ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...
Mostrando postagens com marcador ABALC. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador ABALC. Mostrar todas as postagens

A Academia Buritiense de Artes, Letras e Ciências – ABALC divulgou NOTA DE PESAR pela morte do médico veterinário maranhense JOSÉ FREIRE DE FARIA, 100 anos de idade, ocorrida na última quarta-feira 29/6.


Confira íntegra abaixo:

"A Academia Buritiense de Artes, Letras e Ciências – ABALC  vem, por meio desta nota, manifestar seu imenso pesar pela morte do médico veterinário JOSÉ FREIRE DE FARIA, ocorrido na noite de 29 de junho de 2022, no Rio de Janeiro. A diretoria presta suas condolências aos amigos e familiares de José Freire de Faria, em especial, à sua sobrinha historiadora Regina Faria, ocupante da cadeira nº 14 da ABALC.

Em 2021 foi eleito pela Assembleia da ABALC para ser o primeiro ocupante da cadeira nº 28, patroneada por Florivaldo Freire de Faria, e sua posse como imortal da Academia Buritiense de Artes, Letras e Ciências seria no próximo dia 25 de julho de 2022.

 José Faria era o último dos filhos de Francisca e Antônio Faria (dona Chicó e seu Faria), que ainda vivia. Ele é irmão de Felinto e Osvaldo Faria, que foram prefeitos de Buriti-MA. Chegou aos 100 anos de idade lúcido e interessado em tudo que ocorria no país. Formou-se pela antiga Escola Nacional de Veterinária (posteriormente, Universidade Rural do Brasil, atual UFRRJ), em 1950. Ocupou elevados cargos no Ministério da Agricultura e atuou na docência do ensino superior na universidade em que se formou. Com relevantes serviços prestados à Medicina Veterinária, José Faria possuía vasto currículo na área de defesa sanitária animal e foi um dos pioneiros, no Brasil e na América do Sul, no combate de doenças zoonóticas que atacavam os rebanhos e causavam prejuízos à pecuária nacional, como febre aftosa, tuberculose, raiva e brucelose.

Ele deixou um legado de honradez e de uma vida de trabalho. Além dos trabalhos acadêmicos, escreveu o livro Fragmentos de minha memória (2009). Em 2019 enviou parte de sua biblioteca para o Centro Cultural da AMIB.

A despedida foi nesta quinta-feira, 30 de junho de 2022, no Crematório e Cemitério da Penitência, no Rio de Janeiro."


Foto: Kelvin Fotos

A cidade de Buriti-MA, 322km de São Luís, com o apoio do poder público e entidades, sediou nos dias 24 e 25 de setembro o 1º ENCONTRO DAS ACADEMIAS DE LETRAS DO BAIXO PARNAÍBA MARANHENSE, com representantes dos municípios Tutóia, São Bernardo, Magalhães de Almeida, Brejo e Chapadinha, todos os municípios com academias já fundadas.

Organizado pela ABALC, ALMAG e FALMA, contando com o apoio da Prefeitura de Buriti, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, e da AMIB, o encontro teve como objetivo promover o intercâmbio e a integração das Academias de Letras desta região Leste Maranhense, como também pautar discussões e reflexões que promovam parcerias e ampliação dos conhecimentos literários das cidades que a compõem.

O encontro serviu ainda para orientar sobre a história e as práticas das diversidades culturais, a fim de implementar ações de resgate histórico e cultural desses municípios, discutindo e elaborando uma política de difusão dos registros publicados ou não. Outra ação de fundamental importância para o Encontro foi a identificação das demandas gerais e específicas para delinear os perfis culturais dessas instituições literárias, evidenciando os dados relevantes sobre os registros e particularidades, construindo assim, a identidade de cada Academia.

Na sexta-feira 24/9, o evento principal foi a Sessão Solene de Posse dos Membros titulares, fundadores e efetivos, e da primeira Diretoria da Academia Buritiense de Artes, Letras e Ciências (ABALC). O hasteamento das bandeiras e a execução dos hinos Nacional e Municipal ocorreu na parte externa da Associação dos Amigos de Buriti (AMIB), sede provisória da ABALC e, na sequência, os presentes foram direcionados a adentrarem no Centro de Apoio Pedagógico, bem próximo à AMIB, e tomarem assento geral e, no caso dos acadêmicos, junto às cadeiras reservadas, para início da solenidade com a composição da mesa de honra. (Clique aqui para saber mais)

Foto: Kelvin Fotos

Foto: Kelvin Fotos

Foto: Kelvin Fotos

Foto: Kelvin Fotos
Dezesseis membros da ABALC participaram da sessão solene, assinando livro de ata e recebendo PELERINE, colar acadêmico, diploma e broche. Após os discursos do confrade Raimundo Marques (orador da posse), o já empossado Presidente da ABALC, Aliandro Borges, assumiu os trabalhos da mesa, proferiu seu discurso e tornou público a escolha de Expedito Gomes de Lima, Abraão Ribeiro da Silva, Paulino Ramiro de Oliveira e Claudinei Pereira de Melo, como novos patronos; e de José Deusaniro de Faria Freitas, Rai Pablo Sousa de Aguiar, Evaldo Carlos de Oliveira Cardoso, Igor Antônio de Oliveira Carvalho, José Freire de Faria, Maria das Dores Coutinho Dutra e Nair Portela Silva Coutinho, como novos acadêmicos da ABALC.

Foto: Kelvin Fotos

Foto: Kelvin Fotos

Foto: Kelvin Fotos

Foto: Kelvin Fotos

Foto: Kelvin Fotos
A noite finalizou com a performance do confrade Wilson Chagas apresentando OS CORRUPIÕES DA CHAPADA, texto original dele. Confira abaixo a íntegra da apresentação:


Foto: Kelvin Fotos

Foto: Kelvin Fotos
Já no 2º dia, sábado 24 de setembro, foi apresentado o modelo de funcionamento de cada Academia participante com representante, sua história, os obstáculos na manutenção e os projetos mais relevantes.

 O presidente da Academia Magalhense de Letras - ALMAG, Prof Gilberto Wagner, fez um apanhado geral das academias do Baixo Parnaíba Maranhense e contextualizou a situação específica de Magalhães de Almeida.

Presidente da AMALG, Gilberto Wagner



Muitas ideias interessantes foram compartilhadas e a proposta é que no futuro essas informações sirvam de referência para outras cidades que desejam fomentar o desenvolvimento literário e fundar suas academias de letras.

 

Participaram com representantes:

1 - Academia Ciências Artes e Letras de Tutóia – ACALT, fundada em 25/11/2002.

 2 - Academia Magalhense de Letras – ALMAG.

ALMAG – Fundada em 28/10/2019.

Oradores: Gilberto Wagner e José Orlando Costa

3 - Academia Brejense de Artes e Letras – ABAL.

ABAL - Fundada em 15/08/2003.

Orador: Pedro Portela

 4 - Academia Buritiense de Artes, Letras e Ciências – ABALC.

ABALC - Fundada em 30/11/2019.

Orador: Aliandro Borges

 5 - Academia Chapadinhense de Letras – ACL.

ACL - Fundada em 10/07/2001.

Oradores: Delmar Carneiro e Herbet Castelo Branco

 






Além das academias de letras pertencentes à região do Baixo Parnaíba Maranhense, outras academias convidadas participaram com seus representantes, é o caso da AMCLAM - Academia Maranhense de Ciências, Letras e Artes Militares, com os imortais Coronel Sebastião Bispo Lopes e o procurador Teodoro Peres, e da AVAL - Academia de Letras do Vale do Longá, de Barras-PI, com o membro Frederico Torres.

O Encontro encerrou com três lançamentos de livros, de dois membros da ABALC – Dra Regina Faria e Msc Francisco Carlos, e do Coronel Lopes, da AMCLAM.

Francisco Carlos lançando "Antologia Poética dos Morros Garapenses"

Regina Faria lança  "Um pouco de mim - poesia reunida"




No centro, Coronel Lopes, da AMCLAM, lança três das usas obras literárias

O encontro contou ainda com a participação da presidente da Câmara Municipal de Buriti/MA, vereadora Naires, o representante do Prefeito Arnaldo Cardoso, senhor Ocean Oliveira, do Secretário Adjunto de Administração e Finanças, Jean Freitas, da Secretário Adjunta de Cultura, senhora Ana Suzane, e toda sua equipe,  da Secretária Municipal de Educação, Gabriela Chaves, do Secretário de Educação de Magalhães de Almeida, da vereadora Andrea Costa, e convidados dos familiares, além da animação ao som da Banda Municipal de Buriti-MA.

MAIS IMAGENS DO ENCONTRO































































Odonto Company Buriti - Rua da Bandeira, nº 25, salas 10 e 11, Centro.

BIOLAB - Rua Antônio Pereira Mourão, em frente ao HTB(Clínica)

PAINEL DO LEITOR - COMENTÁRIOS