"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

NOTA DE PESAR PELO FALECIMENTO DO BURITIENSE HÉLIO ALMEIDA

É com pesar que o CORREIO BURITIENSE comunica o falecimento de HÉLIO DA COSTA ALMEIDA, ocorrido na tarde deste sábado 31/8. Hélio Almeida, como era chamado, tinha 79 anos, era engenheiro agrônomo, filho do ex-prefeito de Buriti Raimundo Almeida e da senhora Hilda Costa Almeida, morreu, por volta de 13h25 de hoje (31), no Hospital Aldenora Belo, em São Luís. Nascido no povoado buritiense de Mocambinho, divisa com o estado do Piauí, Hélio Almeida atualmente morava na capital maranhense, tendo também residido em Rio de Janeiro (10 anos) e São Paulo (12 anos). Liderança histórica do PDT brizolista, retornou ao Estado do Maranhão para honrar o cargo de Secretário de Estado de Agricultura no Governo Ivar Saldanha, tendo também contribuído como coordenador da SAGRIMA no governo de João Castelo. Pai de 2 filhos, Juliana e Helinho, frutos do primeiro casamento, vivia um relacionamento estável de 12 anos com Janete Rodrigues, segunda esposa. Partiu também deixando dois netos.
O corpo está sendo velado na funerária Pax União, no Centro de São Luís. A cremação será realizada nesse domingo 1º/9, pela manhã, às 9 horas.
Este editor do Correio Buritiense lamenta profundamente a partida de Hélio Almeida, um amigo com quem tive a satisfação de desfrutar da companhia generosa e que trazia a memória repleta de casos e boas histórias de grandes personagens da vida política e social de Buriti e do Brasil. Um homem de coração imenso e com grandes serviços prestados ao Maranhão.

Prefeito de Buriti Naldo Batista abandona o PCdoB e filia-se ao PSC juntamente com o Deputado Federal Aluísio Mendes


O presidente nacional do Partido Social Cristão (PSC), Pastor Everaldo, e o presidente de honra da legenda, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, participaram ontem, sexta-feira 30/8 da cerimônia de filiação do deputado federal Aluísio Mendes e mais 14 prefeitos de municípios maranhenses ao PSC. 
O prefeito Naldo Batista é um dos novos filiados ao PSC, que é um partido de grande força a nível nacional e que tem como seu principal aliado político o Deputado Federal Aluísio Mendes, este assumiu a presidência da comissão executiva do PSC no Maranhão. 
Também participaram da cerimônia integrantes da Executiva Nacional do PSC, entre eles o senador Zequinha Marinho (PA) e o deputado federal Gilberto Nascimento (SP), e o secretário de representação do Governo do Rio de Janeiro em Brasília, André Moura; além de lideranças políticas e comunitárias do Maranhão. 
“O sucesso do PSC é a coerência. Tenho certeza que o deputado Aluísio Mendes manterá a nossa coerência, na defesa da família, da segurança do cidadão e nas políticas liberais, na condução do nosso partido aqui no Maranhão”, afirmou o pastor Everaldo. 


Aluísio Mendes, nono integrante da bancada do PSC na Câmara dos Deputados, mostrou seu entusiasmo com a nova etapa em sua carreira política. “Viemos para ajudar o PSC a continuar crescendo. Sabemos de nossa responsabilidade e juntos, novos filiados e membros já antigos, iremos fazer o nosso melhor na defesa das bandeiras do partido”, disse o deputado. 
Da cidade de Buriti se fizeram presente também o Vice-Prefeito Antônio Flora, o Presidente da Câmara Jorge do Sindicato, os vereadores Didi do Mocambinho, Enchente, Edvan Lafaete, Zé Dionísio, Damin, Hélio Flora, e Robert Almeida; além de César Costa, o Chefe de Gabinete Dr. Júnior e o Secretário de Meio Ambiente Laudelino Mendes, ao todo mais de mil pessoas participaram do evento, realizado em um hotel do bairro Calhau, na capital maranhense. 
 * Da Assessoria de Comunicação

EM CAXIAS, EQUIPE DE SAÚDE DE BURITI PARTICIPA DE OFICINA DE PREPARAÇÃO DA RESPOSTA A SURTOS DE SARAMPO NA FASE PÓS ELIMINAÇÃO

Coordenação de Imunização, Vigilância Epidemiológica e Vigilância Sanitária Municipal, em Capacitação com Dra. Graça Lírio - Coordenadora Estadual de Vigilância Epidemiológica, em Caxias. Lá foi tratado do assunto da Oficina de preparação da resposta a surtos de sarampo na fase pós eliminação.
A administração do Prefeito Naldo Batista em parceria com o Secretário de Saúde Rogério Viana está sempre trabalhando em conformidade com as normas do SUS e dando total apoio aos funcionários para que possam desempenhar suas funções dentro da saúde para atender a população de Buriti.
Buriti, Novo Tempo, Nova História!

*Publipost/Assessoria de Comunicação

POLÍCIA MILITAR RECUPERA QUATRO MOTOCICLETAS ROUBADAS EM MUNICÍPIOS DA ÁREA DE ATUAÇÃO DO 16° BATALHÃO

     Com o objetivo de dar resposta rápida e eficiente contra a criminalidade em nossa região, o Comando do 16° Batalhão através de seus Policiais Militares em serviço, não tem medido esforços para combater tal prática delituosa. 
    Na última semana foi realizadas várias apreensões de veículos com restrição de roubo/furto na área do 16° Batalhão.
MUNICÍPIO DE CHAPADINHA/MA
     Motocicleta Honda CG 150 vermelha chassi 9C2KC01104R005717, ao ser abordado pela equipe de Policiais em serviço e verificado o chassi via inforseg, foi constatado o registro de roubo/furto.
MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO/MA
     Moto Honda CG 150 Titan EX vermelha ano 2015 Chassi 9C2KC1660FR511083, foi apreendida com registro de roubo/furto em poder de Davi Lima Santos, 18 anos, residente na Rua da esperança, morro da Arábia São Bernardo/MA e Gláucio da Silva Rocha, 20 anos, residente na Rua, João Paulo II Morro da Arábia São Bernardo/MA. Que foram conduzidos para a delegacia de São Bernardo junto com a Motocicleta, para providencias. 

MUNICÍPIO DE TUTOIA/MA
     Através de uma ligação telefônica que uma motocicleta Bros vermelha, de procedência duvidosa estava em uma oficina, a guarnição deslocou até o local constatando a veracidade da denúncia, ao pesquisar no sistema inforseg, a moto tem registro de furto/roubo, a motocicleta foi levada para a Delegacia de Tutoia/MA.
MUNICÍPIO DE URBANO SANTOS/MA
     Motocicleta Honda NXR Bros - 2007 - vermelha - Chassi final 2924, apreendida durante barreira de prevenção à assaltos na estrada da Bacaba, onde o condutor Edson Rocha Azevedo 50 anos residente no Povoado Santana, Urbano Santos, foi abordado e após verificação pelo INFOSEG, constatou-se adulteração na cor, número do motor, nome do proprietário, endereço, e nome do veículo. O condutor e a motocicleta foram apresentados na DPC para providências cabíveis.

Prefeito Naldo Batista prestigia solenidade de abertura do Campeonato Municipal de Futebol-2019 em Buriti-MA


O prefeito da cidade de Buriti-MA, Naldo Batista, esteve no sábado 24/8, prestigiando a solenidade de abertura do Campeonato Municipal de Futebol – 2019, com a apresentação das equipes participantes.
Este ano a administração municipal nominou o campeonato de “Copa Raimundo Flora”, em homenagem póstuma ao Sr. Raimundo Ferreira Viana, mais conhecido como Raimundo Flora, que foi um grande lutador pelo esporte da cidade de Buriti. 
O momento contou com a fala e presença de algumas autoridades presentes no evento como o vice-prefeito Antônio Flora, presidente da Câmara Jorge do Sindicato, vereador Didi do Mocambinho, vereador Hélio Flora, Vanusa Flora, entre outros. 
O campeonato, já é um acontecimento esperado pelos amantes do esporte além de ser uma marca da administração do prefeito Naldo Batista, que mais um ano junto com a secretaria de esportes está garantindo apoio ao esporte do município de Buriti.
 O campeonato se estenderá até a data do aniversário de Buriti, no dia 6 de dezembro, quando ocorrerá a entrega da premiação para o campeão do torneio e demais participações. 
Na ocasião, foi distribuído material esportivo para as equipes participantes com o objetivo de dar mais qualidade aos desportistas.


“É com trabalho e esforço que vamos erguendo a cidade de Buriti, e contamos com o apoio de todos os desportistas para fazer um belíssimo campeonato de futebol com muita paz e harmonia”, disse Naldo Batista. 
Buriti, Novo Tempo, Nova História!

*Publipost/Assessoria de Comunicação


IBGE divulga as estimativas da população dos municípios para 2019


 O IBGE divulgou nessa quarta-feira 28/8 as estimativas das populações residentes nos 5.570 municípios brasileiros, com data de referência em 1º de julho de 2019. Estima-se que o Brasil tenha 210,1 milhões de habitantes e uma taxa de crescimento populacional de 0,79% ao ano, apresentando queda do crescimento quando comparado ao período 2017/2018, conforme a Projeção da População 2018.
O município de São Paulo continua sendo o mais populoso do país, com 12,25 milhões de habitantes, seguido pelo Rio de Janeiro (6,72 milhões de habitantes), Brasília (3,0 milhões) e Salvador (2,9 milhões). Juntos, os 17 municípios brasileiros com população superior a um milhão de pessoas somam 46,1 milhões de habitantes ou 21,9% da população do Brasil.
Serra da Saudade (MG) é o município brasileiro com a menor população, 781 habitantes, seguido de Borá (SP), com 837 habitantes, e Araguainha (MT), com 935 habitantes.
No ranking dos estados, os três mais populosos estão na região Sudeste, enquanto os cinco menos populosos estão na região Norte. O maior deles é São Paulo, com 45,9 milhões de habitantes, concentrando 21,9% da população do país. Roraima é o estado menos populoso, com 605,8 mil habitantes (0,3% da população total).
As estimativas populacionais municipais são um dos parâmetros utilizados pelo Tribunal de Contas da União para o cálculo do Fundo de Participação de Estados e Municípios e são referência para vários indicadores sociais, econômicos e demográficos. Esta divulgação anual obedece ao artigo 102 da Lei nº 8.443/1992 e à Lei complementar nº 143/2013.
As populações dos municípios foram estimadas por procedimento matemático e são o resultado da distribuição das populações dos estados, projetadas por métodos demográficos, entre seus diversos munícipios. O método baseia-se na projeção da população estadual e na tendência de crescimento dos municípios, delineada pelas populações municipais captadas nos dois últimos Censos Demográficos (2000 e 2010) e ajustadas. As estimativas municipais também incorporam alterações de limites territoriais municipais ocorridas após 2010.
A tabela com a população estimada para cada município foi publicada no Diário Oficial da União (D.O.U.) de ontem (29). A nota metodológica e as estimativas das populações para os 5.570 municípios brasileiros e para as 27 unidades da federação podem ser consultadas à direita.
Em 2019, pouco mais da metade da população brasileira (57,4% ou 120,7 milhões de habitantes) se concentra em apenas 5,8% dos municípios (324 municípios), que são aqueles com mais de 100 mil habitantes. Já os 48 municípios com mais de 500 mil habitantes concentram quase 1/3 da população (31,7%, ou 66,5 milhões de pessoas).
Por outro lado, na maior parte dos municípios (68,2%, ou 3.670 municípios), com até 20 mil pessoas, residem apenas 15,2% da população do país (32,0 milhões de pessoas).
Dos 17 munícipios com população superior a um milhão de habitantes, 14 são capitais estaduais. Esses municípios concentram 21,9% da população do País. O município de São Paulo continua sendo o mais populoso do país, com 12,25 milhões de habitantes, seguido pelo Rio de Janeiro (6,72 milhões), Brasília (3,0 milhões) e Salvador (2,9 milhões).
MUNICÍPIOS COM MAIS DE 1 MILHÃO DE HABITANTES
ORDEM
UF
MUNICÍPIO
POPULAÇÃO 2019
SP
São Paulo
12.252.023
RJ
Rio de Janeiro
6.718.903
DF
Brasília
3.015.268
BA
Salvador
2.872.347
CE
Fortaleza
2.669.342
MG
Belo Horizonte
2.512.070
AM
Manaus
2.182.763
PR
Curitiba
1.933.105
PE
Recife
1.645.727
10º
GO
Goiânia
1.516.113
11º
PA
Belém
1.492.745
12º
RS
Porto Alegre
1.483.771
13º
SP
Guarulhos
1.379.182
14º
SP
Campinas
1.204.073
15º
MA
São Luís
1.101.884
16º
RJ
São Gonçalo
1.084.839
17º
AL
Maceió
1.018.948
TOTAL
46.083.103
% em relação ao total Brasil
21,9%
TOTAL BRASIL
210.147.125
Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas - DPE, Coordenação de População e Indicadores Sociais - COPIS.
Excluindo-se as capitais, 25 municípios brasileiros possuem mais de 500 mil habitantes. Esses municípios estão nos estados de São Paulo (8), Rio de Janeiro (6), Minas Gerais (3), Pernambuco, Bahia, Santa Catarina, Goiás, Paraná, Pará, Espírito Santo e Rio Grande do Sul.
OS MUNICÍPIOS COM MAIS DE 500 MIL HABITANTES, EXCETO CAPITAIS
ORDEM
UF
MUNICÍPIO
POPULAÇÃO 2019
SP
Guarulhos
1.379.182
SP
Campinas
1.204.073
RJ
São Gonçalo
1.084.839
RJ
Duque de Caxias
919.596
SP
São Bernardo do Campo
838.936
RJ
Nova Iguaçu
821.128
SP
São José dos Campos
721.944
SP
Santo André
718.773
SP
Ribeirão Preto
703.293
10º
PE
Jaboatão dos Guararapes
702.298
11º
SP
Osasco
698.418
12º
MG
Uberlândia
691.305
13º
SP
Sorocaba
679.378
14º
MG
Contagem
663.855
15º
BA
Feira de Santana
614.872
16º
SC
Joinville
590.466
17º
GO
Aparecida de Goiânia
578.179
18º
PR
Londrina
569.733
19º
MG
Juiz de Fora
568.873
20º
PA
Ananindeua
530.598
21º
ES
Serra
517.510
22º
RJ
Niterói
513.584
23º
RJ
Belford Roxo
510.906
24º
RS
Caxias do Sul
510.906
25º
RJ
Campos dos Goytacazes
507.548
TOTAL
17.840.193
% em relação ao total Brasil
8,5%
TOTAL BRASIL
210.147.125
Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas - DPE, Coordenação de População e Indicadores Sociais - COPIS.

Entre os municípios menos populosos, há 25 municípios com população inferior a 1.500 habitantes, sendo que três deles possuem população inferior a 1.000 habitantes. São eles: Serra da Saudade (MG) com 781 habitantes; Borá (SP), com 837 habitantes e Araguainha (MT), com 935 habitantes.
Considerando a composição das Regiões Metropolitanas de 31 de dezembro de 2018, a Região Metropolitana de São Paulo, em 1º de julho de 2019, é a mais populosa, com 21,7 milhões de habitantes, seguida da Região Metropolitana do Rio de Janeiro (12,8 milhões de habitantes), da Região Metropolitana de Belo Horizonte (6,0 milhões de habitantes) e da Região Integrada de Desenvolvimento (RIDE) do Distrito Federal e Entorno (4,6 milhões de habitantes).
As 28 Regiões Metropolitanas, RIDEs e Aglomerações Urbanas que superam 1 milhão de habitantes em 2019 somam 99,8 milhões de habitantes.
Reunidas, as 27 capitais superam os 50 milhões de habitantes, representando, em 2019, 23,86% da população total do País. A capital com maior taxa de crescimento geométrico no período 2018-2019 é estimada para Boa Vista, 6,35%, e, a menor, para Porto Alegre, com 0,32% de crescimento.
POPULAÇÃO DAS CAPITAIS EM ORDEM DECRESCENTE DE POPULAÇÃO
ORDEM
UF
NOME DO MUNICÍPIO
POPULAÇÃO 2019
TCG
SP
São Paulo
12.252.023
0,62%
RJ
Rio de Janeiro
6.718.903
0,45%
DF
Brasília
3.015.268
1,36%
BA
Salvador
2.872.347
0,53%
CE
Fortaleza
2.669.342
0,99%
MG
Belo Horizonte
2.512.070
0,42%
AM
Manaus
2.182.763
1,74%
PR
Curitiba
1.933.105
0,83%
PE
Recife
1.645.727
0,48%
10º
GO
Goiânia
1.516.113
1,36%
11º
PA
Belém
1.492.745
0,47%
12º
RS
Porto Alegre
1.483.771
0,32%
13º
MA
São Luís
1.101.884
0,66%
14º
AL
Maceió
1.018.948
0,65%
15º
MS
Campo Grande
895.982
1,16%
16º
RN
Natal
884.122
0,74%
17º
PI
Teresina
864.845
0,40%
18º
PB
João Pessoa
809.015
1,09%
19º
SE
Aracaju
657.013
1,24%
20º
MT
Cuiabá
612.547
0,89%
21º
RO
Porto Velho
529.544
1,93%
22º
AP
Macapá
503.327
1,96%
23º
SC
Florianópolis
500.973
1,62%
24º
AC
Rio Branco
407.319
1,54%
25º
RR
Boa Vista
399.213
6,35%
26º
ES
Vitória
362.097
1,07%
27º
TO
Palmas
299.127
2,49%
TOTAL CAPITAIS
50.140.133
0,84%
% em relação ao total Brasil
23,86%
TOTAL BRASIL
210.147.125
Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas - DPE, Coordenação de População e Indicadores Sociais - COPIS.

O crescimento populacional do total do país, medido pela taxa geométrica de crescimento, foi de 0,79% ao ano, exprimindo queda do crescimento quando comparado ao período 2017/2018, conforme Projeção da População 2018.
Dos 5.570 municípios do país, 28,6% apresentaram redução populacional. Aproximadamente metade (49,6%) dos municípios tiveram crescimento entre zero e 1% e apenas 4,8% (266 municípios) apresentaram crescimento igual ou superior a 2%.
O grupo de municípios com até 20 mil habitantes apresentou, proporcionalmente, o maior número de municípios com redução populacional. Já no grupo de municípios entre 100 mil e um milhão de habitantes, está presente a maior proporção de municípios com crescimento superior a 1% ao ano. Os municípios com mais de um milhão de habitantes concentram crescimento entre zero e 1% ao ano.
*Da Agência IBGE Notícias