"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

(1º Princípio da Declaração de Chapultepec)

Visualizações desde 31 de Julho de 2009

COMO VOCÊ AVALIA OS 100 PRIMEIROS DIAS DA GESTÃO NALDO BATISTA?

IMPOSTOS MUNICIPAIS ARRECADADOS PARA BURITI-MA

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

0

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL CONSEGUE CONDENAÇÃO DE EX-PREFEITA DE SANTA QUITÉRIA

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


ex-prefeita Genilda
O Ministério Público Federal no Maranhão (MPF/MA) conseguiu, na Justiça Federal, a condenação da ex-prefeita do município de Santa Quitéria (MA), Genilda Sousa Lopes, do ex-tesoureiro, Miguel Arcângelo Sousa Lopes, e da ex-coordenadora do Programa de Ensino de Jovens e Adultos (Peja) do município, Maria de Jesus Silva dos Santos, por desvio de recursos repassados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).
Os três foram condenados por improbidade administrativa e, pela decisão, deverão ressarcir integralmente os danos causados ao erário – que foi de mais de R$ 362 mil e pagar multa civil (Genilda Sousa no valor de R$ 362 mil, Miguel Arcângelo de R$ 150 mil e Maria de Jesus de R$ 50 mil).
Genilda Sousa Lopes, Miguel Arcângelo Sousa Lopes e Maria de Jesus Silva dos Santos tiveram, ainda, os seus direitos políticos suspensos pelo período de sete, seis e cinco anos, respectivamente.

Em 2004, a prefeitura de Santa Quitéria recebeu R$ 362.250,00 do FNDE para aplicar em ações do PEJA, porém a verba foi utilizada em desconformidade com o estabelecido, com contratações irregulares de prestadores de serviços, aquisição de materiais sem procedimento licitatório e ausência de prestação de contas.
(Ascom/MPF-MA)
← Anterior Proxima → Página inicial

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

O COMENTÁRIO NÃO REPRESENTA A OPINIÃO DO BLOG; A RESPONSABILIDADE É DO AUTOR DA MENSAGEM. OFENSAS PESSOAIS, MENSAGENS PRECONCEITUOSAS, OU QUE INCITEM O ÓDIO E A VIOLÊNCIA, OU AINDA ACUSAÇÕES LEVIANAS NÃO SERÃO ACEITAS. O OBJETIVO DO PAINEL DE COMENTÁRIOS É PROMOVER O DEBATE MAIS LIVRE POSSÍVEL, RESPEITANDO O MÍNIMO DE BOM SENSO E CIVILIDADE.

Usuários on-line


usuários online