"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

(1º Princípio da Declaração de Chapultepec)

Visualizações desde 31 de Julho de 2009

Conferência de Mulheres da Assembleia de Deus em Buriti-MA

COMO VOCÊ AVALIA OS 100 PRIMEIROS DIAS DA GESTÃO NALDO BATISTA?

IMPOSTOS MUNICIPAIS ARRECADADOS PARA BURITI-MA

Charles Crispim na Balada Fight - Edição Tatto

quinta-feira, 28 de julho de 2016

0

HORRENDO!BEBÊ DE 42 DIAS PODE TER MORRIDO VÍTIMA DE ESTUPRO EM GRAJAÚ DO MA.

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


 O blog de Olho em Grajaú, do município de Grajaú/MA, na região Centro Maranhense, a 534 km de Buriti (MA), relata que uma criança com apenas 42 dias de nascida teria sido morta após, supostamente, sofrer um estupro.
 De acordo com a reportagem do blog, a Polícia, acompanhada do Promotor de Justiça e do Conselho Tutelar daquela cidade, impediu o enterrou de um bebê para que fosse realizada perícia após a denúncia dele poder ter sido vítima de estupro.
Em seu depoimento, a mãe Maria Uilane Sousa da Silva, informou que seu passou mal e foi conduzido ao Hospital São Francisco, e, no Hospital, após ser medicado, foi levado para o HGG (Hospital Geral de Grajaú), porque teve seu quadro alterado. No HGG, a criança não foi recebida, pois segundo a coordenação do Hospital era caso de transferência para Imperatriz. No Hospital Regional de Imperatriz, o menino ainda passou quatro dias internado, porém faleceu.
De acordo com a mãe, o bebê estava com os olhos avermelhados e, ao evacuar, as fezes vinham com sangue. O médico teria dito a ela que alguém tentou mata-lo ou estuprá-lo. A mãe foi, então, entrevistada por uma médica e assistente social. Para a médica, ela declarou que tinha suspeitas de quem teria estuprado o bebê, porque, segundo ela, a pessoa de quem suspeitava vivia ligado à criança demais.
Maria Uilane disse ainda que a pessoa de quem suspeita teria levado a criança ao banheiro e, ao colocar na cama novamente, a criança chorava intensamente e a mesma não soube informar o motivo da criança ser levada ao banheiro.

Após tomar ciência da suspeita, o Conselho Tutelar de Imperatriz denunciou o fato em Grajaú e, foi justamente por isso que a policia foi ao cemitério e impediu o enterro. O corpo do bebê foi encaminhado a Imperatriz pelo IML na noite dessa quarta-feira (27).
← Anterior Proxima → Página inicial

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

O COMENTÁRIO NÃO REPRESENTA A OPINIÃO DO BLOG; A RESPONSABILIDADE É DO AUTOR DA MENSAGEM. OFENSAS PESSOAIS, MENSAGENS PRECONCEITUOSAS, OU QUE INCITEM O ÓDIO E A VIOLÊNCIA, OU AINDA ACUSAÇÕES LEVIANAS NÃO SERÃO ACEITAS. O OBJETIVO DO PAINEL DE COMENTÁRIOS É PROMOVER O DEBATE MAIS LIVRE POSSÍVEL, RESPEITANDO O MÍNIMO DE BOM SENSO E CIVILIDADE.

Usuários on-line


usuários online