ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...
Mostrando postagens com marcador cultura. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador cultura. Mostrar todas as postagens

A Prefeitura de Buriti, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, realizou  nesta terça-feira 29/3 o I FÓRUM MUNICIPAL DE CULTURA, com o tema “Conhecer, dialogar e fortalecer vínculos artísticos  culturais de Buriti”.

 O evento é uma contribuição valiosa  para o município e foi de grande importância para todos os presentes, onde uma palestra ministrada pelo atual Secretário de Cultura do município Arari, Ailton Barros destacou o papel do artista e o quanto sua forma de cultura é necessária. Além disso, o secretário Ailton falou sobre as Leis de incentivo à cultura ALDIR BLANC 2 e PAULO GUSTAVO, que, quando aprovadas pelo presidente, beneficiarão os artistas de nossa cidade querida.

Na fala do palestrante, o imortal Buritiense "Bil de Jesus", patrono da cadeira nº 04 da Academia Buritiense de Artes, Letras e Ciências-ABALC,  foi homenageado e seus feitos foram apresentados à todos os presentes no fórum. Na oportunidade ainda, os artistas gêmeos Rodrygo Fernandes e Romullo Fernandes trouxeram, diretamente da cidade de Arari, os Bonecos de Bil, que levaram todos os presentes à loucura, uma herança cultural que perdurará por gerações e que agora contam com o conhecimento dos buritienses.




No período da tarde, em uma votação democrática, foram eleitos os 03 delegados e 03 suplentes para concorrerem na eleição do Conselho Estadual de Cultura do Maranhão - Biênio 2022/2024.

Para Secretaria de Cultura de Buriti-MA, a semente foi plantada, e muito em breve os bons frutos serão colhidos. “A vitória é nossa Classe Artística!”

CULTURA PARA TODOS






(Publipost/Secom)

A Secretaria Municipal de Cultura de Buriti tem o prazer em convidar todos vocês para participarem do I FÓRUM MUNICIPAL DE CULTURA EM BURITI, onde será tratado de assuntos de extrema importância para todos os artistas, fazedores de cultura e população em geral. Com a temática "CONHECER, DIALOGAR E FORTALECER VÍNCULOS ARTÍSTICOS CULTURAIS", o evento promete ser inesquecível e muito enriquecido.

No dia do fórum, próxima terça-feira 29 de março de 2022, a partir das 9h, no auditório do Centro de Apoio Pedagógico-CAP, será tratado das Leis de Incentivo à Cultura aprovadas recentemente no Senado, a Lei Paulo Gustavo e Aldir Blanc 2.

Ainda no dia do evento, será feita uma eleição de delegados para o Conselho Estadual de Cultura do Maranhão.

Na última terça-feira 21/12, o poeta, ambientalista e crítico literário Francisco Carlos Moraes Machado promoveu um protesto em frente a Câmara de Vereadores da cidade de Duque Bacelar (24km de Buriti) para denunciar a exclusão de repasses da Lei Aldir Blanc para Museu de História Nacional e Ambiental do Vale da Parnaíba (MUHNAP). O auxílio é destinado aos trabalhadores e coletivos do setor cultural que foram impactados com a pandemia.

O protesto de Francisco Carlos, que é atualmente o curador museu da cidade, tem respaldo na Lei 14107, de LEI Nº 14.017, DE 29 DE JUNHO DE 2020, que, no art.8º, inciso VII, aponta que “museus comunitários, centros de memória e patrimônio” estão  compreendidos como “espaços culturais”, que são “todos aqueles organizados e mantidos por pessoas, organizações da sociedade civil, empresas culturais, organizações culturais comunitárias, cooperativas com finalidade cultural e instituições culturais, com ou sem fins lucrativos, que sejam dedicados a realizar atividades artísticas e culturais”.




Veja o vídeo e conheça um pouco sobre o MUHNAP

Em 20 de outubro deste ano, a Prefeitura de Duque Bacelar, por meio do seu Departamento de Cultura, vinculado à secretaria municipal de educação, publicou o edital nº 001/2021, onde constam os critérios de inscrição, concorrência, premiação e prestação de contas do recurso da Lei Aldir Blanc (clique aqui para ler).  Pelo edital, fica claro que museu comunitário MUHNAP, com quatro anos em atividade e apontado como o 3º de história natural do Maranhão, contando, inclusive, com a maior coleção de fósseis vegetais do Nordeste, preenche os requisitos concorrenciais como Coletivo Cultural de Duque Bacelar. A Declaração de Legitimidade do Museu foi assinada pelo Diretor do MUHNAP, engenheiro Nauro Daniel Rocha e mais 14 representantes do coletivo que reúne 60 membros, entre eles biólogos, cientistas, pesquisadores, professores e engenheiros.



Porém, assim que foi divulgado o resultado, causou perplexidade ao Coletivo e à comunidade geral o fato de o MUHNAP ter sido excluído pela Comissão julgadora, provocando revolta dos membros que, através do ofício nº 1/2021, de 15 de dezembro 2021, cobraram explicações sobre a exclusão à secretaria de educação do município, por meio do seu departamento de cultura. Não houve resposta da pasta.

Indignado, Francisco Carlos alega ingerência e perseguição política por trás da decisão de exlcuir o MUHNAP do benefício da Lei Aldir Blanc.  Ele próprio, que concorreu como pessoa física, foi contemplado com a premiação, mas revela estranheza com sua pontuação recebida. Além de curador do museu e mestre em Ciências Ambientais, Francisco Carlos é um escritor consagrado do Garapa e tem uma vasta contribuição literária e cultural para município de Duque Bacelar e toda região, com 10 livros publicados, entre eles, Vozes Poéticas dos Morros Garapenses, uma antologia dos poetas da APA, lançado no dia 25 de setembro deste ano, em  Encontro Literário  sediado em Buriti-MA. Também é membro-fundador, ocupante da cadeira nº 20, patroneada por José Linhares de Araújo,  na Academia Buritiense Artes, Letras e Ciências – ABALC, fundada em 30 de novembro de 2019. De sorte que não restam dúvidas quanto à sua relevante contribuição para cultura da cidade de Duque e da região do garapa.

 

Francisco Carlos divulgando a arte literária de Duque, em lançamento de obras em Buriti/MA

O outro lado

A reportagem do CORREIO BURITIENSE tentou falar com Cristiane de Santana, chefe do departamento de Cultura, mas, até o fechamento desta matéria, não teve suas ligações atendidas nem foram retornadas.


Aconteceu na última sexta-feira 24/9, durante o I ENCONTRO DAS ACADEMIAS E LETRAS DO BAIXO PARNAÍBA MARANHENSE, sediado na cidade de Buriti-MA, a Sessão Solene de Posse dos Membros titulares, fundadores e efetivos, e da primeira Diretoria da Academia Buritiense de Artes, Letras e Ciências – ABALC.

O evento começou sob o hasteamento das bandeiras e a execução dos hinos Nacional e Municipal na parte externa da Associação dos Amigos de Buriti (AMIB), sede provisória da ABALC, por volta das 17h30.  Após este ato, os presentes foram direcionados a adentrarem no Centro de Apoio Pedagógico, bem próximo à AMIB, e tomarem assento geral e, no caso dos acadêmicos, junto às cadeiras reservadas, para início da solenidade com a composição da mesa de honra, que contou com a presença das seguintes autoridades:  A Presidente da Câmara Municipal de Buriti/MA, vereadora Naires, o representante do Prefeito Arnaldo Cardoso, senhor Ocean Oliveira, do Secretária Adjunto de Administração e Finanças, Jean Freitas, da Secretário Adjunta de Cultura, senhora Ana Suzane, da Secretária Municipal de Educação, Gabriela Chaves, do presidente da Academia de Letras da cidade de Magalhães de Almeida, Prof Gilberto Wagner,   o senhor Pedro Portela, membro da Academia Brejense de Artes Letras, de Delmar Carneiro e Herbet Castelo Branco, ambos membros da Academia Chapadinhense de Letras, do Coronel Sebastião Bispo Lopes e do procurador Teodoro Peres, ambos da Academia Maranhense de Ciências, Letras e Artes Militares (AMCLAM), do secretário de educação de Magalhães de Almeida e do senhor Frederico Torres, membro da Academia de Letras do Vale do Longá, de Barras-PI.




 A mestre de cerimônia convidou o Procurador de Justiça Teodoro Peres, representante da Academia Maranhense de Ciências, Letras e Artes Militares do Maranhão – AMCLAM, mais velhos entre os imortais, para presidir os trabalhos iniciais da mesa. Às 18h30, ele declarou abertos os trabalhos da sessão de posse dos membros fundadores da Academia Buritiense de Artes, Letras e Ciência, em conformidade ao Estatuto e convoco o secretário da ABALC, Francisco das Chagas Carvalho Nunes, para fazer a leitura dos nomes pela ordem numérica das cadeiras que eles ocuparão.

Dr Teodoro Peres, da AMCLAM

São 22 membros fundadores, sendo que apenas 16 participaram dessa sessão solene:

Ocupante da cadeira n°1 – Artista e poeta Francisco Edivaldo Santos de Macedo. - Patronesse: Inácia Vaz

Ocupante da cadeira n°2 – Professor e poeta Francisco Luís das Chagas Rocha. - Patrono: Aristotelino Carvalho Lago (Lili Lago).

Ocupante da cadeira n°3 – Escritor e advogado Djalma Moura Passos. Patronesse Ana Arina de Melo Silva.

Ocupante da cadeira n°4 – Ator e diretor Domingos Elias Souza Silva; - Patrono: Benedito Ferreira de Jesus (Bill de Jesus);

Ocupante da Cadeira nº 5 - Horocídio Marques de Sousa Filho.  Patrono: Horocídio Marques de Sousa;

Ocupante da Cadeira nº 6 – Escritor, Professor e jurista Benedito Ferreira Marques. Patrono Plínio Ferreira Marques;

Ocupante da Cadeira nº 7 – Escritor, procurador de Justiça e advogado Raimundo Ferreira Marques. Patrono: Antônio Carlos Ferreira Marques.

Ocupante da Cadeira nº 8 – Artista popular Francisca das Chagas Marques Ferreira. Patrono Francisco Alves Ferreira (Mestre);

Ocupante da Cadeira nº 9 – Profa Dra. Maria de Fátima Lires Paiva. – Patronesse: Carmem de Freitas Costa;

Ocupante da Cadeira nº 10 – músico e compositor José Clovis Bastos Nunes.

Patrono: Dr. Smith Braz.

Ocupante da Cadeira nº 11 – Professora e poetisa Sofia das Chagas Rocha. – Patrono: Isaque Zefirino da Rocha.

Ocupante da Cadeira nº 12 – Poeta e músico Antônio Matheus Santos Cardoso. Patrono: Hélio da Costa Almeida;

Ocupante da Cadeira nº13 – Professor, químico, farmacêutico e jornalista Aliandro Carter Silva Borges. Patrono: José Pereira Borges.

Ocupante da Cadeira nº14 – Professora e escritora Dra. Regina Helena Martins de Faria. – Patronesse: Berenice Martins de Faria.

Ocupante da Cadeira nº 15 – Professor e poeta Francisco das Chagas Marques Barroso. – Patronesse: Maria das Dores de Jesus Costa (Profa Dores);

Ocupante da Cadeira nº 16 – Professor e poeta Francisco Júnior Marques de Araújo. - Patrono José Maria Brito de Araújo (Zuzinha);

Ocupante da Cadeira nº 17 – Professor, poeta e artista Wilson dos Santos Chagas. – Patronesse: Elza Maria Magaldi Machado;

Ocupante da Cadeira nº 18 – Professora e poetisa Francisca Jacira Freire de Sousa Bastos. Patrono: Padre Júlio de Freitas Costa.

Ocupante da Cadeira nº 19 – Professor Francisco das Chagas Carvalho Nunes. – Patrono: José de Ribamar Machado;

Ocupante da Cadeira nº 20 – Poeta, escritor e crítico literário Francisco Carlos Moraes Machado. Patrono: José Linhares de Araújo.

Ocupante da Cadeira nº 21 – Advogado, escritor e cordelista Reginaldo Cardoso da Silva (Reginaldo Veríssimo).  – Patrono: Antonio Carlos Barreto.

Ocupante da Cadeira nº 22 – Professora Odilene Teixeira Azevedo. – Patrono: Raimundo de Assis Azevedo (Faquinha);

Dando continuidade à Solenidade, o acadêmico Raimundo Ferreira Marques foi convidado para proferir o discurso de posse, representando a todos os membros da ABALC.


Após declarado empossado, o Presidente da ABALC, Aliandro Borges, assumiu os trabalhos da mesa e proferiu seu discurso, saudando os presentes e destacando a importância e objetivos da Academia Buritiense de Artes, Letras e Ciência. (Clique aqui e leia a íntegra do discurso). Logo depois, foi concedido a palavra aos componentes da mesa de honra.

O encerramento da Sessão Solene de Posse dos Membros se deu com a encenação de “OS CORRUPIÕES DA CHAPADA”, uma alusão aos imortais da ABALC, um texto original de Wilson Chagas e por ele também interpretado na ocasião.
Vídeo 1


Vídeo 2



 Todo o evento teve o apoio da Prefeitura Municipal de Buriti-MA e da Secretaria Municipal de Cultura com toda sua equipe, além da cobertura Secretaria de Comunicação do Município (SECOM).

MAIS SOBRE A ABALC

Fundada, em assembleia na sede da AMIB, em 30 de novembro de 2019 com 22 membros fundadores, num total de 40 cadeiras estatutárias. São escritores, advogados, professores, poetas, artistas populares, compositores musicais e jornalistas nascidos, com título de cidadão buritiense ou que moram no município.

O objetivo deste Sodalício de Inácia Vaz é disseminar o conhecimento, os saberes, valorizar a produção literária local,  difundir e estimular as atividades literárias hábito da leitura.

DIRETORIA DA ABALC

Presidente - Aliandro Carter Silva Borges

Vice-presidente - Francisco Luis das Chagas Rocha

1º Secretário - Francisco das Chagas Carvalho Nunes

2º Secretário - Francisco das Chagas Marques Barroso

1º Tesoureiro - Wilson dos Santos Chagas

2º Tesoureiro - Francisca Jacira Freire de Sousa Bastos,

Relações Públicas - José Clovis Bastos Nunes

 CONSELHO FISCAL

Membros efetivos:

-Raimundo Ferreira Marques

- Sofia das Chagas Rocha e

- Francisca das Chagas Marques Ferreira

Suplentes: 

- Odilene Teixeira Azevedo

- Antônio Matheus Santos Cardoso.

VEJAM MAIS FOTOS








































Odonto Company Buriti - Rua da Bandeira, nº 25, salas 10 e 11, Centro.

BIOLAB - Rua Antônio Pereira Mourão, em frente ao HTB(Clínica)

PAINEL DO LEITOR - COMENTÁRIOS