ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...
Mostrando postagens com marcador prisão. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador prisão. Mostrar todas as postagens

A Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Delegacia de Buriti/MA, prendeu na última segunda-feira,18 de abril de 2022, um homem de 70 anos em flagrante pela prática do crime de descumprimento de medida protetiva de urgência deferida nos autos do Processo nº 0800386-38.2022.8.10.0077.

Segundo os Policiais Civis, o homem foi flagrado no domicílio da família, situado no Povoado Alegre II, zona rural de Buriti/MA, local de onde deveria se manter afastado, nos termos da decisão judicial, da qual ele estava ciente. Nessa ocasião, ele foi conduzido à Delegacia para os procedimentos cabíveis.

Esse homem já responde a dois Inquéritos Policiais pela prática de violência doméstica e familiar contra a companheira de 71 anos.

Após o cumprimento das formalidades da prisão em flagrante, o homem foi encaminhado à Unidade Prisional Ressocialização (UPR) de Chapadinha/MA, onde ficará preso à disposição da Justiça.

Mandados atingiu devedor de pensão e condenado por roubo - Imagem ilustrativa

Na quarta-feira 6/4, a Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Delegacia de Buriti/MA, deu cumprimento ao mandado de prisão civil nº 0000215-56.2018.8.10.0077.01.0001-27 em desfavor de um homem de 37 anos, não pagador de pensão alimentícia. Após o cumprimento das formalidades da prisão, o homem foi encaminhado à Unidade Prisional Ressocialização (UPR) de Chapadinha/MA.

Já na quinta-feira, 7/4, a Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Delegacia de Buriti/MA, deu cumprimento ao mandado de prisão definitiva nº 0000021-85.2020.8.10.0077.01.0002-26 em desfavor de um homem de 24 anos, condenado pela prática dos crimes de roubo e estelionato. Após o cumprimento das formalidades da prisão, o homem foi encaminhado à Unidade Prisional Ressocialização (UPR) de Chapadinha/MA para cumprimento da pena.

 

Na terça-feira 22/3, a Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Delegacia de Buriti/MA, deu cumprimento ao mandado de prisão preventiva nº 0000289-86.2013.8.10.0077.01.0001-26 em desfavor de um homem de 44 anos, decorrente de decisão condenatória definitiva pela prática do crime de furto qualificado. Após o cumprimento das formalidades da prisão, o homem foi encaminhado à Unidade Prisional Ressocialização de Chapadinha/MA.

 Na última segunda-feira 28/3, a Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Delegacia de Buriti/MA e da Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI), derem cumprimento na cidade de São Luís/MA aos mandados de prisão preventiva nº 0800324-95.2022.8.10.0077.01.0001-22 e nº 0800324-95.2022.8.10.0077.01.0002-24 em desfavor dois homens investigados pela prática do crime de homicídio, fato ocorrido no último dia 10 de março, no Bairro Alto da Moderação, em Buriti. Após o cumprimento das formalidades da prisão, os dois homens foram encaminhados ao Complexo Prisional da Capital Maranhense.

 Nesta quarta-feira 30/3, a Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Delegacia de Buriti/MA, deu cumprimento ao mandado de prisão civil nº 0000208-64.2018.8.10.0077.01.0001-22 em desfavor de um homem de 33 anos, não pagador de pensão alimentícia. No cárcere, o homem pagou os valores de pensão atrasado, sendo, então, posto em liberdade.

Casal foi preso em flagrante; vítima estava com hematomas pelo corpo quando foi encontrada pelos policiais

Uma jovem de 22 anos foi resgatada por policiais militares do 12º BPM (Niterói) da casa dos sogros, em Várzea das Moças, na Região Oceânica de Niterói, Região Metropolitana do Rio, no último domingo 27/3. Ela era mantida em cárcere privado e foi estuprada e torturada na residência. O casal agressor foi preso e levado para a 76ª DP (Centro).

Foi muita crueldade o que fizeram comigo. O tempo inteiro eu fico pensando em tudo o que aconteceu. Não consigo dormir, passo as noites em claro. Agora, só quero que eles paguem contou a vítima.

Os PMs estavam na Alameda São Boaventura, no Fonseca, também em Niterói, quando foram acionados pela mãe da vítima. Ela pediu que os agentes a acompanhassem até a casa dos sogros da filha, após um amigo da jovem a procurar para contar o que estava acontecendo.

Eles foram até o Condomínio Via Mar, na Estrada Velha de Maricá. Ao chegarem ao local, a mãe e os policiais encontraram a vítima com vários hematomas pelo corpo. Ela contou que estava sendo agredida desde o último dia 22 deste mês, quando havia se mudado para a casa dos sogros para ficar mais perto do presídio onde o namorado se encontra preso pelo estupro de uma criança de 4 anos.

A mensagem de socorro enviada pela jovem a um amigo Foto: Arquivo pessoal

A minha filha conheceu esse homem em rede social. Não sei como, mas ele tem acesso a celular no presídio. E, no decorrer do tempo, ela foi sumindo. Eu não conseguia mais falar com a minha filha. Ela (a sogra) tomou conta do telefone e das redes sociais da minha filha e a forçava a postar fotos dizendo estar bem — contou a mãe da jovem que começou a investigar o caso por conta própria.

De acordo com ela, a sogra da filha a forçava a manter relações com o marido. A jovem também era obrigada a limpar a casa:

— Minha filha acordava à base de puxão de cabelo e soco na cara. Ela está desfigurada. Ela ia matar minha filha. Ainda tenho medo de ela fazer isso.

O socorro neste domingo aconteceu graças a um momento de distração do casal: a jovem conseguiu entrar em contato com um amigo, que logo avisou sua mãe.

— Fui à delegacia de Vicente de Carvalho, mas lá disseram que não tinha equipe para ir até a casa onde minha filha estava. Acabei indo para Niterói e achando esses policiais, que se revoltaram quando contei o que estava acontecendo e me acompanharam. Sou muito grata a eles disse a mulher.

 

Na segunda-feira 7/3, A Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Delegacia de Buriti/MA, deu cumprimento ao mandado de prisão preventiva nº 0802144-86.2021.8.10.0077.01.0002-26 em desfavor de um homem de 22 anos, decorrente de decisão condenatória pela prática dos crimes de roubo e corrupção de menores. Ainda nesse mesmo dia, a Polícia Civil, em conjunto com a Guarda Civil Municipal de Buriti/MA, deu cumprimento ao mandado de prisão preventiva nº 0025290-75.2017.8.10.0225.01.0001-09 em desfavor de uma mulher de 46 anos, decorrente também de decisão condenatória pela prática do crime de posse irregular de arma de fogo de uso permitido e tráfico de drogas. As duas pessoas presas foram encaminhadas à Unidade Prisional Ressocialização de Chapadinha/MA.

Na terça-feira 8/3, a Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Delegacia de Buriti/MA, efetuou a prisão em flagrante de um homem de 78 anos pela prática do crime de posse irregular de arma de fogo de uso permitido. Segundo informações preliminares, esse homem estaria ameaçando a vizinhança com uma arma de fogo, fato ocorrido no Povoado Areia dos Brancos, zona rural do município. O homem autuado pagou fiança e foi posto em liberdade, devendo agora responder ao processo nessa condição.

Na quarta-feira (09/03), a Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Delegacia de Buriti/MA, deu cumprimento ao mandado de prisão civil nº 0800151-08.2021.8.10.0077.01.0001-09 em desfavor de um homem de 49 anos, não pagador de pensão alimentícia. No cárcere, o homem pagou os valores de pensão, sendo, então, posto em liberdade.

Na quinta-feira 10/3, A Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Delegacia de Buriti/MA, deu cumprimento ao mandado de prisão preventiva nº 0000727-44.2015.8.10.0077.01.0001-19 em desfavor de um homem de 28 anos, decorrente de decisão condenatória pela prática do crime de lesão corporal grave.

O agressor, filho da vítima, derrubou a senhora de 79 anos e tomou-lhe o dinheiro dos mantimentos da casa.

Imagem meramente ilustrativa

A Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Delegacia de Buriti-MA, e a Guarda Civil de Buriti (GCM), em ação conjunta, prenderam em flagrante delito, na tarde dessa quarta-feira 02/2, um homem de 31 anos apontado como responsável por agredir fisicamente a mãe, roubando-lhe a quantia de R$ 220,00, fato ocorrido no Povoado Todos os Santos, zona rural de Buriti-MA.

Segunda a vítima, uma Senhora de 79 anos, o filho a atacou quando ela saia de casa levando consigo a quantia de R$ 220,00 para comprar mantimentos. O filho a derrubou no chão, passando a agredi-la até conseguir tomar o dinheiro, fugindo em seguida do local.

O homem foi autuado em flagrante e encaminhado à Unidade Prisional de Ressocialização de Chapadinha/MA, onde ficará à disposição da Justiça.

Foto/crédito: Correio Buritiense

A Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Delegacia de Buriti/MA, prendeu em flagrante delito, na tarde de ontem, quarta-feira 02/2, um homem de 28 anos apontado como responsável por agredir verbal e fisicamente a mãe, além de ameaçar a companheira, fato ocorrido no Povoado Paramerim, zona rural de Buriti/MA.

O homem foi autuado em flagrante e encaminhado à Unidade Prisional de Ressocialização de Chapadinha/MA, onde ficará à disposição da Justiça.

 

Foto: Divulgação 

Na última sexta-feira 7/1, após denúncia anônima, por volta das 23h45min, a polícia militar realizou rondas na cidade de Buriti-MA para localizar um veículo Crossfox amarelo, conduzido por indivíduo sob suspeita de estar traficando drogas.  A guarnição realizou diligências e encontrou o carro no Centro da cidade.

Após busca pessoal e veicular, foi encontrada com o condutor do veículo um revólver calibre 38, com numeração raspada.  Ele recebeu voz de prisão, foi levado e entregue na DPC (Delegacia de Polícia Civil), junto com o veículo e objetos pessoais, para os procedimentos cabíveis.

MATERIAIS APRESENTADOS:

- 01 (um) revolver cal. 38 com numeração suprimida;

- 01 (uma) munição cal. 38 intacta;

- 01 (um) veículo Crossfox, amarelo, placa LVM-3972/Parnaíba PI;

- R$ 2.830 (dois mil e oitocentos e trinta reais) em cédulas;

- 01 (um) relógio Techno dourado;

- 01 (um) celular Samsung A20;

- 01 (uma) carteira porta cédula com documentos pessoais.

Incidindo em ações contra o crime, a Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Delegacia de Polícia Civil de Araioses, com apoio da 20ª Delegacia Regional de Barreirinhas e da Delegacia de Tutoia, deflagrou, na manhã desta quinta-feira (30) uma operação tendente a coibir o tráfico de drogas em Araioses e regiões circunvizinhas.

Na ação foram apreendidos: 167 porções de substância semelhante à maconha, 03 revólveres e 01 espingarda, R$5.175,00, porções de cocaína, crack, e balanças de precisão

A operação foi fruto de vários meses de investigação, onde fora identificado líderes de perigosa facção criminosa, a qual comandava o tráfico em Araioses, com células espalhadas por diversos pontos da região, incluindo a zona rural.

Durante a ação, desta vez no Povoado Carnaubeiras, foi dado cumprimento aos mandados de prisão preventiva contra três acusados, além de mandados de Busca e Apreensão, que resultaram na apreensão de 167 porções de substância semelhante à maconha, 03 revólveres e 01 espingarda, R$5.175,00, porções de cocaína, crack, balanças de precisão, dentre outros diversos objetos ligados às ações criminosas.

Nesse contexto, foram presos em flagrante, além dos dois acusados, com mandados prisionais, mais outros três acusados, todos autuados pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, e posse irregular de arma de fogo. Após o cumprimento das formalidades legais, todos serão recambiados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da justiça.

NÚMERO DE PRISÕES: 02 mandados de prisão cumpridos, 06 pessoas autuadas em flagrante, totalizando 08 prisões.

Objetos apreendidos na operação:

167 porções de substância semelhante à maconha, 03 revólveres e 01 espingarda, porções de cocaína, crack, e balanças de precisão.

VALORES APREENDIDOS: R$5.175,00 (cinco mil cento e setenta e cinco reais).

(Da ASCOM-SSP)


A Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Delegacia de Buriti/MA, deu cumprimento nesta quinta-feira 23/9 ao mandado de prisão preventiva nº 0800641-30.2021.8.10.0077.01.0002-12 em desfavor de um homem investigado pela prática do crime de homicídio.

Segundo as investigações, dois homens passaram na rua em uma motocicleta e efetuaram disparos de arma de fogo contra a vítima que estava em frente à sua residência situada no bairro Bacuri, Buriti/MA, na noite do dia 20 de dezembro de 2020, por volta das 20h20min.

A vítima, conhecida como “Erisinho”, foi alvejado a tiros, sendo, então, socorrido pelo irmão, que o levou ao pronto socorro municipal da cidade de Buriti/MA, local onde ele chegou já sem vida.

Com o evoluir das investigações, os dois homens foram identificados, bem como a motivação do crime, isto é, disputa de território entre a facção criminosa PCC e o Comando Vermelho (CV) na cidade. A Autoridade Policial local representou pela prisão dos investigados, tendo o parecer favorável do Ministério Público, havendo, então, o deferimento judicial da demanda.

Um dos investigados já havia sido preso no mês de junho deste ano e agora o seu comparsa também foi preso. Ambos se encontram custodiados na Unidade Prisional de Ressocialização de Chapadinha/MA, local onde ficarão à disposição da Justiça.

Na última segunda-feira 23/8, por volta das 18h25min, policiais militares de serviço na cidade de Santa Quitéria do Maranhão, a 88 km de Buriti-MA, realizavam rondas ostensivas na Rua dos Pardais, próximo à MA-034, quando avistaram um homem em atitude suspeita e, ao procederem busca pessoal, encontraram 01(um) revolver calibre 38, marca Taurus, nº CI56536, com 05(cinco) munições intactas.

O portador da arma foi preso em flagrante e conduzido à DPC - Delegacia de Polícia Civil daquele município com os objetos apreendidos para as medidas legais cabíveis. 

Na última sexta-feira 20/8, por volta das 23h30min, policiais militares, em serviço de rondas pelo bairro Bacuri, cidade de Buriti-MA, avistaram um indivíduo de atitudes suspeitas, sendo que o mesmo já é conhecido por também já ter sido preso por porte ilegal de arma de fogo. Diante das circunstâncias, foi feito busca pessoal e encontrado substancias entorpecentes.

O suspeito tentou escapar dos policiais para se evadir do local, não obtendo êxito. Com ele foram localizados: 01(uma) faca cabo preto, R$ 4,00 (quatro reais), 05(cinco) pedras de substância semelhante a crack, 07(sete) papelotes de substância semelhante à maconha e 01(um) boné.

O homem foi preso em flagrante e conduzido, juntamente com o material apreendido, para a DPC - delegacia de polícia civil da cidade.

Nessa terça-feira 15/6, a Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Delegacia Regional de Chapadinha/MA, cumpriu mandado de prisão preventiva em desfavor de um homem foragido da cidade de Buriti/MA. Ele estava escondido na cidade Anapurus (MA) e, na ocasião da abordagem, Policiais Militares encontraram em seu poder uma arma de fogo, o que ensejou sua condução à Delegacia, local onde ele forneceu um nome falso, porém através de contatos com Policiais Civis de Buriti/MA chegou-se ao seu verdadeiro nome.

Esse homem foi investigado pela Delegacia de Buriti pelo envolvimento no tráfico de drogas e na morte de duas pessoas cuja motivação foi a disputa entre facções criminosas. Segundo apurado nas investigações, além de comandar o tráfico de drogas na cidade, sob a rubrica do Comando Vermelho (CV), ele participou no dia 20 de dezembro de 2020 do homicídio de FRANCISCO WELLISON DE CARVALHO SANTOS, conhecido como “ERISINHO”, no Bairro Bacuri, e do homicídio de ROMÁRIO ALVES DE OLIVEIRA, ocorrido no dia 14 de março de 2021, na Rua Bernadete Cunha, no centro da cidade Buriti/MA. Segundo a polícia, as duas vítimas fatais tinham ligações com o Primeiro Comando da Capital (PCC).

Os Inquéritos que apuraram esses crimes foram concluídos e remetidos à Justiça. Após o cumprimento das formalidades da prisão, o homem foi encaminhado à Unidade Prisional de Ressocialização de Chapadinha onde ficará preso.

Na noite de ontem, quarta-feira 9/6, por volta das 22h, GU - Guarnição de serviço recebeu a denúncia que um indivíduo estava com uma arma de fogo na Rua São José, bairro Bacuri, em Buriti-MA.  Com a informação, uma equipe envolvendo PM, Polícia Civil e Guarda Municipal-GCM se deslocou até o endereço e conseguiu prender o suspeito. Com ele, foi encontrado a arma de fogo, uma espingarda cal. 36, com uma munição intacta, escondida em uma árvore próxima à residência.

O infrator foi preso e conduzido à DPC - Delegacia de Polícia Civil  junto com a arma para os procedimentos cabíveis.

Na última sexta-feira 7/5, por volta das 18h30, durante rondas ostensivas pelo bairro Bacuri, na cidade de Buriti (MA), a GU- Guarnição de serviço juntamente com apoio da Guarda Municipal abordaram dois elementos em atitude suspeita, que ainda tentaram se evadir do local, porém sem êxito. Os policiais fizeram uma busca minuciosa nas imediações e encontraram vários papelotes de substâncias análogas a maconha.

Os infratores, sendo um menor de idade, foram apresentados na Delegacia da cidade junto com o material apreendido para serem tomadas as medidas cabíveis.

MATERIAL APRESENTADO:
- 23 (vinte e três) papelotes de substância análoga à maconha;
- 01 (um) relógio preto; 
- 01 (um) colar de bijuteria; 
- 01 (uma) pulseira. 

 

Em voz única, o Supremo Tribunal Federal (STF) mantém a prisão preventiva do deputado Daniel Silveira, decretada pelo ministro Alexandre de Moraes. A decisão final caberá à Câmara

Deputado Daniel Silveira (Foto: Plínio Xavier/Câmara dos Deputados)

A prisão preventiva, por flagrante delito de crime inafiançável, do deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ) foi confirmada pelos 11 ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) em julgamento no plenário na tarde desta quarta-feira 17/2.

O autor da prisão de Daniel Silveira, ministro Alexandre de Moraes, teve seu voto pela manutenção da prisão acompanhando por Nunes Marques, Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Dias Toffoli, Cármen Lúcia, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Marco Aurélio Mello e o presidente da Casa, ministro Luiz Fux.

Daniel Silveira, que já é investigado por participar de atos que pedem o fechamento do STF e a volta da ditadura, divulgou um vídeo com discurso de ódio atacando ministros do Supremo e no qual faz apologia do AI-5, instrumento de repressão mais duro da ditadura militar.

O parlamentar extremista faz ataques a seis ministros do STF: Edson Fachin, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Gilmar Mendes, Marco Aurélio Mello e Dias Toffoli. Também defende o fechamento do STF, o que é inconstitucional.

Do Brasil 247

Um falso médico foi detido nessa segunda-feira 15/2 em Buriti (MA). O homem trabalhava tirando plantões como médico no Posto de Saúde Osvaldo Faria, fazendo uso do CRM de outro médico. Atualmente era contratado plantonista do município pela gestão do novo prefeito Arnaldo Cardoso, mas informações apuradas pelo CORREIO BURITIENSE apontam que ele atuava desde o ano passado de forma ilegal.

O detido foi conduzido pela PM e Guarda Municipal e apresentado à Delegacia de Polícia Civil (DPC) da cidade, onde foi então autuado pela prática ilegal da medicina (art.283, do código Penal Brasileiro).   Por se tratar de um crime com pena máxima não superior a 2 (dois) anos, foi confeccionado Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), com compromisso do autuado em comparecer à Justiça, quando notificado. Após as formalidades o homem foi liberado.

 Prefeito Beto Regis, que disputa reeleição, juntamente com um candidato a vereador, foi detido durante abordagem policial.

Candidato a vereador e prefeito são presos no interior do Maranhão — Foto: Divulgação/SSP-MA.

O prefeito da cidade de São João do Paraíso (727km de Buriti/MA), ROBERTO REGIS DE ALBUQUERQUE, conhecido como Beto Regis, que também é candidato à reeleição, foi preso nesta quarta-feira 4/11, pelo crime de porte ilegal de arma de fogo. Além dele, um candidato a vereador também foi detido na zona rural da cidade, que fica na Região Tocantina, em posse de armas de fogo.

Segundo a Polícia Civil do Maranhão (PC-MA), os policiais estavam na estrada que dá acesso ao povoado Vão do Marco, na zona rural de São João do Paraíso, quando realizaram uma abordagem no veículo Fiat Strada Cinza de propriedade do suspeito que é candidato a vereador do município, sendo encontrada uma espingarda .20 e um revólver .22, no interior do veículo.

Dando prosseguimento às abordagens, a equipe também realizou busca a uma caminhonete Hilux Branca, pertencente ao prefeito de São João do Paraíso. O condutor foi revistado e localizado um revólver .38 na cintura dele.

Diante dos fatos, o candidato a vereador e o prefeito foram conduzidos até a Delegacia de Polícia Civil de Estreito e autuados em flagrante delito pelo crime de Porte Ilegal de Arma de Fogo de Uso Permitido – Art. 14 da Lei 10.826/03. A polícia informou que eles serão liberados após pagarem fiança.

Segundo a Polícia Civil, as ações policiais estão sendo intensificadas na região no período eleitoral, por causa da animosidade entre candidatos.

 Agressor foi preso em flagrante, alegou que teve casa invadida pela vítima, e já foi levado para presídio em Chapadinha (MA)

Fabin, vítima da tentativa de homicídio -

Fabio Ferreira, conhecido como Fabin, 30 anos, sofreu uma tentativa de homicídio por volta das 9h30 da manhã de ontem, sexta-feira 09/10. Ele foi atacado por pessoa de aparência jovem, identificada apenas como Wellington, que lhe desferiu um golpe de facão com corte profundo na região da barriga. O fato aconteceu no bairro Alto da Moderação, próximo ao campo do gaúcho.

Wellington, apontado como o agressor; ele alega legitima defesa.

De acordo com informações dos familiares, um homem que dirigia uma caçamba viu a situação, desceu do veículo e impediu que Fabin fosse morto pelo agressor, levando-o no braço até uma casa mais próxima. Lá pediu socorro. Tanto a ambulância quanto a polícia foram acionados para atender a ocorrência. Diante da gravidade dos ferimentos, a vítima foi encaminhada para Hospital da cidade de Caxias, onde passou por cirurgias.

De acordo com relato da família à polícia, Fabin sofre de problemas mentais e não teria motivação conhecida para ser agredido, eles sabem apenas, por relatos de terceiro, que ele teria batido na porta do agressor, este quando saiu já teria logo partido para agressão.

 A polícia prendeu o agressor por tentativa de homicídio. Ele alegou que teve a casa invadida para furto, que tomou o facão que seria da vítima e então desferiu o golpe. O flagrante foi registrado e ele conduzido para presídio em Chapadinha, 75 km de Buriti.

Na tarde do último domingo 16/8, por volta das 17h, a guarnição de serviço em Buriti (MA) recebeu a denúncia de que um indivíduo suspeito, residente na Rua do Sol, centro da cidade, estaria saindo de sua casa para vender drogas.

Dinheiro apreendido junto com o infrator.

De imediato, a viatura da PM deslocou-se até o endereço informado, e, no local, se deparou com o suspeito em uma motocicleta Titan 150 preta, sem placa, então os policiais fizeram uma abordagem e encontraram com ele drogas e uma quantia em dinheiro miúdo.

Moto apreendida com o suspeito.

O homem recebeu voz de prisão e foi conduzido para a DPC junto com o entorpecente, a motocicleta e o dinheiro apreendido.

MATERIAL APREENDIDO:

1 - Uma motocicleta Titan preta, chassi final nº. 78160;

2 - R$ 235,00 (duzentos e trinta e cinco reais) em dinheiro;

3 – Três pedras de crack;

4 – Três trouxas de maconha.

 


Odonto Company Buriti - Rua da Bandeira, nº 25, salas 10 e 11, Centro.

BIOLAB - Rua Antônio Pereira Mourão, em frente ao HTB(Clínica)

PAINEL DO LEITOR - COMENTÁRIOS