"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

TCE divulga lista gigante dos fichas-sujas do Maranhão; Buriti aparece com um ex-prefeito, uma ex-secretária e quatro ex-presidentes da Câmara de Vereadores da cidade


 O Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA) cumpriu nesta terça-feira (31) a etapa mais importante de sua participação no processo sucessório, entregando à Justiça Eleitoral a lista dos gestores com contas julgadas irregulares nos últimos oito anos, para efeito de declaração de inelegibilidade.
Peça fundamental para que a justiça eleitoral decida sobre o deferimento de candidaturas, a lista, no caso do TCE maranhense traz inovações que vão além desse aspecto. A partir da Resolução nº 285/2017, o Tribunal vem elaborando a lista de forma permanente, contínua, automática e transparente, inclusive com a inclusão das alterações decorrentes de revisão do próprio TCE ou de cumprimento de ordem judicial, além da relação dos gestores declarados inadimplentes.
A relação dos gestores inadimplentes, que abre a lista, traz um total de 123 responsáveis por câmaras municipais, 80 gestores municipais e 5 gestores estaduais. 
Já a lista dos gestores com contas desaprovadas/irregulares traz um total de 482 responsáveis por câmaras municipais, 759 gestores municipais, 112 gestores estaduais e 14 gestores do Poder Judiciário.

Na relação constam os nomes do ex-prefeito de Buriti Neném Mourão (citado 30 vezes), da ex-secretária de Assistência Social Ivonilce Mourão (uma vez) e dos ex-presidentes da Câmara Municipal da cidade César Costa, Joel Lafaete, Lauriel de Freitas e Raimundo Camilo, este último é citado 8 vezes, sendo 5 como ex-prefeito no ano de 2009 quando assumiu, provisoriamente, o cargo por força da cassação do ex-prefeito Neném Mourão. 

A Lei das Eleições determina o envio da lista de gestores com contas desaprovadas nos últimos oito anos anteriores à realização de cada eleição até o dia 15 de agosto à Justiça Eleitoral e ao Ministério Público Eleitoral (MPE), nos anos em que ocorrerem eleições.
Na página do TCE, o número do processo de contas e o do respectivo processo de revisão funcionam como meios de ligação eletrônicos às principais peças do processo, que incluem o teor integral do parecer prévio ou acórdão (relatório, voto do relator e demais votos escritos), parecer do Ministério Público de Contas (MPC), defesa do responsável e recursos apresentados e relatórios do corpo técnico.
Para o presidente do TCE, é importante destacar o grau inédito de transparência alcançado pelo TCE maranhense em relação à questão, atitude considerada como de vanguarda entre os próprios Tribunais de Contas, ao permitir que a lista possa ser acompanhada desde a sua elaboração por qualquer interessado, além da Justiça Eleitoral e do Ministério Público.
Clique aqui para acessar a lista:

6 comentários: Leave Your Comments

  1. Senhor tenha piedade! gente quantas irregularidades esse neném Mourão cometeu? E Rafael Mesquita? Naldo Batista obra o olho?

    ResponderExcluir
  2. tinha que esta todos eles eram mofando em pedrinhas la que e pra estar quem roubam nosso dinheiro safados.

    ResponderExcluir
  3. Rafael Mesquita não aparece por que será? Alan Novaes Viana? José Machado Vilar? Tenho certezas que esses tambem sujaram muito.

    ResponderExcluir
  4. rafael todo mundo sabe por que tem presidente de camara que ganhou ate camionete

    ResponderExcluir
  5. Quero ver é a lista de 2021 faz medo Men caber na cadeia

    ResponderExcluir
  6. Restam poucas vagas em pedrinhas,aproveitem os melhores lugares ao lado de famosos.

    ResponderExcluir

O COMENTÁRIO NÃO REPRESENTA A OPINIÃO DO BLOG; A RESPONSABILIDADE É DO AUTOR DA MENSAGEM. OFENSAS PESSOAIS, MENSAGENS PRECONCEITUOSAS, OU QUE INCITEM O ÓDIO E A VIOLÊNCIA, OU AINDA ACUSAÇÕES LEVIANAS NÃO SERÃO ACEITAS. O OBJETIVO DO PAINEL DE COMENTÁRIOS É PROMOVER O DEBATE MAIS LIVRE POSSÍVEL, RESPEITANDO O MÍNIMO DE BOM SENSO E CIVILIDADE.

Postagens populares