"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

(1º Princípio da Declaração de Chapultepec)

Visualizações desde 31 de Julho de 2009

COMO VOCÊ AVALIA OS 100 PRIMEIROS DIAS DA GESTÃO NALDO BATISTA?

IMPOSTOS MUNICIPAIS ARRECADADOS PARA BURITI-MA

Faça sua aposta no Mix Best

sexta-feira, 20 de maio de 2016

0

POLÍCIA PRENDE SUSPEITOS DE COMANDAR ATAQUES A ÔNIBUS À CAPITAL MARANHENSE NA NOITE DE ONTEM (19)

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Entre os identificados, cinco são presidiários que ordenaram do Complexo Penitenciário de Pedrinhas os ataques ontem à noite a cinco ônibus. Mais suspeitos foram presos hoje (20) na região Metropolitana de São Luís, a 330 km de Buriti/MA.  Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), dois dos identificados teriam participado também dos incêndios aos coletivos no ano de 2014.
Quinze pessoas já foram presas até a manhã desta sexta-feira (20), por suspeita de participar das ações criminosas ocorridas na última quinta-feira (19), de incêndios a transportes coletivos na região metropolitana de São Luís.
Em uma das ações de captura dos criminosos, efetivada pela Polícia Militar, por meio do Batalhão Tiradentes, cerca de sete suspeitos foram encontrados com material inflamável na região da Forquilha. Após serem conduzidos para a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), foram abertos inquéritos para apurar a participação deles nas ações criminosas.
As diversas prisões contaram com a participação da Seic, e com o apoio das Seccionais Norte, Sul, Leste e Oeste. Dos 07 suspeitos, dois foram identificados como elementos que participaram ativamente dos ataques que ocorreram em 2014.
Embora os fatos ainda estejam sendo apuradas e já tenham sido presos os responsáveis, evidencia-se que os enormes prejuízos causados por ações policiais ao narcotráfico, com elevado número de prisões em flagrante, apreensões e indiciamentos levou os chefões do tráfico ao desespero. Ações integradas das polícias civil e militar, como a do Batalhão Tiradentes, por exemplo, reduziram em 60 % os assaltos a ônibus. Ontem, os bandidos quiseram dar uma demonstração de força, mostrar que ainda estão vivos, mas foram contidos imediatamente.
A partir do governo Flávio Dino, com novas estratégias e apoio dos serviços de inteligência, a polícia alcançou os grandes traficantes, desarticulou quadrilhas locais e interestaduais, ocasionando, segundo cálculos do delegado geral Lawrence Melo, um prejuízo de R$ 5 milhões ao narcotráfico. De uma única vez, apreendeu R$ 500 mil reais em entorpecentes provenientes do Mato Grosso do Sul.
Ainda nesta sexta-feira (20), a Cúpula do Sistema de Segurança esteve reunida no palácio com o Governador Flavio Dino, dando ênfase a estratégias para inibir essa prática criminosa.
Os suspeitos de ordenarem os ataques a ônibus na noite de ontem foram apresentados à imprensa, pela cúpula da segurança na tarde desta sexta feira (20), na Secretária de Segurança Pública.

Ataques
Dois ônibus foram atacados na manhã desta sexta-feira (20) no Bairro João de Deus e Primavera, em São Luís. Apesar da tentativa de incêndio, o fogo conseguiu ser controlado e os veículos não foram consumidos.
 Ônibus incendiado no Parque Jair no início da noite de hoje(21) 
(Foto:TV Mirante)
Na noite dessa quinta-feira (19), quatro veículos foram incendiados na região metropolitana de São Luís. Na ocasião centenas de usuários acabaram sendo surpreendidos com a medida.
Um novo ataque ocorrido por volta das 18h30, perto do ponto final do Parque Jair, foi confirmado pela polícia.  O Coletivo que faz linha para a localidade Vassoural foi completamente destruído.


*Da Ascom SSP
← Anterior Proxima → Página inicial

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

O COMENTÁRIO NÃO REPRESENTA A OPINIÃO DO BLOG; A RESPONSABILIDADE É DO AUTOR DA MENSAGEM. OFENSAS PESSOAIS, MENSAGENS PRECONCEITUOSAS, OU QUE INCITEM O ÓDIO E A VIOLÊNCIA, OU AINDA ACUSAÇÕES LEVIANAS NÃO SERÃO ACEITAS. O OBJETIVO DO PAINEL DE COMENTÁRIOS É PROMOVER O DEBATE MAIS LIVRE POSSÍVEL, RESPEITANDO O MÍNIMO DE BOM SENSO E CIVILIDADE.

Usuários on-line


usuários online