"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

DISCURSO HISTÓRICO DE LULA: "Eu não sou mais um ser humano, eu sou uma ideia."

MOVIMENTO 'ACORDA MARANHÃO' SAI ÀS RUAS CLAMANDO POR SEGURANÇA PÚBLICA DE QUALIDADE

  Centenas de pessoas saíram às ruas na tarde desta sexta-feira (10) para clamar por mais segurança em nossa cidade. O movimento Acorda Maranhão voltou às ruas novamente devido aos recentes eventos que resultou num caos e na grave crise no sistema de segurança pública do estado exposta internacionalmente. A sociedade civil organizada exige e clama por ajuda, por melhores condições de vida e mais segurança para todos.
A manifestação teve a concentração em frente à Biblioteca Benedito Leite na Praça Deodoro, Centro de São Luís. Com faixas e palavras de ordem, a sociedade saiu em passeata pelas ruas do Centro Comercial. E deve se concentrar em frente ao Palácio dos leões, sede do Governo.
Cansados de tanta violência a sociedade pede uma resposta do governo do estado por essas ondas de violência contra a população que nada tem a ver com o colapso que se formou em torno do sistema carcerário do estado.
No último dia (3/1) ônibus foram incendiados, delegacia metralhada, policial morto e quatro pessoas inocentes vítimas de queimaduras. A menina Ana Clara uma das vítimas veio a óbito na última segunda-feira (6), sua mãe e irmã de apenas um ano e cinco meses também sofreram queimaduras. A mãe Juliane foi transferida ontem (9) para um hospital em Brasília. Além de Márcio da Cruz, 37 anos, com 72% do corpo queimado (transferido para o estado de Goiás) e Abyancy Silva Santos, 35 com 10% do corpo queimado.
Pautas de reivindicações:

1 - Renovação da cúpula da SSP (Secretaria de Segurança Pública) que não consegue administrar e nem diminuir a criminalidade, limitando-se a emitir notas e discursos vazio e de pouco impacto real comandado pelo secretário Aluísio Mendes.
2 - Reestruturação imediata do sistema carcerário estadual. Somente um sistema que realmente recupere os apenados, poderá devolver à sociedade pessoas prontas ao convívio social. Pelo fim da superlotação, mistura de presos e insalubridade nos presídios.
3 - Expansão e reestruturação da Polícia Militar, que hoje convive com o dilema da vontade de trabalhar x falta de estrutura, evidenciado nos últimos ataques à corporação.
4 - Intervenção Federal. A PGR (Procuradoria Geral da República) se mostrou favorável à intervenção federal no Maranhão e agora só resta à decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) para que o estado sofra a intervenção.

2 comentários: Leave Your Comments

  1. Mais que necessário essa intervenção, moro na Austrália e antes de eu saber das noticias pelos parentescos e amigos, me vem minha professora natural daqui com horrorosas noticias de meu estado. E ainda tenho que tentar explicar isso pra meus conterrâneos de pais de outros estados do Brasil as mazelas que assolam o Maranhão fruto de uma família oligárquica que so piora a política do estado como um todo...

    ResponderExcluir
  2. A Seghurança Pública não Maranhão não existe com igualdade,isso acontece porque estamos com defiencia de material humano que não tem compromisso com a sociedade em geral.São Policiais que encresaram na polícia sem vocação e sim porque estavam desempregado.Após efetivado no cargo publico começam a introduzir em seu orçamento as chamadas e conhecidas "PROPINAS",em dinheiro,gasolina,capão, cerveja, etc. Nesse caminho enveredam uma parte da banda podre da polícia como podemos exemplificar aqui em Buriti, temos um sargento "FLORISMAR BATISTA COSTA", que toda população e autoridades sabem que é desonesto mas não punem, porque o mesmo se humilha e puxa saco de todos, então essa amizade gera impunidade e só prende uma minoria que não lhe locopleta com propinas. NO sentido geral em quase todas as cidades do maranhão e do Brazil existem policiais (bandidos) como esse que citamos. é por isso que o Estado do MAranhão, chegou ao fundo do poço, que não dar segurança nem para os presos que estão sendo mortos e degolados como se no Brasil tivesse pena de morte, se o Estado do Maranhão não está dando seguraça nem para os presos imagine para os soltos, porque existe policiais safados e desonestos como esse citado.

    ResponderExcluir

O COMENTÁRIO NÃO REPRESENTA A OPINIÃO DO BLOG; A RESPONSABILIDADE É DO AUTOR DA MENSAGEM. OFENSAS PESSOAIS, MENSAGENS PRECONCEITUOSAS, OU QUE INCITEM O ÓDIO E A VIOLÊNCIA, OU AINDA ACUSAÇÕES LEVIANAS NÃO SERÃO ACEITAS. O OBJETIVO DO PAINEL DE COMENTÁRIOS É PROMOVER O DEBATE MAIS LIVRE POSSÍVEL, RESPEITANDO O MÍNIMO DE BOM SENSO E CIVILIDADE.