"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

O compacto Renault Kwid

 

Imagem: Divulgação

A Renault, a renomada montadora francesa, tem trabalhado em uma série de novos modelos a fim de estabelecer uma posição sólida em mercados em desenvolvimento. O Renault Kwid é deles, sendo um crossover básico produzido primeiramente ao mercado indiano, mas que depois tomou a América Latina e outros mercados emergentes, como a Rússia.

 

Desenvolvido sob o código de carroceria BBA, o Kwid é o primeiro carro a ser baseado na nova plataforma CMF-A desenvolvida em conjunto pela Renault e Nissan. É um pouco mais longo, mas mais estreito do que o menor veículo convencional da Renault, o Twingo com uma posição sentada elevada e uma altura de passeio de 180 mm (7,1 pol.). A versão de produção foi lançada em maio de 2015.

 

Uma versão brasileira revisada foi colocada em produção em 2017. O Kwid foi elaborado por uma equipe de engenheiros liderados por Gérard Detourbet, um engenheiro sênior e ex-matemático descrito como "uma inovação por minuto" que liderou a equipe de desenvolvimento da primeira geração do Logan.

 

 Lançamento do Kwid no mercado brasileiro

Em 2017, uma versão fortemente revisada do Kwid iniciou a produção na fábrica da Renault do Brasil da Renault no Brasil. Para atender às regulamentações brasileiras mais rígidas, a versão localizada conta com diversos reforços estruturais e quatro airbags de série, o que fez com que seu peso subisse 88 kg em relação à versão indiana. Esta versão oferece apenas um motor a gasolina de três em linha de 1.0 litro. Também foi introduzido no mercado mexicano em maio de 2019.

 

Design inteligente

O KWID é uma combinação perfeita de aparência excelente e design inteligente. O design semelhante ao de um SUV, juntamente com as qualidades premium do hatch, torna-o uma oferta única para o segmento de carros compactos da Índia. O KWID tem 3,58 metros de comprimento, 1,58 metros de largura e uma altura ao solo de 180 mm, o que se traduz em um veículo de design inteligente que pode ser manobrado ao longo do tráfego urbano com bastante facilidade.

 

Interiores modernos e intuitivos

As linhas horizontais e organizadas do painel, juntamente com os acabamentos sutilmente projetados, dão a impressão e sensação de segmentos de alta qualidade. O instrumento digital e as saídas de CA com detalhes cromados parecem sofisticados, enquanto o sistema multimídia centralmente localizado completa a transmissão.

 

Rico em recursos e bem equipado

Um console central em preto piano inteligentemente esculpido abriga o sistema de navegação multimídia que vem com tela de 7 polegadas, que é a primeira no segmento. Além disso, o Media-Nav vem equipado com tecnologia Bluetooth e telefonia mãos-livres.

 

Espaço e conforto

A arquitetura inteligente do carro permitiu que o carro construísse um espaço de cabine perfeitamente confortável dentro de sua carroceria de 3,68 m de comprimento. Na frente, os bancos do motorista e dos passageiros são generosamente espaçados, enquanto os bancos traseiros podem acomodar confortavelmente três pessoas de tamanho médio. A bota amplamente espaçada oferece o melhor em capacidade de classe.

 

Motor e Transmissão

O Kwid terá um motor de 800 cc de quatro válvulas por cilindro. Somando-se a isso, a empresa também pode apresentar um motor a gasolina mais potente de 1.0 litro. O veículo também receberá uma caixa de velocidades AMT (Automated Manual Transmission).

 

Segurança

Em testes realizados em 2016, o Kwid obteve uma classificação de 0 estrelas da agência britânica Global NCAP, uma classificação também alcançada por muitos concorrentes de nível de entrada no mercado emergente. O Kwid também foi criticado por ser um modelo sem airbags de série. A Renault e outros fabricantes de automóveis fizeram objeções ao Global NCAP por sua metodologia e por ignorar os próprios critérios de segurança, mas adaptaram o carro para o mercado brasileiro, de modo a agradar os consumidores mais criteriosos.

 

Características

O Kwid mede apenas 3,98 metros de comprimento, o que o torna mais longo que o novo hatch Twingo de 3,59 m, mas mais curto que o Captur de 4,12 m. Mas, a 1,64m, o Twingo tem 1,58m Kwid de largura. As dimensões internas permitem o melhor espaço para passageiros e carga do segmento. A Renault usa no Kwid minúsculo motor de 0,8 litro e um manual de cinco marchas para o Kwid.

 

Nova geração do Kwid para 2021

Por dentro, o Kwid parece muito mais fresco. Há um novo volante, um novo painel de instrumentos digital e, o mais importante, um grande sistema de infoentretenimento com tela sensível ao toque. O novo sistema usa a última geração do sistema operacional MediaNav da Renaultcom Android Auto e Apple CarPlay. A tela de 8,0 polegadas é definitivamente desproporcional à cabine, embora eu ache que é uma ilusão de ótica bacana. Você passa a maior parte do tempo no carro olhando para essa tela grande realmente premium e pode esquecer que está sentado em uma escotilha de entrada.

 

Há novas capas de bancos também, que animam os interiores, embora os plásticos ainda pareçam inferiores. Todo o resto é mais ou menos igual, sob o capô os clientes podem escolher entre um motor de 800 cc e 1,0 litro.

 

O Renault Kwid definitivamente deixou uma impressão duradoura nas mentes dos consumidores. A empresa já vendeu mais de 3,50.000 unidades do Kwid. Para atrair seu público e intimidar seus rivais, o Renault Kwid tem um design totalmente moderno, opções de motor frugais, muitos recursos e um preço acessível. No entanto, a fim de combater os números de vendas em queda, a Renault introduziu um nível de acabamento mais acessível na gama de 1.0 litro Renault Kwid - RXL.

 

O novo acabamento RXL está disponível com opções manuais e AMT, ao sentar-se abaixo do acabamento RXT Opt na hierarquia. Embora existam algumas opções que não estão disponíveis na guarnição RXL, existem algumas conveniências também. Os destaques do Renault Kwid RXL 1.0 no exterior incluem luzes diurnas e gráficos de design. Entre e a maior mudança em relação à versão superior RXT Opt é a falta do sistema de infoentretenimento com tela sensível ao toque, câmera de ré, controles montados na direção e capa de assento de alta qualidade.

 

Especificações técnicas do Kwid

 

Motor - 1.0 litro 3 cilindros

Potência da gasolina - 66 bhp @ 5.500 rpm

Torque máximo - 91 Nm @ 4.250 rpm

Caixa de câmbio - MT de 5 velocidades

LxWxH (mm) - 3.731x1.579x1.474

Distância entre eixos (mm) - 2.422

Espaço de bagageiro - 279 litros

 

 Gostou destas informações sobre o Kwid? Compartilhe este post em suas redes sociais!

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ofensas pessoais, mensagens preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, ou ainda acusações levianas não serão aceitas. O objetivo do painel de comentários é promover o debate mais livre possível, respeitando o mínimo de bom senso e civilidade. O Redator-Chefe deste CORREIO poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

PAINEL DO LEITOR - COMENTÁRIOS RECENTES