"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

Júri condena a 19 anos de prisão homem que assassinou uma senhora a facadas na garganta em zona rural de Buriti


O Tribunal do Júri da Comarca de Buriti condenou, em 18 de junho, ANDERSON DOS SANTOS LOURENÇO, conhecido como Raí, a 19 anos de prisão pelo assassinato de Maria das Graças Viana, a Gracinha. A vítima foi executada com pancadas na cabeça e facadas no pescoço durante as comemorações da passagem do ano de 2017 para 2018, no interior de sua residência, no povoado Todos os Santos, no município de Buriti (MA). (CLIQUE AQUI E RELEMBRE)
O júri reconheceu a prática de homicídio qualificado (meio cruel e recurso que impossibilitou a defesa da vítima). Além disso, foi levado em consideração o fato de que Maria das Graças Viana era idosa. A pena deverá ser cumprida na Penitenciária de Chapadinha.
Gracinha, vítima de brutal execução.
Defendeu a tese do Ministério Público do Maranhão o promotor de justiça Raphaell Bruno Aragão de Oliveira. Proferiu a sentença o juiz José Pereira Lima Filho.
Nos autos, foi informado que o motivo do assassinato é desconhecido, mas foi destacado que o homicida manteve anteriormente uma relação amorosa com Maria das Graças Viana, o que teria facilitado a entrada do criminoso na residência dela.

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ofensas pessoais, mensagens preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, ou ainda acusações levianas não serão aceitas. O objetivo do painel de comentários é promover o debate mais livre possível, respeitando o mínimo de bom senso e civilidade. O Redator-Chefe deste CORREIO poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Seguidores