"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...
Mostrando postagens com marcador Santa Quitéria do Maranhão. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Santa Quitéria do Maranhão. Mostrar todas as postagens
Enfermeiro que comemorou morte de prefeito de Santa Quitéria do Maranhão - Foto/Reprodução: O Imparcial.

A atitude do enfermeiro Higor Cunha de comemorar com queima de foguetes a morte do prefeito de Santa Quitéria do Maranhão, Alberto Rocha, 45 anos, vítima da covid-19 no último sábado 6/6, causou revolta em toda cidade. Em vídeo que circula nas redes sociais, o enfermeiro, natural daquela cidade, parece não perceber a filmagem, diz que aquela era a ‘homenagem à morte’ de Alberto Rocha, mencionando ainda termos como “não me pagou”, “ladrão”, “vagabundo” e “vou voltar pro hospital”.

Alberto Rocha foi o primeiro gestor maranhense, no exercício do mandato, a perder a vida para a doença, que já vitimou mais mil pessoas no estado, além de ter infectado mais de 45 mil.

A atitude absurdo, desumana, inaceitável e criminoso do profissional de saúde foi repudiada pelo Conselho Regional de Enfermagem do Maranhão (Coren-MA) e pela Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM). Confira abaixo.


 CONFIRA A NOTA DO COREN-MA NA ÍNTEGRA:
 “A Junta Interventora do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) no Conselho Regional de Enfermagem do Maranhão (Coren-MA) tomou conhecimento de um vídeo que circula nas redes sociais de um profissional de enfermagem que estaria “comemorando” a morte do ex-prefeito do município de Santa Quitéria do Maranhão, Alberto Moreira Rocha (PDT), que faleceu nesse sábado, dia 6, por complicações causadas pela Covid-19.
Sobre o caso, o Coren-MA lamenta profundamente a conduta desse profissional e a repudia publicamente por entender que tal atitude é desprezível e totalmente contrária aos valores éticos e morais que norteiam a Enfermagem.
Cabe aos enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem o cuidado e o respeito com a vida humana. Essa é uma premissa básica que se aprende desde os primeiros anos da escola de formação, seja ela a faculdade ou o curso técnico. Aquele que se diz profissional de enfermagem e não compreendeu esse princípio estará prestando um desserviço para si mesmo e para toda a sociedade.
É preciso entender que a liberdade de expressão não é absoluta e, por isso, tem limites. O regime democrático do país garante às pessoas o direito de se expressarem da forma como bem entenderem, desde que não promovam calúnias, injúrias ou difamações contra o próximo.
Dessa forma, o Coren-MA tomará as medidas necessárias para evitar que atitudes como essa realizada pelo profissional de enfermagem, de desrespeito ao próximo, inclusive aos mortos, fiquem impunes.”


CONFIRA A NOTA DA FAMEM NA ÍNTEGRA:
 A Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM) repudia com veemência a conduta do enfermeiro Higor Cunha em relação à memória do prefeito Alberto Rocha, gestor do município de Santa Quitéria, que faleceu no sábado (06) em decorrência de complicações causadas pela Covid-19.
Antes de tudo, é importante lembrar que médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e os demais profissionais da área de saúde são verdadeiros heróis na missão de salvar vidas diante da maior crise de sanitária do século, com quase 37 mil vítimas em nosso país.
No Maranhão, mais de 20 prefeitos foram infectados pela doença. Todos atuavam e atuam na linha de frente para combater a proliferação do novo coronavírus. O prefeito de Santa Quitéria infelizmente foi vencido pela doença, assim como outros 1207 maranhenses. 
É reprovável a conduta do senhor Higor Cunha, ainda mais por se tratar de um profissional que deveria dedicar-se à saúde e ao bem estar do próximo, respeitando o ser humano com dignidade, “até depois da morte”, conforme o juramento da Enfermagem. 
Em consideração ao luto da família do prefeito Alberto Rocha, do povo de Santa Quitéria e de todas as famílias maranhenses, serão tomadas as devidas providências para que episódios como este não ocorram mais em nosso estado. 
São Luís, 08 de junho de 2020
Federação dos Municípios do Estado do Maranhão.
   
    Aos 45 anos de idade, morreu neste sábado 6/5, o prefeito de Santa Quitéria do Maranhão (MA), Norberto Moreira Rocha, popularmente chamado de ALBERTO ROCHA (PDT), vítima de complicações decorrentes da Covid-19, doença do novo coronavírus. Ele havia sido transferido ontem (5), entubado e sedado, do Hospital Regional de Chapadinha – HRC para São Luís (MA), onde ficou internado em estado grave na UTI do Hospital Carlos Macieira - HCM. Seu quadro foi agravado pela existência de comorbidades. 

   Empresário, nascido em 27 de julho de 1974, Alberto Rocha se aventurou em 2016, então com 42 anos de idade, na sua primeira disputa eleitoral com uma ampla aliança de partidos e conseguiu ser eleito prefeito a cidade de Santa Quitéria do Maranhão (MA).
Transferência do prefeito de Santa Quitéria do Hospital Regional, em Chapadinha, para São Luís. Foto/crédito:Blog do Willian Fernandes.

O prefeito de Santa Quitéria do Maranhão - MA (88 km de Buriti), Norberto Moreira Rocha, foi transferido, em um helicóptero do CTA, do Hospital Regional de Chapadinha – HRC para São Luís no início da tarde desta sexta-feira 5/6.
Alberto Rocha, como é conhecido, 45 anos de idade, havia sido internado, às pressas, o HRC na noite da última segunda, 1º de junho, após agravamento dos sintomas da Covid-19. Com comorbidades, ele teve complicações pulmonares mesmo no hospital, mas o quadro clínico foi estabilizado, segundo divulgou sua assessoria de comunicação. Hoje (5) ele estava entubado e sedado para a viagem à capital maranhense, onde ficará internado em uma UTI, no Hospital Carlos Macieira.
Prefeito Alberto Rocha.

A Prefeitura de Santa Quitéria do Maranhão, por meio da Secretaria Municipal de Saúde – Semus, entregou uma ala de isolamento no Hospital Municipal Dr. Zeca Moreira, exclusiva, no combate à Covid-19. A ala conta com profissionais capacitados, todos de vasta experiência em UTI, e 10 leitos de enfermaria para cuidar somente dos casos da doença do novo coronavírus.
O prefeito Alberto Rocha e a Diretora Hospitalar Luciene Linhares não mediram esforços para garantir uma boa estrutura hospitalar em curto espaço de tempo, e assim permitir um melhor atendimento à população quiteriense acometida pela Covid-19. 
O Hospital está abastecido com medicamentos para o tratamento da Covid-19, e disponibiliza também testes rápidos para casos suspeitos.
Dois pacientes expressaram neste domingo 24/5, em redes sociais, gratidão ao excelente atendimento que tiveram dos profissionais da saúde daquela unidade hospitalar, o que reforça a importância da obra realizada pelo prefeito.  
DEPOIMENTO DE PACIENTES RECUPERADOS
 
Vídeo do Senhor José Pereira agradecendo:


O boletim da Vigilância Epidemiológica de Santa Quitéria do Maranhão, a 88 km de Buriti, contabilizou neste sábado 23/5 mais oito novos casos, elevando para 103 diagnósticos de Covid-19 naquele município. São 91 (noventa e um) pacientes ativos com a doença e 10 (de) considerados curados ou recuperados. Duas mortes já foram registradas pela doença.
No informativo da Semus, as notificações ao sistema de saúde somam 339, com 85 casos descartados e 151 suspeitos que estão sendo investigados, além dos 103 confirmados com a doença do novo coronavírus.  
VEJA O BOLETIM COMPLETO:

PAINEL DO LEITOR - COMENTÁRIOS RECENTES