"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

(1º Princípio da Declaração de Chapultepec)

Visualizações desde 31 de Julho de 2009

COMO VOCÊ AVALIA OS 100 PRIMEIROS DIAS DA GESTÃO NALDO BATISTA?

IMPOSTOS MUNICIPAIS ARRECADADOS PARA BURITI-MA

COMPRE JÁ

COMPRE JÁ

Confraternização da Amib

Confraternização da Amib

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

0

POLÍCIA MILITAR CAPTURA FUGITIVO DE DELEGACIA DE SANTA QUITÉRIA DO MARANHÃO (MA)

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Policiais Militares de serviço na cidade de Brejo - MA, distante 48 km de Buriti-MA, foram informados no último domingo (29/1) que, em uma residência situada no bairro Santo Antonio naquela cidade, estaria acontecendo uma agressão, e que uma pessoa conhecida como Karliel, que já possuía mandado de prisão em aberto, estaria envolvida. Quando chegarem ao local, a guarnição constatou que o suspeito já havia fugido.
Diligências foram realizadas para localizar o suspeito e, algum tempo depois, o mesmo foi avistar por policiais. Ele ainda tentou fugir, mas não obteve êxito e foi preso. 
Foi preso Orlando Manoel da Silva Lisboa, 27 anos, vulgo Karliel, e apreendido uma moto POP de cor vermelha, chassi 9C2HB0210BR407146, o mesmo era fugitivo da delegacia de Polícia Civil da cidade de Santa Quitéria/MA (a 81 km de Buriti-MA), além se der acusado por uma série de assaltos que aconteceram na cidade de Brejo e região. Orlando Manoel foi entregue juntamente com a moto apreendida, no plantão central da delegacia de Polícia Civil daquele município, para as providências cabíveis.
0

ESCONDERIJO BIZARRO: PARA NÃO SER CAPTURADO PELA POLICIA EX-PREFEITO SE ESCONDE EM FORRO DE RESIDÊNCIA

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Gilberto Dranka é suspeito de envolvimento na morte de prefeito eleito
Ex-prefeito da cidade de Pién, na Região Metropolitana de Curitiba/PR, Gilberto Dranka foi preso na manhã desta terça-feira (31/1) na mansão onde mora de forma inusitada. Um vídeo produzido pela Polícia Civil da região, no momento da operação, mostra que os agentes do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) o encontraram escondido no forro do teto da residência. Ele é suspeito de envolvimento na morte do representante eleito da cidade, Loir Dreveck (PMDB), de 52 anos, assassinado em dezembro do ano passado antes de tomar posse no cargo. A prisão é temporária.
Além dele, foram presos Amilton Padilha, já envolvido em outro assassinato semelhante, e Orvandir Arias Pedrini. O primeiro é suspeito de ter atirado na cabeça do prefeito eleito, tendo fugido, em seguida, para Balneário Camboriú, em Santa Catarina. Já Pedrini teria sido o intermediário do crime. Foram oferecidos R$ 10 mil reais pela ação.
As investigações indicam que houve motivação política e que o atual presidente da Câmara Municipal de Pién, o vereador Leonides Maahs, teria encomendado o feito. 
“Os primeiros depoimentos indicam que o grupo ligado a Dranka e que dominava a política na região investiu no prefeito eleito, colocou dinheiro em sua campanha, recebeu benesses como cargos em comissão e secretarias da prefeitura, e que, um dia depois de ser eleito, Dreveck disse que nada disso aconteceria e que a prefeitura passaria por uma moralização”, disse o delegado Rodrigo Braun, do COPE, em uma coletiva de imprensa.
Quebras de sigilo telefônico mostraram ligações do intermediário com o ex-prefeito momentos antes do crime. Pedrini teria oferecido a Dreveck um carro da prefeitura para deslocamento à região com a família. A vítima foi baleada por um motociclista, quando viajava pela PR-420. De acordo com a Polícia Civil, a moto utilizada para o crime foi encontrada em um barranco, ao lado de um capacete preto, que foi encaminhado para a perícia no Instituto de Identificação do Paraná. A placa do veículo e as impressões digitais possibilitaram a identificação dos suspeitos.

(Do O Globo)
0

TCE CONDENA EX-PRESIDENTE DE CÂMARA A DEVOLVER MAIS DE R$ 600 MIL AO MUNICÍPIO

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


O Tribunal de Contas do Estado, na sessão do Pleno da última quarta-feira (25/1), condenou José Alcoforado de Oliveira Junior, ex-presidente da Câmara Municipal de Conceição do Lago Açu (a 389 km de Buriti-MA), a devolver R$ 665 mil aos cofres do município, e ao pagamento de multa no valor de R$ 66 mil. O débito, que corresponde ao total do valor repassado à câmara em 2012, é decorrente do julgamento irregular das contas do gestor referentes a esse exercício. Cabe recurso.
Na mesma sessão, o Tribunal julgou irregulares as contas de Dea Cristina da Silva Miranda e Maria Rodrigues Paz, gestoras do Fundo Municipal de Ação Social (FMAS), do município de Sambaíba, referentes ao exercício de 2012, com multa de R$ 5 mil.
Também foram julgadas irregulares as contas de gestão de Claudson Gomes Santos (Paço do Lumiar, 2010, com multa de R$ 18 mil).
Foram julgadas regulares com ressalvas as contas de Iara Quaresma do Vale (Fundeb, Nina Rodrigues, 2009, com multa de R$ 7 mil), Celina de Figueiredo Lopes Ferreira (Fundo Municipal de Assistência Social – FMAS, Pio XII, 2011, com multa de R$ 5 mil), João Alves Alencar (Administração Direta, FMAS e FMS, Senador La Rocque, 2011, com multas no total de R$ 64,6 mil).
Tiveram julgamento regular as contas de Luzivete Botelho da Silva, Geraldo Alves Oliveira e Francisco Bosco do Nascimento (FMS, FMAS e Administração Direta, Itinga do Maranhão, 2009).
Receberam parecer prévio pela aprovação as contas de Antonio Rodrigues Pinho (Presidente Médici, 2010), e pela desaprovação as contas de Emanuel Carvalho, São Luís Gonzaga do Maranhão, 2011.


segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

0

SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DE BURITI – MA CONVOCA BENEFICIÁRIOS DO PROGRAMA BOLSA ESCOLA PARA RECEBEREM SEUS CARTÕES

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


A entrega começa próxima quarta-feira (1/2) e vale para aqueles que ainda não receberam seus cartões.
A Secretaria Municipal de Assistência Social de Buriti-MA comunica aos beneficiários do Programa Bolsa Escola que ainda não receberam seus cartões que nos dias 1 e 2 de fevereiro, a partir das 8h, vai fazer a entrega dos mesmos. Os beneficiados devem se dirigir ao CAP (Centro de Apoio Pedagógico), localizado na Avenida Coronel Lino , Centro,
A entrega seguirá conforme as letras iniciais dos beneficiários:
Ø  DIA 01 - Beneficiários com inicias de “A a L”.
Ø DIA 02 - Beneficiários com iniciais de “M a Z”.
 O QUE É O PROGRAMA
O Bolsa Escola (Mais Bolsa Família) é um programa do Governo do Estado do Maranhão, executado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social, que consiste na complementação de renda às famílias maranhenses, com o objetivo de garantir às crianças e adolescentes, de 4 a 17 anos, condições mais adequadas de frequentar a escola. Anualmente, as famílias receberão o recurso, nos meses de janeiro, com a finalidade exclusiva da compra de materiais de uso escolar. Com a melhoria nas condições de frequentar a escola, o Programa Bolsa Escola (Mais Bolsa Família)  vai garantir, também, a permanência dos alunos em sala de aula, reduzindo os índices de abandono e evasão escolar. É mais dignidade e garantia de direitos aos alunos de todo o Maranhão.
Para participar, as crianças e adolescentes precisam:
http://bolsaescola.sedes.ma.gov.br/site/imagens/marcador.png Estar inscritas no Cadastro Único;
http://bolsaescola.sedes.ma.gov.br/site/imagens/marcador.png Ter renda, por pessoa da família, de até R$ 170,00;
http://bolsaescola.sedes.ma.gov.br/site/imagens/marcador.png Estar matriculados em escola pública. 
Cada criança ou adolescente que esteja no perfil do Programa Bolsa Escola (Mais Bolsa Família)  vai receber o valor de R$ 51,00, sem limites de quantidade de filhos por família. O benefício será concedido por meio de um cartão magnético do tipo débito.
Com o Cartão do Bolsa Escola, o material escolar poderá ser adquirido em estabelecimentos comerciais no próprio município. Para isso, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social vai cadastrar empresas dos municípios maranhenses que já vendam material escolar. Podem ser comprados todos os tipos de material escolar: desde lápis, cadernos e mochilas até os itens de uniforme, como, calçados, calças e camisas.
Ao todo, são mais de 1.100.000 alunos beneficiados com investimentos que chegam a mais de R$ 50 milhões por ano. Recursos que tem o objetivo de devolver às crianças e adolescentes a oportunidade de ir à escola de forma igualitária, com materiais de qualidade e que promovam um processo de aprendizagem mais adequado, cooperando com a permanência dos alunos em sala de aula.
0

JUSTIÇA CONDENA PRESIDENTE DO SINDSALEM A PAGAR DANOS POR CHAMAR BLOGUEIRO DE EXTORQUISTA

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


A juíza de Direito, Maria José Franca Ribeiro, do 7º Juizado Especial Cível e das Relações de Consumo, condenou o Sindicato dos Servidores da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão (Sindsalem) a pagar danos morais ao blogueiro Luís Cardoso, presidente a Amablog (Associação Maranhense dos Blogueiros), por acusação sem provas.
O presidente do Sindsalem classificou o jornalista na página da entidade de “Extorquista” e para se defender tentou dizer que foi em momento de raiva por causa das críticas do blog, o que não foi aceito.
Assim deve proceder qualquer blogueiro que se ache ofendido, inclusive contra comentários agressivos em razão do IP de quem comentou ficar exposto.
ABAIXO A DECISÃO JUDICIAL




domingo, 29 de janeiro de 2017

12

PROCURADOR PEDE BLOQUEIO DA CONTA DOS 23 MILHÕES DE REAIS DE PROPINA USADA POR SERRA E PELO PSDB

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, decidiu pedir o bloqueio das contas de Ronaldo Cezar Coelho, tesoureiro e operador do PSDB, na Suíça; por meio dela o atual chanceler José Serra (PSDB) recebeu R$ 23 milhões que saíram do departamento de propinas da Odebrecht na disputa presidencial de 2010.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, decidiu pedir o bloqueio das contas do empresário Ronaldo Cezar Coelho, tesoureiro e operador do PSDB, na Suíça, segundo informa o jornalista Jamil Chade, correspondente do jornal Estado de S. Paulo em Genebra.
Foi por meio de Cezar Coelho que o atual chanceler José Serra recebeu R$ 23 milhões que saíram do departamento de propinas da Odebrecht na disputa presidencial de 2010 (saiba mais aqui).
O pedido de Janot deveria ocorrer num encontro previsto para o dia 20 deste mês com Michael Laub, procurador-geral da Suíça, mas foi adiado em razão da morte de Teori Zavascki.
Desde que a história da propina de R$ 23 milhões da Odebrecht veio à tona, nem José Serra pediu demissão nem Michel Temer fez qualquer movimento para exonerá-lo.
Ao contrário: o governo federal aprovou um projeto de repatriação que permitiu a Cezar Coelho esquentar o dinheiro ilícito, mas Janot pretende agora estragar o que seria um crime quase perfeito. 

Por meio de seu advogado, o criminalista Antônio Claudio Mariz de Oliveira, Cezar Coelho admitiu que recebeu recursos do PSDB em uma conta na Suíça a título de ressarcimento por gastos que teve na campanha, da qual foi coordenador político. 
“É preciso que se tenha presente que os recursos da conta bancária na Suíça foram devidamente regularizados no Brasil e são fruto de suas atividades empresariais e do ressarcimento do PSDB em razão de despesas arcadas por Ronaldo Cézar Coelho durante a campanha em 2009 e 2010”, disse Mariz. “Qualquer investigação apenas e tão somente irá verificar a veracidade do que já foi por ele declarado”, afirmou o criminalista.

 (Do Brasil 247)

sábado, 28 de janeiro de 2017

8

PM PRENDE TRÊS PESSOAS POR PRATICAREM ROUBO EM URBANO SANTOS (MA)

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


No último dia 25 de janeiro, por volta das 02h15 da manhã, a equipe de Policiais Militares de serviço na cidade Urbano Santos/MA, cidade distante 142 km de Buriti/MA, foi informada através de ligação telefônica, de que três pessoas teriam acabado de realizar um roubo em uma loja naquela cidade, sendo 02 (dois) homens e uma mulher, e que o trio andava em um carro de cor preta. De imediato a guarnição se deslocou até o local, onde comprovou a veracidade dos fatos, e de posse de mais informações iniciaram as busca para a captura do trio.
Todos os Policiais Militares daquela região começaram a diligenciar no intuito da localização dos suspeitos, quando no município de São Benedito do Rio Preto, ao avistarem os Policiais Militares, os suspeitos abandonaram o veículo Gol de cor preta, placas LVZ 2133 - Bom Jardim - MA, com todas as mercadorias dentro, e adentraram nas matas do povoado São José dos Costas.
Várias barreiras policiais foram montadas e por volta das 6h40 foi presa Camila Cristina Vida Luz, 23 anos; às 8h30, Adailton Gomes da Silva, 39 anos; e, por fim, ao amanhecer do dia seguinte, 26/01, foi a vez de Antônio Wanderson Macedo, o terceiro integrante do trio, todos naturais da cidade de Santa Inês - MA.
Os três possuem mandados de prisão em aberto, foram recuperados todos os objetos roubados no estabelecimento comercial, além de apreendido o veículo usado no roubo. Os acusados juntamente com a mercadoria recuperada e o veículo, foram entregues na delegacia de Polícia Civil da cidade de Urbano Santos, para que fossem tomadas as providências atinentes ao caso.
53

SECRETARIA DE AÇÃO SOCIAL E SECRETARIA DE AGRICULTURA DE BURITI (MA) VISITAM A ASSOCIAÇÃO DE PRODUTORES DO POVOADO ARAÇÁ

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Secretaria vai fornecer assistência técnica para a associação que já tem dois campos, um de 21 hectares e outro de 25 ha, prontos para cultivo de arroz, milho e feijão. 
Uma comitiva da Secretaria de Agricultura de Buriti-MA, juntamente com a Secretaria Municipal de Ação Social e a primeira dama do município, Gicele Lages, compareceu, na última quinta-feira (26/1), no povoado Araçá, aproximadamente 18 km da sede do município, para visitar os trabalhos da Associação de Produtores daquela localidade que está recebendo R$ 198.412,00 da Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB) para comprar a produção de 27 famílias cadastradas no Programa de Compra e Doação Simultânea.
A associação tem um campo de 21 hectares já preparado para cultivo de arroz, milho e outro campo de 25 hectares onde pretendem plantar feijão.  Os agricultores, por meio da associação, já receberam sementes de milho e arroz da AGERP, e estão aguardando as sementes de Feijão. Além do arroz, milho e feijão, os associados poderão vender outros produtos como: cheiro verde, coco babaçu, alface, laranja, abacaxi, pequi, bacuri, jaca, goiaba, limão, banana, macaxeira, abobora, tudo que produz na roça.
A associação compra os produtos dos associados e repassa para o Centro de Referência da Assistência Social – CRAS que faz a distribuição dos produtos.
Os produtores estão animados porque, além de venderem seus produtos, vão receber assistência técnica da secretaria de agricultura.
0

EX-PREFEITO DE HUMBERTO DE CAMPOS (MA) TERÁ QUE RESSARCIR MAIS DE R$ 2 MILHÕES AO ERÁRIO

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Raphael Ribeiro Amorim terá ainda de pagar multa civil no valor de R$ 6 milhões; teve suspensão dos direitos políticos e proibição de contratar com o poder público, pelo período de oito anos.

Os desembargadores da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) mantiveram sentença do juiz da comarca de Humberto de Campos, Raphael Ribeiro Amorim, que condenou o ex-prefeito do município, Bernardo Ramos dos Santos, a ressarcir R$ 2.398.000,00 ao erário, por atos de improbidade administrativa. A condenação estabelece também pagamento de multa civil no valor de R$ 6 milhões, suspensão dos direitos políticos e proibição de contratar com o poder público, ambos pelo período de oito anos. Cabe recurso do julgamento.
A Ação de Improbidade foi proposta pelo Ministério Público do Maranhão (MPMA), alegando que o Tribunal de Contas do Estado (TCE) apurou várias irregularidades nas contas do ex-gestor referentes ao exercício financeiro de 1998, como ausência de licitação; divergências em notas de empenho; notas fiscais e valores; comprovantes de despesas inidôneos; notas fiscais montadas; pagamento indevido de diárias e despesas fragmentadas.
Após a condenação, Bernardo Ramos recorreu da decisão, alegando prescrição e generalização dos fatos narrados pelo MPMA. Pediu a reforma da sentença, para que fosse reconhecida a inexistência de ato de improbidade, ausência de dolo, bem como a desproporcionalidade das penas aplicadas.
O relator do recurso, desembargador Jorge Rachid, não acolheu a alegação de prescrição, considerando que o prazo prescricional de cinco anos deve contar a partir do final do mandato, que, no caso, se deu em 2004. A ação foi proposta em 2005. O desembargador entendeu que o acervo documental constante do processo foi suficiente para comprovar as alegações do MPMA, não tendo o réu elencado documentos capazes de afastar os fatos.
Para o magistrado, restaram incontroversas as irregularidades apontadas pelo TCE, que configuram manifestas ilegalidades por ferirem frontalmente a legislação que trata de licitações e contrações pela Administração Pública (Lei 8.666/99), configurando assim dano ao erário. “As sanções aplicadas encontram-se em consonância com os julgados desta Corte e de acordo com os princípios da razoabilidade”, ressaltou o relator. (Apelação Cível nº 19.516/2016)
O município de Humberto de Campos (MA) fica localizado a 296 km de Buriti-MA.
 (Da Asscom do TJMA)

0

JUSTIÇA EM COELHO NETO (MA) CONDENA BANCO BRADESCO A INDENIZAR MULHER POR CAUSA DE EMPRÉSTIMO CONSIGNADO IRREGULAR

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Uma decisão do Poder Judiciário em Coelho Neto, município distante 50 km de Buriti-MA, condenou o Banco Bradesco Financiamento S/A a indenizar uma cliente de nome Maria do Rosário. Consta na sentença, assinada pela juíza Raquel Menezes, titular da 1ª Vara, que o banco não conseguiu comprovar, perante a Justiça, que Maria do Rosário teria contraído o empréstimo, apresentando apenas procuração, substabelecimento, carta de preposição e atos constitutivos.
Fórum Advogado José Vera Cruz Santana, em Coelho Neto/MA.
“Assim, o banco requerido não demonstrou que o empréstimo foi concluído com anuência da parte reclamante conforme a forma prescrita em lei, não havendo prova nos autos capaz de afastar os pedidos autorais, pois a parte requerida não foi capaz de comprovar a regularidade dos descontos”, destaca a juíza na sentença.
Ela citou que o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) já editou Instrução Normativa visando à regulamentação das consignações feitas nos benefícios previdenciários, de modo que a Instrução Normativa nº 121/2005 dispõe sobre a necessidade de efetiva contratação pelo titular do benefício. “Diz a instrução que podem ser consignados e/ou retidos descontos na renda mensal dos benefícios de aposentadoria ou de pensão por morte, para pagamento de empréstimos, financiamentos e operações de arrendamento mercantil, somente após efetiva contratação pelo titular do benefício em favor da instituição financeira pagadora ou não do benefício, desde que o desconto, seu valor e o respectivo número de prestações a consignar sejam expressamente autorizados pelo próprio titular do benefício”.
E segue: “Nessa ação, verifica-se a inexistência de autorização expressa da parte requerente para que fossem realizados os descontos consignados, pelo que se denota a ilicitude do ato da parte requerida, pois, como já dito, sequer apresentou o contrato de empréstimo efetivamente assinado”. Para a Justiça, o banco agiu de forma culposa quando concedeu empréstimo sem a indispensável e eficaz conferência de documentação apresentada pelo cliente, que, por vezes, se utiliza de dados de terceiro.
A sentença enfatiza que houve uma prestação de serviços defeituosa por parte do banco requerido, implicando em procedente o pedido da parte autora, com a consequente declaração de nulidade do contrato outrora firmado em nome da parte requerente. Os descontos se iniciaram em fevereiro de 2015 e permanecem até a presente data, por não haver informação, nos autos, acerca do cancelamento dos descontos, sendo descontadas 24 (vinte e quatro) parcelas de R$ 196,41, totalizando R$ 4.713,84, o que, em dobro, perfaz a quantia de R$ 9.427,68 (nove mil, quatrocentos e vinte e sete reais e sessenta e oito centavos).
No caso em análise, mais uma vez a parte requerida nada comprovou. Por tudo isso, verifico que a parte requerida efetivamente incorreu em ato ilícito ao efetuar os descontos na conta corrente da parte autora, ensejando indenização por danos morais”, destacou a magistrada, citando decisões similares de outras instâncias do Poder Judiciário.
Por fim, decidiu julgar procedentes os pedidos da autora da ação, declarando inexistente o empréstimo realizado em nome da parte requerente junto ao banco requerido, e condenou a instituição a restituir em dobro os valores indevidamente descontados, cujo valor é de R$ 9.427,68 (nove mil, quatrocentos e vinte e sete reais e sessenta e oito centavos), os quais devem ser acrescidos de juros e correção monetária, a contar a partir do efetivo prejuízo, nos termos do art. 42, parágrafo único, do Código de Defesa do Consumidor.
“Condeno também a parte requerida a pagar à parte requerente, a título de danos morais, indenização no valor de R$ 2.000,00 (dois mil reais), acrescida de correção monetária, com base no INPC do IBGE, a contar da data desta sentença e juros legais de 1% (um por cento) ao mês, a contar do evento danoso até a ocasião do efetivo pagamento. Deixo de condenar a parte requerida ao pagamento das custas processuais e honorários de advogado, nos termos do art. 55 da Lei 9.099/95. Em caso de recurso, o preparo compreenderá todas as despesas processuais, inclusive aquelas dispensadas em primeiro grau de jurisdição, na forma do § 1º do art. 42 da Lei 9.099/95”, finaliza a juíza na sentença.
 (Da Asscom do TJ/MA) 
4

OPERAÇÃO POLICIAL PRENDE QUADRILHA COM 02 PISTOLAS DE USO RESTRITO E UMA ESPINGARDA CALIBRE 12 EM CHAPADINHA (MA)

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Uma operação conjunta entre as Polícias Militar e Civil, realizada na última quinta-feira (26/1), conseguiu prender seis pessoas de uma quadrilha que detinha em seu poder 02 (duas) pistolas de uso restrito, Taurus modelo PT 100 .40, e uma espingarda CBC calibre 12, modelo 586, 58 munições calibre .40, 07 munições calibre 12, 05 munições calibre 38 e 05 carregadores de pistola .40. Todas estas armas e munições que  foram apreendidas, encontravam-se escondidas em uma residência no bairro Recantos Pássaros em Chapadinha, cidade localizada a 69 km de Buriti-MA.
Foram presos em flagrante: Benedito da Rocha, 53 anos de idade, Francisco Ronaldo da Rocha, 27 anos de idade, Francisco da Rocha Machado, 27 anos de idade, Francisco das Chagas, 28 anos de idade, Raimundo Nonato da Rocha Machado, 30 anos de idade, Raimundo Francisco das Chagas, 28 anos de idade. Os presos foram conduzidos à delegacia de Polícia Civil daquela cidade, onde ficarão a disposição da justiça para as providências necessária.

Tal apreensão só foi possível graças há uma grande investigação realizada pelo Grupo de Serviço Avançado do 16º Batalhão, e Policiais Civil da delegacia de Chapadinha que de forma incansável vem desempenhando um grande serviço em prol da manutenção da ordem pública em toda a nossa regional, bravos profissionais que não medem esforços para retirar de circulação aqueles que vivem a margem da lei.

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

32

BOLETOS VENCIDOS PODERÃO SER PAGOS EM QUALQUER BANCO A PARTIR DE MARÇO

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


A medida começará com os boletos de valor igual ou acima de R$ 50 mil.

Boletos bancários que tenham passado da data de vencimento poderão ser pagos em qualquer banco a partir de março. A medida será implantada de forma escalonada e começará com os boletos de valor igual ou acima de R$ 50 mil, a partir do dia 13 de março. Em dezembro de 2017, a mudança será estendida para boletos de qualquer valor, seguindo cronograma (veja abaixo) divulgado pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban).
A ação será possível devido a um novo sistema de liquidação e compensação para os boletos bancários criado pela Febraban em parceria com a rede bancária. O novo mecanismo deve ainda reduzir inconsistências de dados, evitar pagamento em duplicidade e permitir a identificação do CPF do pagador, facilitando o rastreamento de pagamentos e coibindo fraudes.
Segundo a Febraban, no país, são pagos cerca de 3,5 bilhões de boletos bancários de venda de produtos ou serviços. Todas as informações que obrigatoriamente devem constar no boleto (CPF ou CNPJ do emissor, data de vencimento, valor, nome e número do CPF ou CNPJ do pagador) vão continuar, além da permanência de um código de barras.
Quando o consumidor, seja pessoa física ou empresa, fizer o pagamento de um boleto vencido, será feita uma consulta ao novo sistema para checar as informações. “Se os dados do boleto que estiver sendo pago coincidirem com aqueles que constam no sistema, a operação é validada. Se houver divergência de informações, o pagamento do boleto não será autorizado e o consumidor poderá fazer o pagamento exclusivamente no banco que emitiu a cobrança, uma vez que essa instituição terá condições de fazer as checagens necessárias”, informou a Febraban.
(Da Agência Brasil)


domingo, 22 de janeiro de 2017

25

EQUIPE POLICIAL E IML RECOLHEM CORPO ACHADO BOIANDO NAS ÁGUAS DO RIO PARNAÍBA EM BURITI

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Cadáver foi localizado por moradores do povoado Mocambinho na manhã deste domingo (22).  O delegado da cidade fez contato com o diretor e legista do IML de Timon/MA que disponibilizou viatura para recolhimento do corpo.
Instituto Médico Legal (IML)  de Timon (MA) recolheu, por volta das 17h30 de hoje (22), o cadáver de um homem que foi encontrado boiando nas águas do Rio Parnaíba, no povoado Mocambinho, em Buriti (MA), na manhã deste domingo (22).
De acordo com a Polícia, o corpo foi achado por moradores do povoado Mocambinho, a 13 km da cidade, por volta das 8h30 de hoje (22). Eles retiraram o corpo da água e ligaram para Polícia Civil que, junto com a Guarda Civil, foi ao local e de lá acionou o IML para recolhimento do cadáver.
 A polícia civil informou ao Correio Buritiense que o corpo vai ficar recolhido no Instituto Médico Legal (IML)  de Timon/MA, cidade a 172 km de Buriti (MA), até que apareça alguém que comprove o parentesco de 1º grau.
 A vítima, um homem, estava vestida em um short azul com o desenho de uma bandeira e, logo abaixo, a inscrição do nome MARANHÃO, amarrado com fitas nas duas pernas, uma na cor verde e outra vermelha.
Corpo da vítima boiando.
A polícia não descarta a hipótese de homicídio. Após resultado do exame cadavérico, a Polícia Civil de Buriti-MA deve abrir inquérito para apurar a possível causa da morte.
31

CORPO DE HOMEM É ENCONTRADO BOIANDO NO RIO PARNAÍBA EM BURITI (MA)

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Guardas Civis Municipais retiraram neste domingo (22) o corpo de um homem - ainda não identificado – que estava boiando nas águas do Rio Parnaíba, no povoado Mocambinho, a 13 km da sede de Buriti (MA).
De acordo com as informações da Guarda, por volta das 10h da manhã de hoje (22), populares relataram que um corpo tinha sido visto boiando no Rio Parnaíba e, com a chegada de uma equipe da Guarda, junto a escrivã da polícia civil, foi possível retirar o corpo.
O homem usava uma bermuda azul. Nesse primeiro momento não foi possível descobrir a causa da morte, se por atos de violência ou afogamento. Há sinais de ferimentos pelo corpo.

O cadáver aguarda à margem do Rio a chegada do veículo do Instituto Médico Legal (IML) de Timon (MA) para ser encaminhado para o local onde será submetido à necropsia.

sábado, 21 de janeiro de 2017

2

ENTRE AS 100 MELHORES DO MARANHÃO, COLÉGIO COSMO COMEMORA AVANÇO NOS SEUS INDICADORES EDUCACIONAIS

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Em apenas sete anos de existência, a escola buritiense saiu da posição 114 para ocupar o 77º lugar entre as 100 melhores do Maranhão, de acordo com índices do MEC.
Terceirão 2016 do COSMO.
Após a divulgação dos resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) de 2015 e das consultas já disponibilizadas dos resultados de 2016, Colégio Professora Maria do Socorro Costa Mourão (COSMO) comemora o êxito de um trabalho coletivo que tem como visão “Educar e preparar crianças e adolescentes para liderarem nos diferentes segmentos da sociedade.”
 A escola divulgou uma nota pública em que parabeniza a todos os professores pelo excelente trabalho que possibilitou aos alunos da 3ª Série do Ensino Médio de 2016 conseguirem as melhores notas no ENEM. Entre as notas mais altas, destacam-se os alunos:
CAMILA EMANUELE DA SILVA FERREIRA – 920 pontos
MARCO ANTONIO DA SILVA – 880 pontos
FERNANDO SILVA SOARES - 860 pontos
DANIELE TERTULINO DOS SANTOS - 840 pontos
Os demais alunos ficaram entre 600 e 780 pontos.
Em nota, o COSMO diz ainda que “é com orgulho que uma escola buritiense celebra com vitória seus sete anos de contribuição educacional de nossos conterrâneos, e ficamos felizes em saber que em tão pouco tempo saímos da posição 114 e ocupando em 2016 de acordo com a avaliação do MEC a posição 77 entre as 100 melhores do Maranhão”.
Para conhecer as 100 escolas do estado do Maranhão com as maiores médias nas provas objetivas de 2015 CLIQUE AQUI.
Para a direção escolar, esse crescimento deve-se à qualidade e ao compromisso de todos os profissionais da Instituição de Ensino.
A escola se destaca por ter uma proposta pedagógica geradora de excelentes resultados com: Projetos educacionais, Ensino contextualizado, Transversalidade, Confiabilidade, Professores qualificados e Interdisciplinaridade.

A temporada de matrículas está aberta e o número de vagas é limitado. O endereço é Rua da Bandeira, Centro, próximo a Praça São Benedito.
1

REPRESENTANTE DO FÓRUM CARAJÁS ACUSA O PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DE SOJICULTORES DO BAIXO PARNAÍBA DE COMANDAR DESTRUIÇÃO DE ROÇA DE AGRICULTOR EM BURITI (MA)

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


O jornalista Mayron Borges, do Fórum Carajás de Defesa dos Direitos Humanos, denunciou o presidente da Associação dos Sojicultores do Baixo Parnaíba, André Introvini, de promover, na última terça-feira (16), destruição de roça do agricultor Vicente de Paulo da localidade Carrancas de Buriti, por conta de um conflito agrário.
“Vicente de Paula é um agricultor familiar no povoado Carrancas, município de Buriti-MA. Ele vive com a esposa, um filho e dois netos numa propriedade de 150 hectares de Chapada. Como a área é relativamente grande, o Vicente e seus familiares fazem roças rotativas. Em um ano, eles roçam e plantam uma pequena área, que depois de colherem, só voltarão depois de dez anos. Ou nem voltam.”, relatou o jornalista na página ‘Territórios Livre do Baixo Parnaíba’.
 “Algumas áreas viraram verdadeiras florestas e a família do Vicente decidiu que não roçam mais nelas. No dia 16 de janeiro de 2017, Vicente cuidava sozinho da roça em uma área um pouco distante de sua casa quando escutou uns ruídos. Assustou-se e correu para sua casa. Voltou e viu sua roça toda bagunçada.”, continuou Mayron Borges.
 “Quem está por detrás desse ato é o André Introvini, presidente da Associação dos Sojicultores do Leste Maranhense, e seu pai João Gabriel Introvini que foram vistos perto da casa do Vicente na hora em que as pessoas bagunçavam a roça. Por mais de dez anos, a família Introvini pressiona agricultores de Buriti para que vendam suas posses na Chapada.”, disse mais o jornalista.
“O Vicente é um dos poucos que resiste a pressão. Em 2013, a justiça concedeu uma liminar de interdito proibitório favorável ao Vicente e contra o André Introvini que quis derrubá-la várias vezes e não conseguiu. A decisão ainda vale e a ação dos funcionários dos Introvini na roça do Vicente foi um desrespeito à justiça maranhense.”, conclui sua denúncia.
O Correio Buritiense não conseguiu localizar o sojicultor para ouvir suas explicações.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

0

CAEMA PRORROGA CAMPANHA DE NEGOCIAÇÃO DE DÉBITOS COM SORTEIO DE PRÊMIOS

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) continua com a grande campanha de negociação de dívidas junto a seus clientes. A Campanha Fique em Dia com a CAEMA tem a intenção de dar a oportunidade de sanar débitos junto a Companhia mediante acordo que pode conceder descontos e outras facilidades para quitação dos valores em atraso.
 A Campanha vai até 17 de fevereiro de 2017, e será feita em qualquer Unidade de Negócios. Vale lembrar que todas as unidades de negócios da empresa na capital e interior também estarão aptas a solucionar negociações aos usuários que buscarem serviços da Caema.
VANTAGENS
Os clientes que entrarem em negociação, bem como os clientes que já sejam regularmente adimplentes poderão participar de sorteio de prêmios mediante cadastro no site da promoção, no endereço www.caema.ma.gov.br. Serão sorteadas 5 smart Tvs de 40, 10 bicicletas aro 26, 7 fogões quatro bocas com acendedores automáticos, 7 refrigeradores frost free de 340 litros e 1 moto de 125 cilindradas.
Para se cadastrar e concorrer, CLIQUE AQUI.
0

OFENDIDA EM GRUPO DE WHATSAPP, JOVEM PROCESSA AMIGO NA JUSTIÇA E GANHA R$ 10 MIL

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Ao se sentir vítima de difamação, uma jovem de 21 anos processou um amigo, de 28, que espalhou boatos sobre ela em um grupo de Whatsapp, e ganhou uma indenização de R$ 10 mil. A ação tramitou na 24ª Vara Cível do Tribunal de Justiça de São Paulo.
Em decisão de 13 de janeiro, o desembargador Silvério da Silva afirmou que Vinícius* "abalou a honra" de Fabiana*, depois de analisar áudios e mensagens do aplicativo. A defesa do acusado tentou entrar com recurso, que foi negado pelo juiz. Condenado por difamação e danos morais, Vinícius diz que irá fazer o pagamento da indenização e que "tudo foi resolvido".
No grupo de Whatsapp composto por 17 homens, Vinícius afirmava aos amigos que tinha relações sexuais com Fabiana e que havia tirado a virgindade da jovem. A vítima disse que o jovem era apenas amigo dela. "A gente nunca ficou e ele nunca demonstrou segundas intenções."
Segundo Fabiana, Vinícius dizia no grupo que o relacionamento dos dois era "proibido" e não deveria ser revelado aos amigos em comum. A jovem só ficou sabendo do teor das mensagens quando uma amiga passou a ter um relacionamento com um dos garotos do grupo de Whatsapp. "Eu me senti a pior pessoa do mundo, e [sentia] que todos estavam rindo por trás de mim", lembra.
"As mensagens chegaram a conhecimento de todos os círculos sociais da autora; e que observaram, pessoalmente ou por meio de outras pessoas, que a autora deixou de ir à faculdade e de sair de casa, após o abalo sofrido por ter sabido das mensagens difamatórias", aponta relatório do TJ.
LINGUAGEM 'VULGAR'
Na decisão judicial, o desembargador afirma que o conteúdo das provas continha linguagem "vulgar" e que Vinícius teria ofendido, inclusive, a mãe e a irmã de Fabiana. "Ele disse que viu minha irmã pelada e que minha mãe pegou a gente transando lá em casa", detalha a jovem.
Garotos que participavam do grupo de Whatsapp viraram testemunhas da vítima e confirmaram, em juízo, que os áudios e mensagens eram de autoria de Vinícius. Em sua defesa, ele afirma que "tudo foi forjado".
"Aparentemente, e de maneira injustificada, o réu teve o intuito de prejudicar a reputação da autora. Não se demonstrou nos autos que autora e réu tenham tido algum relacionamento anterior, onde tenha restado mágoa ou ressentimento por parte do réu que o tenha levado a praticar tais atitudes", diz o desembargador, em decisão.
VÍTIMA QUERIA RETRATAÇÃO
Antes de entrar com o processo, Fabiana diz que entrou em contato com a família de Vinícius para pedir que ele admitisse que havia espalhado os boatos. "A mãe dele disse que era tudo mentira o que os amigos dele estavam falando, e que não iria fazer nada".
Como Vinícius continuou com as difamações, Fabiana procurou um advogado seguindo a orientação da mãe que também foi atingida pelas mensagens.
"Eu não queria o dinheiro. Ele tinha que ser punido", afirma.
O valor da indenização foi estipulado pelo desembargador ao constatar as condições econômicas do autor e da vítima. Alexis Claudio Muñoz Palma, advogado de Fabiana, diz que está processando criminalmente Vinícius. "E certamente ele será punido", ele diz.
*Os nomes foram alterados a pedido dos entrevistados.

(Do site Jusbrasil)
← Anterior Proxima → Página inicial

Usuários on-line


usuários online