"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

Agricultores do Baixo Parnaíba recebem orientação para produção de mandioca


O projeto destina recursos à agricultura familiar e que está em atividade no município de Magalhães de Almeida, região do Baixo Parnaíba.
Do Portal JG
O pequeno produtor que tem acesso a incentivos para potencializar a produção e ampliar sua área de negócios. Esse é o foco do projeto Tabuleiros de São Bernardo, iniciativa do Governo do Estado, que destina recursos à agricultura familiar e está em atividade no município de Magalhães de Almeida, região do Baixo Parnaíba. Nesta quarta-feira (22), equipe de técnicos da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão (Agerp) estiveram na área para acompanhamento dos produtores.
Em mais um dia de campo da cultura da mandioca, técnicos orientaram e acompanharam as comunidades agrícolas no perímetro irrigado do projeto, em Magalhães de Almeida. O Tabuleiros de São Bernardo agrega comunidades produtoras de mandioca, o projeto garante, ainda, a permanência de profissionais para treinamento, assistência técnica e orientação aos agricultores.
São mais de 80 produtores integrando a cooperativa do projeto, que têm produção média entre 25 e 50 toneladas de mandioca. O projeto trabalha o plantio irrigado, que reduziu o tempo de produção da mandioca de um ano e meio para oito meses. Como resultado dos incentivos, os pequenos produtores agora abastecem uma multinacional que utiliza a mandioca para a fabricação de cerveja típica maranhense, a Magnífica, produzida pelo grupo Ambev em uma parceria feita com o Governo do Estado.
A presidente da Aged, Loroana Santana, destaca o caráter empreendedor do projeto no estímulo aos pequenos produtores. “O resultado imediato da promoção desta iniciativa foi uma grande movimentação econômica na região, que teve ampliada suas culturas de mandioca, estimulando a inclusão de mais famílias no projeto”, disse.
A produção da área que antes abastecia apenas o mercado local, atualmente garante matéria-prima para a produção da bebida.

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

O COMENTÁRIO NÃO REPRESENTA A OPINIÃO DO BLOG; A RESPONSABILIDADE É DO AUTOR DA MENSAGEM. OFENSAS PESSOAIS, MENSAGENS PRECONCEITUOSAS, OU QUE INCITEM O ÓDIO E A VIOLÊNCIA, OU AINDA ACUSAÇÕES LEVIANAS NÃO SERÃO ACEITAS. O OBJETIVO DO PAINEL DE COMENTÁRIOS É PROMOVER O DEBATE MAIS LIVRE POSSÍVEL, RESPEITANDO O MÍNIMO DE BOM SENSO E CIVILIDADE.

Postagens populares

Postagens mais visitadas

Seguidores

CORREIO TV

Arquivos do blog