"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

TRIBUNAL ELEITORAL RETOMA, DAQUI A POUCO, JULGAMENTO DOS PROCESSOS QUE PEDEM CASSAÇÃO DO MANDATO DO PREFEITO DE BURITI.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE/MA) retoma nesta terça-feira 18, daqui a pouco tempo, o julgamento de recursos eleitorais em duas Ações que pedem a cassação do prefeito de Buriti, Rafael Mesquita Brasil.
Estão na pauta de julgamento de hoje o processo N° 338, que foi suspenso, por um pedido de vista do juiz Clodomir Reis, na última sessão do dia 6 de agosto (clique para rever), quando o placar já estava favorável, por 3 a 0, ao prefeito Rafael Mesquita; e o processo N° 253 cujo relatório do Des. Eduardo José Leal Moreira  deve ser lido e julgado.

Mais Sobre os processos em pauta
O adiamento Nas decisões de 1º grau, o prefeito foi cassado nos dois processos e só se manteve no cargo por decisão de liminares do próprio Tribunal. Estes são os processos mais delicados contra o prefeito Rafael e o resultado dos julgamentos podem selar o seu futuro político.
No Processo Nº 253, que corre em segredo de justiça, o Ministério Público pediu a perda dos mandatos do atual Prefeito e seu Vice, por suposta captação ilícita de sufrágio, com abuso de poder econômico nas eleições de 2012. Foram juntados documentos, gravação de voz e vídeo, entregues pelo o ex - radiologista do município, conhecido por Gilbert, que demonstrariam as irregularidades. A justiça, então, cassou o prefeito que, posteriormente, conseguiu liminar para ficar no cargo.
No processo de Nº 338, que também está em segredo de justiça, a Justiça eleitoral cassou, em 14 de abril de 2014, o mandato do prefeito Rafael Mesquita Brasil. A juiz da decisão, Dra. Maria da Conceição Privado, de Brejo, na época, julgo procedente AIJE, contra os investigados R M B e R N M C, Prefeito e Vice-Prefeito de Buriti, em face de corrupção, cassando-lhes os respectivos diplomas.
As acusações nessa AIJE são de irregularidades na captação e gasto de campanha, com saque vultoso do FPM. Nela, constam os depoimentos e denúncias de Gilbert Sousa, o ex - radiologista do município, que sofreu atentado após uma série de revelações envolvendo a prefeitura de Buriti.
Outros Processos de Cassação Do Mandato Do Prefeito De Buriti
Na Comarca eleitoral, em cinco ações envolvendo a perda de seu mandato, o prefeito Rafael Mesquita foi cassado em três: nos processos de Nos 168, 253 e 338. Nas outras duas, de NOS 17514 17696, o juiz de Buriti julgou improcedente.

Com a pauta de hoje (18/8), no total, já serão cinco ações/recursos julgadas pelo Tribunal Eleitoral entre 2014 e 2015. Dos três julgamentos anteriores, o TRE absorveu o prefeito na ação nº 168, e manteve a decisão da justiça eleitoral em julgar improcedente outras duas acusações. 

8 comentários: Leave Your Comments

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ofensas pessoais, mensagens preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, ou ainda acusações levianas não serão aceitas. O objetivo do painel de comentários é promover o debate mais livre possível, respeitando o mínimo de bom senso e civilidade. O Redator-Chefe deste CORREIO poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.