"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

(1º Princípio da Declaração de Chapultepec)

Visualizações desde 31 de Julho de 2009

COMO VOCÊ AVALIA OS 100 PRIMEIROS DIAS DA GESTÃO NALDO BATISTA?

IMPOSTOS MUNICIPAIS ARRECADADOS PARA BURITI-MA

COMPRE JÁ

COMPRE JÁ

Confraternização da Amib

Confraternização da Amib

sábado, 22 de julho de 2017

1

APÓS PEDIDO DE MORO, BRASILPREV BLOQUEIA APOSENTADORIA DE LULA

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


A ação confiscou cerca de 9 milhões de reais, divididos em duas contas, uma delas relacionada a empresa de palestras do ex-presidente.
A Brasilprev informou na quinta-feira 20/7 que bloqueou os saldos de aplicações da previdência privada pertencentes ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O confisco, determinado pelo juiz Sérgio Moro, bloqueou cerca de 9 milhões de reais.
A primeira, com saldo de 7,19 milhões, está em nome da empresa de palestras de Lula, a Lils. A segunda está em seu nome e tem saldo de 1,8 milhão de reais. O saldo total das aplicações é próximo do bloqueio total em ativos financeiros ordenado por Moro, de R$ 10 milhões.
"Esclarecemos que conforme determinação, procedemos com o bloqueio total dos planos em tela, até segunda ordem deste juízo. Desta feita, aguardamos a manifestação de Vsa. Exa. quanto a eventual resgate e transferência para os autos do processo supracitado, hipótese em que incidirá o imposto de renda na forma da lei", declarou a instituição financeira no informe enviado ao juiz da 13º Vara de Curitiba.
Na quarta-feira 19, o Banco Central bloqueou, por determinação de Moro, R$ 606 mil reais do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado na semana passada pelo juiz a 9 anos e meio de prisão.
O confisco dos ativos do petista foi decretado a pedido do Ministério Público Federal. Além do dinheiro em contas e das aplicações na previdência privada, Moro confiscou de Lula três apartamentos e um terreno, todos os imóveis em São Bernardo do Campo, grande São Paulo, e também dois veículos. 
A empresa Lils Palestras, Eventos e Publicações é investigada no âmbito da Operação Lava Jato. Lula fez diversas palestras para empresas investigadas no esquema de desvios da Petrobras, mas ainda não foram apresentadas provas ou evidências de que o ex-presidente tenha deixado de realizar alguma das apresentações. Segundo Lula, ele cobrava 200 mil dólares por palestra.
← Anterior Proxima → Página inicial

1 COMENTÁRIOS:

  1. ESSA MARCAÇÃO DESSE SERGIO MORO ´COTRA LULA É IMPLACÁVEL, ESPERO QUE O SENADO APROVE LOGO ESSA LEI CONTRA O ABUSO DE PODER, PARA QUE ESSE JUIZ IMPARCIAL SEJA PUNIDO. A PREOCUPAÇÃO DELE É FAZER DE TUDO PARA IMPEDIR QUE O LULA SEJA O PRÓXIMO PRESIDENTE DO BRASIL. POR QUE ESSE JUIZ SABE QUE SE LULA FOR CANDIDATO NÃO TEM PRA NINGUÉM, É LULALA. ONDE JA SE VIU CONDENAR ALGUEM SEM PROVAS. SÓ O SERGIO MORO MESMO.........

    ResponderExcluir

O COMENTÁRIO NÃO REPRESENTA A OPINIÃO DO BLOG; A RESPONSABILIDADE É DO AUTOR DA MENSAGEM. OFENSAS PESSOAIS, MENSAGENS PRECONCEITUOSAS, OU QUE INCITEM O ÓDIO E A VIOLÊNCIA, OU AINDA ACUSAÇÕES LEVIANAS NÃO SERÃO ACEITAS. O OBJETIVO DO PAINEL DE COMENTÁRIOS É PROMOVER O DEBATE MAIS LIVRE POSSÍVEL, RESPEITANDO O MÍNIMO DE BOM SENSO E CIVILIDADE.

Usuários on-line


usuários online