"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

PROCURADORIA FAZ NOVO PEDIDO DE PRISÃO DO SENADOR AÉCIO NEVES (PSDB), POPULAR “MINEIRINHO” DA LISTA DA ODEBRECHT, EM RAZÃO DE PROPINAS PAGAS PELA EMPRESA JBS

Esta já é a 3º vez que procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pede a prisão do senador Aécio Neves (PSDB-MG), em razão da propina de R$ 2 milhões paga pela JBS a seu primo Fred Pacheco; derrotado nas eleições presidenciais de 2014, Aécio foi o principal responsável pelo golpe de 2016, que instalou Michel Temer no poder; hoje, os dois estão entre os políticos mais repudiados do Brasil, com rejeições de 90% e 94%, respectivamente; caberá à primeira turma do Supremo Tribunal Federal decidir sobre a prisão de Aécio, que lançou o Brasil à maior crise de sua história.
A Procuradoria-Geral da República (PGR) entrou hoje (31) no Supremo Tribunal Federal (STF) com novo recurso pedindo a prisão do senador Aécio Neves (PSDB-MG). A PGR pretende anular decisão anterior do ministro Marco Aurélio, que negou outro pedido de prisão e determinou o retorno do parlamentar, no mês passado, às atividades no Senado.
É o terceiro pedido sucessivo feito pela procuradoria para prender o senador. Dois foram rejeitados desde a homologação da delação premiada da JBS. A questão será analisada pela Primeira Turma da Corte, composta pelos ministros Alexandre de Moraes, Rosa Weber, Luiz Fux e Luís Roberto Barroso, além do relator. 
No mês passado, Marco Aurélio manteve decisão anterior de negar o pedido de prisão preventiva do senador, mas proibiu Aécio de deixar o país e de fazer contato com outros investigados ou réus no processo.
Antes da decisão de Marco Aurélio, Aécio Neves estava afastado da atividade parlamentar por uma decisão do antigo relator do caso, ministro Edson Fachin. Aécio foi citado pelo empresário Joesley Batista, dono do grupo JBS, e um de seus depoimentos de delação premiada. Joesley contou aos procuradores que Aécio lhe pediu R$ 2 milhões para pagar despesas com sua defesa na Operação Lava Jato.
À época, a defesa de Aécio comemorou a decisão de Marco Aurélio e o senador disse que sempre acreditou Justiça e que seguiria "no exercício do mandato que me foi conferido por mais de 7 milhões de mineiros, com a seriedade e a determinação que jamais me faltaram em 32 anos de vida pública", declarou em nota.
Derrotado nas eleições presidenciais de 2014, Aécio foi o principal responsável pelo golpe de 2016, que instalou Michel Temer no poder, mas, hoje, os dois estão entre os políticos mais repudiados do Brasil, com rejeições de 90% e 94%, respectivamente.

RELEMBRE O DIÁLOGO CRIMINOSO DE AÉCIO E JOESLEY BATISTA CLICANDO AQUI. 

VEJA TAMBÉM VÍDEO EM QUE ARTISTAS DÃO APOIO À CANDIDATURA DE AÉCIO EM 2014 E SORRIA À VONTADE:

PROFESSORA NEGRA CAUSA COMOÇÃO NA FLIP: A DURA E EMOCIONANTE HISTÓRIA DE DIVA GUIMARÃES É A HISTÓRIA DO BRASIL

A professora Diva Guimarães, negra e pobre, proporcionou um dos momentos mais emocionantes da história da Flip, na mesa onde participava Lázaro Ramos. 
A professora Diva Guimarães, negra e pobre, proporcionou um dos momentos mais emocionantes da história da Flip, a Festa Literária de Paraty, na sexta-feira 28. Numa das mesas, onde participava o ator e escritor Lázaro Ramos, Diva pediu o microfone e contou a sua história. Os presentes, incluindo, palestrantes foram às lágrimas. A reação foi uma grande comoção que terminou com um retumbante “Fora, Temer”. O detalhe é que Diva pouco ou quase nada falou sobre política. Veja o vídeo da fala da professora:
“Eu fiquei muito emocionada que você chamou atenção de que estamos em uma plateia de maioria branca. Sou do sul do Paraná, você já pode imaginar… Só sobrevivi porque tive uma mãe que passou por toda humilhação para que os filhos pudessem estudar. Fui para um colégio interno aos cinco anos. Passavam as freiras, as missões pelas cidades recolhendo as crianças como se fosse assim… Em troca de você ir para essa escola estudar, na verdade você ia para trabalhar. Eu trabalhei duro desde os cinco anos. Sou neta de escravos. Aparentemente a gente teve uma libertação que não existe até hoje.”
A professora falou sobre situações de preconceitos que enfrentou ao longo da vida por ser pobre e negra. Ela, que desde criança foi ensinada sobre o que era a desigualdade, afirmou que amadureceu aos seis anos ao ouvir de uma das freiras uma história que a marcou por toda vida.
A anedota servia para justificar o injustificável, o racismo.
“As freiras contavam que Jesus – eu demorei muito para aceitar o tal de Jesus -, Deus, criou um rio e mandou todos tomar banho na água abençoada daquele maldito rio. Ai, as pessoas que são brancas é porque eram trabalhadoras e inteligentes. Nós, como negros, somos preguiçosos. E não é verdade. Esse país só vive hoje porque meus antepassadas deram toda a condição. Então, nós, como negros preguiçosos, chegamos no final dos banhos e no rio só tinha lama. E é por isso que só nossas palmas da mãos e pés são claras. Nós só conseguimos tocar isso.”
E prosseguiu:
“Ela contava essa história para mostrar aos brancos como nós éramos preguiçosos. E não é verdade. Porque senão nós não tínhamos sobrevivido.”
No final da fala, Diva volta a relembrar sua mãe e a importância de estudar. Para ela, ter acesso à educação foi definidor para que pudesse construir sua própria trajetória.
“Eu sou uma sobrevivente pela educação. E pela minha mãe. Ela me pedia: ‘Olha bem pra mãe. Se você quiser ser como a mãe, não vá para a escola’. E eu dizia: Não vou ser igual a senhora. Então ela me mandava ir estudar. Eu ia correndo para a aula.”
No final do diálogo, o ator Lázaro Ramos não conteve a emoção: “Meu coração ficou pequeninho.”
Sob aplausos da plateia, Lázaro defendeu a educação pública e a valorização de todos os professores do Brasil.
SOBRE O EVENTO
A 15ª edição da Flip ocorre entre 26 e 30 de julho, na cidade histórica do litoral sul do Rio de Janeiro. Paraty será palco de reflexões e debates sobre as atuais narrativas produzidas no Brasil e no mundo.
Com curadoria da jornalista Josélia Aguiar, o evento literário mais importante do país abre neste ano espaço inédito para a diversidade de vozes da literatura negra.
E não só isso.
Pela primeira vez em sua história, a Flip traz um número de autoras que supera o de autores. Serão 22 mesas com 46 autores, dos quais 22 são homens e 24 são mulheres.
O escritor homenageado deste ano será Lima Barreto (1881-1922), autor marginal cuja trajetória foi marcada pela crítica contundente ao cotidiano racista e de segregação social no Brasil.

MILITARES QUE DEPREDARAM CASA DE JOGO EM SÃO LUÍS SÃO AFASTADOS DAS FUNÇÕES; VEJA O VÍDEO DA AÇÃO DESCONTROLADA DOS POLICIAIS EM REPORTAGEM DO BOM DIA BRASIL


Os quatro policiais militares do Choque que apareceram em vídeos quebrando uma casa de jogos ilegais, atirando pra cima e jogando bombas, foram afastados de suas funções e responderão inquérito militar. A depredação aconteceu no domingo passado, 23 de julho, nas proximidades da feira da Cohab. 
Imagens das câmeras de segurança mostram o momento em que os militares chegam e fazem revistas nas pessoas, que parecia mais uma operação de rotina no combate ao jogo de azar. Porém, eles foram se irritando e praticando gestos desgovernados.
Quebraram as máquinas de caça níquel, cadeiras e mesas. E furiosos, atiraram de escopeta para o teto, além de jogar bombas dentro do local, quebrar geladeiras e ar condicionado. Uma parede de gesso também foi quebrada.
ABAIXO O VÍDEO DAS AÇÕES SEM CONTROLE DOS POLICIAIS:
(Do Luís Cardoso))

URGENTE: OSSADA HUMANA É ENCONTRADA EM BAIRRO DE CHAPADINHA

As Polícias Militar e Civil, a partir de denúncias anônimas, encontraram no bairro Vila Verde, em Chapadinha, restos de ossada humana.  O achado foi na sexta-feira 28, por volta das 16h30, e, ao fazer uma varredura no local, a polícia também encontrou uma moto Honda Fan 125 preta, de placa NHL 0193, com restrição de roubo em um barraco abandonado.
 Os restos mortais e a moto foram encaminhados à DP da cidade de Chapadinha, a 69 km de Buriti-MA, para providências cabíveis.

URGENTE: ESPOSA DO PREFEITO DOMINGOS DUTRA SOFRE TENTATIVA DE HOMICÍDIO EM PAÇO DO LUMIAR

Núbia Dutra levou dois tiros na Estrada do Sítio Grande.
  O buritiense Dutra com sua esposa.
A primeira-dama e secretária de Administração, Gestão e Finanças de Paço do Lumiar (a 327 km de Buriti-MA), Núbia Feitosa, levou dois tiros na tarde desta sexta-feira 28 na Estrada do Sítio Grande, que interliga a Estrada da Maioba ao conjunto Maiobão.
Segundo a assessoria de comunicação, ela estava voltando pela Estrada do Sítio Grande acompanhada por dois assessores, quando avistou um homem agredindo uma mulher dentro do veículo.
Núbia Feitosa pediu para parar o veículo e foi tentar acalmar o agressor e tirar a mulher do alcance dele. No entanto, o homem discutiu com a primeira-dama, tendo sacado a arma e atirado duas vezes contra ela.
A secretária foi socorrida e encaminhada para um hospital particular de São Luís para ser submetida a procedimento cirúrgico. Contudo, não corre risco de morte.
O prefeito Domingos Dutra (PCdoB) afirmou que o autor dos disparos pode ter sido um sargento da Polícia Militar.  “Há uma campanha de ódio em Paço do Lumiar contra mim e contra Núbia. Não sei se isso tem alguma ligação e é preciso que a polícia investigue”, afirmou o prefeito.
A Polícia Militar realiza buscas para tentar identificar e prender o suspeito.
(Do Blog do Michel Sousa)

"ADESÃO DO MARANHÃO" À INDEPENDÊNCIA DO PAÍS COMPLETA 194 ANOS: ENTENDA UM POUCO DESSA HISTÓRIA

Termo oficial de adesão do Maranhão à independência do país foi assinado no dia 7 de agosto de 1823, na cidade de Caxias, distante 368 km de São Luís.
Arquivo Público do Estado do Maranhão reúne documentos importantes daquela época.
O Maranhão era rico e tinha forte ligação com Portugal, por isso, resistiu até o último momento quanto a aderir à independência do Brasil em relação a Portugal. Foi preciso cercar São Luís por mar e ameaçar destruir a cidade para que a província se rendesse por completo. Isto foi no dia 28 de julho de 1823, há exatos 194 anos.
Para refletir sobre a data, a exposição “28 de julho, 194 anos da Independência do Maranhão, documentos e obras raras”, começou nessa quinta-feira 27/7 e vai até segunda-feira (31), na sede do Arquivo Público do Estado do Maranhão, que fica na Rua de Nazaré, no Centro Histórico de São Luís.
A Lei Estadual 2.457, que trata sobre o feriado é de 1964, mas até 2014, o feriado era pouco conhecido, tanto que a iniciativa privada não alterava a rotina. A partir de 2015, isso passou a ser fiscalizado pelas autoridades competentes e este feriado estadual não ficou mais restrito apenas às repartições públicas.
HISTÓRIA
O motivo da resistência maranhense à época era por conta da elite que dominava o Maranhão. O grupo não aceitava as ordens vindas do Rio de Janeiro, capital do Brasil Imperial, por ter interesse em continuar com as relações com Portugal por conta das situações política e econômica.
O termo oficial de adesão do Maranhão à independência do país foi assinado no dia 7 de agosto de 1823, na cidade de Caxias, distante 368 km de São Luís. A solenidade foi na Igreja da Matriz.
Thomas Cochrane, escocês, foi quem chefiou a esquadra de guerra da Marinha Brasileira. Como ele venceu a batalha, entrou para a história também como o primeiro marquês do Maranhão.
Thomas Cochrane teve papel fundamental na história do Maranhão (Foto: Reprodução/TV Mirante)
“No Maranhão, a adesão só acontece no dia 28 de julho, na Bahia foi 2 de julho e no Pará, 15 de agosto. Isso mostra como tínhamos projetos diferentes no país naquele momento. No caso do Maranhão, os interesses quanto a exportação, a manutenção da escravidão e as relações políticas eram muito mais vinculados a Portugal do que aquela ideia nova de união com o Rio de Janeiro”, disse o historiador Marcelo Cheche Galves.
Segundo o historiador, as tropas militares do Império chegaram ao Maranhão após desembarcarem por Piauí e Ceará. Eles entram no Maranhão na região onde hoje é o município de São Bernardo, a 106 km de Buriti-MA. De lá foram até as lavouras de algodão, às margens do Rio Itapecuru. Esta incursão foi por volta do início de junho. A região do Itapecuru aderiu imediatamente à ideia defendida pelas tropas do Império. São José de Matões, em Caxias, foi o primeiro vilarejo a aceitar a imposição.
Em São Luís, depois da batalha que resultou na adesão de todo a província à ideia vinda do Rio de Janeiro, os movimentos de resistência não pararam e vários eventos como conflitos em via pública e arrombamentos de lojas, por exemplo, foram registrados até o fim do ano seguinte: 1824.
(Do G1 MA)

“BATMAN” E SEU PARCEIRO EM ROUBO DE MOTOS NA REGIÃO SÃO PRESOS EM BREJO/MA

A Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Delegacia de Brejo, a 48 km de Buriti-MA, contando com o apoio do 16° BPM e da Polícia Interestadual do Piauí (Polinter/PI), prendeu, na manhã da última quarta-feira 26, Evanildo da Silva Meireles, vulgo "BATMAN", e Helmano Mailson Teixeira Almeida, vulgo "MANIN", integrantes de organização criminosa especializada no roubo e receptação de motocicletas, oriundas principalmente da capital piauiense.
De acordo com a polícia, BATMAN seria o líder da organização e é suspeito também da prática de assaltos em Teresina, capital piauiense. Os demais integrantes da organização encontram-se presos na Casa de Custódia José Ribamar Leite, em Teresina, onde respondem por roubo qualificado. 


ENCERRAMENTO DO FESTEJO DE NOSSA SENHORA SANT’ANA: PROCISSÃO LEVA MULTIDÃO DE FIÉIS AS RUAS DE BURITI-MA; VEJA A QUEIMA DE FOGOS

*Da Folha Católica de Buriti
Milhares de católicos se reuniram na última quarta-feira 26 para realizar a grande procissão de enceramento da Festa de Sant' Ana, padroeira do município de Buriti-MA. A Caminhada iniciou em frente a Igreja Matriz e seguiu pela Rua Lino Machado, Avenida Coronel Lago Júnior, Avenida Candoca Machado, Rua da Rodoviária e Rua Inácia Vaz.
Vídeo da procissão de Sant'Ana e São Joaquim
No retorno ao templo religioso, as imagens da padroeira e do seu esposo São Joaquim foram acolhidas com grande alegria pelos fiéis que lá as aguardavam.
Nos degraus externos da Igreja, voltados para Praça Matriz, foram entoados cânticos e hinos. Rogério Cardoso, fiel católico e membro da Pastoral da Comunicação (Pascom), fez os agradecimentos em nome de toda paróquia. Em seguida, prefeito municipal Naldo Batista, ao lado do deputado federal Aluísio Mendes (Podemos), também manifestou seus agradecimentos pela festa. 
Ao final, o Padre Carlinhos cantou uma breve música e abençoou todo povo de Deus. As atividades religiosas foram encerradas, oficialmente, com a tradicional queima de fogos. 
QUEIMA DE FOGOS DE ENCERRAMENTO DO FESTEJO 2017

PREFEITURAS DO PAÍS RECEBEM MONTANTE DE 2,6 BILHÕES DE REAIS DO TERCEIRO REPASSE DE JULHO DO FPM NESTA SEXTA-FEIRA (28)

O terceiro decêndio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) será depositado nas contas municipais nesta sexta-feira, 28 de julho. O valor será de R$ 2,084 bilhões, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). Sem o desconto, o montante tem o valor bruto de R$ 2,606 bilhões.
A Confederação Nacional de Municípios (CNM) faz o acompanhamento a cada período do repasse. Se comparado com o terceiro decêndio de julho do ano passado, o repasse deste terceiro decêndio teve aumento de 19,03% em termos nominais. Isso quer dizer, sem considerar os efeitos da inflação.
Se forem considerados os efeitos inflacionários nesse período, o FPM do terceiro decêndio de julho ficou 16,17% maior, em relação ao valor repassado no mesmo decêndio de 2016. O levantamento da CNM traz ainda os montantes dos decêndios anteriores, bem como os valores totais para julho.
Também apresenta uma soma dos repasses acumulados de janeiro até o último decêndio deste mês. Segundo os dados, o montante chega a R$ 56,9 bilhões, dado que corresponde a uma elevação de 12,15% no comparativo com o mesmo período do ano passado. Os cálculos não incluem os efeitos da inflação e já trazem os recursos do FPM extra de julho.
Repasse extra
A Secretaria do Tesouro Nacional divulgou, em comunicado extraordinário, que até as 18h desta quinta-feira, 27 de julho, os Municípios irão receber um repasse extra do FPM. O valor será de R$ 191,1 milhões já descontada a retenção do Fundeb. Em valores brutos, o repasse corresponde a R$ 238,9 milhões, referentes à classificação por estimativa das receitas de Imposto de Renda.
Como explica a Confederação, esse repasse acontece em separado porque a Receita Federal tem um programa que parcela as dívidas de vários impostos. Quando a Pessoa Jurídica ou até mesmo a Pessoa Física efetua o pagamento da guia de pagamento do Programa de Recuperação Fiscal (Refis), a Receita classifica por estimativa a quantia de cada imposto que foi recolhida. Ela separa o que é Imposto de Renda do que é Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e efetua os repasses correspondentes ao FPM.
Apesar do repasse extra neste mês de julho, a CNM orienta que os gestores municipais mantenham cautela. A tendência é que, nos próximos meses, o FPM apresente um desempenho inferior, característica do segundo semestre. Além disso, o outro repasse extra de 1% ocorrerá apenas em dezembro, alerta a entidade.

EX-PREFEITO DE SENADOR ALEXANDRE COSTA É CONDENADO POR IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

O ex-prefeito de Senador Alexandre Costa (cidade a 275 km de Buriti-MA), Valdeci César Meneses, foi condenado pelo Judiciário da comarca de Governador Eugênio Barros por irregularidades no balanço geral do exercício financeiro de 2011, reprovado pela Câmara Municipal e pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE).
A sentença, da juíza Sheila Silva Cunha, condenou o ex-prefeito ao ressarcimento integral de R$ 1.060.861,44, atualizados; à suspensão dos direitos políticos pelo prazo de 8 anos; ao pagamento de multa civil de 20 vezes o salário de prefeito municipal, valor a ser revertido em favor do município e, ainda, à proibição de contratar com o poder público ou receber incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, pelo prazo de cinco anos.
Na Ação Civil de Improbidade Administrativa movida contra o ex-prefeito, o Ministério Público estadual alegou que os atos constatados pelo Tribunal de Contas causaram prejuízo ao erário e atentaram contra os princípios da administração pública, que incluem a remessa fora do prazo legal dos documentos relativos ao PPA (Plano Plurianual) e à LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias); fraudes em processos de licitação e outras irregularidades.
Os atos apontados foram comprovados nos relatórios técnicos que embasaram o julgamento das contas pelo TCE, órgão oficial que tem competência constitucional para essa análise. Em sua defesa, o réu se limitou a impugnar as provas apresentadas nos autos afirmando suposta nulidade por ausência de citação do julgamento pelo TCE, sem prova do alegado.
IMPROBIDADE - Em sua análise, a juíza de direito Sheila Silva Cunha verificou que o ex-prefeito cometeu vários atos de improbidade administrativa: não obedeceu as regras básicas de direito financeiro, administrativo e orçamentário, por não ter enviado, no prazo legal, o PPA e a LDO; não cumpriu o exigido com gastos com desenvolvimento da educação, fundamental e deixou de aplicar o percentual mínimo para a melhoria do ensino.
O ex-gestor também promoveu contratação direta sem o devido processo de licitação, como manda a Lei Nº 8.666/1993, em 17 processos de despesa, com a contratação de 8 prestadores de serviços sem contrato, e mais seis casos de fragmentação de despesas. Essas práticas configuram atos de improbidade administrativa que causaram danos ao erário no total de R$ 1.060.861,44.
“Salta aos olhos a intenção dolosa do réu, em usar o público como se privado fosse, não respeitando regras simples a qualquer gestor. Portanto, o dolo se extrai da análise em conjunto das várias irregularidades cometidas pelo réu, a demonstrar sua intenção livre e consciente de usar a administração pública como se privada fosse, em contrariedade à Constituição e às leis”, sentenciou.
(Da Asscom/TJMA)

GOVERNADOR FLÁVIO DINO ENTREGA NOVA ESCOLA, OBRAS DO MAIS ASFALTO E, AO LADO DO PREFEITO NALDO BATISTA, CONFIRMA A CONSTRUÇÃO DE UM HOSPITAL NA CIDADE DE BURITI (MA)

No anexo inaugurado será instalado um polo da Universidade Estadual do Maranhão (Uema). A parceria Estado e Prefeitura já trouxe também ao município uma ambulância, uma viatura policial, ônibus escolar, Odontomóvel, bolsa escola, projetos de fomento ao agricultor local; e agora mais asfalto e um novo hospital.
Flávio Dino anunciou entregou uma escola nova (anexo), distribuiu 2.204 uniformes e anunciou reforma completa da sede do CE Maria Luiza Novaes Viana. Foto/crédito: Secap. 
Ações estruturantes, nas áreas de educação e infraestrutura, foram entregues à população de Buriti pelo governador Flávio Dino, ao lado do prefeito municipal Naldo Batista (PCdoB), nessa quarta-feira (26), no encerramento dos Festejo de Sant’Ana 2017, a principal festa popular da cidade. Na visita do governador ao município foram vistoriadas as obras de pavimentação de ruas e avenidas, realizadas através do Programa Mais Asfalto, e inaugurada uma escola no povoado Novo Oriente, cerca de 2 km da sede, que estava com as obras paralisadas há quase 10 anos. Além destes, outros investimentos importantes, que garantem melhor qualidade de vida à população de Buriti, foram anunciados.
“Estou muito feliz de estar aqui em Buriti, com o nosso Governo presente, apoiando o município. Tivemos a inauguração de uma escola aguardada há uma década praticamente, que vamos doar ao município, entregamos fardamento escolar e o Mais Asfalto já chegou à cidade, anunciei investimentos em água e assim como assumi o compromisso para encontrar solução para a saúde do município. Uma agenda rica, positiva, importante e agradeço muito a acolhida do povo que esteve aqui”, pontuou Flávio Dino.
Deputado Fábio Macedo, autor de emendas que beneficiam Buriti/MA.
O término da C.E. Maria Luiza Novaes Viana – Anexo IV é a realização de um sonho antigo. A construção do prédio foi iniciada em 2008, no entanto nunca foi concluída. Agora, finalmente entregue à população, a escola foi cedida ao município para que possam instalar um polo da Universidade Estadual do Maranhão (Uema) para formação dos professores e para servir para o ensino fundamental e, assim, fortalecer a educação da cidade. A estrutura dispõe de seis salas de aula, secretaria, sala de professores, laboratório de informática, sala para biblioteca, entre outros espaços, e tem capacidade para atender até 650 alunos, em três turnos de funcionamento.
“Mais uma escola dentro do programa Escola Digna, com mais uma parceria estabelecida com a Prefeitura pelo governador Flávio Dino. A escola inaugurada hoje servirá para o ensino fundamental e acolhendo o pedido da cidade, o governador determinou que seja implantado um polo da Uema na cidade e a reforma da escola de ensino médio da sede de Buriti. De forma que atenderá o ensino fundamental, médio é superior, mostrando que a gestão atua de forma completa”, explicou o secretário de Estado de Educação, Felipe Camarão.
O governador anunciou ainda a reforma completa da sede do CE Maria Luiza Novaes Viana, localizada no centro de Buriti, com climatização de todas as salas de aula, e distribuiu 2.204 uniformes, para estudantes de três escolas da rede estadual no município.
Veja um vídeo-síntese do evento
ASFALTO 
Desenvolvido pela Secretaria de Estado de Infraestrutura, o programa Mais Asfalto já chegou a Buriti e fará oito quilômetros de asfalto na cidade, recapeando as vias centrais. O programa tem facilitado a vida de maranhenses no acesso a mais dignidade, como é caso de dona Maria Serva, 70 anos. A aposentada viu o asfalto chegar à porta de casa e o dia-a-dia está melhorando. “Aqui já teve asfalto, mas acabou há muito tempo e ficou lama, poeira e agora chegou o asfaltou de verdade e melhorou bastante”, relatou dona Maria.
 O governador também explicou que já começou a recuperação da MA-034 no trecho de Coelho Neto a Duque Bacelar e que as obras seguirão para trecho Buriti – Duque. Sobre o trajeto da rodovia entre Buriti e Palestina (povoado de Brejo), Dino explicou que fez de forma emergencial uma operação tapa-buracos por conta dos festejos municipais, contudo sua intenção é reconstruir todo esse pedaço da MA-034 com a mesma qualidade executada no trecho Coelho Neto-Descanso.
PARCERIA 
Outras ações já foram desenvolvidas pelo Governo do Estado na cidade Buriti, como a entrega de uma ambulância, de viatura para reforçar a segurança, de ônibus escolar para atender os estudantes e do Odontomóvel, para tratamento dentário da população, o bolsa escola que atende famílias carentes. “Tudo isso já foi entregue e já está aqui no município”, lembro o governador.
Para o prefeito, Naldo Batista, o conjunto de investimentos revela a preocupação do gestor estadual com cidade e as realizações entregues foram compromissos assumidos anteriormente. Naldo defende que só quem tem ganhado com a proximidade entre Governo do Estado e Prefeitura é a população do município, que tem tido mais acesso a políticas públicas. É o caso da professora Maria de Sousa Silva, 70 anos: “Eu estou muito feliz porque o nosso Buriti estava esquecido. Antes a gente via governador vindo aqui para pedir voto, hoje, pela primeira vez, a gente está recebendo governador é para inaugurar obras. Isso deu uma vida para nossa cidade!”.
NOVO HOSPITAL MUNICIPAL
 Flávio Dino ratificou sua promessa de campanha e confirmou para população buritiense que vai construir o tão sonhado hospital municipal e destacou que esta era uma cobrança incessante do prefeito Naldo Batista que vai beneficiar, extraordinariamente, os pacientes atendidos pelo SUS no município.
 O governador frisou que até o final de dezembro será concluído o planejamento entre o Estado e a Prefeitura sobre qual a melhor saída para a questão da saúde no que se refere a um novo hospital: a primeira solução apontada seria a construção de um novo prédio hospitalar em área definida pelo município, ou a compra, seguida de uma ampla reforma, da Clínica (Hospital do Trabalhador Buritiense), de propriedade privada e que foi colocada à venda recentemente.   
PRESENTES NA CERIMÔNIA DE INAUGURAÇÕES
Durante a visita e inauguração com o Governador do Estado e o Prefeito de Buriti, estiveram presentes o deputado estadual Fábio Macedo (PDT), o deputado federal Weverton Rocha (PDT) - cotado para vaga no senado no pleito de 2018, o secretário de Estado de Educação Felipe Camarão, a secretária municipal de Educação Rosinalva, o Secretário Municipal de Administração e Finanças Jenilson Gouveia, o vice-prefeito Antônio Flora (PCdoB), os vereadores da cidade, os prefeitos regionais Américo de Sousa (Coelho Neto), Jorge Oliveira (Duque Bacelar) e Alberto Rocha (Santa Quitéria do Maranhão), o ex-prefeito de Afonso Cunha, José Leanne, e lideranças populares municipais e estaduais.
Mais Imagens da visita do Governador


OPERAÇÃO SANT'ANA: POLÍCIA DIVULGA IMAGENS E NOMES DOS SUSPEITOS PRESOS NA OPERAÇÃO CONJUNTA REALIZADA EM BURITI NA TERÇA 25/7

Uma ação conjunta da Policia Civil, da Polícia Militar e da Guarda Civil Municipal, deflagrada na última terça-feira (25), denominada de "Operação Sant'ana", por ocasião das comemorações do festejo de Nossa Senhora de Sant'Ana, em Buriti/MA, cumpriu mandados de busca e apreensão, oriundos de representação conjunta entre a Autoridade Policial e o Membro do Ministério Público, ambos da Comarca local. Foram cumpridos 5 mandados, sendo encontrado em 3 residências, armas e drogas. Foram autuados em flagrante 4 homens e 3 mulheres.
O Correio Buritiense já havia divulgado com exclusividade a Operação no mesmo dia em que ela acontecera.  Porém, agora o blog traz os nomes e imagens dos suspeitos que foram presos durante a ação (CLIQUE AQUI E VEJA). Foram conduzidos à Delegacia de Polícia e dentro de toda a legalidade exigível os listados abaixo:
Claldemir Sampaio Machado (20/06/1986);
Maria Euda Pereira de Meneses (06/06/1995);
Antônio Sousa da Silva (15/06/1992);
Maria Eudelândia Rodrigues da Silva (18/04/1993);
Gerlan Gonçalves Bastos (08/06/1984);
Sebastião da Conceição (09/06/1984);
Maria Raimunda de França (22/12/1970).
Veja Imagens divulgadas pelo 16º Batalhão da PM em Chapadinha/MA:
Na Ação conjunta foi encontrada uma grande quantidade de drogas, arma de fogo, motocicletas sem nenhuma procedência além de diversos eletrodomésticos.
Todos os indivíduos foram entregues à autoridade policial competente para as providências que o caso requer.

A "Operação Sant'ana" contou com a participação de Policiais Civis e Policiais Militares, além da Guarda Civil de Buriti. Foram mobilizados em torno de 25 Policiais, oriundos das cidades de Chapadinha, Anapurus, Mata Roma, Brejo e Santa Quitéria, além dos Policiais lotados em Buriti. Todos os mandados de busca e apreensão foram expedidos pelo Meritíssimo Juiz de Direito da Comarca de Buriti. Os homens permanecerão presos na carceragem da Delegacia Policia Civil de Buriti, enquanto as mulheres serão encaminhadas à Penitenciária Feminina na cidade de São Luís/MA.
Ademais, foram designados dois Investigadores de Policia Civil pela Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI) para participar da aludida operação, que contou com o apoio da 3ª Delegacia Regional de Chapadinha e do 16º Batalhão de Polícia Militar.
Também foi crucial o apoio dado pela Prefeitura de Buriti/MA, que disponibilizou condições materiais para a realização desse brilhante trabalho. 

OUVIDORIA DO MPMA PASSA A RECEBER DEMANDAS POR MEIO DO WHATSAPP

A Ouvidoria do Ministério Público do Estado do Maranhão passou a adotar, em meados deste mês de julho, o aplicativo Whatsapp para receber demandas da sociedade. Por meio dessa ferramenta, o órgão pode coletar denúncias, reclamações, críticas, sugestões e elogios dos cidadãos, assim como já era possível fazer por outras vias: pessoalmente, por correspondência, telefone, site e e-mail da Ouvidoria (ouvidoria@mpma.mp.br).
"A Ouvidoria do MPMA tem aprimorado os serviços que presta visando, sempre, otimizar a qualidade do atendimento que deve dispensar ao cidadão. Por previsão constitucional é ‘ponte’ entre as demandas do citadino e os membros e servidores da Instituição, motivo pelo qual vem melhorando a permanente promoção do acolhimento daquele que bate à sua porta, por reconhecê-lo sujeito de direitos - e não poderia ser diferente. A propósito, a Ouvidoria, a partir de 2016 implementou indicadores aptos a mensurar o cumprimento das metas e a resolutividade das causas apresentadas”, comentou a ouvidora do MPMA, a procuradora de justiça Rita de Cassia Maia Baptista.
Primeiro usuário do aplicativo da Ouvidoria, o advogado Alex Ferreira Borralho, que apresentou ao órgão denúncia de suposto crime ambiental, elogiou a iniciativa. “Utilizado por mais de 100 milhões de usuários no Brasil, achei extremamente significativo que a Ouvidoria do MPMA, tenha enxergado o aplicativo tecnológico do WhatsApp como um aliado da Ouvidoria do mencionado órgão, ato que acima de tudo incentiva e facilita a comunicação e a interação, assim como as boas práticas para agilizar os procedimentos e, principalmente, quebrar o formalismo do contato inicial com a autoridade ou com o servidor público, isso sem cogitar na ausência de qualquer custo para o poder público”, destacou.
Alex Borralho enfatizou, ainda, o compromisso da ouvidora Rita de Cassia Maia Baptista com a eficiência na prestação do serviço público. “A procuradora Rita Baptista não só aceitou a inédita forma de comunicação institucional, como também determinou que fossem tomadas todas as medidas necessárias para a devida apuração do que fora denunciado, empenhando-se pessoalmente na efetivação de todas as etapas consequentes ao recebimento da peça denunciatória”, relatou.
O advogado sugeriu, também, que o procurador-geral de justiça e o Conselho Superior do MPMA estudem uma forma de colocar à disposição de qualquer cidadão do nosso Estado a comunicação virtual fácil com a Ouvidoria. “Seria uma forma de o órgão repassar, principalmente aos promotores de justiça das comarcas, possíveis irregularidades existentes no local onde residem aqueles que integram o meio comunitário, ajudando o fiscal da lei na prestação dos serviços de cunho social”, propôs.
CONTATOS COM A OUVIDORIA DO MPMA
Para o cidadão ter acesso à Ouvidoria do Ministério Público do Maranhão, além do Whatsapp (celular 982246897), poderá utilizar os seguintes meios:
- pessoalmente, na sede da Procuradoria Geral de Justiça do Estado do Maranhão, na Avenida Prof. Carlos Cunha, s/nº, Calhau, São Luís, Maranhão, CEP.65076.820;
- por correspondência, enviada à sede da PGJ;
- por telefone: (98) 3219-1769/1769/1738 e 0800-098-1600;
-pelo site: http://ouvidoria.mpma.mp.br/sistema/manifestacao/cadastrar
        - por e-mail: ouvidoria@mpma.mp.br

FUNCIONAMENTO
Ao receber as demandas, estas são analisadas pelo Ouvidor, com o auxílio do corpo jurídico de funcionários do órgão, que, se não for o caso de arquivamento de plano, determina o envio de ofício ao órgão de execução da Instituição que tem atribuição para atuar no feito, com a comunicação do interessado tão logo recebida a respectiva resposta.
Caso seja apresentada ao órgão uma demanda referente à atribuição de outro, a Ouvidoria faz o devido encaminhamento, comunicando o interessado acerca deste fato.
ATRIBUIÇÕES DA OUVIDORIA
A Ouvidoria permite ao cidadão a sua permanente comunicação e interlocução com o Ministério Público do Estado do Maranhão, através do recebimento de denúncias, reclamações, críticas, sugestões e elogios de cidadãos, entidades representativas, órgãos públicos e autoridades, bem como a obtenção, por parte destes, de informações sobre ações desenvolvidas pela Instituição (artigo 1º, § 1º).
Manifestações anônimas poderão ser admitidas quando forem dotadas de razoabilidade mínima e estiverem acompanhadas de informações ou documentos que as apresentem verossímeis.
É atribuição da Ouvidoria do Ministério Público, dentre outras: receber, examinar e encaminhar representações, reclamações, críticas, apreciações, comentários, elogios, pedidos de informações e sugestões sobre as atividades desenvolvidas pelo Ministério Público; representar, à vista de graves indícios de ocorrência dos fatos noticiados, aos órgãos da Administração Superior do Ministério Público, para adoção das providências cabíveis ou, conforme o caso, diretamente ao Conselho Nacional do Ministério Público nas hipóteses de sua competência; determinar o arquivamento de representações, reclamações e peças de informação contendo fatos que não apontem irregularidades ou que não estiverem minimamente fundamentadas; e divulgar, permanentemente, seu papel institucional à sociedade.

(Da CCOM-MPMA)

Postagens populares

Postagens mais visitadas

Seguidores

CORREIO TV