"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

(1º Princípio da Declaração de Chapultepec)

Visualizações desde 31 de Julho de 2009

Conferência de Mulheres da Assembleia de Deus em Buriti-MA

COMO VOCÊ AVALIA OS 100 PRIMEIROS DIAS DA GESTÃO NALDO BATISTA?

IMPOSTOS MUNICIPAIS ARRECADADOS PARA BURITI-MA

Charles Crispim na Balada Fight - Edição Tatto

domingo, 22 de fevereiro de 2015

6

COLUNA DOMINICAL - UM OLHAR LITERÁRIO DE BURITI

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


DESERTIFICAÇÃO
*Por Prof.º Francisco Luís (Lulu)

Era tudo muito bonito,
O verde da mata contrastava com o azul do infinito.
A imponência da mãe natureza,
Era uma vida, uma beleza,
Mas trituraram tudo, fizeram uma festa
No coração da nossa floresta.
A imponência,virou impotência, já era
Dá só uma olhada e verás o que ainda era
Perdemos pro homem,pros tratores e pro ronco do motosserra
O que antes era bruto, pequi, murici,
Araçá, jatobá, jataí, bacuri e cajuí
Espinha dorsal da nossa chapada
Virou cinzas, sol, poeira e estrada
Sem sombra, desértica, num processo contínuo de desvalorização
Herança sórdida que tá ficando para futura geração
E por onde se passa
Estragos. Quando não é fogo, é um nevoeiro de fumaça
Árvores virando lenha,lenha virando carvão
A nossa maior riqueza, a chapada, uma desertificação.
*Francisco Luís das C. Rocha: mais conhecido por prof.º Lulu, é buritiense, graduado em Letras pela Universidade Federal do Amazonas e também em Física pela Universidade Estadual do Maranhão (UEMA. Já morou em vários Estados do Brasil, como PI, AM, RO, PA, AP, DF, MT e RJ e por essas andanças acumulou ampla cultura e assimilou os mais diversos costumes regionais sem nunca esquecer as raízes buritienses. Reside atualmente em Buriti-MA e se define como um apaixonado por poesias, em especial os sonetos das variadas escola literárias, e destaca, entre eles, os parnasianos.
← Anterior Proxima → Página inicial

6 COMENTÁRIOS:

  1. Um poema poema! Não há outro adjetivo. Maravilhoso. Nos inspira uma canção. Uma melodia de lamento. Propomos ao professor musica-lo. Nos emocionou. É uma exigência. Cada verso já é uma melodia, o conjunto uma canção. Parabéns ao professor Lulu, que tenho o prazer de conhecer através desse relato. Apesar da crueldade, é sublime a interpretação do que fizeram e continuam fazendo com o meio ambiente da nossa região.

    ResponderExcluir
  2. Não entendi. Postei um comentário sobre o poema do professor Lulu, e apreceu essa observação : Sua inscrição de comentário por e-mail (endereço altoastralnews@gmail.com) foi cancelada para essa postagem. (postagem anterior). Temos como recuperar o comentário, ou foi erro essa observação, e o texto está para ser aprovado ou não pelo blogue? Lamentável. (???)

    ResponderExcluir
  3. Perfeito nossa chapada hoje nada mais é triste realidade

    ResponderExcluir
  4. Cidadão Buritiense24/2/15 18:26

    Aproveitando a oportunidade quero dizer que, a grilagem de terras corre solta em Buriti .
    Com o interesse dos gaúchos em ampliar os sus negócios, alguns moradores do nosso município estão se apossando indevidamente das terras que pertencem A União, estão forjando documento e vendendo-os como se fossem seus . A quadrilha é grande . Há advogados e pessoas dentro de cartórios produzindo os documentos .Entre essas pessoas há uma senhora em Buriti, que já foi citada em um processo judicial envolvendo o ex-prefeito Zé Vilar, onde os mesmos forjaram documentos de um terreno localizado em um povoado chamado ingá . Há, também, o caso de um terreno localizado por trás da antiga casa dos padres Júlio e José .
    Fica aqui os meus parabéns ao Lulu, por esta bela poesia .

    ResponderExcluir
  5. Odeio a soja com todos os impactos que ela deixa.Triste passar pela Chapada e ver os campos solitários de uma semente maldita que se chama soja.Os pequenos proprietários que pressionados venderam seu pedaço de chão ...compraram uma moto. tristezaaaa.

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pelo poema! Bem exemplificado...

    ResponderExcluir

O COMENTÁRIO NÃO REPRESENTA A OPINIÃO DO BLOG; A RESPONSABILIDADE É DO AUTOR DA MENSAGEM. OFENSAS PESSOAIS, MENSAGENS PRECONCEITUOSAS, OU QUE INCITEM O ÓDIO E A VIOLÊNCIA, OU AINDA ACUSAÇÕES LEVIANAS NÃO SERÃO ACEITAS. O OBJETIVO DO PAINEL DE COMENTÁRIOS É PROMOVER O DEBATE MAIS LIVRE POSSÍVEL, RESPEITANDO O MÍNIMO DE BOM SENSO E CIVILIDADE.

Usuários on-line


usuários online