"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

(1º Princípio da Declaração de Chapultepec)

Visualizações desde 31 de Julho de 2009

Conferência de Mulheres da Assembleia de Deus em Buriti-MA

COMO VOCÊ AVALIA OS 100 PRIMEIROS DIAS DA GESTÃO NALDO BATISTA?

IMPOSTOS MUNICIPAIS ARRECADADOS PARA BURITI-MA

Charles Crispim na Balada Fight - Edição Tatto

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

2

DUAS VERSÕES DELIRANTES DA DIREITA BURRA SOBRE OS MÉDICOS CUBANOS E UMA SUSPEITA

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


*Por Cynara Menezes
Entenda por direita burra os leitores fiéis da revista Veja, o baluarte da direita fascista nacional, e do jornal O Estado de S. Paulo. (Quando digo fiéis me refiro ao sentido religioso da palavra fé, quando se acredita cegamente em algo que está sendo dito nas páginas deste papel anti-higiênico chamado Veja)


PRIMEIRA VERSÃO FANTASIOSA
O médico cubano malvado: Fidel Castro e Dilma Rousseff estão planejando fazer uma revolução comunista no Brasil em pleno século 21, liderada pelos 4 mil médicos que virão ao País. Ao chegar às cidades do interior, os médicos cubanos imediatamente convencerão as pessoas mais humildes a se juntar a eles para discutir o marxismo fora do expediente. Dentro das cadernetas de vacinação das crianças, os médicos ocultarão exemplares de O Capital  (2.500 páginas, mas isso é um detalhe) e do Mini-Manual do Guerrilheiro Urbano de Carlos Marighella. Lavradores esconderão coquetéis molotov entre as mandiocas de sua plantação para serem usados na hora em que o povo tomar o poder. Entre uma consulta e outra, os médicos cubanos irão fazer lavagem cerebral nas donas-de-casa que levaram até lá seus filhos pequenos com febre e que antes eram tratados pelos atendentes das farmácias, porque os médicos brasileiros se recusavam a trabalhar ali. Depois de plantar a semente do comunismo nos rincões, os médicos marcharão junto com os recém-convertidos até as grandes cidades com o apoio do governo federal, acabarão com todos os partidos e todos os jornais e emissoras de televisão e então instalarão o comunismo no Brasil. O Exército assistirá a tudo sem fazer nada porque está sucateado e nem armas possui.
OS FATOS:
Só uma pessoa imbecil pode acreditar num conto da carochinha desses, eu nem vou rebater.
SEGUNDA VERSÃO FANTASIOSA:
O médico cubano coitadinho: o governo federal vai importar 4 mil médicos de Cuba para mantê-los escravizados em cidades do interior do País. Os médicos não terão acesso à internet nem à televisão. De vez em quando, poderão escutar rádio, mas apenas músicas da Nova Brasil FM. Só poderão sair de casa para atender os pacientes, mas estarão proibidos de falar com os brasileiros qualquer coisa além de “dói onde?” ou “diga 33″. Haverá vigilância permanente sobre os cubanos para que não queiram conhecer o estilo de vida daqui, o que poderia alimentar neles o desejo de desertar. Todos receberão menos que um salário mínimo e só poderão comer o que comiam em Cuba: pão e água. Dormirão em alojamentos do Exército cercados com arames farpados e com câmeras de segurança vigilando inclusive durante a madrugada. Como chegaram maltrapilhos ao Brasil (afinal, em Cuba passam até fome), usarão jalecos doados pelos compreensivos colegas brasileiros, graças a uma campanha feita pelo Conselho Federal de Medicina.
OS FATOS:
Segundo o governo, os médicos ganharão até 4 mil reais para viverem no Brasil, a depender do custo de vida das cidades para onde serão destinados. 74% deles irão para cidades do interior do Norte e Nordeste onde não há médicos porque nossos compatriotas de branco simplesmente não querem morar ali. Os primeiros 400 profissionais que já estão chegando irão para 701 municípios que não foram escolhidos por nenhum médico brasileiro que se inscreveu para o programa. Terão previdência paga pelo governo federal e alimentação e moradia arcadas pelos governos municipais. Mais importante: se houver qualquer problema em sua estada no Brasil, todo mundo irá saber, porque hoje, com a internet, é praticamente impossível uma denúncia deixar de ser feita até mesmo em Cuba – que o diga a blogueira Yoani Sanchez. Os cubanos são médicos, não robôs. Eles falam! E saberão criticar os problemas que encontrarem. Estarão livres para isso.
A SUSPEITA:
Fiquei pensando no porquê de tanta rejeição das associações médicas brasileiras aos colegas cubanos. Não se vê tanta ojeriza quando se fala que o Brasil também importará médicos de Portugal e Espanha. Por que, afinal, os médicos de Cuba são tão criticados? Existirá alguma razão além do corporativismo para o rechaço?
Ora, a medicina cubana é reconhecida mundialmente por ser preventiva. Ou seja, por fazer o possível para impedir que a pessoa adoeça. O que isto significa? Que em Cuba, ao contrário do Brasil, se usam menos remédios. Isso tem se mostrado positivo. Hoje a ilha consegue superar até mesmo os Estados Unidos (ohhh!) na taxa de mortalidade infantil: enquanto na terra de Obama morrem 5,9 crianças a cada mil nascidos vivos, na terra de Fidel e Raul o número é de 4,7 por mil – no Brasil a taxa é quase quatro vezes maior, 16,7 por mil, embora tenha caído muito nos últimos anos.
Será que, na verdade, o que as associações médicas brasileiras temem é que chegue ao Brasil, com os cubanos, uma nova forma de praticar medicina que não a exercitada por eles aqui, uma parceria –praticamente um conluio– com os grandes laboratórios farmacêuticos? Três anos atrás, o CFM (Conselho Federal de Medicina), que agora grita contra os cubanos, desistiu de proibir as escandalosas viagens de médicos brasileiros (leia aqui) financiadas pelos laboratórios multinacionais produtores dos remédios que eles receitam a rodo para a população. Você sabia disso?

Será que o medo real do CFM não é que os cubanos tragam uma, essa sim, revolução? Uma revolução contra o excesso de medicamentos que o Brasil consome, por culpa não dos médicos cubanos, mas dos mesmos profissionais brasileiros que se recusam a atender a população do interior? Fica a pergunta.
← Anterior Proxima → Página inicial

2 COMENTÁRIOS:

  1. Caros visitantes deste blog,
    Pensem duas vezes ao fazerem comentários neste blog . A opinião, a liberdade de expressão garantida por lei, o sigilo ao fazer os seus comentários e principalmente a ética jornalística foram descaradamente desrespeitados nessa matéria . Ela representa a falta de ética, o despreparo emocional, profissional, moral e a falta de imparcialidade por parte do redator, que não se conteve com tantas críticas as atitudes do governo, que é representado pelo seu partido . A paixão partidária, deu lugar aos princípios éticos e morais, que todo formador de opinião deve ter . Sou uma pessoa apartidária, não acredito que exista no Brasil um partido que realmente nos represente . Principalmente depois que um operário assumiu a presidência do pais, com a promessa de mudá-lo para melhor, e acabou, porém, nos braços dos nossos algozes .
    Me sinto profundamente desrespeitado pelo redator deste, que usou o seu blog para atacar aqueles que deu a sua opinião e usou as suas prerrogativas como um cidadão de um país democrático, ao escolher o meio de comunicação que deseja se informar .
    Entendo que o redator tenha as suas razões quando cita a revista VEJA, dessa forma . Porém, de forma parcial, ele exclui os outros meios de comunicação, como a revista CARTA CAPITAL e outras, que são alugadas pelo governo . Não existe meio de comunicação imparcial, incluindo este . O que dizer do caso de grilagem envolvendo o Zé Vilar, e que foi negligenciado por este redator, que não divulgou tal informação de grande relevância para os Buritienses ? Ler uma revista ouvir uma rádio, ou assistir uma TV, ou acessar um blog, não quer dizer que, quem faz isso, aceita o que esses meios divulgam . Se fosse assim, todo PTista era terrorista, comunista, corrupto, traidor e amigo do Sarney .
    Caro Aliandro, não adianta criticar os seus inimigos políticos, se você comete os mesmos erros .
    Você, certamente sabe que sou . Dá para notar no recado bastante indiscreto . Embora as nossa opiniões políticas se colidam, eu lhe respeito, e esperava que tivesse o mesmo da sua parte .
    Termino essa mensagem pedindo um pouco mais de respeito e ética por parte do redator com seus leitores .

    ResponderExcluir
  2. De pleno acordo com o comentário acima do nobre colega.Creio eu que você há de saber o que seria o FORO DE SÃO PAULO não é mesmo redator?Para quem desconhece,não tem é nada sobre a cidade de São Paulo ta gente!!!É simplesmente a MAIOR ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA E MANIPULADORA EXISTENTE e esta TOTALMENTE relacionada as FARC (citei somente UMA das organizações na qual esta relacionada).
    Será muito interessante você postar algo sobre o que ele é e no que diz respeito a manipulação em nosso pobre país,que explica EXATAMENTE a vinda de médicos cubanos ao Brasil,que são na verdade os Médicos do Foro de São Paulo.Não podemos em nenhum momento nos limitarmos as razões em que o Ministério da Saúde nos "justifica" a vinda deles para cá,simplesmente alegando a falta de médicos brasileiros,devemos nos atentar que é tudo manipulado pelo real domínio político LATINO AMERICANO:o Foro de São Paulo, que, é a organização supranacional criada por Fidel Castro e Lula para promover o socialismo na América Latina.O que se vê são duas frentes de uma mesma estratégia: a administração ordenada do caos na saúde pública e a criação de justificativas para a importação de médicos cubanos em massa. Essa política, claramente nociva aos interesses nacionais.Caríssimos atentem bem: nada tem a ver com a saúde dos brasileiros e atende somente os interesses e objetivos políticos do Foro de São Paulo, do qual nosso governo é um membro zeloso e obediente.E isso que digo a voces,esta tudo muito bem fundamentado basta tomar conhecimento disso pessoal.Seria interessante,atraves desse meio de comunicação,uma vez que, há muitos visitantes em seu blog,ter algum conhecimento do que acabo de citar,pois muitos,que por motivos de desconhecimento,terão (espero)uma visão mais ampla de tudo o que acontece em nosso país.Estamos num sistema sujo de governo e facções e que a cada dia nos enoja na qual estamos sujeitos a "viver".
    #FicaaDica

    ResponderExcluir

O COMENTÁRIO NÃO REPRESENTA A OPINIÃO DO BLOG; A RESPONSABILIDADE É DO AUTOR DA MENSAGEM. OFENSAS PESSOAIS, MENSAGENS PRECONCEITUOSAS, OU QUE INCITEM O ÓDIO E A VIOLÊNCIA, OU AINDA ACUSAÇÕES LEVIANAS NÃO SERÃO ACEITAS. O OBJETIVO DO PAINEL DE COMENTÁRIOS É PROMOVER O DEBATE MAIS LIVRE POSSÍVEL, RESPEITANDO O MÍNIMO DE BOM SENSO E CIVILIDADE.

Usuários on-line


usuários online