, usando essa fragilidade para impor suas opiniões.
O Nazismo começou assim. Mas nossa democracia é forte e vai superar esse momento, pois acredito que há uma maioria silenciosa que não deixará a intolerância passar.
Weverton Rocha, deputado federal.
3

CAI MAIS UM!!!JUSTIÇA AFASTA PREFEITO DO MUNICÍPIO DE BACURI POR ATRASO NO PAGAMENTO DO FUNCIONALISMO PÚBLICO

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


José Balduíno foi afastado por 180 dias e, por determinação judicial, a Câmara de Vereadores tem 24h para empossar o vice-prefeito no cargo.
Prefeito Balduíno
Atendendo ao pedido formulado em ação civil pública, o juiz titular da comarca de Bacuri, Thadeu de Mello, determinou nesta sexta-feira (02), por meio de decisão liminar, o afastamento do prefeito da cidade José Balduíno da Silva Nery, pelo prazo de 180 dias. A Câmara de Vereadores já foi notificada para, em 24 horas, empossar o vice-prefeito no cargo.
Consta na ação que o prefeito - mesmo recebendo regularmente todos os repasses constitucionais -  vem de forma reiterada atrasando o pagamento do funcionalismo municipal, sem externar motivação extraordinária que justificasse o não pagamento. De acordo com o Ministério Público, o prefeito “se comprometeu a regularizar a questão salarial, tendo fixado data para o pagamento mensal de todos os servidores; se abster de aumentar gastos com pessoal e praticar as condutas vedadas previstas no art. 22 da Lei de Responsabilidade Fiscal; e a regularizar os repasses aos sindicatos e ao INSS, buscando viabilizar junto à Receita Federal a renegociação dos valores não repassados, apresentando estudo detalhado até o último dia 30 de julho”.
PROVAS ROBUSTAS
Na decisão, o juiz ressalta que está demonstrado nos autos, por meio da farta documentação juntada pelo MPMA, que o réu, de maneira contumaz, vem deixando de pagar o funcionalismo público, e realizando descontos indevidos, muito embora o município continue recebendo normalmente os repasses previstos. Descumpriu todos os TAC’s assinados junto ao Ministério Público para resolução das pendências e o fim do atraso salarial, o pagamento de outras verbas trabalhistas e a regularização dos repasses ao INSS e às entidades de classe.
O magistrado determinou, também, a notificação das instituições bancárias oficiais com as quais o Município mantém convênio, comunicando a proibição do réu, José Balduíno da Silva Nery, em realizar qualquer tipo de transação.
O município de Bacuri (MA) está localizado a 611 km de Buriti-MA.

(Da Asscom/ CGJ)
Proxima → Página inicial