ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

O Setor Educacional de Buriti, vem quase continuamente sofrendo perdas irreparáveis de membros do Magistério que Abalaram Emocionalmente os integrantes desta Categoria e do Alunado, num primeiro plano, pois na VERDADE o sentimento de DOR e de PERDA atingiu toda a população do Município, que no diminuto espaço de menos de uma semana perdeu dois Excelentes Educadores pelo elevado senso profissionalismo vocacionado e estilos humanamente divinais, porquanto blindados de muito AMOR. Subiram para o Jardim Celestial o laureado Professor JOSÉ FILHO, como ficou gravado nas mentes, nas almas e nos corações de todos quantos o conheceram e com ele conviveram.

 JOSÉ ALVES DOS SANTOS, nome recebido na Pia Batismal, popularizou-se como um abnegado amante da ARTE Santa de ENSINAR e de APRENDER, ligado física e mentalmente aos livros e à leitura diária, dos quais colhia frutos diários do Saber e os distribuía aos seus alunos e amigos pois os tinha em profusão, como ficou comprovado com a presença da grande Multidão Comovida e Chorosa, que acompanhou o seu féretro desde a cidade de Coelho Neto até à sua residência e posteriormente a sua última morada terrena.

A rua onde se situa a sua residência ficou completamente repleta dos seus amigos e admiradores e o tema das conversas era único: sim, ele foi um génio da educação e da cultura que as VIVIA como se estivesse permanente num grande Teatro, embora não fosse uma mera interpretação, era sim uma VIVENCIAÇÃO, era o seu JEITO, o seu cotidiano, SER PROFESSOR. Juntei-me aos que lhe prestavam a Derradeira Homenagem, também comovi-me e também Chorei, depois de dar a minha palavra de alento á mãe e a à irmã dele, retirando-me em seguida para dar vazão às lágrimas de Tristeza e de Saudade.

 A Professora LUCILENE SOUSA DE CARVALHO, também comprovadamente uma abnegada, que faleceu ontem e também teve o seu ataúde acompanhado por uma multidão Emocionada e Chorosa, recebeu uma homenagem bela e grandiosa ontem e hoje com uma Missa de Corpo Presente na Igreja Matriz de Sant'Ana, onde vários colegas de magistério dissertaram sobre a sua vida profissional que a fez ser desde sempre vista por Eles e pela nossa Gente como um ser ornado de ouro, por ter tido durante todo o seu CAMINHAR, embora curto, pois feneceu ainda jovem, dedicada à Educação, especificamente na difícil, mas a bela Arte de Ensinar e aos sagrados serviços de DEUS, pois foi uma fiel Católica que desempenhou seus serviços a bem da Paróquia e da nossa população.

 O seu nome também nunca será esquecido, porque a sua Obra fantástica que nos deixa como legado que se insere na História da nossa Buriti querida é imorredora.

 Eu, embora tenha preservado durante toda a minha vida até hoje um padrão de altivez, que às vezes me confundem simplesmente como muito durão, sou racional e humano, tenho um profundo sentimento nativista sadio de AMOR ao meu TORRÃO SAGRADO e a minha Gente em geral, e tendo sido um Professor por 16 anos, mesmo sem brilho, tenho muito APREÇO pelos que fazem parte deste mister.

 Acordei hoje ao som dos cânticos sacros transmitido da Missa de Corpo Presente da inesquecível Professora LUCILENE, nas vozes de alguns dos seus Colegas de labor. Acompanhado desses cânticos, também em sintonia com eles, os soluços copiosos da minha Esposa Andréa. Tentei confortá-la, porém não consegui falar, a minha voz embarcou. Fiquei somente na leve carícia e libertei as lágrimas que se misturarem com as dela.

 Ah, Queridos e SAUDOSOS Professor ZÉ FILHO e Professora LUCILENE, a nossa Buriti querida que VOCÊS tanto Amaram e a ela se Dedicaram, hoje se transformou num extenso e dolorido VALE DE LÁGRIMAS, mesmo que tenhamos a CERTEZA de que VOCÊS agora estão Bem.

Recebam a minha Homenagem Póstuma e o Título Simbólico de PROFESSOR E PROFESSORA MESTRES ETERNOS DE BURITI.


SOBRE O AUTOR

É buritiense, ardoroso amante da sua terra, deu seus primeiros passos no velho Grupo Escolar Antônia Faria, cursou o Ginásio Industrial na Escola Técnica Federal do Maranhão e Científico no Liceu piauiense e no Liceu maranhense, bacharelou-se em Direito pela Faculdade de Direito/UFMA, é advogado inscrito na OAB/MA, ativo, Pós-graduado em Direito Civil, Direito Penal e Curso de Formação de Magistrado pela Escola de Magistrados do Maranhão, Delegado de Polícia Civil, Classe Especial, aposentado, exerceu todos os cargos de comando da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, incluindo o de Secretário. Detesta injustiça de qualquer natureza, principalmente contra os pobres e oprimidos, com trabalho realizado em favor destes, inclusive na Comarca de Buriti.

O prefeito de Buriti-MA, Arnaldo Cardoso, decretou luto oficial de dois dias pelo falecimento da servidora municipal profa. LUCILENE SOUSA DE CARVALHO (1966-2022), aos 56 anos de hoje, ocorrido hoje,  quarta-feira   18 de maio de 2022. 

No Decreto, o prefeito estabelece Luto Oficial nos dias 18 e 19 de maio de 2022, em todo território do Município de Buriti-MA, em homenagem à Lucilene Sousa de Carvalho. O artigo 2º estabelece que não haverá expediente interno e externo, na Sede da Prefeitura e nas Sedes das Secretarias Municipais e demais órgãos públicos. Apenas os serviços essenciais cumprirão normalmente a jornada de trabalho.

Confira decreto abaixo:

 A Prefeitura Municipal de Buriti divulgou NOTA DE PESAR pela morte da professora  LUCILENE SOUSA DE CARVALHO, 56 anos de idade, ocorrida hoje, quarta-feira   18 de maio de 2022. 

Confira íntegra abaixo:

Ao Correio Buritiense, Gabriela Chaves informou que não compareceu por razões de saúde.

Vereadores aguardavam a secretária de educação de Buriti-MA 

A Presidente Naires Marques Freire e os vereadores Laudelino Mendes, Djailson -Vein  da Limpeza, Hélio Flora, Jorge do Sindicato, Matheus Lafaet, Ednaldo Freitas e Andréa Costa  estiveram reunidos na manhã de hoje, terça-feira 17/5, na Câmara Municipal para uma reunião agendada com a Secretária Municipal de Educação, Gabriela Chaves, que não compareceu, tampouco  justificou sua ausência.

Os vereadores  querem esclarecimentos da administração da pasta da educação sobre reformas das escolas, o transporte e merenda escolar, bem como o início das aulas, que, segundo a Câmara informou, ainda não começou em algumas escolas.

 Em nota, a presidente da Casa Legislativa, vereadora Naires Freire, afirma que “dessa forma, após o não comparecimento da Secretária, será agora a mesma convocada para uma audiência pública com horário e dia a agendar com os vereadores.”

Ofício-convite feito à secretária de educação. 



O outro lado

Contatada pelo CORREIO BURITIENSE, via celular, a secretária Gabriela Chaves  informou que não pode comparecer por razões de saúde e complementou, ainda, dizendo não haver no convite não uma pauta pré-definida.

A Prefeitura Municipal de Buriti divulgou NOTA DE PESAR pela morte do professor JOSÉ ALVES DOS SANTOS, 35 anos de idade, ocorrida neste sábado  14 de maio de 2022. Confira íntegra abaixo:




Na Sessão Ordinária de hoje, sexta-feira 13/5, na Câmara Municipal de Buriti, foi recebido um grupo de pais solicitando apoio da Casa Legislativa e dos vereadores para a conclusão da obra da escola Jardim de Infancia Mundo Infantil. Eles relataram que foram chamados pela SEMED (Secretaria Municipal de Educação) para o CAP (Centro de Apoio Pedagógico ), onde foi proposto que, até o término da conclusão da obra, os alunos fossem remanejados para o anexo da Escola Maria Luiza, localizado no Povoado Novo Oriente. A proposta foi rejeitada unânime pelos pais e professores que estiveram presentes no gabinete da Presidência da Câmara após a realização da Sessão.

Anterior a Sessão, a Presidente Naires Freire havia protocolado junto à Semed o ofício n° 09/2022 em que convocou o comparecimento da secretaria de educação Gabriela Chaves na Câmara Municipal para próximo dia 17 de maio de 2022, às 9h15min, para prestar esclarecimentos sobre a administração da pasta da Educação.


A Presidente da Casa Legislativa teve conhecimento ainda sobre uma imposição relativa ao remanejamento dos educadores: Teriam de aceitar a mudança ou, em caso negativo, seriam transferidos para outra escola do município ou receberiam férias. 

"Desse modo, a Câmara Municipal reitera seu compromisso com a população buritiense em atuar em prol do benefício e bem estar desta cidade e da comunidade, fazendo jus ao seu papel de defensor do povo", disse a presidente ao Correio Buritiense.

(Da ASCOM/legislativo)

A L7 ENTRETENIMENTO, com um grupo de parceiros publicitários,  vai realizar neste próximo sábado 14/7, a partir das 17h30,  a TARDEZINHA EXCLUSIVE, um evento para lá de arrochado. Na pegada do Garotinho do Arrocha, com participação de Júnior do Arrocha e cantor Lima, o evento de final de tarde  promete levar alegria e coisas boas para  os participantes no Espaço Real Eventos, próximo à agência dos Correios, em Buriti-MA.

Os ingressos podem ser adquiridos em lote especial no ponto de venda Mercantil Lucas, em frente à Praça Matriz.

Sorteio oficial

A L7 Entretenimento está promovendo também o sorteio 01 ingresso, 01 copo Personalizado da L7 e 01 Vale $50,0 na loja Mirian modas. Para participar do sorteio é muito simples, basta seguir o IG da @l7entretenimento e @lojasmirianmodas, curtir a foto oficial do Sorteio no perfil da L7 Entretenimento e  marcar 03 amigos.


Veja vídeo publicitário: 



Num passado longínquo que a minha memória guardou e hoje eu relembro com saudade, havia um Espetáculo que divertia a população da minha Buriti Querida diariamente por meia hora, começando exatamente as seis horas da tarde, sendo encerrado às seis e meia, como se dizia na época . Era protagonizado pelas Andorinhas, aves passeriformes, de beleza, elegância e agilidade em seu voo e pelos Morcegos, animais sinantrópicos, sem beleza física, tidos como perigosos, embora não o fossem, aqueles não eram. As duas espécies habitavam as matas dos morros localizados por traz da Igreja de Sant'Ana e se abrigavam sob o seu telhado.

Infalivelmente todos os dias em parceria, as Andorinhas e os Morcegos saiam pela janela abaixo da Torre da Igreja, num voo acrobático cadenciado, como que treinados para não decepcionar os espectadores, eu era um deles, que delirava diante das manobras perfeitas, no espaço aéreo entre a Igreja e a Casa Paroquial, sobre a Praça Felinto Faria, era um encanto para os que assistiam aquela linda exibição, presente da NATUREZA através desses viventes maravilhosos. Dava vontade de agradecer a eles, que se recolhiam após cada apresentação e nos deixavam a sensação de os ouvirmos dizerem: amanhã voltaremos no mesmo horário, esperem-nos!

Eu, criança, não só imaginava, mas acreditava que, por serem eles criaturas de DEUS, como todos os seres que existem no Céu e na Terra, eles também nos ouviam dizermos empolgados : OBRIGADO, estaremos os esperando pois VOCÊS são fantásticos! E no dia seguinte e por todo o mês, durante o ano inteiro aquela EQUIPE de artistas divinos, voltavam voluntariamente, como fiéis e diletos amigos, a nos encantar.

Os anos e o tempo seguiam em compasso harmônico, as benditas Andorinhas e os benditos Morcegos, gratuitamente continuaram a nos premiar com aquela diversão ímpar no Reino deles, na nossa Cidade e nas nossas VIDAS. Não dispúnhamos do avanço tecnológico de hoje e por isso, filmávamos e fotografávamos o espetáculo no recôndito mais seguro que possuímos, nas nossas mentes.

Cresci em tamanho, em idade e transformei-me cidadão, profissional operador do Direito - Advogado, Delegado de Polícia Civil de Carreira, de Segurança Pública - e nesta última exerci todas as funções de comando da Secretaria de Estado da Segurança do Maranhão. Em um encontro do CONSELHO DE SEGURANÇA PÚBLICA DO MEIO NORTE, na cidade de Macapá, representando o Maranhão como Secretário, deparei-me com um Espetáculo de Andorinhas que tomavam toda a fiação elétrica existente numa Avenida da cidade, exatamente às dezoito horas, para dormirem. Emocionei-me e não contive as lágrimas de SAUDADE da minha Buriti Querida, da minha Infância, das nossas Andorinhas e dos nossos Morcegos, que tanto me inebriaram com seus lindos voos e manobras .

Ao encerrar esta Narrativa, constato que sou IDOSO, FELIZ por ter caminhado mais do que a minha Mãe, que partiu desta NAVE chamada Tempo ou VIDA com apenas quarenta e nove anos, e os meus irmãos mais velhos, que não atingiram a minha marca. Chorei copiosamente por Ela, por Eles . Chorei por mim, agradecendo ao Senhor nosso DEUS, por estar VIVO e ATIVO, por tudo o que tenho e por tudo o que sou.

Não sei por onde andam VOCÊS, minhas Saudosas Andorinhas e meus Saudosos Morcegos, no entanto eu os Homenageio Agradecido, com o TÍTULO HONORÍFICO de OS MAIORES ARTISTA ACROBÁTICOS DE BURITI.


SOBRE O AUTOR

É buritiense, ardoroso amante da sua terra, deu seus primeiros passos no velho Grupo Escolar Antônia Faria, cursou o Ginásio Industrial na Escola Técnica Federal do Maranhão e Científico no Liceu piauiense e no Liceu maranhense, bacharelou-se em Direito pela Faculdade de Direito/UFMA, é advogado inscrito na OAB/MA, ativo, Pós-graduado em Direito Civil, Direito Penal e Curso de Formação de Magistrado pela Escola de Magistrados do Maranhão, Delegado de Polícia Civil, Classe Especial, aposentado, exerceu todos os cargos de comando da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, incluindo o de Secretário. Detesta injustiça de qualquer natureza, principalmente contra os pobres e oprimidos, com trabalho realizado em favor destes, inclusive na Comarca de Buriti.


Na última segunda-feira 9/5, a Secretaria Municipal de educação de Buriti (MA) fez o lançamento de um projeto inovador, chamado INSTITUIR BURITI, que vai abranger toda a comunidade escolar do município.
INSTITUIR BURITI está sendo implantado, primeiramente, nas escolas municipais Professora Carmem Costa e Major João Costa, com projetos dentro das áreas de artes, cultura e esporte, além disso, o projeto contará com muitas ações a serem desenvolvidas, como PME(Plano Municipal de Educação), sistema acadêmico, plano de cargos e salários, e outros.


De acordo com a pasta, a parceria do Dr. Raimundo Palhano e a SOUSANDRADE são fundamentais para a implantação desse grande projeto que irá melhorar a educação pública buritiense, trazendo benefícios, não somente para alunos, mas também para todos os profissionais que fazem a educação.

Secretária de educação Gabriela Chaves

À esquerda, Dr Raimundo Palhano.


PREFEITURA MUNICIPAL DE BURITI

O futuro se constrói com amor e trabalho.

(PUBLIPOST/SECOM)

Foram 205 cidades maranhenses que partidos com representantes no Congresso Nacional destinaram recursos do orçamento do relator.

Dados levantados pelo GLOBO, a partir do Portal da Transparência, sobre valores empenhados pelo governo federal mostram que há um abismo na distribuição de recursos do orçamento secreto: metade dos repasses a prefeituras foi concentrada em 7,7% das 5.570 cidades do país, o equivalente a 422 municípios. Na prática, os números revelam que ao delegar a deputados e senadores a decisão de como e onde o dinheiro público deve ser empregado, o governo federal ignora critérios objetivos — como a necessidade de investimento em serviços básicos à população — para privilegiar interesses políticos de aliados do Palácio do Planalto.

No caso do Maranhão, para 205 cidades do estado foram destinados recursos do orçamento do relator. As prefeituras que mais receberam recursos do orçamento secreto são comandadas por prefeitos do PL e do PDT. São 39 prefeituras de cada legenda.

Prefeitos do PL, partido do deputado federal Josimar de Maranhãozinho e do presidente da República, Jair Bolsonaro, receberam mais de R$ 330 milhões nos anos de 2020 e 2021.

A prefeitura de Buriti-MA, cujo prefeito Arnaldo Cardoso é do PL, recebeu, segundo o levantamento, R$ 6.609.069,78 (seis milhões, seiscentos e nove mil, sessenta e nove reais, e setenta e oito centavos). O município tem cerca de 28.916 habitantes e ocupa a posição 5.098 no IDHM (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal).


O valor mais alto entre as destinações do orçamento secreto beneficiou gestões do PL.  Miranda do Norte, cidade com 27,2 mil habitantes,  recebeu R$ 54 milhões. A prefeita do município é Angélica Maria de Sousa (PL), mãe do deputado Júnior Lourenço.

Gestões do PDT receberam no total, em dois anos de emendas do relator, R$ 250 milhões para 39 prefeituras. A cidade que recebeu maior verba foi Bacabal. Foram enviados para esta prefeitura mais de R$ 31 milhões. O município tem pouco mais de 104 mil habitantes.

Duas prefeituras comandadas pelo PMN receberam repasses de mais de R$ 30 milhões. Foram destinados R$ 26,5 milhões para a Prefeitura de Santa Rita e R$ 4,3 milhões para a cidade de Bacabeira. O prefeito de Santa Rita é Hilton Gonçalo, que agora está filiado ao PMN. A outra contemplada, Bacabeira, tem como prefeitura a esposa de Gonçalo, Fernanda, também do PMN.

A capital maranhense, São Luís,  recebeu R$ 10,5 milhões de verba do orçamento secreto.

 

SOBRE AS EMENDAS PARLAMENTARES NO CONGRESSO NACIONAL

As emendas são de quatro tipos: a individual, a de bancada, a de comissão e a do relator.

As emendas individuais são destinadas a cada senador ou deputado. As emendas de bancada são coletivas, de autoria das bancadas estaduais. Também são coletivas as emendas apresentadas pelas comissões técnicas da Câmara e do Senado.

Já as emendas do relator (também conhecidas como RP9 e orçamento secreto) são feitas pelo deputado ou senador que, num determinado ano, foi escolhido para produzir o parecer final sobre o Orçamento.

 O apelido de orçamento secreto foi dado devido à falta de transparência nas indicações dos recursos e no repasse da verba. Ou seja, há a destinação do dinheiro, mas não com o nome de quem destinou a verba.

A concentração destas últimas se dá principalmente em redutos eleitorais de parlamentares com postos estratégicos no Congresso, que ganharam o controle de uma robusta fatia do Orçamento federal por meio das emendas de relator, base do orçamento secreto, em troca de apoio ao governo de Jair Bolsonaro. Dos R$ 36 bilhões reservados ao esquema entre 2020 e 2021, R$ 20,7 bilhões foram destinados a prefeituras, mas nem todas tiveram um político com acesso à chave do cofre em Brasília e, por isso, ficaram à míngua.

 (Com informações de O GLOBO e Portal Imirante)

Imaginei em propor um Contrato com o Senhor nosso DEUS Pai CRIADOR, depois transformado  em Prece,  tentando aumentar a minha permanência nesta  NAVE chamada VIDA, com este pouco de memória e de  lucidez, a fim de que eu possa contar tudo o que Vi e Vivi durante a minha bela Infância na minha Amada e Querida Buriti. MARIA JOSÉ, o único homem que eu conheci com este nome, segundo ele mesmo informava ao ser perguntado era considerado por muitos,  um DOIDO. Estava sempre com um pequeno saco de pano dependurado em uma cópia de espingarda bate bucha de madeira bem trabalhada no  ombro, e fazia alguns mandados, pequenas compras.

A todas as perguntas que se faziam a   ele, inclusive porque o seu nome era Maria José ao invés de José Maria ele respondia bem forte : NÚN CÊI, QUEM SÁBI É DEUS E NOSSA SIM-ÓRA. Para ele, a Praça Felinto Faria era o Mar e muito perigoso, INGÓLI AGENTI, dizia ele, e mesmo se lhe oferecessem  dinheiro, ele não  passava sobre ela. Recebia pelos seus serviços , moedas e alimentos, bolachas e fatias de bolos eram os seus preferidos, que agradecia com um sorriso e, se lhe perguntassem, GOSTOU, Maria José ?  Prontamente respondia: NUN CÊI,  QUEM SÁBI É DEUS E NOSSA SIM-ÓRA.

De compleição física FORTE,  MARIA JOSÉ era um mestiço, índio acaboclado e muito simpático, apesar de poucas palavras e, por esta razão nunca foi molestado nem mesmo pelas  crianças peraltas. Era do POVOADO Saquinho, no entanto permanentemente vivia no centro da cidade e dormia ou no local onde se realizavam os  LEILOES dos festejos  católicos, no terraço do CORETO localizados na  Praça, ou ainda ao abrigo das árvores existentes nos fundos da IGREJA Matriz de San’ tana.

Assim viveu a sua jornada terrena e quando faleceu, meu Pai avisou-me dizendo: O teu amigo Maria José morreu esta semana deixando boas lembranças. Contristado, contive as lágrimas ao relembrar a minha convivência com ele e o muito que aprendi com o seu jeito Especial.

O SABONETE FEBO, assim chamado por ser um Negro Preto retinto, como dizia minha mãe, aquele preto recapeado ou repintado. Eu nunca soube a sua origem, não demonstrava à primeira vista, sinais de debilidade mental. Gostava muito de beber, água, refresco ou garapa de cana de açúcar. Era também muito útil para executar pequenas tarefas, compras, recados e até serviço de limpeza doméstica em geral, não muito pesadas. Preferia de pagamento, em especial os refrescos ou a garapa, e era neste momento que se podia notar algum sinal de anomalia .
Se lhe dessem dois litros dessas delícias,  ele bebia no próprio litro de vidro, em no máximo três GOLADAS, como ele dizia sorrindo descontroladamente.

SABONETE  era divertidíssimo exatamente por ter o sorriso alongado assim: RISSSSSSSSS,RARRRRRRR, RURRRRRRR, EEEEEITADIÁCHU, RSSSSSSSSSS.

Não tinha quem aguentasse sem rir com ele, ou dele. As vezes nós o provocávamos logo no BOM DIAAA SABONETE, e então tínhamos cinco minutos das gargalhada incontidas dele.

Eu e o meu irmão Wilson o levamos uma vez para a nossa LARANJEIRAS Querida e ele como de costume fez sucesso. Chegamos em nossa Casa no final da tarde e no início da noite, o nosso terreiro já estava lotado para ver o artista.

Uma comadre de Papai e de Mamãe, daquelas metidas a  falantes, como dizia o meu Amigo ZEFULÔ, se destacou me interrogando: quer dizer  Djaimeee, quí ÊXEE  ÉER U FAMÔUZU SABÃOO ONÊTEEE! O riso foi geral e o próprio  SABONETE entoou a sua espetacular gargalhada, tendo aquela noite entrado para o Folclore do nosso POVOADO e redondezas.

 Voltando a Buriti o SABONETE continuou a ser o nosso prestimoso amigo nos mandados, recebendo a sua recompensa pelos bons serviços prestados e nos brindando com as suas gargalhadas gigantescas que marcaram a sua VIDA e a sua História. Viveu bem e aparentemente saudável e sem alterar o seu estilo que agradava a quantos tiveram a felicidade de conviver com ele. Não tive a informação da sua morte e a última vez que tive contato com ele foi em dezembro de 1964.

Meus conterrâneos e amigos MARIA JOSÉ e SABOBETE FEBO, VOCÊS fazem parte importante da minha INFÂNCIA, do  início da minha Adolescência e da História da nossa Terra. Rendo-lhes ORGULHOSO a minha sincera Homenagem com o Título SIMBÓLICO de OS ESPECIAIS FANTÁSTICOS DA CIDADE DE BURITI.


SOBRE O AUTOR

É buritiense, ardoroso amante da sua terra, deu seus primeiros passos no velho Grupo Escolar Antônia Faria, cursou o Ginásio Industrial na Escola Técnica Federal do Maranhão e Científico no Liceu piauiense e no Liceu maranhense, bacharelou-se em Direito pela Faculdade de Direito/UFMA, é advogado inscrito na OAB/MA, ativo, Pós-graduado em Direito Civil, Direito Penal e Curso de Formação de Magistrado pela Escola de Magistrados do Maranhão, Delegado de Polícia Civil, Classe Especial, aposentado, exerceu todos os cargos de comando da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, incluindo o de Secretário. Detesta injustiça de qualquer natureza, principalmente contra os pobres e oprimidos, com trabalho realizado em favor destes, inclusive na Comarca de Buriti.


A prefeitura de Buriti-MA interditou hoje, quinta-feira 5/5, a construção da ponte do Sangrador, no povoado Barrocão, mostrada ontem pelo Correio Buritiense (clique e leia mais)
. A obra começou por iniciativa de um grupo de pessoas para atender o anseio da comunidade. Câmara de vereadores já havia aprovado requerimento para construção.


O secretário de Obras Rosim juntamente com assessores jurídico e de engenharia da prefeitura municipal e de uma guarnição da Guarda Civil Municipal, estiveram nesta manhã no local da construção e parou a obra, apontando ser uma construção irregular.

Por meio da SECOM (Secretaria de Comunicação), a Secretaria de Obras informou que a ponte já estava no cronograma de construção da prefeitura, com previsão para iniciar neste mês de maio. Disse ainda que a interdição atual se deu por irregularidades, como falta de alvará da prefeitura e licença ambiental.

Outro lado
 
O CORREIO BURITIENSE contatou um dos membros do grupo que teve a iniciativa da construção, auditor aposentado Francisco Costa, que contesta o auto de interdição, uma vez que nenhuma intervenção no terreno foi iniciada ainda. O objetivo sempre foi beneficiar a comunidade, e não fazer politicagem. Disse ainda que o prefeito deveria, assim como ele, pensar em beneficiar o povo, razão pela qual, foi eleito. O auditor informou ainda que sempre procurou a prefeitura para realizar a construção e não tinha obtido o apoio necessário. Ele disse, inclusive,  que, numa conversa com o secretário Rosim,  foi informado que não precisaria de autorização alguma para construir a ponte.  "Agindo assim o prefeito está contra comunidade e não contra mim", disse Francisco Costa.

 

  Auditor Francisco Costa,  empresário Erinaldo Capijuba, vereadores Jorge do sindicato e Djailson e servidor federal Deusaniro Júnior deram início hoje, quarta-feira 4/5,  a construção de uma ponte na localidade Sangrador, povoado Santa Cruz, no município de Buriti- MA.

Material para obra da ponte sendo descarregado 

      Essa obra irá trazer grande benefício para a comunidade Santa Cruz, bem como, para as comunidades: a Bom Jesus, Barras, Vila São José, Vila Pitombeira, Pintadas, Barrocão, Pé da Ladeira, Riacho Grande, Cajueiros e demais comunidades que fazem uso desta estrada para chegarem em Buriti Maranhão.


       A ponte foi muito sonhada pelas comunidades que transitam pela região,  foi prometida pelo Prefeito Arnaldo Cardoso, porém, nunca foi feita, apesar de haver um requerimento aprovado pela Câmara de Vereadores de Buriti, solicitando urgência na obra, além de pedidos da comunidade, através do senhor Francisco Costa, mesmo assim não foi feita pela prefeitura.

        Logo, para dá dignidade, e o direito de ir e vim da população de Santa Cruz e adjacências, a obra está sendo feita com recursos próprios das pessoas citada acima. Pois o prefeito da cidade, não considerou o requerimento e o pedido da comunidade de Santa Cruz, através de Francisco Costa.





Odonto Company Buriti - Rua da Bandeira, nº 25, salas 10 e 11, Centro.

BIOLAB - Rua Antônio Pereira Mourão, em frente ao HTB(Clínica)

PAINEL DO LEITOR - COMENTÁRIOS