ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...
Mostrando postagens com marcador Nota de Pesar. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Nota de Pesar. Mostrar todas as postagens

É com grande pesar que comunicamos o falecimento do buritiense ANTÔNIO VIEIRA DE VASCONCELOS, 61 anos, ocorrido no final da tarde de ontem,  sábado 17 de setembro de 2022,  no Hospital Dr Genésio Rego, em São Luís, vítima de um choque sepse. 

Nascido em 29 de janeiro de 1961, Antônio Vasconcelos partiu deixando a esposa, 03 filhos e 04 netos.

 Ele residia no município de São José de Ribamar, na Grande Ilha,  e era vigilante aposentado, profissão que exerceu por cerca de 36 anos. 

O corpo chegou na manhã deste domingo 18) em Buriti e o velório ocorre na área coberta do lava-jato do Carlinhos, espaço dos parentes.  O sepultamento deve ocorrer na manhã desta segunda-feira 19 no Cemitério Municipal São José, no centro da cidade.


PESAR DO REDATOR-CHEFE DO CORREIO BURITIENSE

Neste momento de dor e consternação, presto sinceras condolências e solidariedade aos familiares, bem como a todos que puderam compartilhar do afeto e convivência do senhor Antônio Vieira de Vasconcelos.

É com imenso pesar que informamos o falecimento do buritiense WILSON RICHELL BASTOS MOURÃO, aos 41 anos de idade, filho do senhor Mourãozinho e da professora Conceição Bastos, ocorrido nesta segunda-feira 08/8. Ele realizava tratamento de câncer há alguns anos, em Teresina, e faleceu por volta das 15h30 de hoje no Hospital Unimed Primavera.

O velório ocorre em sua residência, na Rua da Bandeira, a partir das 23h de hoje). Quem desejar prestar condolências terá sua presença bem-vinda. O sepultamento será feito no Cemitério São José, nesta terça-feira 09, às 16h.

Wilson Richel era empresário, casado com a professora Karina de Fátima, partiu deixando 02 filhos, um menino e uma menina.

PESAR DO REDATOR-CHEFE DO CORREIO BURITIENSE

Neste momento de dor e consternação, presto sinceras condolências e solidariedade aos familiares e amigos. Sabemos como Richel era uma pessoa admirável e, com certeza, deixará um grande vazio no coração de todos que tiveram a honra e o prazer de conhecê-lo. Rogo a Deus pela acolhida do amigo Richel em sua morada celestial e desejo que todos tenham forças para suportar cada momento de tristeza da ausência terrena, pois o tempo irá tratar de transformar a sua perda em saudade.

A Academia Buritiense de Artes, Letras e Ciências – ABALC divulgou NOTA DE PESAR pela morte do médico veterinário maranhense JOSÉ FREIRE DE FARIA, 100 anos de idade, ocorrida na última quarta-feira 29/6.


Confira íntegra abaixo:

"A Academia Buritiense de Artes, Letras e Ciências – ABALC  vem, por meio desta nota, manifestar seu imenso pesar pela morte do médico veterinário JOSÉ FREIRE DE FARIA, ocorrido na noite de 29 de junho de 2022, no Rio de Janeiro. A diretoria presta suas condolências aos amigos e familiares de José Freire de Faria, em especial, à sua sobrinha historiadora Regina Faria, ocupante da cadeira nº 14 da ABALC.

Em 2021 foi eleito pela Assembleia da ABALC para ser o primeiro ocupante da cadeira nº 28, patroneada por Florivaldo Freire de Faria, e sua posse como imortal da Academia Buritiense de Artes, Letras e Ciências seria no próximo dia 25 de julho de 2022.

 José Faria era o último dos filhos de Francisca e Antônio Faria (dona Chicó e seu Faria), que ainda vivia. Ele é irmão de Felinto e Osvaldo Faria, que foram prefeitos de Buriti-MA. Chegou aos 100 anos de idade lúcido e interessado em tudo que ocorria no país. Formou-se pela antiga Escola Nacional de Veterinária (posteriormente, Universidade Rural do Brasil, atual UFRRJ), em 1950. Ocupou elevados cargos no Ministério da Agricultura e atuou na docência do ensino superior na universidade em que se formou. Com relevantes serviços prestados à Medicina Veterinária, José Faria possuía vasto currículo na área de defesa sanitária animal e foi um dos pioneiros, no Brasil e na América do Sul, no combate de doenças zoonóticas que atacavam os rebanhos e causavam prejuízos à pecuária nacional, como febre aftosa, tuberculose, raiva e brucelose.

Ele deixou um legado de honradez e de uma vida de trabalho. Além dos trabalhos acadêmicos, escreveu o livro Fragmentos de minha memória (2009). Em 2019 enviou parte de sua biblioteca para o Centro Cultural da AMIB.

A despedida foi nesta quinta-feira, 30 de junho de 2022, no Crematório e Cemitério da Penitência, no Rio de Janeiro."

É com grande pesar que comunicamos o falecimento do buritiense ANTONIO ALVES DE VASCONCELOS, popular Sr TOINHO FÉLIX, 71 anos, ocorrido no início da noite de ontem,  sábado 25 de junho,  num acidente fatal envolvendo o veículo que conduzia e uma carreta, na ladeira do Tubi. 

Nascido em 12 de setembro de 1951, Toinho Félix partiu deixando a esposa professora Francisca de Jesus Costa Vasconcelos,  03 filhos e 11 netos.

 Ele residia no povoado Cabeça do Cavalo, onde está sendo o velório e corpo será sepultado.

PESAR DO REDATOR-CHEFE DO CORREIO BURITIENSE

Neste momento de dor e consternação, presto sinceras condolências e solidariedade aos familiares, bem como a todos que puderam compartilhar do seu afeto e convivência. Que a dor deste momento seja breve e a lembrança de quem partiu seja eterna. Desejo que todos tenham forças para suportar cada momento de angústia, pois o tempo irá tratar de transformar a sua perda em saudade. Enquanto isso, levem seus pensamentos para tudo de bom que ficou do senhor Toinho Félix.


É com grande pesar que comunicamos o falecimento do buritiense MARIA VITÓRIA DA CONCEIÇÃO LIMA DE MATOS, 42 anos, ocorrido nesse sábado 4 de junho, por volta das 23h, vítima de câncer. 

Maria Vitória era professora contratada da rede municipal de Buriti-MA e atuava no magistério há, mais ou menos, 15 anos. Mantinha união estável com senhor Aristide, teve 02(dois) filhos, um já falecido, e 03(três) netos.

Ela residia na Rua João Roberto, onde o corpo foi velado. O sepultamento ocorreu no povoado Matinha.

PESAR DO EDITOR DO CORREIO BURITIENSE

Neste momento de dor e consternação, presto sinceras condolências e solidariedade aos familiares, bem como a todos que puderam compartilhar do seu afeto e convivência. Rogo, ainda, a Deus para que receba a professora MARIA VITÓRIA DA CONCEIÇÃO LIMA DE MATOS em sua morada celestial.

Djacir Cruz, morto na última sexta 3/6, em Buriti-MA.

É com grande pesar que comunicamos o falecimento do buritiense DJACIR ALVES DA CRUZ, 71 anos, ocorrido na madrugada da última sexta-feira 03/6,  por complicações  decorrentes de uma pneumonia combinada com diabetes e anemia. 

DJA, como era conhecidoexerceu o magistério por cerca de 25 anos, foi professor na Educação de Jovens e Adultos, do 1º ao 4º ano do fundamental menor, no povoado Bacuri do Nestor,  e atualmente  estava encostado pela Prefeitura Municipal de Buriti.

Separado da esposa há 25 anos, partiu deixando 06(seis) filhos (quatro homens e duas mulheres), 06(seis) netos e três bisnetos.

Ele residia na localidade Gamelos, zona rural de Buriti-MA, há mais de duas décadas e seu corpo foi sepultado em cemitério daquela região.

 

PESAR DO EDITOR DO CORREIO BURITIENSE

Neste momento de profunda dor e consternação, quero expressar meus pêsames e lamentar pela dor que familiares e amigos estão enfrentando. Rogo a Deus para que receba o senhor Djacir Alves da Cruz em sua morada celestial.

 A Prefeitura Municipal de Buriti divulgou NOTA DE PESAR pela morte da professora  LUCILENE SOUSA DE CARVALHO, 56 anos de idade, ocorrida hoje, quarta-feira   18 de maio de 2022. 

Confira íntegra abaixo:

A Prefeitura Municipal de Buriti divulgou NOTA DE PESAR pela morte do professor JOSÉ ALVES DOS SANTOS, 35 anos de idade, ocorrida neste sábado  14 de maio de 2022. Confira íntegra abaixo:



É com grande pesar que comunicamos o falecimento do buritiense MARLÃ SILVA CARVALHO, 71 anos, ocorrido na madrugada desta sexta-feira 25/2, no Hospital Macrorregional de Coroatá, por complicações decorrentes da covid-19.  Ele estava internado há mais de 15 dias, já sofria de problemas cardíacos, era transplantado de fígado, foi acometido de uma pneumonia, teve mais de 50% dos pulmões comprometidos por conta da covid e, por volta das 2h de hoje(25), sofreu uma parada cardíaco, não resistiu e faleceu.

Nascido em 20 de maio de 1950, senhor Marlã, aposentado, exerceu o cargo eletivo de vereador, pela legenda PSD II,  na legislatura de 1º de fevereiro de 1983, e foi suplente de vereador, pelo PSDB, na legislatura de 2001-2004.  

Casado com Maristela Menezes de Carvalho, ele partiu deixando 05(cinco) filhos (Esterlan Menezes de Carvalho, Esterlane Menezes de Carvalho, Marlan Filho, Meylane e Erlan) e 06(seis) netos.

Ele residia na Avenida Condoca Machado, em frente à Câmara Municipal. O Sepultamento será neste sábado às 8h no Cemitério Municipal São José.

PESAR DO EDITOR DO CORREIO BURITIENSE

Neste momento de profunda dor e consternação, quero expressar meus pêsames e lamentar pela dor que familiares e amigos estão enfrentando. Tenham muita força para superar as dificuldades que um acontecimento assim causa nos corações lutuosos. Rogo ainda a Deus para que receba o senhor Marlã em sua morada celestial.

Conforme familiares, ele morreu neste domingo 6/2, por volta das 5h15.

O buritiense ADHEMAR WALLACE COSTA LAGO morreu na manhã deste domingo 6/2, vítima de Covid-19, no Hospital São Luiz–HSLZ, capital maranhense, por volta das 5h15. O engenheiro agrônomo, popularmente chamado de Adhemar Lago Siow, tinha 72 anos e era o atual titular da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (SEMAGRI) de Buriti-MA, cargo também ocupado nas gestões dos ex-prefeitos Neném Mourão (2005 – 2012) e Rafael Mesquita (2013-2016).

Filho do conhecido poeta buritiense, educador e advogado Lili Lago, Adhemar Lago, era natural de São Luís, mas residia há mais de duas décadas em Buriti-MA e tinha grande serviços prestados ao município e à população buritiense. Homem correto, sincero, de simplicidade e carisma que conquistaram os buritienses. Ele partiu deixando 5 filhos e 4 netos.

PESAR DO EDITOR DO CORREIO BURITIENSE:

Saber do falecimento do amigo ADHEMAR LAGO, sempre parceiro e admirador deste BLOG, foi sem dúvida uma notícia triste e envio meus mais sinceros pêsames para os familiares e amigos, desejando que não desanimem, mas sim que tenha forças para continuar. Lamento a perda e imagino a dor que agora atormenta os corações lutuosos. O corpo físico se vai, e, embora a saudade fique sempre presente, a memória do homem probo, humilde, trabalhador e ajudador o eternizará.


O CORREIO BURITIENSE lamenta, com profundo pesar, o falecimento da professora JACILENE LIMA MONTEIRO, aos 41 anos, ocorrido no dia de hoje, 28 de janeiro de 2022, em São Luís-MA. Ela estava internada no Socorrão 1, onde fez uma cirurgia, após ter sido atingida por uma moto num acidente na Rua da Bandeira, em Buriti-MA, no último sábado 22/1.

Nascida em 21 de novembro de 1980, a professora Jucilene Monteiro, servidora efetiva do município de Buriti, era reconhecida por sua determinação, bondade e profissionalismo. Partiu deixando três filhas.
Profa Jacilene, vítima do transito em Buriti-MA.

O velório será realizado no povoado Saquinho, onde residia.

PESAR DO REDATOR:

Não há nenhuma dor que se compare à perda de um ente querido. Para quem fica, resta a saudade, a tristeza e a inconformidade. O tempo irá apaziguar e amenizar tamanho sofrimento. Rogo a Deus pelo conforto dos corações lutuosos dos parentes e amigos, e que a professora Jacilene seja recebida em sua morada celestial. 

É com grande pesar que comunicamos o falecimento da buritiense LÉSIA MARIA FERREIRA DA SILVA, 80 anos, ocorrido nesta segunda-feira 24/1, no Hospital Regional de Caxias, vítima da covid-19.  Nascida em 10 de novembro de 1941, dona Lésia, aposentada, trabalhou por mais de 30 anos como funcionária pública municipal, na função de OSD.  Viúva de Antônio Cardoso da Silva, popular Antônio Ventura.

Ela residia na Rua Inácia Vaz. O Sepultamento será no Cemitério Municipal São José.

 PESAR DO REDATOR-CHEFE

 Neste dia de grande tristeza, este CORREIO presta sua solidariedade e condolências aos familiares e amigos de Lésia Maria Ferreira da Silva.  Desejo que todos encontrem força e fé na memória do ente querido que partiu.  Que Deus conceda a força necessária para juntos enfrentarem essa perda dolorosa.


*Editado para correção sobre velório e sepultamento.

Antônio Nascimento, vitima de infarto fulminante

É com grande pesar que comunicamos o falecimento do senhor ANTÔNIO FREIRE DO NASCIMENTO, aos 61 anos de idade, ocorrido no início da tarde desse domingo 16/1, em São Luís-MA. Natural de Buriti-MA, filho do casal de empresários Maria do Socorro Freire Nascimento, conhecida como dona Socorro Lopes, e do falecido Pedro Lopes, Antônio Freire estava em casa, em São Luís-MA, quando foi vítima de um infarto fulminante. Ele ainda chegou a ser levado ao hospital mais já chegou sem vida.

Solteiro, ele partiu deixando um único filho.

Antonio Freire, à esquerda, sua mãe Socorro Lopes.

O enterro foi nesta segunda-feira 17/1, no Cemitério do Gavião, na capital maranhense, onde residia atualmente.

O senhor Pedro Lopes, falecido em 24 de agosto do ano passado (clique e veja), pai de Antônio Freire, exerceu a profissão de alfaiate, em Buriti, e depois mudou-se para São Luís e tornou-se um grande empresário e proprietário das lojas Radical (referência na moda surf) e Bonita Modas.

 

CONDOLÊNCIAS DO BLOG

Este Correio Buritiense presta solidariedade aos amigos e familiares, em especial a Dona Socorro Lopes, mãe de Antônio Freire, rogando ao Senhor para que Deus conforte o coração de todos neste momento de grande dor, em que a saudade aflora, as palavras se apequenam e o espírito busca amparo na Fé.

 

É com grande pesar que comunicamos o falecimento do buritiense ISABEL NUNES SOARES, 77 anos, ocorrido ontem, quinta-feira 13/1, por volta das 13h30, em Teresina-PI, onde estava hospitalizada.  Nascida em 25 de agosto de 1944, dona Isabel, como também era conhecida, residia na Rua Santo Antônio, era lavradora e chegou a trabalhar como auxiliar de serviços gerais na Câmara Municipal de Buriti-MA. Solteira, ela partiu deixando 6 filhos e muitos netos.

O Velório ocorre em sua residência. O Sepultamento será no Cemitério Municipal São José, às 16h.

PESAR DO REDATOR-CHEFE -

 Neste dia de grande tristeza, este CORREIO presta sua solidariedade e condolências aos familiares e amigos de Isabel Nunes Soares.  Desejamos que todos encontrem força e fé na memória do ente querido que partiu. Confiem na vontade e nas determinações de Deus.


O prefeito de Buriti-MA, Arnaldo Cardoso, decretou luto oficial de três dias pelo falecimento do servidor municipal ANTONIO LUÍS BASTOS NUNES (1956-2022), aos 65 anos de idade, nessa quinta-feira 13/1. Ele sofreu uma parada cardíaca. Ele tratava sequelas da Covid-19.

No Decreto, o prefeito estabelece Luto Oficial nos dias 13, 14 e 15 de janeiro de 2022, em todo território do Município de Buriti-MA, em homenagem póstuma ao Secretário Municipal de Meio Ambiente ANTONIO LUÍS BASTOS NUNES e não haverá expediente interno e externo, na Sede da Prefeitura e nas Sedes das Secretarias Municipais e demais órgãos públicos. Apenas os serviços essenciais cumprirão normalmente a jornada de trabalho.

Confira decreto abaixo:



Morreu nesta quinta-feira 13/1, em São Luís-MA, o professor ANTONIO LUÍS BASTOS NUNES, aos 65 anos de idade, de uma parada cardíaca. Ele tratava sequelas da Covid-19.

Antônio Luís era formado em técnico de contabilidade, magistério e graduado em Filosofia. Na administração pública, ocupou os cargos de técnico em contabilidade na secretaria municipal de saúde, professor e diretor da Unidade Integrada Antônio Faria, secretário municipal de Educação e Cultura, secretário municipal de Meio Ambiente na gestão do ex-prefeito Rafael Mesquita e, na atual Gestão Arnaldo Cardoso, era o titular da pasta.

Casado, ele partiu deixando a esposa Janeth Freitas Mourão Nunes, cinco filhos (Janaina Mourão, Procrécio Neto, Ataína Nunes, Nunes e Isa Jeane) e quatro netos (Alessandra Freitas, Thaemy Nunes, Pietro Nunes e Arýa prazeres).

PESAR DO REDATOR-CHEFE: Nesse momento de dor, este CORREIO BURITIENSE vem prestar condolências aos familiares e amigos. Sinto muito por esta perda, mas tenham força e fé. Que Deus alivie suas dores e conforte os corações quebrantados.

É com grande pesar que comunicamos o falecimento, por falência múltipla dos órgãos, do senhor FRANCISCO DAS CHAGAS BARBOSA, conhecido por CHAGAS SAPATEIRO, aos 87 anos de idade, ocorrido nesse sábado 20/11 no Hospital Complexo Regional Gentil Filho, em Caxias/MA.

Em Buriti-MA, exerceu a profissão de sapateiro por 60 anos, inclusive produziu muitas chuteiras. Viúvo de Maria Raimunda de Sousa Barbosa, teve 10 filhos e 25 netos.

O Velório ocorre na residência de sua filha Profa Nilma, na Avenida Condoca machado, em frente ao DPM, centro de Buriti-MA. O Sepultamento será no Cemitério Municipal São José, às 17h.

 CONDOLÊNCIAS DO BLOG

Este Correio Buritiense presta solidariedade aos amigos e familiares do Senhor Chagas Sapateiro, desejando-lhes paz, conforto, coragem e muito amor neste momento de tristeza. Nosso pensamento está com todos vocês e da mesma forma a total disponibilidade deste redator. Tenham muita força! Quem partiu foi muito amado e para sempre será lembrado pelos que ficaram e por ele sentirão eternas saudades.

 

Médica Edilene Garrido trabalhou de1973 a 1976 em Buriti-MA

O Correio Buritiense comunica com pesar o falecimento da médica EDILENE Nanci Alves GARRIDO, ocorrido na madrugada deste domingo 26/9, no Carlos Macieira, em São Luís-MA, decorrente de câncer.

Dra. Edilene Garrido foi a primeira médica que o ex-prefeito de Buriti-MA Benedito Machado levou pra trabalhar no município, durante sua gestão nos anos de 1973 a 1976. Ela residia atualmente em São Luís, onde trabalhou em vários hospitais.


BIOLAB - Rua Antônio Pereira Mourão, em frente ao HTB(Clínica)

PAINEL DO LEITOR - COMENTÁRIOS