"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

(1º Princípio da Declaração de Chapultepec)

Visualizações desde 31 de Julho de 2009

COMO VOCÊ AVALIA OS 100 PRIMEIROS DIAS DA GESTÃO NALDO BATISTA?

IMPOSTOS MUNICIPAIS ARRECADADOS PARA BURITI-MA

COMPRE JÁ

COMPRE JÁ

Confraternização da Amib

Confraternização da Amib

terça-feira, 26 de setembro de 2017

0

DESEMBARGADOR FEDERAL DETERMINA QUE PEDRO MEIRELES SEJA REINTEGRADO AO CARGO DE DELEGADO FEDERAL

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Conhecido como o terror dos prefeitos e que tirava o sono dos empresários que praticam desvios de recursos federais, o advogado Pedro Meireles foi reintegrado ao cargo de delegado federal por determinação do desembargador federal Francisco da Cunha, do Tribunal Regional Federal da Primeira Região (TRF-1).
Meireles havia sido afastado do cargo por supostamente ter se envolvido em infrações disciplinares e teve o ato de exoneração assinado pelo então ministro da Justiça, Alexandre Moraes.
Ele recorreu da decisão e argumentou que o Processo Administrativo Disciplinar não observou o devido processo legal, além de ter ouvido e considerado depoimentos de testemunhas que foram alvos de operações da PF sob seu comando, resultando na prisão de vários deles, entre agentes públicos e privados. Algumas testemunhas aproveitaram para se vingar.
Ao decidir pelo retorno de Pedro Meireles ao cargo de delegado federal, o desembargador federal Francisco da Cunha aceitou vários argumentos da defesa.
“Com estas considerações, […] confiro o efeito suspensivo ativo ao Agravo, pelo que concedo a tutela de urgência reclamada para rever a conclusão do PAD nº 02/2014 e, diante disto, determino à União adotar as medidas que se façam necessárias ao desfazimento do ato que demitiu o Agravado”, concluiu o desembargador.
 Do Blog do Luís Cardoso 
← Anterior Proxima → Página inicial

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

O COMENTÁRIO NÃO REPRESENTA A OPINIÃO DO BLOG; A RESPONSABILIDADE É DO AUTOR DA MENSAGEM. OFENSAS PESSOAIS, MENSAGENS PRECONCEITUOSAS, OU QUE INCITEM O ÓDIO E A VIOLÊNCIA, OU AINDA ACUSAÇÕES LEVIANAS NÃO SERÃO ACEITAS. O OBJETIVO DO PAINEL DE COMENTÁRIOS É PROMOVER O DEBATE MAIS LIVRE POSSÍVEL, RESPEITANDO O MÍNIMO DE BOM SENSO E CIVILIDADE.

Usuários on-line


usuários online