!-- PLUGIN BARRA DE COOKIES -->
ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...
Mostrando postagens com marcador Morte. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Morte. Mostrar todas as postagens

É com profundo pesar que o CORREIO BURITIENSE comunica o falecimento da buritiense MARIA DA GRAÇA DE FARIA MOURA, 71 anos de idade, ocorrido por volta das 7h30 desta quarta-feira 7/4. Gracinha Moura, como era conhecida, estava internado em hospital, na capital maranhense, e não resistiu às complicações orgânicas decorrentes da covid-19.

Gracinha era bibliotecária, foi professora da UFMA, no curso de biblioteconomia, por mais de 2 décadas, tendo sido coordenadora do curso. Atuou na Secretaria Estadual de Planejamento, no IPEI (Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais), depois transformado em Fundação (FIPES). Após deixar a docência, assessorou a Prefeitura Municipal de São Luis em diversas gestões e também em governos estaduais, nas gestões de José Reinaldo Tavares e Jackson Lago. Era integrante da APRUMA, onde foi secretária, membro do Instituto Jackson Lago e sócia-fundadora da AMIB–Associação dos amigos de Buriti, tendo sido uma de suas presidentes, no período de agosto de 1996 a julho de 1998.

Viúva de José de Ribamar Carvalho Moura, ela partiu deixando um filho, nora e duas netas.

A cremação deu-se hoje (7) mesmo, às 13h, na Pax, na região metropolitana de São Luís. E foi a acompanhada por pequeno grupo de familiares. Não houve velório por restrições sanitárias devido a pandemia.

NOTA DO CORREIO BURITIENSE

Neste momento de dor e despedida, o redator deste blog, Aliandro Borges, deseja que o tempo traga alívio aos corações da Família Faria e Amigos pela perda de Graça Faria Moura, uma amiga cujo sorriso vívido ficará perenemente em minha memória. Rogo aos céus pelo consolo dos que ficam e que ela encontre paz eterna. Prestando profundas condolências, segue poema, que fiz na tarde de hoje (7), em sua homenagem:

 

 PASSO DEVAGAR

 

Há um estranho no mundo

que não diz o momento exato da chegada

e antecipa a partida.

 

Não tinha pressa,

era para ser devagar.

Nada sabemos do instante eterno.

 

O sorriso marca a luta perene.

A lágrima, o esforço vital.

A dor, a tragédia de agora.

 

Conheci as manhãs,

admirei os entardeceres,

vislumbro a aurora celestial.

 

Passo devagar e dobro a esquina.

O mundo descompassado fica,

mas as janelas se abrem: é tempo de empatia, amor e harmonia.


Senhor Miguel Chaves, era hipertênso, e morreu por complicações da covid-19

É com grande pesar que comunicamos o falecimento do senhor MIGUEL DE ARAÚJO CHAVES, 80 anos, ocorrido por volta das 18h deste domingo 4/4. Ele estava internado na UPA de Coelho Neto, a 44 km de Buriti-MA, e morreu vítima de complicações decorrentes da covid-19. Miguel Chaves, natural de Buriti-MA, casado, pai da atual secretária municipal de educação Gabriela Chaves, residia atualmente na Fazenda Torrões, município vizinho de Duque Bacelar.

Não haverá velório e o sepultamento está previsto para ocorrer nesta segunda-feira (5) no Cemitério Municipal São José, centro da cidade de Buriti-MA.

NOTA DO CORREIO BURITIENSE

Neste momento de dor e luto este Correio Buritiense presta sua solidariedade aos amigos e familiares do senhor Miguel Chaves, em especial, à secretária de educação Gabriela Chaves, companheira e amiga particular do redator-chefe deste blog, por esta irreparável perda. Rogamos a Deus pelo conforto de todos que sofrem esta grande dor, em que as palavras se apequenam e o espírito busca amparo na Fé. Tenham força e acreditem que com o tempo tudo ficará mais fácil e a memória de Miguel Chaves continuará viva.

É com grande pesar que comunicamos o falecimento da senhora MARIA ASSUNÇÃO VERAS CAMPOS, simplesmente ASSUNÇÃO VERAS, 75 anos, ocorrido por volta das 20h30 de ontem, terça-feira 30/3. Ela estava internada no Hospital de Urgência de Teresina – HUT e teve uma parada cardiorrespiratória por infecção do novo coronavírus.

ASSUNÇÃO VERAS, que residia desde 2019 em Teresina-PI, era pedagoga e exerceu o magistério por mais de 5 décadas. Também foi secretária da Câmara Municipal na administração do ex-prefeito Antônio Dutra. Viúva, deixa 2 filhos, 10 netos e 6 bisnetos. O sepultamento será no Cemitério Municipal São José.

 Biografia da Professora Assunção Veras, extraída da homenagem da UNOPAR

 Maria Assunção Veras Campos, nasceu no dia 18 de maio de 1945, em Buriti - MA, filha de Vitorino Veras Filho e Eusebia Marques da Silva. Teve ao todo nove irmãos. Ainda criança, Assunção Veras tinha dois sonhos: ser professora e advogada. Conseguiu realizar um de seus sonhos que foi o de lecionar. Na antiga União Artística Operária Buritiense foi construindo e aprendendo como se devia ensinar com a prática e os esforços já adquiridos.

Trabalhou no IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas) por 4 anos como auxiliar do Chefia. Foi secretária da Câmara Municipal na gestão do prefeito Antônio Dutra.

Em 1971, casou-se com Manoel Ferreira Campos, com quem teve 3 filhos: Roberlan, Alessandro e Maykon, permanecendo casada até 2014, ano de falecimento de seu marido. Em 1975, foi nomeada professora municipal na gestão do então prefeito Benedito Machado, continuando na União artística, depois foi transferida para Unidade de Ensino Inácia Vaz, passando também pelo colégio Complexo Educacional Professora Carmem Costa. Foi diretora temporária da U.I Antônio farias. Em 1982, foi nomeada pelo Estado. Foi também ecute do Mobral (Movimento Brasileiro de Alfabetização), logo após, foi promovida a Presidente.

Da U.I Antônio Farias foi transferida ao Centro de Ensino Maria Luiza Novaes Viana, nesta última, assume função na secretaria nos dois turnos, com muito esforço conseguiu finalizar o ensino superior na graduação Bacharel em pedagogia no ano de 2014 .

 É com grande pesar que comunicamos o falecimento da senhora MARIA DA CONCEIÇÃO SILVA COSTA, popular CONCEIÇÃO COSTA, 59 anos, ocorrido por volta das 19h30 de ontem, terça-feira 30/3. Ela estava internada no Hospital Tomaz Martins, na cidade de Santa Inês, a 360 km de Buriti-MA, e morreu vítima de complicações decorrentes da covid-19.

CONCEIÇÃO COSTA, que morava na Rua Santo Antônio, próximo à Delegacia, era técnica de enfermagem aposentada pelo Estado, trabalhou no Posto de Saúde nas gestões dos ex-prefeitos Neném Mourão e Naldo Batista, e atuou na secretaria escolar da antiga Unidade Integrada Antonio Farias por uns tempos. Separada, deixa 2 filhos e 2 netos. O sepultamento está previsto para ocorrer ao meio-dia de hoje (31) no povoado Barro Branco, onde residem seus familiares.

Este Correio Buritiense presta solidariedade aos amigos e familiares de Conceição Costa por esta irreparável perda e rogamos a Deus pelo seu conforto neste momento de grande dor, em que as palavras se apequenam e o espírito busca amparo na Fé.

 Pedagoga Assunção Veras e a técnica em enfermagem Conceição Costa não resistiram à letalidade do coronavírus.

Na noite desta terça-feira 30/3, duas buritienses perderam a vida para covid-19. As vítimas foram a técnica em enfermagem Maria da Conceição Silva Costa, 59 anos, que morreu por volta das 19h30, internada no Hospital Tomaz Martins, em Santa Inês; e a pedagoga Maria Assunção Veras Campos, 75 anos, que morreu às 20h30, internada no HUT - Hospital de urgência de Teresina.

  

A poesia maranhense está de luto com a morte do poeta caxiense FRANCISCO DE ASSIS CARVALHO DA SILVA JUNIOR, popular Carvalho Júnior, 35 anos, ocorrida nesta terça-feira 30/3, devido a complicações decorrentes da covid-19. Ele lutava contra a doença na UTI do Hospital Macrorregional de Caxias, onde passou mais de um mês internado.

Carvalho Júnior, professor com cargo de gestor da escola estadual Gonçalves Dias, era membro-fundador da Academia Caxiense de Letras, ocupando a Cadeira nº 02, patronada por Clóvis Beviláqua Vidigal, e membro efetivo da Academia Sertaneja de Letras, Educação e Artes do Maranhão (Asleama). Vencedor do Troféu Nauro Machado no I Festival Maranhense de Conto e Poesia, promovido pela UEMA em 2015.

Publicou os livros de poemas Mulheres de Carvalho (Café & Lápis, São Luis, 2011), A Rua do Sol e da Lua (Scortecci, São Paulo, 2013), Dança dos dísticos (Editora Patuá, São Paulo, 2014), No alto da ladeira de pedra (Editora Patuá, São Paulo, 2017) e O homem-tijubina & outras cipoadas entre as folhagens da malícia (Editora Patuá, São Paulo, 2019). Tem poemas publicados em antologias e revistas literárias nacionais. Fica uma lacuna em Caxias e no universo cultural maranhense.

Carvalho Júnior deixa esposa e duas filhas, além de muitos amigos entristecidos com seu precoce falecimento.

A Academia Caxiense de Letras e a Asleama emitiram nota d pesar. Confiram abaixo.

 Ela estava internada na cidade de Coelho Neto e morreu na tarde deste sábado (27) após parada cardiorrespiratória consequência da doença do coronavírus.

A Secretaria de Saúde – Semus de Buriti – MA confirmou, por comunicado publicado há pouco, o primeiro óbito em criança causado pela COVID-19. Segundo as informações do Comunicado, a criança tinha apenas 1 ano de idade e estava internada na cidade vizinha de Coelho Neto (MA), após regulação da equipe de da Semus de Buriti-MA.  Ela tinha comorbidades e o estado de saúde se agravou com parada cardiorrespiratória e insuficiência respiratória aguda causada pela COVID-19.  Não resistiu e morreu por volta das 13h de hoje (27).

A SEMUS diz estar incansavelmente em alerta a todos os casos de COVID.19. “Alertamos a toda sociedade a seguir os protocolos sanitários para evitar a proliferação do vírus e aqueles que apresentarem quaisquer sintomas gripais ou sintomas de dificuldade respiratória, procurem imediatamente o centro de Referência Municipal Contra a Covid-19.”, diz o informe.

Com este óbito, sobe para 20 o número de mortes por Covid-19 em Buriti (MA).  São 847 diagnósticos positivos, 28 ativos e 35 suspeitos de contraírem a doença. 

 INFORME EPIDEMIOLÓGICO nº 53, da sexta-feira 26/3, porém divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde – Semus somente neste sábado 27/3 por razões técnicas, segundo informou em nota o DECOM, registra duas mortes por covid-19 em 24h. Agora o total de óbitos pela doença do novo coronavírus chega a 19 (dezenove) em Buriti/MA, o que representa 2,24% dos casos posititvos. Não foi especificado nenhum detalhe sobre os dois óbitos pela Semus no boletim.  Também foram contabilizados 29 (vinte e nove) casos positivos ativos e mais 35 suspeitos de contraírem a doença.  Dois pacientes estão internados em clínica e um está internado em UTI do Hospital Regional de Caxias.

Em 2021, já foram registradas 292 notificações sobre a doença do novo coronavírus. Do início da pandemia, há pouco mais de um ano, em 11 de março de 2020, um total de 847 casos foram confirmados, sendo 799 recuperados (94,33%). Outros 882 casos foram descartados.


* Editado às 18h09 de hoje (27) para substituição do boletim corrigido pela Semus

Aos 54 anos de idade, morreu na tarde desta sexta-feira 26/3, por volta das 15h30, o Pároco Claudinei Pereira Melo, vítima de complicações da covid-19. Padre Nei, como era bastante conhecido, havia sido internado no hospital municipal de Magalhães de Almeida, no sábado (20/03/2021) com muito cansaço, pressão arterial alta e febre. Seu quadro clínico tinha piorado e foi levado para uma UTI no Hospital Carlos Macieira, em São Luís, onde chegou a ser intubado para permitir ventilação mecânica, devido ao alto grau de comprometimento dos pulmões pelo novo coronavírus.

Padre Nei  era de São Paulo, chegou ao Maranhão, no final de 1998, foi ornadenado padre pela Diocese de Brejo e, em 1999, celebrou sua primeira missa na cidade de Buriti, onde permaneceu por 13 anos à frente da Pároquia de Sant'Ana. Daqui foi para as cidades de Mata Roma e Magalhães de Almeida. O sepultamento do padre deve ocorrer na cidade Brejo (MA).

A Diocese de Brejo confirmou a morte do pároco por meio de uma NOTA PÚBLICA DE FALECIMENTO.

 PESAR DO BLOG CORREIO BURITIENSE

O redator-chefe deste CORREIO BURITIENSE, Aliandro Borges, roga em orações para que Deus receba de braços abertos aquele que muito fez para espalhar a palavra divina em nossa cidade de Buriti e por onde mais dirigiu paróquias. Externo publicamente meu luto pelo padre Ney que tanto deu à nossa comunidade. Descanse em paz e na glória do Senhor Jesus Cristo.

  A Prefeitura Municipal de Buriti divulgou NOTA DE PESAR pela morte do senhor LUÍS GONZAGA SILVA CHAVES, conhecido popularmente como LUÍS TÉCNICO, 67 anos de idade, ocorrida hoje, 26 de março de 2021. Ele foi vítima da covid-19.

LEIA ÍNTEGRA DA NOTA DE PESAR:

 O Juiz da Comarca de Buriti-MA, Galtieri Mendes de Arruda, emitiu nota de pesar pelo falecimento do senhor LUÍS GONZAGA SILVA CHAVES, popular LUÍS TÉCNICO, 67 anos de idade, pai da servidora Joselina Oliveira Chaves Serejo.

Confira a íntegra da nota:

   "A Comarca de Buriti - MA, por meio de seu diretor do foro, juiz Galtieri Mendes de Arruda e em nome de todos os servidores, vem expressar o mais profundo sentimento de consternação pelo falecimento do pai da servidora Joselina Oliveira Chaves Serejo, senhor Luís Gonzaga Silva Chaves. 

  Em nome de todos os servidores da unidade jurisdicional, essa nota é emitida, em solidariedade à família e aos amigos."

Buriti, 26 de março de 2021.

Galtieri Mendes de Arruda Diretor do Fórum da Comarca de Buriti – Inicial

Vara Única De Buriti

Matrícula 183012



 Em meio a um colapso no sistema hospitalar público e privado, o país soma agora 300.015 óbitos. Os casos confirmados de Covid-19 são 12.183.338.

Um dia após o Brasil atingir recorde de mais de 3 mil vidas perdidas em 24 horas, o país tem 300 mil vidas perdidas em um ano de pandemia da Covid-19. 

O número foi atingido mesmo com mudança no sistema de notificação do Ministério da Saúde que causou atrasos nos registros de mortes e queda artificial nos números.

O país enfrenta o colapso nos hospitais, públicos e privados, com falta de leitos de UTIs para tratamento da Covid, e a lentidão na imunização da população.

Com dados novos de 10 estados (AL, BA, GO, MG, MS, MT, PR, RN, SP e TO) desde a véspera, o país soma agora 300.015 óbitos. Casos confirmados de Covid-19 são 12.183.338. As novas médias móveis e os demais detalhes do dia serão divulgados no boletim completo com os dados do dia, concluído sempre às 20h.

O Brasil é o país com o maior número diário de mortes por Covid-19 desde 5 de março, quando ultrapassou os Estados Unidos. Entre as cinco nações com mais óbitos, o Brasil sempre teve uma média de mortes próxima à de México, Índia e Reino Unido.
 

Duas adolescentes, Maria Eduarda, de 17 anos, e Joyce Ellen, de 16 anos, que estavam desaparecidas em Teresina, foram encontradas mortas, nesse domingo 21/3, em um matagal no bairro Parque Aliança, da cidade de Timon, a 175 km de Buriti/MA. De acordo com as investigações policiais, elas foram executadas a tiros e enterradas em covas rasas. As duas adolescentes seriam integrantes de uma facção criminosa e teriam sido capturadas por integrantes de uma facção rival.

Antes de serem executadas as duas vítimas foram submetidas a uma sessão de julgamento do Tribunal do Crime. Onde elas foram torturadas e obrigadas a abrirem as covas onde foram enterradas.  Imagens das vítimas sendo torturadas e abrindo as próprias sepulturas foram postadas nas redes sociais pelos executores. Os corpos das duas adolescentes foram resgatados por homens do Corpo de Bombeiros e a Polícia Civil deu início às investigações para identificar os autores do crime. 

Fonte: MT+ //Blog Silvam Sales

Esta é a primeira morte pelo novo coronavírus registrada na atual gestão municipal.

 O INFORME EPIDEMIOLÓGICO nº 47, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde – Semus nesta quinta-feira 18/1, às 18h, confirmou a 17ª morte por covid-19 em Buriti/MA. Não foi especificado nenhum detalhe sobre este óbito pela Semus no boletim de hoje.  Também foram contabilizados 32 (trinta e dois) casos positivos ativos e mais 35 suspeitos de contraírem a doença.  Dois pacientes estão internados em UTI do Hospital Regional de Caxias.

   Em 2021, já foram registradas 252 notificações sobre a doença do novo coronavírus. Do início da pandemia, há pouco mais de um ano, em 11 de março de 2020, um total de 837 casos foram confirmados, sendo 788 recuperados. Outros 887 casos foram descartados.

  Um jovem, identificado como Romário Oliveira, 26 anos, foi morto a tiros no início da tarde deste domingo 14/3, por volta de 13h20, na Rua Bernadete Cunha, próximo à Igreja Batista, em Buriti-MA.
Jovem morto aos 26 anos -  Foto: Rede social
  De acordo com informações iniciais, o rapaz foi surpreendido no momento da ação e, após ser alvejado de bala, morreu no local. Ele já tinha passagem pela polícia e suspeita-se de algum acerto de contas. A Polícia Civil irá investigar a motivação do crime.

O juiz da Comarca do Fórum de Buriti - MA, Galtieri Mendes de Arruda, publicou neste sábado 13/3 uma NOTA DE PESAR, em nome do judiciário local e de todos os servidores, pelo falecimento do advogado Dr. Nilton da Cruz Vieira, ocorrido no dia hoje (13). O advogado, durante muitos anos, militou na comarca e colaborou de forma incessante com a busca da Justiça e da paz social.

A nota finaliza dizendo ainda que “Em nome de todos os servidores da unidade jurisdicional, essa nota é emitida, como sinal de reconhecimento pelos serviços prestados à população local e em solidariedade à família e aos amigos, diante desta perda irreparável para toda sociedade maranhense.”

CONFIRA A ÍNTEGRA DA NOTA



Em NOTA PÚBLICA, o prefeito de Buriti Arnaldo Cardoso, o vice-prefeito Jenilson Gouveia e a secretária de Educação Gabriela Chaves manifestaram pesares pelo falecimento do jovem NIVALDO IVO DE AGUIAR CARDOSO,  21 anos, filho dos funcionários públicos municipais Edileusa Aguiar e Nivaldo Lima, ocorrido na madrugada dessa terça-feira 9/3, devido acidente de moto. Confira abaixo a íntegra da nota:

 


 

A estudante Luana Gurgel, de 24 anos, chegou a ir duas vezes ao hospital com sintomas da Covid-19, até ser internada em estado grave na última semana. Bebê passa bem após uma cesárea de urgência.

Luana Gurgel era estudante de administração e não tinha comborbidades. — Foto: Arquivo pessoal

DO G1 MA

 A estudante de administração, Luana Gurgel, de 24 anos, aguardava a chegada do primeiro filho quando testou positivo para a Covid-19, em Imperatriz, segunda maior cidade do Maranhão, que fica localizada 744 km de Buriti/MA. Sem comorbidades, a jovem perdeu a batalha contra a doença e morreu no último sábado (27), horas após dar a luz ao pequeno Bento.

O caso ganhou repercussão em todo o estado neste fim de semana, após um relato feito pelo companheiro da jovem e pai do bebê, o estudante de jornalismo Cayro Yuri, de 24 anos, em uma rede social.

Ao G1, Cayro Yuri conta que Luana sentiu os primeiros sintomas da doença, como dor no corpo e febre, no dia 15 de fevereiro. Por orientação médica, o casal procurou o Hospital Macrorregional de Imperatriz. Ela chegou a realizar um teste para a Covid-19, mas deu negativo. Em seguida, foi medicada e liberada.

Segundo Cayro, durante toda a semana, os sintomas persistiram em Luana, associados a tosse e falta de ar. Preocupados, o casal voltou ao hospital e após uma consulta, a equipe médica deu alta a jovem, já que seu estado de saúde não era considerado de internação.

Sem um diagnóstico concreto, o casal decidiu realizar um teste para Covid-19 em um laboratório particular. O resultado deu positivo. Dois dias após o exame, Luana teve uma nova piora no estado de saúde e precisou ser internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), no Hospital Macrorregional.

 Cayro Yuri começou uma campanha nas redes sociais para conseguir a transferência da companheira para São Luís. Em poucas horas, a postagem teve centenas de curtidas e viralizou. A mobilização chegou até autoridades do estado e transferência da jovem foi garantida pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).

O que parecia estar se encaminhando para um desfecho feliz, teve uma reviravolta após uma piora no estado de saúde de Luana na sexta-feira (26). Por conta disso, a jovem precisou passar por uma cesárea de urgência. Em poucas horas, o pequeno Bento veio ao mundo.

No sábado (27), horas após o nascimento do bebê e devido a complicações da Covid-19, a estudante não resistiu e acabou falecendo.

 Luana não tinha doenças pré-existentes e a gestação de oito meses seguia tranquila, até ela ter sido infectada pelo coronavírus. Ao G1, Cayro conta que a jovem 'tinha uma saúde melhor do que a dele' e seguia todos os protocolos sanitários para evitar ser infectada.

O jovem pede que a população pare de banalizar a doença e continue dando o exemplo.

Logo após o nascimento, o pequeno Bento precisou ser entubado em uma ala especial e fazer dois testes para a Covid-19, devido ao diagnóstico da mãe. O teste foi divulgado nesta segunda-feira (1º), e deu negativo.

O bebê já foi liberado da ala especial e foi transferido para a UTI Neonatal do Hospital Macrorregional. Segundo o pai de Bento, ele está reagindo muito bem ao tratamento, mas ainda não há previsão de alta.

Juntos há 1 ano e três meses, Cayro e Luana faziam muitos planos para o futuro com o bebê. Ainda abalado com a perda da jovem, o estudante agora tenta pensar no futuro com o pequeno Bento e cumprir a promessa que fez a companheira.

  Morreu na madrugada deste domingo 14/2, por volta das 3h, o quiteriense PEDROSA JÚNIOR, por complicações decorrentes da covid-19, em São Luís (MA). Ele já estava internado, teve seu quadro clínico agravado e não resistiu a doença do novo coronavírus.  

Pedrosa Jr, vitima da covid-19 - Foto/divulgação

Pedrosa Jr era irmão do empresário José Ricardo Pedrosa, 45 anos, dono da Tornado Net e Online Telecom, também morto recentemente, no último dia 31/1, vítima da covid-19.

As duas perdas, em menos de um mês,  de membros da família Pedrosa abalaram a população da cidade de Santa Quitéria do Maranhão, que fica localizada a 88 km de Buriti (MA).

 Morreu na tarde de ontem, sábado 13/2, o professor Denis Caldas Pimentel, após acidente de moto na cidade de Santa Quitéria do Maranhão (MA). Segundo informações, o professor estava em uma motocicleta BIZ de cor vermelha, perdeu o controle do veículo ao passar por um quebra-molas e colidiu contra uma mureta. Ele morreu ainda no local. 

A vítima era irmão do secretário de saúde de Santa Quitéria, e a notícia abalou os moradores, por ele ser bastante popular na cidade.

Prof. Denis Pimentel, morto em acidente -  Foto/divulgação.

 A Unidade Regional de Educação – URE de Chapadinha, onde o professor era vinculado, emitiu uma NOTA DE PESAR pelo seu falecimento. Confira abaixo:

NOTA DE PESAR

É com grande consternação, que a Unidade Regional de Educação de Chapadinha, comunica o falecimento do professor Denis Caldas Pimentel, professor e ex-gestor do CE ALEXANDRE COSTA (Milagres), ocorrido nesta data em decorrência de acidente.

Neste momento de dor, nos solidarizamos com familiares e amigos, prestando condolências e os mais sentidos pêsames.

Francisco das Chagas Carvalho Barros

Gestor Regional de Educação.


Odonto Company Buriti - Rua da Bandeira, nº 25, salas 10 e 11, Centro.

BIOLAB - Rua Antônio Pereira Mourão, em frente ao HTB(Clínica)

PAINEL DO LEITOR - COMENTÁRIOS RECENTES

Aviso de Cookies