ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...
Mostrando postagens com marcador eleição 2022. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador eleição 2022. Mostrar todas as postagens

O candidato a governador do Maranhão Weverton Rocha esteve ontem, quinta-feira 8/9, numa grande caminhada nas ruas da cidade de Buriti-MA.  Ele estava acompanhado de Roberto Rocha, que busca mais um mandato de senador, dos candidatos a deputado federal Márcio Honaiser e a deputado estadual Marcos Calda.

Veja  trecho da caminhada

A caminhada conseguiu reunir Jorge do Sindicato, ex-prefeitos Naldo Batista e Neném Mourão, vice-prefeito Jenilson Gouveia, ex-vice-prefeito Raimundo Camilo, os vereadores Toinho Francês e Anselmo Jacó, os  ex-vereadores Damin, Zé Vagner e Capoeiro, André Gaúcho e lideranças políticas local e regional.

IMAGENS DA CAMINHADA













Eleição simulada conta com a participação de 11 colégios eleitorais e testa vários dados num ambiente simulado ao real do dia da votação.

Os 10.338 eleitores da cidade de Bela Vista do Maranhão, a 357 km de Buriti-MA, estão testando, neste domingo (21), a nova urna eletrônica que será usada nas eleições deste ano no país. Com a participação de 11 colégios eleitorais, a eleição simulada no município testa vários dados num ambiente simulado ao real do dia da votação, só que com candidatos fictícios.

Segundo o secretário de Tecnologia da Informação do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA), Gualter Gonçalves, a nova urna eletrônica em comparação ao velho modelo tem vida útil mais longa, o que diminui custos de manutenção. Ele diz que o novo modelo, entre suas modificações, preza pela acessibilidade.

"Nessa eleição propriamente dita a maior inovação é a nova urna eletrônica. Nós estamos com foco neste teste na nova urna eletrônica vendo como vai ser este comportamento do mesário com essa interação com essa nova urna, do próprio eleitor com a nova urna e também em relação ao software, já que houve algumas modificações do software, principalmente no sentido de melhorar as questões relacionadas a acessibilidade", afirma Gualter Gonçalves.

O segurança Naldo Antônio Silva Sousa, de 24 anos, que é morador da cidade, disse que participar da eleição simulada foi gratificante porque deu notoriedade para Bela Vista do Maranhão.

Ele acrescenta que a testagem da nova urna também foi um exercício para as eleições deste ano. "Vai ajudar porque a gente já está fazendo um teste e com este simulado no dia da eleição a gente está mais preparado para votar nos candidatos que escolhermos", conclui.

(G1 MA)
Prazo final vai até 18 de agosto
Foto: Divulgação

Eleitores que estarão em trânsito, no dia da votação, têm até dia 18 de agosto para informar à Justiça Eleitoral local, fora do seu domicílio eleitoral, onde votará.

O voto em trânsito é permitido somente para eleitores que estão com o título regularizado e estejam, no dia do pleito, em municípios com eleitorado acima de 100 mil pessoas. 

Quem estiver fora de seu estado poderá votar somente para presidente da República. Já o eleitor fora de sua cidade, mas em outro município no mesmo estado, poderá votar para todos os cargos em disputa.

Essa modalidade de voto não vale para urnas eletrônicas instaladas no exterior, porém, o eleitor brasileiro que mora fora do país, mas estará no Brasil no período de eleições poderá solicitar o voto em trânsito.

O primeiro turno será realizado no dia 2 de outubro, quando os eleitores vão às urnas para eleger o presidente da República, governadores, senadores, deputados federais, estaduais e distritais. Um eventual segundo turno para a disputa presidencial e aos governos estaduais será em 30 de outubro.
(Agência Brasil)

O ex-prefeito de Buriti-MA Naldo Batista reuniu na manhã do último sábado 15/1, no espaço de açude por trás do seu estabelecimento comercial Casa Batista, dezenas de pessoas que o ajudaram na última campanha municipal para reafirmar o caminho que pretende ver seu grupo trilhar nas eleições deste ano de 2022.

Desde que perdeu a eleição, em 2020, esta foi a primeira vez que o ex-prefeito fez reunião com amigos, apoiadores e lideranças. Mesmo debaixo de muita chuva, ele conseguiu reunir muita gente.


Na reunião, Naldo Batista destacou a importância da união e a força do grupo político que o apoia para que obter sucesso nas eleições para deputados federal e estadual. O objetivo é angariar o máximo de votos possíveis.

Entre os principais apoiadores estavam os candidatos da eleição passada pelo grupo, Anselmo Jacó, Erinaldo Capijuba e Jesus Silva, Zezão da Barra Nova, o vereador Hélio Flora, o assessor do prefeito de Caxias, entre outros, além de mais populares.  


TSE endureceu regras sobre compartilhamento de informações inverídicas.

Foto: Agência Brasil

 O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou, em dezembro, todas as normas que valerão para as eleições gerais de 2022, incluindo aquelas referentes à propaganda eleitoral.

Entre as principais novidades está o endurecimento das regras relativas à produção e compartilhamento de informações sabidamente inverídicas sobre candidatos, partidos e o próprio processo eleitoral.

Tais condutas já eram vedadas e coibidas pela Justiça Eleitoral, mas a nova resolução prevê a responsabilização penal mais severa de quem espalhar desinformação.

Quem divulgar, na propaganda eleitoral ou durante a campanha, fake news sobre candidatos e partidos, por exemplo, fica agora sujeito à pena de detenção de dois meses a um ano, além de multa.

A mesma pena se aplica a quem produz, oferece ou vende vídeo com conteúdo inverídico acerca de partido ou candidato. A punição é acrescida de um terço se a conduta for praticada por meio de rádio, televisão ou redes sociais.

Pena ainda maior – de dois a quatro anos de prisão e multa de R$ 15 mil a R$ 50 mil – está prevista para quem contratar terceiros com a finalidade de emitir mensagens ou comentários na internet para ofender a honra ou desabonar a imagem de candidato, partido ou coligação.

A resolução ainda deixa explícito ser proibida a divulgação e compartilhamento de fatos sabidamente inverídicos ou gravemente descontextualizados que atinjam a integridade do processo eleitoral.

“Isso quer dizer que eventuais mentiras espalhadas intencionalmente para prejudicar os processos de votação, de apuração e totalização de votos poderão ser punidos com base em responsabilidade penal, abuso de poder e uso indevido dos meios de comunicação”, alertou o TSE.

Assim como em eleições anteriores, segue também vedado o disparo em massa de comunicações via aplicativos de mensagens instantâneas, embora seja possível contratar o impulsionamento de conteúdo na internet, desde que o serviço seja contratado junto a empresas previamente cadastradas no TSE.

Showmício

Segue vedada ainda a realização, seja de forma presencial ou via transmissão pela internet, dos chamados showmícios – eventos culturais com o objetivo claro de promover candidato ou partido. Contudo, fica permitida a realização de shows e eventos com objetivo específico de arrecadar recursos de campanha, desde que não haja pedido de votos.

Essas e outras regras específicas sobre propaganda eleitoral já foram publicadas  no Diário da Justiça Eletrônico e podem ser acessadas aqui.

 (Da Agência Brasil)

 

Na última quinta-feira 22/7, em São Luís, o vereador Jorge do Sindicato, ex-prefeito Neném Mourão (2005-2012) e ex-vice-prefeito Raimundo Camilo, de Buriti-MA, foram recebidos pelo Secretário de Desenvolvimento Social do Estado (SEDES) Deputado Márcio Honaiser. Na Oportunidade foi protocolado um Ofício do Gabinete do Vereador Jorge Sindicato (Republicanos), solicitando a implantação de um Restaurante Popular para a Cidade de Buriti-MA.

No encontro eles conversaram sobre o cenário político para 2022 e 2024, e foi firmado uma união em prol das pré-candidaturas do senador Weverton Rocha (PDT), para Governo do Estado em 2022, Deputado Estadual e Federal.

Em Buriti-MA, hoje os três políticos encabeçam um novo grupo de oposição ao governo municipal de Arnaldo Cardoso (PL). Nas palavras de Jorge do Sindicato, em seu Instagram, “um grupo livre e independente em Buriti, para que nosso povo seja tratado com respeito e dignidade seja feliz com essa nova opção política na cidade.”

 

O professor da rede pública estadual, Wilson Chagas, teve a iniciativa de criar uma espécie de abaixo-assinado para colher assinaturas no sentido de lançar a candidatura do secretário estadual de Educação, Felipe Camarão, candidato ao Governo do Maranhão.

Wilson apresentou uma justificativa para a sua iniciativa. O professor entende que o bom trabalho de Felipe Camarão na Educação do Maranhão poderia ser ainda melhor, caso o gestor fosse o novo governador estadual.

Veja abaixo e CLIQUE AQUI para ver o documento.

 A Educação é o universo maior que possibilita as transformações sociais a partir do Conhecimento. Somos educadores e educadoras. Lutamos pela educação de nossas crianças, adolescentes e jovens. Trabalhamos por um futuro melhor para o Maranhão, para o Brasil. 

Temos visto, nos últimos anos, muitos avanços na educação do nosso Estado: programa Escola Digna – com a construção, reforma e revitalização de inúmeros aparelhos educacionais em todos os rincões do Maranhão; Pacto pela Alfabetização; ações formativas; sistema de avaliação; valorização profissional. E quanto à educação em tempos de pandemia, viu-se um investimento em formação para os profissionais quanto à utilização dos recursos tecnológicos e para facilitar o acesso dos estudantes aos conteúdos educacionais nas mais diversas plataformas – inclusive com a distribuição de chips.

Ficamos muito felizes em saber que o Maranhão foi o Estado que mais priorizou a vacinação dos profissionais da educação. 

Educação é identidade. E não se faz educação sem arte, cultura popular e sem esporte educacional – bandeiras defendidas e praticadas durante toda a gestão e valorizadas dentro e fora da escola.

Queremos que tudo isso continue e seja melhorado ainda mais. Por isso, pedimos ao secretário de Educação, Felipe Camarão, que se apresente como nosso líder para todo o Estado, conduzindo o nosso povo adiante e Avante.

E que lance a sua pré-candidatura ao Governo do Maranhão.

 Felipe Camarão jamais disputou nenhuma eleição, apesar de inúmeros pedidos, mas em 2022 deverá mesmo encarar as urnas pela primeira vez. Neste momento, como confirmou no Ponto Final da Rádio Mirante, Camarão deve disputar uma vaga na Câmara Federal.

No entanto, Felipe Camarão, que deixou o DEM e pediu sua filiação junto ao PT, tem também seu nome cotado como candidato a vice-governador na chapa do atual vice Carlos Brandão.


(Blog Jorge Aragão)

 Após 20 anos de Partido dos Trabalhadores, sociólogo Paulo Romão anuncia que quer disputar vaga do Senado pela legenda

 O sociólogo e atual secretário estadual LGBT do PT no Maranhão, Paulo Romão, anunciou neste domingo (06) disposição para encarar a batalha como candidato ao Senado em 2022 pelo Partido dos Trabalhadores, de olho na vaga que será aberta em 2023 com o encerramento do mandato do atual senador Roberto Rocha (PSDB).

Aos 35 anos na data de hoje(6), Paulo Romão mostra disposição por vaga do Senado em 2022. 

Com apenas 35 anos de idade, Romão se fia em sua longa experiência dentro do PT para credenciar-se à disputa dentro do partido. E sabendo que esse tipo de decisão não funciona de maneira simples no maior partido do Brasil em número de filiados, a argumentação do sociólogo para este plano precisa ser bem acima do comum.

E quando enxergamos o postulante tal qual ele é: jovem, negro, gay, com longa caminhada na direção estadual do partido, passamos a concordar que esta seria uma opção que responde aos novos anseios da sociedade, que agora se preocupa com pautas identitárias na hora de escolher seus representantes.

Mas um dos grandes trunfos que Paulo Romão carrega é a possibilidade de oxigenar o plantel do PT no Maranhão, inaugurando uma renovação geracional na legenda, que poderá apresentar novos nomes, novos rostos e ideais de esquerda que se mostrem – e sejam realmente – renovados.

Segue a carta-manifesto escrita pelo pré-candidato ao Senado em 2022 encaminhada às direções estadual e nacional do PT, onde é antecipada a sua disposição na disputa:

 

O PT como alternativa para o Senado Federal no Maranhão

 

Caro Presidente Lula

Cara Presidenta Dilma

Cara Presidenta Gleisi Hoffman

Caro Presidente Augusto Lobato

Caro Presidente Honorato Fernandes

 

Eu tenho quase a idade do PT. Na verdade, neste 6 de dezembro de 2020 eu completo 35 anos de vida e 20 deles dedicados ao PT, seja como militante, seja honrosamente como dirigente do glorioso Partido dos Trabalhadores.

Conheci o PT no ano 2000, durante uma caminhada no bairro São Raimundo, da então candidata a prefeita de São Luís pelo PT, a inspiradora Deputada Estadual Helena Heluy, em quem votei pela primeira vez na vida.

Muitos não entendem nossa forma de construir um partido de esquerda, voltado para as massas e de orientação socialista com ampla democracia e participação interna nas decisões dos rumos do partido e que, hoje, é presidido nacionalmente por uma mulher.

Tivemos a ousadia de implementar o Processo de Eleição Direta – o nosso PED – para que nossa existência partidária seja possível. O resultado disso é que nossa democracia interna passou por mudanças estruturais – apesar das intermináveis disputas internas que o PT/MA conhece tão bem – transformamos a legenda renovando suas direções pela base, atualizando nosso programa partidário e nossa estratégia partidária para disputar e ganhar a sociedade e fundamentalmente, OXIGENANDO GERACIONALMENTE O PT.

Eu entrei na direção partidária pela cota de juventude e de negro. Me tornei dirigente municipal e estadual do PT e seguramente dei minha contribuição nestes longos anos como Secretário Estadual da Juventude do PT; como Secretário de Formação Política do PT de São Luís, como Secretário Estadual de Assuntos Institucionais do PT e atualmente Secretário Estadual LGBT do PT/MA. Disputei a presidência estadual do partido e já caminhei muito, estreitei bons laços sociais e políticos dentro e fora do PT.

Fui, com muita honra, Assessor Parlamentar, Secretário Adjunto de Juventude no primeiro mandato do governador Flávio Dino, Coordenador Estadual do SINE/MA. Graças ao PT eu pude ocupar essas e outras funções na administração pública que muito me honraram e pude implementar o modo petista de governar e dialogar com a sociedade.

Em que pese as distorções enormes que maculam o PED, tem sido através dele que hoje somos um partido paritário de gênero, temos cotas para representações de negros e índios, cotas para a juventude nas direções do partido em todos os níveis e muito mais conscientes do nosso papel histórico, conscientes de nossos erros e acertos nestes 40 anos e como mudamos a cara da sociedade brasileira nos governos Lula e Dilma.

A razão pela qual me dirijo a todos e todas que militam e constroem o partido como eu, reconhecendo a importância do PT na minha trajetória política até aqui é muito simples: é hora de sair do labirinto que nos obriga, a cada eleição no Maranhão, a aderir a outros projetos políticos partidários por ausência de debate interno entre nós que nos leve para outros horizontes políticos. O PT do Maranhão precisa disputar a sociedade maranhense. Estes anos todos, fomos capturados, mas não precisa ser assim para sempre.

Muitos vão aplaudir minha ousadia, outros vão se espantar com a minha loucura, mas aos 35 anos eu já posso ser muitas outras coisas na vida e decidi que quero ser Senador da República pelo PT.

Isso porque também quero debater outras perspectivas de desenvolvimento para o Maranhão. Acredito que posso contribuir mais com o meu estado. Tenho ideias que podem servir ao povo do Maranhão.

Quero que o PT me oportunize a disputar o eleitorado maranhense para ser o senador que efetivamente represente nossa maranhensidade. Quero ter a oportunidade de apresentá-la para o debate público na sociedade e nas instâncias de nosso partido.

Eu estou comunicando ao meu partido, à nossa militância e aos meus amigos e familiares a minha disposição de disputar o senado federal em 2022 pelo partido que luto e construo. Vou buscar a viabilidade interna e externa desta pretensão e desde já peço todo apoio e suporte político necessário.

O PT tem voto no Maranhão. Eu estou me propondo a dialogar com o povo maranhense e defender a renovação da cadeira no Senado Federal para um jovem negro, de origem periférica e sem parentes e sobrenomes importantes na política, vindo do interior, como tantos e tantas maranhenses, em busca de melhores condições de vida aqui na capital.  Daqui pra frente só o impossível me interessa.

 

Atenciosamente,

Paulo Romão Meireles Neto

Sociólogo

Petista

São Luís, 06 de dezembro de 2020”.


BIOLAB - Rua Antônio Pereira Mourão, em frente ao HTB(Clínica)

PAINEL DO LEITOR - COMENTÁRIOS