ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

No momento em que cidades de até 20 mil habitantes aumentam em 500% mortes por covid-19 população de Buriti (MA) tem apagão de informações sobre a epidemia desde dezembro do ano passado

 Ex-secretário de saúde e ex-chefe de vigilância sanitária do município disseram que o sistema online sempre foi alimentado com os dados, apenas os banners deixaram de ser divulgados, e que a gestão passada não suprimiu nenhuma informação.

Reportagem da Folha de São Paulo da semana passada aponta que, com tempos epidêmicos diferentes, os municípios com até 20 mil habitantes, inicialmente pouco afetados pela Covid-19, tiveram uma explosão de casos no segundo semestre de 2020 e registraram maior crescimento percentual de mortes no período.

Levantamento realizado pelo jornal mostra que enquanto o percentual de óbitos no Brasil cresceu 227% no segundo semestre em relação ao primeiro, nos 3.797 municípios com até 20 mil moradores houve um aumento médio de 503%.


O novo coronavírus já chegou a todos os municípios brasileiros e ultrapassou as 200 mil mortes no país.

Enquanto os números de infectados e mortos voltam a assustar cidades de pequeno e médio porte, a população de Buriti (MA), estimada em 28.798, desde de dezembro do ano passado não teve mais informações divulgadas sobre a situação epidemiológica da doença no município.  O último boletim recebido por este CORREIO BURITIENSE e divulgado pela equipe de comunicação da gestão anterior foi datado de 3 de dezembro. Nele, informa-se a existência de 19 casos ativos e 16 óbitos, num total de 754 confirmados, distribuídos em cerca de 51 povoados.  

É sabido que Buriti não possui estrutura para atender pacientes com casos graves, até mesmo o atendimento nos casos mais moderados já era precário, necessitando do auxílio de cidades maiores. Entretanto, a demora do diagnóstico e da internação, dependendo da gravidade do caso, pode colocar a vida de uma pessoa em risco. E com falta de informações claras sobre a epidemia na cidade, especialmente, após as aglomerações do período eleitoral e com festas recorrentes sem controle, o cenário da doença fica sombrio.  

O CORREIO entrou em contado com o ex-secretário de saúde Raí Pablo, na gestão Naldo Batista (PSC), cobrando explicações sobre o apagão nas informações e ele afirmou que apenas foi parado de divulgar os banners diários, mas que o sistema e-SUS Notifica covid, sistema federal de notificações de casos covid, e o Notifica MA estavam sendo alimentados normalmente. “Contudo, os casos estavam no que chamamos de platô de manutenção sempre na faixa de 10 a 17 ativos porque vão surgindo casos novos e outros entrando em cura. A partir do dia 01 a atual gestão já teria que solicitar um novo acesso a ambas as plataformas para notificação dos casos.”, disse ele.

O ex-secretário também informou que, inclusive, o caso de Buriti já foi estudado em artigo nacional (vejam links abaixo) e que uma das causas para a manutenção dos casos baixo teria sido o apoio das equipes de saúde da família e ACS na identificação acompanhamento dos casos ativos bem como sintomas que viessem a surgir na família.

ARTIGO DE OPINIÃO:

https://saudeempublico.blogfolha.uol.com.br/2020/12/21/do-combate-a-convivencia-respostas-de-municipios-a-pandemia-de-covid-19/

NOTA TÉCNICA:

https://ieps.org.br/wp-content/uploads/2020/12/IEPS_NT15.pdf

 A ex-chefe de vigilância sanitária do município, enfermeira Clenia Simões, também contatou o Blog para ratificar as informações dadas pelo ex-secretário, acrescentou que a gestão passada não suprimiu nenhuma informação e que alimentou o sistema online dos sistemas de notificação ligados à covid-19. Segundo ela, o último boletim divulgado foi em 11/12 e o último caso ativo da doença, em 1º de dezembro, a partir daí “o município entrou numa curva de declínio”. Ela disse ainda que a gestão atual já informada sobre quais os procedimentos de cadastro do novo coordenador de epidemiologia para dar prosseguimento no lançamento das informações.

O CORREIO também entrou em contato com a atual secretária de saúde, Shirley Gouveia, que informou existir um enfermeiro especialista na pasta para as intervenções sobre a covid-19 do município e estão trabalhando nas informações epidemiológicas sobre a doença, com possibilidade de já na semana que vem ter divulgação dos boletins.  

18 comentários: Leave Your Comments

  1. Já vejo aqui muitas insatisfações com a nova gestão .não quero ser pessimista espero vê os próximos capítulos dessa gestão .100 dias de gestão já dá para fazer uma análise como está sendo conduzido o nosso BURITI.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E vai continuar vendo que esses aí usam máscaras antes do covid.

      Excluir
  2. AGORA FICA DIFICIL DE ATENDER UM DECRETO SOBRE O CONVID 19. PQ NA POLÍTICA FOI LIBERADO TUDO. SE FIZER UM DECRETO NINGUÉM VAI RESPEITAR MS.TD QUEREM TRALHAR P SURTENTAR A FAMÍLIA. TOU CORRETO RELATOR????

    ResponderExcluir
  3. Tá bom eles só pensam em dinheiro pouco caso para saúde e para nada.

    ResponderExcluir
  4. A resposta da Secretária de Saúde sobre a falta de informações da epidemia do coronavírus é preocupante, simplória e de alguém que desconhece do assunto, passando a responsabilidade para um enfermeiro, profissão respeitável, mas não é a indicada pra cuidar de uma doença dessa magnitude. A resposta dela é tão consistente quanto um pote de geleia.

    ResponderExcluir
  5. Lamentável as agressões invejosas de comentaristas à Ana Lúcia, ex-esposa do maior líder político de Buriti, Dr. José Vilar. Não podemos dispensar a experiência de uma ex-primeira dama, de conhecimento vasto, de grande experiência administrativa. Aprendeu muito com o Zé Vilar e pode contribuir muito para o sucesso da gestão Arnaldo. Respeito!!!!

    ResponderExcluir
  6. Está na hora de funcionar o boné mágico de aposentado do nosso amigo Lulu, Assessor Geral, cobrando e também apresentando soluções para os problemas de cada secretaria.

    ResponderExcluir
  7. Desde o 1• dia útil de gestão atual já deveriam estar divulgando informações ou seja boletins diários sobre os casos de Covid 19 em Buriti.

    ResponderExcluir
  8. Caro redator deste blog gostaria se possível de alguma informação sobre o salário dos profissionais da saúde de dezembro de 2020 que não foi pago ??? Se possível agradeço...

    ResponderExcluir
  9. NESSA PADEMIA SÓ QEM SE DÁ BEM SÃO OS RICOS. OS POBRES Q SE LASCA EM FECHAMENTO DE AMBIENTE PEQUENO PARA PASSAR 15 OU 20 DIAS FEXADO. ISSO Ñ PODE ACONTECER. PQ OS POBRES Ñ TEM SALÁRIO FIXOS P SOBREVIVER Ñ. TEM Q LUTAR DURANTE O DIA P ARRUMAR O PÃO DE CADA DIA P COMER COM A FAMÍLIA.

    ResponderExcluir
  10. Com a palavra Shirly Gouveia, Secretária de Saúde, para apresentar uma solução para o atraso da remuneração dos profissionais da saúde.

    ResponderExcluir
  11. Esses velhacos só queriam ganhar botar as mãos no dinheiro do povo paga o pessoal da saúde e o terço de férias dos professores cambada de velhacos o dinheiro não é de vocês.Cade o que já fizerem fora churrascos.

    ResponderExcluir
  12. esse e um professor de portugues ou e um palhaço de meia tigela baba ovo

    ResponderExcluir
  13. Babado fortes, a secretaria de educação, já vai sair do cargo, noticias rolando na cidade, devido o barraco que ela fez ontem na prefeitura, chegou até a desafia o prefeito, dizendo q a equipe da educação tem q feita por ela,e não por ele prefeito, isso é verdade redator chefe? Informar aí pra nós

    ResponderExcluir
  14. Eita diabo! O Buriti tá pegando fogo! ontem as mandatarias folhas do Zé Dionísio quiseram até bater na secretária de educação, só pelo poder, uma delas quer por força o cargo de coordenadoria geral da educação KK KK KK, mulher procura teu lugar, alí não dá mais pra te,tu queres entrar no céu a força.

    ResponderExcluir
  15. Caro amigo Aliandro nos informe sobre o salário dos profissionais da saúde referente a dezembro de 2020 ??? Como vai ficar ???

    ResponderExcluir
  16. Para acalmar os ânimos, chamem o meu amigo Neto Borges, o animador de plateia, para dançar na boquinha da garrafa.

    ResponderExcluir
  17. É lamentável o nível das funcionárias da nova gestão.... nunca vi algo nem parecido, diretora de uma escola de alto porte como o INACIA VAZ ficar discutindo com palavras de baixo nível em meio a uma multidão é só mais uma tragédia da nova gestão.... uma pena o Arnaldo lutar tanto pra chegar a ser o prefeito da cidade e em menos de quinze dias a sua gestão vira o assunto mais comentado da cidade INFELIZMENTE DE FORMA NEGATIVA.

    ResponderExcluir

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ofensas pessoais, mensagens preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, ou ainda acusações levianas não serão aceitas. O objetivo do painel de comentários é promover o debate mais livre possível, respeitando o mínimo de bom senso e civilidade. O Redator-Chefe deste CORREIO poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

PAINEL DO LEITOR - COMENTÁRIOS RECENTES