!-- PLUGIN BARRA DE COOKIES -->
ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

PREFEITO DE BURITI (MA) ARNALDO CARDOSO (PL) BAIXA DECRETO PROIBINDO FESTAS DURANTE O PERÍODO DE CARNAVAL, ALÉM DE REDUÇÃO NO HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DE BARES

 Estabelecimentos de venda de bebidas alcóolicas só poderão funcionar até meia noite e terão capacidade de público reduzida. Medidas foram tomadas em virtude da alta nos casos referentes à pandemia de COVID-19.

Em virtude da alta nos casos referentes à pandemia de covid-19, o Prefeito de Buriti/MA, Arnaldo Cardoso (PL), publicou um decreto na última quinta-feira 28/1 em que proíbe a realização de festas durante o período do carnaval em 2021.  Houve também determinação de maior fiscalização e novas restrições em funcionamento de bares e na realização de festas, shows, eventos comerciais, particulares e similares.

A proibição inclui, ainda, a realização de eventos que se utilizem exclusivamente de som mecânico, como paredões, som automotivo e similares.

Ficou determinado que bares, ou qualquer estabelecimento de semelhante natureza, que comercializam bebidas alcoólicas, só funcionarão até 00:00 horas (meia noite).

Em todos os locais públicos e de uso coletivo, ainda que privados, é obrigatório o uso de máscaras de proteção, descartáveis, caseiras ou reutilizáveis. Deve-se manter o distanciamento social, estando terminantemente proibida aglomerações de qualquer natureza;

Os estabelecimentos comerciais devem garantir distanciamento de 02 (dois) metros de distância para cada cliente e atendimento em balcão, além da redução de 50% da capacidade para atendimento de pessoal. Sendo obrigatório o uso de máscara para adentrar em todos os recintos.  

Nas Igrejas, Templos ou qualquer recinto de culto religioso, fica proibida a aglomeração de pessoas, devendo estar guardado o distanciamento social, bem como respeitada a redução de capacidade de pessoas.

No caso de descumprimento, de acordo com o Decreto nº 004/2021, as autoridades competentes, Polícia Militar e Guarda Municipal, farão cessar imediatamente qualquer evento, sem prejuízo da apuração do cometimento de crime por parte do infrator. A equipe de vigilância sanitária terá, ainda, Poder de Polícia para fiscalização das medidas restritivas estabelecidas no decreto, podendo aplicar, caso ocorra o descumprimento, advertência, multa, fechamento do estabelecimento comercial de forma temporária até a sua adequação as medidas anteriormente estabelecidas e interdição parcial ou total do estabelecimento.

CONFIRA ABAIXO A ÍNTEGRA DO DECRETO:

 

 PROIBIÇÃO DE FESTIVIDADES

 

DECRETO - N°. 004/2021. De 25 de janeiro 2021

 

"Dispõe sobre a proibição de realização de festividades em período pré-carnavalesco e carnavalesco; realização de festas, shows, eventos comerciais, particulares e similares em virtude da alta nos casos referentes à pandemia de COVID-19, e estabelece outras providências."

 

O PREFEITO MUNICIPAL DE BURITI MA, no uso legal de suas atribuições e com fundamento na Lei Orgânica Municipal:  

 

CONSIDERANDO que, nos termos do art. 196 da Constituição Federal, a saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos;

 

CONSIDERANDO a proximidade das festividades carnavalescas e o anúncio de festas a serem promovidas, cuja disponibilidade de público e previsão dos espaços de realização sugerem alta probabilidade de desobediência às determinações legais;

 

CONSIDERANDO que, o Estado do Maranhão já se utiliza do Plano de Contingência e que a situação demanda o emprego urgente de medidas de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública, principalmente devido o recente surgimento de uma mutação/variante do Coronavírus (Covid-19), a fim de evitar a disseminação da doença em âmbito, incluindo este território municipal;

 

CONSIDERANDO que, em razão do Poder de Polícia, a Administração Pública Municipal pode condiciona e restringir o exercício de liberdades individuais, com vistas a ajustá-los aos interesses coletivos e ao bem-estar social da comunidade, em especial para garantir o direito à saúde e a redução do risco de doença e de outros agravos.

 

DECRETA:

 

Art. 1º. Ficam proibidas as realizações, em todo o território municipal, de festividades, públicas e privadas, bem como, demais eventos que possam ocasionar qualquer tipo aglomeração, durante o período pré-carnavalesco e carnavalesco, para fins de prevenção da transmissão da COVID-19, conforme determinação imposta pelo Comitê Estadual de Prevenção e Combate à COVID-19 e autorização dada pelo Supremo Tribunal Federal, a partir dessa data, até que as medidas aqui estabelecidas sejam reavaliadas;

Art. 2°. Ficam adotadas as medidas sanitárias gerais, de observância obrigatória, em todo do território municipal:

I Em todos os locais públicos e de uso coletivo, ainda que privados, cujo funcionamento seja autorizado na forma deste Decreto, é obrigatório o uso de máscaras de proteção, descartáveis, caseiras, ou reutilizáveis, conforme determinado pela ANVISA;

II Deve ser observado o distanciamento social, limitando-se, ao estritamente necessário, a circulação de pessoas e a realização de reuniões presenciais de qualquer tipo, estando terminantemente proibida aglomerações de qualquer natureza;

III O funcionamento de bares, estabelecimentos comerciais, como farmácias, padarias, supermercados e similares, deve manter o seu funcionamento atendendo as regras estabelecidas pela ANVISA, em especial no distanciamento de 02 (dois) metros de distância para cada cliente e atendimento em balcão, além da redução de 50% da capacidade para atendimento de pessoal. Sendo obrigatório o uso de máscara para adentrar em todos os recintos.

IV Fica determinado o horário de funcionamento dos bares, ou qualquer estabelecimento de semelhante natureza, que comercializam bebidas alcoólicas, até 00:00 horas (meia noite).

V Nas Igrejas, Templos ou qualquer recinto de culto religioso, fica proibida a aglomeração de pessoas, devendo estar guardado o distanciamento social, bem como respeitada a redução de capacidade de pessoas no percentual estabelecido no inciso III deste artigo.

Art. 3. As Lotéricas e Correspondentes Bancários, devem manter seu atendimento ao público, respeitando as regras estabelecidas pela ANVISA, em especial sobre o distanciamento mínimo de 02 (dois) metros para cada pessoa na fila de espera. Sendo obrigatório o uso de máscara.

Art. 4. A proibição contida nesse decreto inclui, ainda, a realização de eventos que se utilizem exclusivamente de som mecânico, como paredões, som automotivo e similares.

Art. 59. Havendo descumprimento deste decreto, as autoridades competentes farão cessar imediatamente o evento, sem prejuízo da apuração do cometimento de crime por parte do infrator, especialmente o previsto no art. 268 do Código Penal, contando com o apoio, inclusive, da Guarda Municipal e da Polícia Militar.

Art. 6°. Elevar o Poder de Polícia da equipe de vigilância sanitária para a fiscalização das medidas citadas nos artigos anteriores, podendo adotar as seguintes medidas coercitivas, caso ocorra o descumprimento:

I Advertência;

II Sanção Administrativa com aplicação de multa;

IV Fechamento do estabelecimento comercial de forma temporária até a sua adequação as medidas anteriormente estabelecidas;

V Interdição parcial ou total do estabelecimento.

S1° As sanções administrativas previstas no parágrafo anterior serão aplicadas pelo Secretário de Saúde desta Municipalidade, ou por quem este delegar a competência, na forma do Art. 14 da Lei Federal n° 6.437 de 20 de agosto de 1977.

Art. 7º. Este decreto entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições contrarias.

Publique-se, Registre-se e Cumpra-se.

Gabinete do Prefeito Municipal de Buriti - MA, 25 de janeiro 2021.

José Arnaldo Araújo Cardoso

Prefeito Municipal de Buriti - MA


CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE EM REUNIÃO COM ASSESSORIA DE GABINETE DO PREFEITO DE BURITI ARNALDO CARDOSO PARA TRATAR DO ORÇAMENTO DO ÓRGÃO


  O Presidente do Conselho Municipal de Saúde (CSM) Izael Vasconcelos e o conselheiro Otamar Linhares da Silva se reuniram na manhã da última terça-feira 26/1 com assessor geral do gabinete da Prefeitura Municipal, Francisco Luís da Chagas Rocha, popular Prof. Lulu. De acordo com Izael Vasconcelos, o CMS tem uma pauta importante e busca uma reunião com o prefeito Arnaldo Cardoso (PL) para tratar com a comissão de orçamento do conselho de saúde, uma vez que a Lei Orçamentária 2021 foi aprovada pela Câmara de Vereadores na segunda-feira 25/1.
Foto/crédito: arquivo CMS

De acordo com o Regimento Interno do CMS, entre as atribuições da Comissão Permanente de Acompanhamento (Orçamento, Finanças e Recursos Humanos) do Conselho de Saúde estão:

- Análise dos balancetes financeiros da Secretaria Municipal de Saúde;

- Acompanhamento e solicitação de informações sobre licitações para aquisição de produtos e serviços pela Semus;

- Acompanhamento e análise da execução do orçamento e a prestação de contas da Semus;

- Apreciação da proposta do Plano Plurianual (PPA) e a proposta da Lei das Diretrizes Orçamentária (LDO); e

- Articulação e discussão com vereadores das Comissões Setoriais de saúde e orçamento da Câmara, em temas relacionadas à tramitação de projetos de interesse da Secretaria Municipal de Saúde.

Coluna SEXTA DE NARRATIVAS - ZÉ LOURA, UM CABOCLO DE VERVE

 

   Cantar e contar a minha Terra é fazer dos meus Cantos e Contos, Orações, Preces e homenagens aos meus conterrâneos e conterrâneas que inundaram o início do meu caminhar terreno com suas lições de sabedoria, de honradez, de um modo puro, natural e verdadeiro, premiando-me com ensinamentos valiosíssimos na minha infância, que permanecem comigo no entardecer da minha passagem nesta NAVE chamada Tempo ou Vida. É mostrar principalmente aos jovens, a riqueza cultural da nossa Gente e do nosso Torrão Sagrado. José Benedito Loura, o personagem central desta história real, nasceu no Povoado Cacimbas, viveu e labutô múntu, assim dizia ele, nos povoados Carranca, Espingarda, Bacaba e Laranjeiras, onde o conheci, todos na minha Buriti querida. Com ele aprendi filosofia, matemática, biologia, medicina, direito e sociologia, através de um linguajar simples, que se transformava em um doce aprendizado. Não sabia ler e nem escrever, mas adorava me ouvir ler para ele, puizíaz, vélsus, rumãncis de cordel, e partes da Bíblia Sagrada dos Cristãos. Era sábio, divertido, imaginação fértil, criativo e ágio na interlocução. De fino trato com todas as pessoas. Tinha uma dedicação especial por meu avô Pio Passos, com quem trabalhou por longo tempo, sendo, segundo ele, o seu Ajudante de Ordem, pois se referia sempre ao Capitão Pio, em decorrência dele ser de fato e de direito um Capitão do Exército brasileiro, patente comprada por muitos Contos de Réis, com diploma, farda e espadim, não obstante, válidos em todo o território nacional. Gostava de trabalhar para o cumpádi Jaime, meu Pai, que era o seu líder e segundo Ômi de Fé na linha familiar dos Passos. Trabalhava em todas as atividades agrícolas e tarefas ligadas a acompanhantes de viagens, normalmente envolvendo transporte de pessoas ou de produtos da lavoura em geral. O serviço, no entanto, que mais gostava era o do fabrico da famosa Tiquira, produzida com folha de tangerina por Papai em Laranjeiras, competidora com a tiquira fabricada no Povoado Barro Branco, também famosa. ZÉ Loura bebia muita tiquira e bebia bem, ficava alegre, engraçadíssimo, mais pacato ainda e conciliador no meio dos seus colegas de trabalho e de pinga. Era muito sério quando assumia o serviço da “lambicage”, como ele chamava. Passava noventa dias morando na casa do Alambique, trabalhando e em completa abstinência da tiquira. Sem beber a azulinha, mesmo tendo sempre a visita dos seus companheiros de farra que o tentavam, anda assim ele resistia. Completados os três meses de serviço, às cinco horas da tarde, Zé Loura avisava: cumpádi Jaime, seu Nêgo Véi tá de fóriga, arrume ôtu  Ômi pá ficar nu meu lugá! Assumia o novo titular e a festa começava para ele, às vezes três dias seguidos, transformado no romântico, no católico que se orgulhava em dizer que era o PÁDI de Cachía em alusão ao Bispo da Diocese de Caxias, que conhecera em uma viagem na qual servira de “ajudânti de orde” do meu avô e se hospedaram na casa do Sin-ô Bíspu. Duas afirmações eram inseparáveis de ZÉ Loura, esta de ser o Padre de Caxias e a de ser do tempo da Guerra do Paraguai. Quando alguém o contestava, sempre se contrapunha dizendo, “tu num tisquece, queu sô du têmpu da guérra du Paraguái”. Se no meio da conversa alguém dissesse que alguma coisa era possível, ele logo retrucava, “num diga pussívi, pruquê pussívi é un-a côiza impussívi, diga tôdu témpu, é Capáiz, quí aí áz côiza acontécim”.

Uma vez, ele se juntou com o meu irmão Adail, o mais velho dos meus irmãos, que estava de férias e com o senhor Clemente, um lavrador da sua turma, propôs um pacto, nos seguintes termos: Quelemente, nóz râmus cum u cumpádi Adail cumê um-a leitôa na casa da cumade Telina. U cumpádi Adail é u Sin-ô (Jesus Cristo), êu sô u Júan-u (João Batista) i tú é o Pêdu (São Pedro). Tu tem coidado pá nun sí metê a bexta cun u Sin-ô! Adail pegou dois litros de tiquira da pipa, duas carteiras de cigarros Continental, uma caixa de fósforos, dois pedaços de fumo Arapiraca, um para Zé Loura e outro para seu Clemente e rumaram para o almoço na casa da dona Otelina, amiga de todos da região, muito bonita, a anfitriã, que também era boa na pinga. Começaram a beber, a conversar e a cantar alegremente. Seu Clemente já mais alto do que o Sete Estrelas, começou a ser polêmico em tudo, o que Adail, aliás o Sin-ô, dizia e este discordava e o corrigia, enquanto Zé Loura, o João alertava o seu Clemente, o Pedro. Óia Pêduu, rezpêita o Sin-ô, tiáçucéga!

Após muita tiquira, muita conversa e muita cantiga, o Sin-ô perdeu a calma e deu um Tapa no Pédu, que caiu embaixo da mesa e Zé Loura, o João, passou a julgar a causa, pedindo para encerrar o entrevero: Êu tidixee Pédu, tú num pódi cum o Sin-ô, ele tem Pudê, ele é ú Sin- ô i agora Tú tem di tiarrependê i vâmu ficá a mêrma famía di amígus quí sêmpi fúmu! Conciliação conseguida, tomaram água do pote de barro mais frio da amiga Telina e foi desfeito o apostolado Santo naquele momento, no entanto a associação tiquiral, continuou com vínculos mantidos. Depois desse episódio, Zé Loura prosseguiu a sua caminhada sábia e pacifista, alegrando a todas as comunidades a que pertencia e era muito querido e respeitado por todos. Chegou o período das Santas Missões da Igreja Católica em Buriti e Zé Loura pediu a meu Pai que comprasse um corte de brim coringa para fazer um lifórmi pra ele, a fim de que pudesse participar bem apresentado, na missa final do movimento missionário da nossa terra.  Foi atendido e o cumpádi Jaime pagou o feitio do seu uniforme. No dia da missa final, ele preparou o seu burro de cela e seguiu para a Cidade objetivando cumprir o seu compromisso religioso, com muita FÉ na mente, na alma e no coração. Chegou cedo à igreja depois de ter deixado o seu burro no quintal da casa do meu avô, o Capitão Pio. Conseguiu um dos lugares da oitava fila de bancos na sequência frente do altar de Sant'Ana com direção à porta central da Matriz. Excelente posição pra ver o Sin-ô Bispu bem de perto. Missa realizada, fila formada pelos fiéis para beijarem o Anel do Reverendíssimo Senhor Bispo Diocesano. Zé Loura era um deles e alcançou a graça de ter feito parte dos eleitos, brijou com todo o respeito e reverência, o Anel do Bispo. Muito feliz, foi buscar o seu burro para a viagem de volta a Laranjeiras. Ao passar na rua Coronel Lago, foi surpreendido pelo forte grito de um Coronel, também de patente comprada, tentando humilhar o nosso sábio Caboclo Zé Loura: cheirou o Cu do Bispo, Caboclo? Ele, com toda paciência, tirou o chapéu de massa da sua cabeça e fazendo um aceno respeitoso ao seu pretenso algoz respondendo, Nhôr nã-u Coronéé, eu só beijêêéie o Anel, o Cu é só mêrmu pá Vóiz Mincê  quí é Rícuuu, botou novamente o chapéu na cabeça e seguiu cantarolando o hino sacro,  êu cúnfíu in nossu Sin- ô, cún fé isperânça i Amôô até chegar na  sua humilde e honrada CASA. O Coronel não teve um dia Alegre e nem Feliz.

Zé Loura, faleceu aos oitenta e três anos bem vividos, cercado de amigos e amigas de toda a região onde morou, foi útil e deixou ensinamentos, bondade e muita SAUDADE.









SOBRE O AUTOR

É buritiense, ardoroso amante da sua terra, deu seus primeiros passos no velho Grupo Escolar Antônia Faria, cursou o Ginásio Industrial na Escola Técnica Federal do Maranhão e Científico no Liceu piauiense e no Liceu maranhense, bacharelou-se em Direito pela Faculdade de Direito/UFMA, é advogado inscrito na OAB/MA, ativo, Pós-graduado em Direito Civil, Direito Penal e Curso de Formação de Magistrado pela Escola de Magistrados do Maranhão, Delegado de Polícia Civil, Classe Especial, aposentado, exerceu todos os cargos de comando da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, incluindo o de Secretário. Detesta injustiça de qualquer natureza, principalmente contra os pobres e oprimidos, com trabalho realizado em favor destes, inclusive na Comarca de Buriti.

BOLETIM DA COVID-19: Sobe para 8 a quantidade de ativos da doença em Buriti (MA), aponta informe epidemiológico de quinta-feira (28)

O Informe Epidemiológico nº 14/2021, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde – Semus nesta quinta-feira 28/1, às 18h, registra o aumento de casos positivos da covid-19 em Buriti. Passou de 6 para 8 os ativos da doença, com mais 21 suspeitos ainda de contraírem a doença. No período de 1º a 28 de janeiro de 2021, já foram anotadas 38 notificações sobre a covid-19.

Desde o início da pandemia, em março de 2020, um total de 768 casos foram confirmados, sendo 743 recuperados e 16 óbitos. Outros 787 casos foram descartados.

Na distribuição dos casos positivos por zona municipal, a área urbana concentra o maior número, com 580, e, as localidades rurais, 188.

INFORME EPIDEMIOLÓGICO DESTA TERÇA 26/1: Seis casos ativos da Covid-19, com 16 suspeitos da doença em Buriti-MA

   O Informe Epidemiológico nº 12/2021, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde – Semus nesta segunda-feira 26/1, às 18h, registra 29 notificações sobre a covid-19, no período de 1º a 26 de janeiro deste ano, sendo que se manteve os 6 (seis) casos positivos da doença, com aumento nos casos suspeitos de 14 para 16. Desde o início da pandemia, em março de 2020, um total de 764 casos foram confirmados, sendo 742 recuperados e 16 óbitos. Outros 786 casos foram descartados.

 Na distribuição dos casos positivos por zona municipal, a área urbana concentra o maior número, com 578, e, as localidades rurais, 188.

COVID-19: Seis casos ativos da doença, com 14 suspeitos em Buriti-MA, aponta informe epidemiológico desta segunda (25)

  O Informe Epidemiológico nº 11/2021, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde – Semus nesta segunda-feira 25/1, às 18h, registra 27 notificações sobre a covid-19, no período de 1º a 25 de janeiro deste ano, sendo que se manteve os 6 (seis) casos positivos da doença, com 14 suspeitos de contraírem a doença. Desde o início da pandemia, em março de 2020, um total de 764 casos foram confirmados, sendo 742 recuperados e 16 óbitos. Outros 784 casos foram descartados.


  Na distribuição dos casos positivos por zona municipal, a área urbana concentra o maior número, com 578, e, as localidades rurais, 188.

FOCO EM QUALIDADE DO ENSINO E DA APRENDIZAGEM - Secretária de Educação de Buriti, Gabriela Chaves, participa de encontro de alinhamento de ações pedagógicas promovido pela Regional de Chapadinha (MA)

Na manhã desta segunda-feira 25/1, a Secretária Municipal de Educação de Buriti (MA) Gabriela Chaves, acompanhada da Assessora de Avaliação e Planejamento Ana Baldez e da Assessora de Supervisão Escolar Tuany Costa, participou de encontro que visava alinhar as metas educacionais e fortalecer ações de parceria e de apoio às secretarias Municipais de Educação, com foco na qualidade do ensino e da aprendizagem, promovido pelo Governo do MA através da Secretaria de Estado da Educação.

Foto/crédito: Luiz Carlos JúniorPortal CN1

Além da Secretaria de Educação de Buriti, as secretarias de Anapurus, Brejo e Chapadinha, também participaram do evento, que foi coordenado pelo Gestor Regional de Educação professor Francisco Barros, com a participação da diretora de educação professora Henajeria Cristina Barros Soares, o articulador pedagógico João Damiani e do técnico do Mais Ideb professor Jesus. 

Durante o encontro foram discutidos temas como calendário letivo, construção de prédios escolares, termo de cooperação com os municípios, SEAMA/SAEB, pacto pela aprendizagem, transporte escolar, entre outros temas relacionados, tais como o sistema estadual de avaliação do Maranhão, permuta de servidores por meio de cooperação mútua entre estado e municípios, promoção do busca ativa em parceria com o UNICEF, as ferramentas do censo escolar e os impactos da pandemia sobre a educação também foram debatidos durante o encontro.

Fonte: Por Portal CN1/Luiz Carlos Júnior 

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO - Sobe para 12 o número de suspeitos de covid-19 com 6 casos ativos em Buriti (MA), aponta informe da doença neste domingo (24)

  O Informe Epidemiológico (renomeado como Boletim Oficial) nº 10/2021, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde – Semus neste domingo 24/1, às 21h, registra 25 notificações sobre a covid-19, no período de 1º a 24 de janeiro deste ano, sendo que se manteve os 6 (seis) casos positivos da doença, com 12 suspeitos de contraírem a doença. Desde o início da pandemia, em março de 2020, um total de 764 casos foram confirmados, sendo 742 recuperados e 16 óbitos. Outros 782 casos foram descartados.

  Na distribuição dos casos positivos por zona municipal, a área urbana concentra o maior número, com 578, e, as localidades rurais, 188.

Conselho de Saúde de Buriti (MA) aprova Plano Municipal de Vacinação contra Covid-19

    Em reunião realizada nessa quinta-feira 21/1, na Plenária da Câmara de vereadores, foi aprovado pelo Conselho Municipal de Saúde (CMS), presidido por Izael Vasconcelos, o PLANO DE OPERACIONALIZAÇÃO DA VACINAÇÃO CONTRA A COVID-19 DO MUNICÍPIO DE BURITI, que tem como objetivos estabelecer as ações e estratégias de imunização de grupos prioritários e população-alvo, de controle de insumos e detecção de eventos adversos à vacina e contribuir para resolução de eventuais fragilidades no atendimento do SUS local, no que tange à imunização


                                                                                                     Foto/crédito: Barroso


Entre as pautas da reunião, além da aprovação do plano de vacinação, foi realizada ainda a apresentação do calendário de reunião do CMS, eleição para secretaria geral e suplência, e solicitação do poder público para composição dos novos conselheiros municipais de saúde de Buriti.

Além dos conselheiros, estiveram presentes na reunião o Promotor de Justiça Laércio Ramos do Valle, a secretária de saúde Sherlyane Machado de Oliveira Fonteles e o diretor administrativo do Posto Paulo Francisco da Cruz.
O promotor destacou a importância do Conselho de saúde com suas deliberações e parcerias.

 Foto/crédito: Barroso

 Foto/crédito: Barroso

 Foto/crédito: Barroso

O conselheiro Otamar Linhares solicitou também uma estrutura mínima para o órgão poder desempenhar um trabalho em prol da população buritiense. O CMS precisa, por exemplo, de um computador, internet e telefone. A secretária Sherlyane informou que já tomou providências para garantir a estrutura do Conselho.

PLANO APROVADO

Coluna SEXTA DE NARRATIVAS - O CARROSSEL ENCANTADO DA MINHA INFÂNCIA

Impreterivelmente sem atrasar um dia, exatamente no dia primeiro do mês de julho, todas as Escolas da minha Buriti querida liberavam seus alunos para gozarem as maravilhosas férias do meio do ano, com a carga horária devidamente cumprida, provas do semestre entregues.

Daquele momento em diante o pensamento de todos nós, além de nos concentrarmos nas brincadeiras normais, se voltava para a festa da Augusta Padroeira do nosso Berço Sagrado, Nossa Senhora Sant' Ana e, infalivelmente no Carrossel famoso, amado e único, de propriedade do seu JOÃO QUEIROZ, cujos movimentos eram produzidos à tração humana. Na segunda semana do mês, ele começava a ser montado e chamava logo a atenção de todos os buritienses, notadamente a garotada e os seus Pais e mães! Na minha casa, nós, os estudantes de férias, dispensávamos qualquer presente, desde que fossem substituídos pelas moedas  de mil réis e das cédulas de DOIS mil réis amarelinhas e valiosas para fazermos o nosso caixa, a fim de garantirmos a nossa Gastança, com as corridas de bicicleta alugadas do nosso grande Ciclista e amigo PACOTE,  os pirulitos, o caldo de cana, com pão massa fina, do seu Raimundo Suzana, os bolos de tapioca, os rabos de tatu da dona Catarina e de outras produtoras, até  hoje inigualáveis, os balões, os bombons, os refrescos e outras gostosuras, no entanto o  dinheiro para rodarmos no Carrossel, principalmente ao lado da namorada, ah,  esse era intocável, era questão  de honra,  hombridade e compromisso infantil, que nos tornavam verdadeiros senhores de bigodes!

O levantamento do mastro e, depois da solenidade sacra, os olhares ávidos se voltavam para o largo dos brinquedos e dos botequins, contudo a busca maior era por seu JOÃO QUEIROZ, pra nos certificarmos de que o Carrossel, de fato iria rodar naquela primeira noite. Finalmente a visão maravilhosa das luzes do nosso sonho começavam a brilhar, como se fossem estrelas celestiais a nos chamar: venham, venham logo meninos, o sonho de vocês se tornará realidade neste instante!

Iniciada a formação da fila para ingresso no nosso primeiro voo do festejo, lá estavam postados o nosso Gênio Criador do nosso Encantado e Encantador Carrossel, e o moreno, a Máquina Humana, o fortão genial que iria conduzir o nosso disco voador às nuvens e nos tornar completamente felizes! Era de admirar o vigor físico daquele jovem. Normalmente antes de lotar a nossa Nave ele gritava alegremente, “vém-ão paçiar no Aviam-u de Sã-u Civirino, ôndi brinca Ômi, Muié i Mininu, Rumbóara Gêntiii”, era emocionante! Às vezes, ao iniciar a manobra de aterrissagem da maravilhosa nave, a um pedido nosso de Mais uma Voltinha Moreno" e a uma ordem do seu JOÃO QUEIROZ, desligava o freio (seus pés) e arremetia aquela maquina de sonhos, para mais duas, três, cinco voltas, para nossa alegria e os gritos de “obrigado seu JOÃO QUEIROZ”!

Tempo depois, conheci os grandes parques, já modernos, com uma variedade de brinquedos, luzes em profusão de cores, movidos a energia elétrica, lanches diversificados em sabores e formatos e muito alarido de máquinas e de pessoas, parques e brinquedos muito bonitos, mas, aqueles brinquedos, aquele caldo de cana com pão, aqueles rabos de tatu, aqueles pirulitos, os meus amigos e amigas, aquela namorada e aquele CARROSSEL da minha INFÂNCIA, são únicos, queridos, inigualáveis e inesquecíveis! Ah, meu torrão, ah MINHA BURITI! AH, MEU CARROSSEL! Quanta saudade e quantas lembranças tão vivas, tão presentes em meu caminhar, tão acalentadoras nos meus momentos de agruras e tão vivificantes! Ah seu JOÃO QUEIROZ!  O seu nome jamais saiu da minha mente, das minhas lembranças, das mentes e das lembranças de milhares de pessoas que viveram aquela ÉPOCA, que eu a denomino ÉPOCA DE OURO!


SOBRE O AUTOR

É buritiense, ardoroso amante da sua terra, deu seus primeiros passos no velho Grupo Escolar Antônia Faria, cursou o Ginásio Industrial na Escola Técnica Federal do Maranhão e Científico no Liceu piauiense e no Liceu maranhense, bacharelou-se em Direito pela Faculdade de Direito/UFMA, é advogado inscrito na OAB/MA, ativo, Pós-graduado em Direito Civil, Direito Penal e Curso de Formação de Magistrado pela Escola de Magistrados do Maranhão, Delegado de Polícia Civil, Classe Especial, aposentado, exerceu todos os cargos de comando da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, incluindo o de Secretário. Detesta injustiça de qualquer natureza, principalmente contra os pobres e oprimidos, com trabalho realizado em favor destes, inclusive na Comarca de Buriti. 

Mais um positivo: agora são 6 casos ativos de covid-19, com 9 suspeitos em Buriti (MA), aponta informe epidemiológico desta quinta-feira (21)

 O Informe Epidemiológico nº 08/2021, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde – Semus nesta quinta-feira 21/1, às 18h, registra 18 notificações sobre a covid-19, no período de 1º a 20 de janeiro de 2021, sendo mais um caso confirmado nas últimas 24h, e agora chega a 6 (seis) casos positivos da doença, com 9 (nove) suspeitos. Desde o início da pandemia, em março de 2020, um total de 764 casos foram confirmados, sendo 742 recuperados e 16 óbitos. Outros 776 casos foram descartados. 

Na distribuição dos casos positivos por zona municipal, a área urbana concentra o maior número, com 578, e, as localidades rurais, 188.

POLÍCIA APREENDE ARMA DE FOGO NA ZONA RURAL DE BREJO (MA)

 Na última segunda-feira 18/1, por volta das 9h40min, a GU de serviço recebeu denúncia, via telefone, que dois indivíduos estariam praticando assaltos nas proximidades de uma Fazenda, zona rural do município de Brejo/MA (59km de Buriti). No local, a guarnição foi informada que dois indivíduos tentavam furtar bacuri (fruta), e que, ao serem notados, efetuaram um disparo de arma de fogo e evadiram-se em seguida. A GU finalizou a ocorrência na DPC, onde apresentou um suspeito e a arma encontrada.

 *Informações do 16ºBPM

Polícia recuperada motocicleta com restrição roubo/furto em Tutóia (MA)

 Durante ronda ostensiva no Bairro Nova Terra, na cidade de Tutóia - MA (196 km de Buriti), por volta das 17h30 da terça-feira 19/1, a PM foi informada por populares que havia uma motocicleta Honda CG 125 Fan, preta, chassi nº 9C2JC4110DR708241, abandonada próxima ao lixão. De imediato, a GU deslocou-se até o local e comprovou a veracidade dos fatos. Após busca no sistema INFOSEG, foi constatado que o veículo possuía restrição de roubo/furto. A motocicleta foi encaminhada à DPC local para providências.

Motocicleta com restrição de roubo recuperada pela PM em Tutóia(MA).


*Informações do 16º BPM

PM RECUPERA VEÍCULO ROUBADO EM MATA ROMA

Por volta das 10h da última segunda-feira 18/1, a GU foi informada que uma pessoa deixou um veículo Fiat/Uno, cor verde, placa KFX-2899, chassi nº 9BD146000M3779623 em uma oficina, e não retornara para buscar. Ao efetuar pesquisa no infoseg, a guarnição constatou haver restrição de roubo no veículo. O mesmo foi rebocado ao pátio do DPM e, posteriormente, entregue na delegacia de Chapadinha (MA).

Fiat Uno com restrição de roubo e recuperado pela PM

*Informações do 16º BPM

Sobem para 05 os casos ativos de covid-19, com 9 suspeitos em Buriti (MA), apontam informe epidemiológico desta quarta-feira (20)

O Informe Epidemiológico nº 07/2021, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde – Semus nesta quarta-feira 20/1, às 18h, registra 18 notificações sobre a covid-19, no período de 1º a 20 de janeiro de 2021, sendo 5 (cinco) casos positivos da doença e 9 (nove) suspeitos. Desde o início da pandemia, em março de 2020, um total de 763 casos foram confirmados, sendo 742 recuperados e 16 óbitos. Outros 776 casos foram descartados. 

Na distribuição dos casos positivos por zona municipal, a área urbana concentra o maior número, com 577, e, as localidades rurais, 188.

TÉCNICA EM ENFERMAGEM É A PRIMEIRA VACINADA CONTRA A COVID-19 EM SANTA QUITÉRIA DO MARANHÃO

Maria das Graças Silva Borges, de 69 anos, recebeu a dose da CoronaVac na tarde desta quarta-feira 20/1

A técnica em enfermagem Maria das Graças Silva Borges, de 69 anos, foi a primeira pessoa a ser vacinada contra a Covid-19 em Santa Quitéria do Maranhão. A primeira parte da imunização aconteceu na tarde desta quarta-feira 20/1, no Hospital Municipal Zeca Moreira.

A técnica trabalha no hospital há 37 anos e ficou surpresa e feliz quando descobriu que seria a primeira pessoa imunizada no município.

Santa Quitéria do Maranhão recebeu no primeiro lote para vacinação 76 doses da CoronaVac. Nessa primeira etapa, trabalhadores da saúde dos serviços de urgência, emergência, UTI e assistência direta a pacientes com a covid-19 serão os imunizados.


Técnico em enfermagem Antônio Alberto é o primeiro vacinado contra a Covid-19 em Buriti (MA)

O técnico em enfermagem Antônio Alberto Ferreira da Silva, popular “Toinho da Saúde”, com 28 anos de atuação na profissão, foi a primeira pessoa a ser vacinada contra a Covid-19 em Buriti-MA. A imunização aconteceu na manhã desta quarta-feira 20/1, no Posto Osvaldo Faria.

O município de Buriti recebeu ontem (19) o primeiro lote para vacinação contendo 131 doses da CoronaVac. Nessa primeira etapa, trabalhadores da saúde dos serviços de urgência, emergência, UTI e assistência direta a pacientes com a covid-19 serão os imunizados.

A ESPERANÇA NA LUTA CONTRA COVID-19 EM BURITI (MA): Secretária municipal de saúde Shirley Gouveia recebe o primeiro lote de vacina contra o coronavírus


A Secretária Municipal de Saúde de Buriti (MA), Shirley Gouveia, juntamente com o vice-prefeito Jenilson Gouveia e outros profissionais de Saúde receberam na noite desta terça-feira 19/1 o primeiro lote de vacina contra o COVID-19. Em breve, a Semus divulgará o cronograma de vacinação. 

Com a segunda onda do coronavírus assustando no Brasil, a chegada em Buriti/MA da vacina aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) reaviva as esperanças na luta contra essa doença que já atingiu 762 buritienses e levou 16 deles à morte. 

De acordo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o potencial das vacinas contra a Covid-19 pode virar o jogo. Porém, sabe-se que a previsão é de ação limitada dos imunizantes nos estágios iniciais.

Prefeito de Buriti (MA) Arnaldo Cardoso participa da eleição para escolher o novo presidente da FAMEM

 Por Eudes Félix/ Jornal Fatos dos Municípios

O prefeito de Buriti (MA), Arnaldo Cardoso (PL), esteve presente na última quinta-feira 14/1, na sede da Federação dos municípios do Estado do Maranhão (FAMEM) para participar da eleição para a escolha do novo presidente.

A disputa era entre o atual presidente Erlanio Xavier, PDT, prefeito de Igarapé Grande, e o prefeito de Caxias, Fábio Gentil, Republicanos, e com 12 votos de diferença Herlânio Xavier se reelegeu para o biênio 2021 e 2022 numa disputa acirrada.


O prefeito Arnaldo chegou à FAMEM, na Grande Ilha, por volta das 15h, acompanhado do seu vice-prefeito Jenilson Gouveia, a Primeira Dama Luziene Cardoso, dos filhos menores Daniel e Cristina e, ao seu lado, a prefeita de Anapurus Vanderly Monteles que se reelegeu para governar por mais quatro anos.

O novo gestor de Buriti de Inácia Vaz se sentiu à vontade e trocou ideias com prefeitos de variadas regiões maranhenses ganhando experiências e fortalecendo conhecimentos enquanto aguardavam o resultado oficial da apuração dos votos que só foi divulgado às 18;36h com a vitória de Herlânio Xavier com vantagem de 12 votos válidos.

Logo em seguida, Arnaldo Cardoso falou à reportagem do jornal Fatos dos Municípios; “Quero parabenizar o presidente reeleito Erlânio Xavier, desejando-lhe boa sorte e espero que a luta municipalista continue unificado na defesa dos municípios do Maranhão”, enfatizou.



Odonto Company Buriti - Rua da Bandeira, nº 25, salas 10 e 11, Centro.

BIOLAB - Rua Antônio Pereira Mourão, em frente ao HTB(Clínica)

PAINEL DO LEITOR - COMENTÁRIOS RECENTES