"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

(1º Princípio da Declaração de Chapultepec)

Visualizações desde 31 de Julho de 2009

COMO VOCÊ AVALIA OS 100 PRIMEIROS DIAS DA GESTÃO NALDO BATISTA?

IMPOSTOS MUNICIPAIS ARRECADADOS PARA BURITI-MA

Faça sua aposta no Mix Best

segunda-feira, 21 de março de 2016

5

Nas coincidências do judiciário todos os rios deságuam no Gilmar

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


* Do Jornal GGN
Em 18 de março, no dia seguinte à posse, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, suspendeu a nomeação de Lula na Casa Civil.
Chegou até ele um mandado de segurança coletivo - impetrado pelo Partido Popular Socialista (PPS) e peticionado pela advogada Marilda de Paula Silveira - solicitando o impedimento do ex-presidente de assumir o cargo por “desvio de finalidade”.
Gilmar deferiu a liminar, interrompendo a eficácia da nomeação de Lula.
O caso traz algumas coincidências. A advogada Marilda de Paula Silveira faz parte da Direção Acadêmica da Escola de Direito de Brasília (EDB), entidade que faz parte do Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP).
O ministro Gilmar Mendes, por sua vez, é dono do IDP. Ou seja, julgou mandado de segurança peticionado por uma funcionária, sem declarar suspeição.
Além disso, até a tarde de sexta-feira (19), Gilmar havia dito a repórteres de Brasília que não iria apreciar o caso de Lula naquele dia. Mudou de ideia depois de tomar conhecimento da extensão das manifestações de apoio ao governo.
Coincidências: depois de ser fotografado almoçando com o senador oposicionista José Serra, o ministro Gilmar Mendes julga uma ação peticionada por uma funcionária, contra a nomeação de um ministro assinada pela presidente da República.
← Anterior Proxima → Página inicial

5 COMENTÁRIOS:

  1. AS LIMINARES DEFERIDAS PELO O MINISTRO GILMAR MENDES VÃO SER CASSADAS PELOS OS MINISTROS JULGADORES DO CASO CONCRETO.GILMAR MENDES EM SUAS DECLARAÇÕES PRESTADAS A IMPRESA DEIXOU TRANSPARECER SUA PARCIALIDADE EM DESFAVOR DO EX-PRESIDENTE LULA.TAMBÉM É PARCIAL O JUIZINHO SERGIO MORO UM DESEQUILIBRADO SEM INFANCIA E REVOLVADO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. GILMAR MENDES É PARTIDÁRIO DO PSDB.ASSIM AGE SEM IMPARCIALIDADE EM DESFAVOR DE LULA. GILMAR MENDES NÃO DEVERIA SER AUTORIDADE O QUANTO TAMBÉM NÃO DEVERIA SER O SERGIO MORO.AMBOS SÃO DO PSDB.

      Excluir
    2. EU AINDA ACREDITO QUE NO SUPERIOR TRIBUNAL FEDERAL, A MAIORIA SÃO MINISTROS SÉRIOS, ELES NÃO VÃO PERMITIR QUE ESSA MANOBRA GOLPISTA VÁ EM FRENTE. DIA 31 QUINTA FEIRA, VAMOS PRA RUA DIZER NÃO PRA ESSA MANOBRA GOLPISTA, E QUE A DITADURA NUNCA MAIS.

      Excluir
  2. Vai dar LULA em 2018.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. FALOU POUCO E DISSO TUDO, A MAIORIA DOS BRASILEIROS ESTÃO COM VOCÊ ANONIMO....

      Excluir

O COMENTÁRIO NÃO REPRESENTA A OPINIÃO DO BLOG; A RESPONSABILIDADE É DO AUTOR DA MENSAGEM. OFENSAS PESSOAIS, MENSAGENS PRECONCEITUOSAS, OU QUE INCITEM O ÓDIO E A VIOLÊNCIA, OU AINDA ACUSAÇÕES LEVIANAS NÃO SERÃO ACEITAS. O OBJETIVO DO PAINEL DE COMENTÁRIOS É PROMOVER O DEBATE MAIS LIVRE POSSÍVEL, RESPEITANDO O MÍNIMO DE BOM SENSO E CIVILIDADE.

Usuários on-line


usuários online