ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

POLÍCIA CIVIL APURA DENÚNCIA DE CRIME AMBIENTAL COM IMPACTO NAS ÁGUAS DO BALNEÁRIO PÚBLICO MUNICIPAL

Proprietário da área nega o crime e afirma não ter utilizado qualquer tipo de substância que pudesse poluir o riacho.

Na última segunda-feira 15/11, vários vídeos e imagens circularam nas redes sociais mostrando a mudança de coloração da água do Balneário Público Municipal, conhecido como Piscina Bar, em Buriti/MA.  Em vídeo, é possível notar a tonalidade de lamaçal da água.

A Guarda Civil Municipal (GCM) recebeu denúncia de populares que, num terreno bem acima do balneário, uma retroescavadeira estaria sendo usada para cavar o riacho e uma draga tirar o barro, o que estava causando a poluição em toda extensão do riacho até o balneário piscina nova.  De acordo com a GCM, a destruição está acontecendo desde o começo do ano 2021.

O CORREIO BURIRITIENSE contatou o proprietário da área, o empresário Márcio da Radical Motos, que negou estar poluindo o Riacho do Morro.  Ele informou que comprou há pouco tempo o terreno, um espaço de 14 metros, e que limpava uma área de banho do riacho que passa no fundo, mas que nenhum tipo de substância (tóxica ou não) foi utilizada e que a cor observada é uma característica do barro do próprio fundo do riacho, que descendo, seguindo o fluxo. Ele destacou ainda que a área fica bem longe do ponto de captação da água da CAEMA, que abastece a população urbana.

Ouvido pela redação do CORREIO, o delegado Josemar Rocha, que também esteve no local, informou que foi instaurado Inquérito para apurar possíveis delitos ambientais neste caso do riacho da piscina. 

Até o fechamento desta notícia não conseguimos contato com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

 O caso continua repercutindo nas redes sociais e conterrâneos de várias partes, assim como entidades privadas, estão se mobilizando para garantir uma investigação cabal dos fatos. 

Vejam os vídeos que circulam:

5 comentários: Leave Your Comments

  1. Obrigado por colocar em seu Blog esse fato, Correio Buritiense. Sabemos que dificilmente o criminoso será punido, mas, pelo menos, ele ficará visto pela população de forma negativa.

    ResponderExcluir
  2. E como se isso não bastasse, o prefeito ex-liso está usando as máquinas da prefeitura para trasportar areia do leito do Rio Parnaíba para uma de suas fazendas na região. Entra prefeito e sai prefeito, mas os crimes praticados por estes continuam. Pior são os babões os defendendo.

    ResponderExcluir
  3. Isso aí é crime com certeza, mas nada que o empresário bem sucedido não possa pagar, uma multa dessas deve chegar a pouco mais de 50 mil, uma "mincharia" apenas.

    ResponderExcluir
  4. Não vai dá em nada. Mas se fosse outro o bambu gemia

    ResponderExcluir
  5. e o caso do prefeito dismatando na beira do rio para tira areia para u seu parque de vaqueijada sera que a policia civil estar invertigando tambem acho que nao vamos fazer valer a lei isso e crime ambiental secretaeia de meio ambiente nao existe no municipio.

    ResponderExcluir

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ofensas pessoais, mensagens preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, ou ainda acusações levianas não serão aceitas. O objetivo do painel de comentários é promover o debate mais livre possível, respeitando o mínimo de bom senso e civilidade. O Redator-Chefe deste CORREIO poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.


Odonto Company Buriti - Rua da Bandeira, nº 25, salas 10 e 11, Centro.

BIOLAB - Rua Antônio Pereira Mourão, em frente ao HTB(Clínica)

PAINEL DO LEITOR - COMENTÁRIOS