ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

Coluna SEXTA DE NARRATIVAS – YOLANDA FARIA, UMA VIDA DEDICADA A SERVIR

Desde Criança na minha Buriti querida conheço YOLANDA MARTINS DE FARIA, pois a nossa Casa era bem próxima da residência dos Pais dela, Seu Osvaldo e dona Berenice, amigos dos meus pais e dos meus avós paternos. Yolanda já com formação em Contabilidade, trabalhava na Loja  Faria, de propriedade da sua família, onde também  laboravam seus pais, apesar de seu Osvaldo ser Prefeito da nossa cidade, na época.



Ela, ainda Jovem, já praticava o bem aos que dela se aproximavam, num exemplo de bondade e de AMOR ao próximo, fiel aos ensinamentos do nosso Salvador JESUS CRISTO e assim prossegue  ininterruptamente ainda hoje, já no entardecer da sua VIDA Terrena, fazendo o bem independentemente de quem seja, cumprindo um adágio popular antiquíssimo : fazer o bem  sem olhar a quem. Desde a primeira Presidente da Associação dos Amigos de Buriti-AMIB, ela tem sido um esteio forte na sua ADMINISTRAÇÃO,  incluindo o período em que eu a Presidi, sempre com a mesma disposição e amabilidade, fato reconhecido por todos. Voltei a morar e residir na nossa cidade há cinco anos e passei a observar o cotidiano da nossa bondosa Yolanda,  percebendo nela os traços de bondade divina na sua atuação .


Despojada de qualquer apego a bens materiais, tem distribuído seus bens havidos  com o produto do seu trabalho pessoal e os que lhe chegaram por herança dos seus país, distribuindo para pessoas criadas por eles ou por ela mesma e até a quem aparentemente lhe seria estranho. Constatei encantando um fato desta natureza, quando ingressei em Juízo na Comarca de VARA ÚNICA DE BURITI, com uma ação possessória e no meio do processo, descobri    que o meu constituinte na verdade, era um beneficiário dela e já havia vendido o bem imóvel objeto  da demanda a outrem, conforme escritura pública lavrada no Cartório do 2° Ofício local. Imediatamente, devolvi a parcela dos honorários já pagas pelos meus serviços ao aludido constituinte, repreendendo-o pela desonestidade.


De tanto observar a Vida de Yolanda, eu passei a tratá-la carinhosamente de Madre Teresa de Calcutá buritiense, ao que ela sempre retruca dizendo: não diga isso Djalma, que eu não tenho este merecimento, é até Pecado! Eu respondo, pois VOCÊ é um Anjo de Bondade, por todas as suas boas AÇÕES em favor de todos, principalmente dos mais humildes, e não aceito réplica. Ela faz um gesto suave com com a mão e sorri.

Beirando os oitenta anos de bondade praticada na Terra dos Humanos, conforme ela  me confessou, com passos lentos, quase todos os dias, a vejo caminhando pela cidade, normalmente no sentido de sua casa, que ele já fez doação para um sobrinho, rumo  a AMIB ou Banco do Brasil, cumprindo o seu desejo, a serviço do BEM de alguém, que é uma linda escolha de VIDA. De tão CRISTÃ e Divinal, apesar da preocupação das suas irmãs de que ela fosse fisgada pela  COVID SARS, ela tem sido Salva por DEUS, eu acredito.


Querida Amiga e conterrânea YOLANDA, por tudo o que VOCÊ representa para todos nós que a conhecemos de perto em termos de Bondade, eu a distingo com o TITULO de YOLANDA MARTINS DE FARIA, HEROÍNA E  MULHER ANJO DE BURITI.

 

 SOBRE O AUTOR

É buritiense, ardoroso amante da sua terra, deu seus primeiros passos no velho Grupo Escolar Antônia Faria, cursou o Ginásio Industrial na Escola Técnica Federal do Maranhão e Científico no Liceu piauiense e no Liceu maranhense, bacharelou-se em Direito pela Faculdade de Direito/UFMA, é advogado inscrito na OAB/MA, ativo, Pós-graduado em Direito Civil, Direito Penal e Curso de Formação de Magistrado pela Escola de Magistrados do Maranhão, Delegado de Polícia Civil, Classe Especial, aposentado, exerceu todos os cargos de comando da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, incluindo o de Secretário. Detesta injustiça de qualquer natureza, principalmente contra os pobres e oprimidos, com trabalho realizado em favor destes, inclusive na Comarca de Buriti.

 

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ofensas pessoais, mensagens preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, ou ainda acusações levianas não serão aceitas. O objetivo do painel de comentários é promover o debate mais livre possível, respeitando o mínimo de bom senso e civilidade. O Redator-Chefe deste CORREIO poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.


BIOLAB - Rua Antônio Pereira Mourão, em frente ao HTB(Clínica)

PAINEL DO LEITOR - COMENTÁRIOS