!-- PLUGIN BARRA DE COOKIES -->
ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

No último dia 1º de abril, a GU - Guarnição de Serviço da Polícia Militar foi informada que uma pessoa estava traficando drogas no bairro do Matadouro, em Buriti (MA). Em diligência no local apontado pela denúncia, a GU conseguiu capturar o infrator em um matagal. Na busca, foram encontradas drogas e uma quantia em dinheiro dispensado no ato da abordagem.

O suspeito preso foi apresentado na DPC -Delegacia de Polícia Civil da cidade, junto com o material apreendido, para as providências cabíveis.

A ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DE BURITI - AMIB publicou na tarde de hoje (7) uma Nota de Pesar pelo falecimento de sua ex-presidente e sócia-fundadora Maria da Graça de Faria Moura, 71 anos, ocorrido neste dia 07 de abril de 2021.  Hoje a saudade nos faz mais uma visita, mas não vem acompanhada da tristeza como protagonista. Com corações mais confortados, dedicaremos este dia para relembrar os bons momentos que foram compartilhados e como a presença de uma pessoa tão querida foi capaz de transformar tantas vidas abençoadas.”, diz um trecho da nota da Diretoria.

LEIA ÍNTEGRA DA NOTA ABAIXO

É com profundo pesar que o CORREIO BURITIENSE comunica o falecimento da buritiense MARIA DA GRAÇA DE FARIA MOURA, 71 anos de idade, ocorrido por volta das 7h30 desta quarta-feira 7/4. Gracinha Moura, como era conhecida, estava internado em hospital, na capital maranhense, e não resistiu às complicações orgânicas decorrentes da covid-19.

Gracinha era bibliotecária, foi professora da UFMA, no curso de biblioteconomia, por mais de 2 décadas, tendo sido coordenadora do curso. Atuou na Secretaria Estadual de Planejamento, no IPEI (Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais), depois transformado em Fundação (FIPES). Após deixar a docência, assessorou a Prefeitura Municipal de São Luis em diversas gestões e também em governos estaduais, nas gestões de José Reinaldo Tavares e Jackson Lago. Era integrante da APRUMA, onde foi secretária, membro do Instituto Jackson Lago e sócia-fundadora da AMIB–Associação dos amigos de Buriti, tendo sido uma de suas presidentes, no período de agosto de 1996 a julho de 1998.

Viúva de José de Ribamar Carvalho Moura, ela partiu deixando um filho, nora e duas netas.

A cremação deu-se hoje (7) mesmo, às 13h, na Pax, na região metropolitana de São Luís. E foi a acompanhada por pequeno grupo de familiares. Não houve velório por restrições sanitárias devido a pandemia.

NOTA DO CORREIO BURITIENSE

Neste momento de dor e despedida, o redator deste blog, Aliandro Borges, deseja que o tempo traga alívio aos corações da Família Faria e Amigos pela perda de Graça Faria Moura, uma amiga cujo sorriso vívido ficará perenemente em minha memória. Rogo aos céus pelo consolo dos que ficam e que ela encontre paz eterna. Prestando profundas condolências, segue poema, que fiz na tarde de hoje (7), em sua homenagem:

 

 PASSO DEVAGAR

 

Há um estranho no mundo

que não diz o momento exato da chegada

e antecipa a partida.

 

Não tinha pressa,

era para ser devagar.

Nada sabemos do instante eterno.

 

O sorriso marca a luta perene.

A lágrima, o esforço vital.

A dor, a tragédia de agora.

 

Conheci as manhãs,

admirei os entardeceres,

vislumbro a aurora celestial.

 

Passo devagar e dobro a esquina.

O mundo descompassado fica,

mas as janelas se abrem: é tempo de empatia, amor e harmonia.


O Informe Epidemiológico nº 60/2021, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde – Semus nesta terça-feira 6/4, às 18h, traz um aumento de 14 casos confirmados de covid-19, nas últimas 24h, o que elevou para 40 o número de pacientes ativos com doença em Buriti – MA. Há ainda outros 20 suspeitos de terem contraído a doença do novo coronavírus. 38 pacientes estão em isolamento domiciliar e, dos internados, 1(um) paciente está em UTI e 1 (um) em clínica.

Em 2021, já foram anotadas 332 notificações sobre a covid-19. Do início da pandemia, em 11 de março de 2020, um total de 869 casos foram confirmados, sendo 809 recuperados e 20 óbitos. Outros 910 casos foram descartados.

Informe Epidemiológico nº 59/2021, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde – Semus nesta segunda-feira 5/4, às 18h, registra 36 casos positivos da covid-19 em Buriti - MA e 25 suspeitos de terem contraído a doença do novo coronavírus. Dos doentes, 35 estão em isolamento domiciliar, 1 (um) paciente está internado em UTI.


Em 2021, já foram anotadas 327 notificações sobre a covid-19. Do início da pandemia, em 11 de março de 2020, um total de 864 casos foram confirmados, sendo 808 recuperados e 20 óbitos. Outros 900 casos foram descartados.


Normas anteriores e atuais conviverão por dois anos

Foi sancionada na última quinta-feira, 1º de abril de 2021, pelo presidente Jair Bolsonaro, a Lei nº 14.133, que estabelece as regras da nova Lei de Licitações e Contratos Administrativos, em substituição à Lei de Licitações (Lei 8.666/1993), Lei do Pregão (Lei 10.520/2002) e Lei do Regime Diferenciado de Contratações (RDC – Lei 12.462/11).

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a nova Lei de Licitações e Contratos Administrativos do País, que substitui a atual, em vigor desde 1993 (Lei 8.666), e as leis do Pregão e do Regime Diferenciado de Contratações Públicas (RDC).

A Lei 14.133/21 foi publicada no dia 1º com 26 vetos, que agora serão analisados pelo Congresso Nacional, em data a ser marcada.

Com 194 artigos, a lei institui nova modalidade de contratação (diálogo competitivo), aumenta penas para crimes relacionados a licitações e contratos, e exige seguro-garantia para obras de grande porte. A garantia, que será de até 30% do valor da licitação, permite que as seguradoras assumam obras interrompidas.

A lei também prevê novas regras para dispensa de licitação e aditivos contratuais, e aproveita pontos do RDC, como contratação por tarefa, contratação integrada e semi-integrada.

Outras inovações são a arbitragem para solução de controvérsias e o uso preferencial do Building Information Modelling (BIM) na licitação de obras. O BIM é um processo que integra, em meio virtual, todas as fases de uma obra, da concepção à manutenção do edifício.

A nova Lei de Licitações já está em vigor, mas a revogação das normas anteriores ocorrerá no prazo de dois anos. Nesse período, as regras novas e antigas vão conviver e a administração pública poderá optar por qual aplicar. A exceção é para a parte dos crimes licitatórios, que substituiu, de imediato, as regras anteriores.

O projeto que deu origem à Lei 14.133/21 é do Senado e foi analisado na Câmara dos Deputados em 2019. O relator foi o deputado Augusto Coutinho (Solidariedade-PE).

Dentre as diversas mudanças, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) aponta alguns relevantes, que facilitarão a gestão pública no âmbito dos Municípios:

1) criação do Portal Nacional de Contratações Públicas, que irá centralizar os procedimentos licitatórios;
2) simplificação das modalidades licitatórias, com a exclusão do convite e da tomada de preços (e a inclusão da modalidade pregão na própria lei);
3) inversão de fases, com o procedimento de lances e julgamento de propostas antes do julgamento da habilitação e fase recursal única;
4) previsão de procedimentos auxiliares à licitação (como o credenciamento e o registro de preços);
5) melhor disciplina sobre a contratação direta, inclusive com a consolidação dos valores de dispensa para R$ 100 mil (serviços de engenharia e manutenção de veículos automotores) e R$ 50 mil (demais contratações).

MODALIDADES

Das modalidades de licitação existentes, a lei mantém o pregão, a concorrência, o concurso e o leilão, e cria o diálogo competitivo. Este envolverá conversas entre os licitantes, sob orientação do gestor público licitante, para desenvolver uma solução capaz de atender às necessidades do órgão.

O diálogo competitivo será aplicado a situações complexas que envolvam uma solução que não pode ser satisfeita sem a adaptação das alternativas disponíveis no mercado ou quando as especificações técnicas não podem ser definidas com precisão suficiente.
Outra inovação da lei é a criação do Portal Nacional de Contratações Públicas (PNCP), pelo governo federal, que vai centralizar todas de licitações públicas feitas pela União, estados, municípios e Distrito Federal.

VETOS

Entre os dispositivos vetados por Bolsonaro está o que previa que a empresa contratada por órgão público após licitação divulgasse em seu site o teor dos contratos assinados. O presidente alegou que a regra traria “um ônus financeiro adicional e desnecessário ao particular”. Ele lembrou que os documentos relativos às licitações serão disponibilizados pelo PNCP, uma das inovações da lei.

Bolsonaro também excluiu da lei o artigo que autorizava os estados, municípios e Distrito Federal a estabelecer exclusividade para produtos fabricados em seus territórios. Essa exclusividade é chamada de “margem de preferência”. Bolsonaro afirmou que a margem limitaria a concorrência na licitação.

Outro veto importante ocorreu sobre o dispositivo que determinava ao órgão público o depósito em conta dos recursos necessários antes do início da execução de cada etapa da obra. A razão dada para o veto foi de que a existência de verba não deve ser exigência para a ordem de início do contrato, mas apenas a previsão orçamentária, caracterizada pela nota de empenho.

Fontes: Agência Câmara de Notícias & CNM

O ex-vereador de Buriti (MA), Sargento Vagner, tomou a primeira dose da vacina Coronavac contra o coronavírus na tarde da última quinta-feira (1º), em Teresina, na capital do Piauí.

 Sargento Vagner, 68 anos de idade, foi vacinado por volta das 15h num posto de atendimento drive-thru da capital piauiense.

Em sua mensagem de encorajamento aos conterrâneos, o ex-vereador pede que “os nobres amigos (as) Buritienses façam como o SARGENTO VAGNER, que hoje VACINOU-SE, para procurar as UNIDADES DE SAÚDE da Nossa Querida Buriti-MA, para ser VACINADO com CORONAVAC, para que todos fiquem IMUNIZADOS, com a permissão Deus e Nossa SENHORA!”


Confira no VÍDEO o ex-vereador Sargento Vagner tomando a 1ª dose da vacina contra o coronavírus:

Senhor Miguel Chaves, era hipertênso, e morreu por complicações da covid-19

É com grande pesar que comunicamos o falecimento do senhor MIGUEL DE ARAÚJO CHAVES, 80 anos, ocorrido por volta das 18h deste domingo 4/4. Ele estava internado na UPA de Coelho Neto, a 44 km de Buriti-MA, e morreu vítima de complicações decorrentes da covid-19. Miguel Chaves, natural de Buriti-MA, casado, pai da atual secretária municipal de educação Gabriela Chaves, residia atualmente na Fazenda Torrões, município vizinho de Duque Bacelar.

Não haverá velório e o sepultamento está previsto para ocorrer nesta segunda-feira (5) no Cemitério Municipal São José, centro da cidade de Buriti-MA.

NOTA DO CORREIO BURITIENSE

Neste momento de dor e luto este Correio Buritiense presta sua solidariedade aos amigos e familiares do senhor Miguel Chaves, em especial, à secretária de educação Gabriela Chaves, companheira e amiga particular do redator-chefe deste blog, por esta irreparável perda. Rogamos a Deus pelo conforto de todos que sofrem esta grande dor, em que as palavras se apequenam e o espírito busca amparo na Fé. Tenham força e acreditem que com o tempo tudo ficará mais fácil e a memória de Miguel Chaves continuará viva.

Bom diaaa, meu Bacurizeiro Rei!

Eu era ainda um garoto de apenas oito anos de idade quando Te conheci já adulto e um próspero trabalhador na produção de frutos saborosíssimos, que beneficiavam a população do meu povoado LARANJEIRAS, Espingarda, Mato Seco e até de povoados mais distantes. Eras PAI de numerosos filhos, que Te rodeavam e Te seguiam em beleza e arte de produção, seguidos por outros irmãos Teus, todos obedientes a outros Frondosos produtores Anciões, que povoavam as nossas chapadas e outras áreas dos baixios buritienses juntamente com outras famílias de árvores frutíferas, as quais seguiam o Teu mesmo compromisso de servir os humanos com uma variedade de frutos de sabores agradabilíssimos diversos, com destaque para os Pequizeiros.

Tu, meu Bacurizeiro Rei e a tua família, produziam, no entanto, frutos tão maravilhosamente úteis, porque com eles produziam-se doces, musses, sucos, sorvetes, picolés, bolos, sabões e até  madeira de LEI,  como diziam os construtores de casas,  residências igrejas e prédios públicos, eras mais uma fonte grande fonte de riqueza, haja vista que com a tua madeira se fabricavam ripas, caibros, portas, janelas, esquadrias, estantes, guarda-roupas, mesas, cadeiras, tamboretes e outros utensílios de uso doméstico. Eras com a tua bela Raça, muito cobiçados, e ainda o são em face dessas utilidades.

Por isso passaram as populações beneficiárias desses produtos tão importantes em suas vidas, a praticarem duas Ações em torno de Vocês, uma benéfica, de conservação ou preservação da espécie, que consistia em plantarem nas suas propriedades, as sementes ou caroços e as mudinhas dos bacuris que nasciam naturalmente em torno de vocês. Outra maléfica, predatória, a derrubada de Bacurizeiros das Chapada sem se preocuparem com as reposições necessária nas áreas agredidas.

Posteriormente mais uma ação, a mais  danosa se junta a estas duas, a chegada de Empresas de plantio de soja, vindas de outras regiões do país, com um poder muito mais destruidor, pois envolve a compra de propriedade de grandes e pequenos proprietários rurais, a maioria movida pela ambição unida à ignorância que se quedaram e ainda se queda freneticamente à FORÇA do dinheiro dessas Empresas, dinheiro fácil adquirido dos cofres públicos, do contribuinte, para garantirem o pagamento da aquisição das propriedades dos conterrâneos locais e colocarem VOCÊS, meu Bacurizeiro Rei, nesta trágica, triste e desesperadora situação de humilhados ao  perderem os  seus filhos pela ação de Máquinas pesadas e do Fogo brutal lançado sobre todas as nossas floresta,  por  Mãos assassinas movidas por mentes cruéis, com o apoio irresponsável de Instituições públicas brasileiras nos três níveis de governos dirigidos por administradores incompetentes, ou simplesmente  desonestos e corruptos.

Vim com o meu pai e os meus Irmãos várias vezes, por vários anos, neste local e nos abrigávamos na sombra dos Teus fortes galhos cheios de uma folhagem acolhedora, colhíamos os frutos Teus, dos teus filhos e dos teus pais, envolvidos por uma brisa que nos matava a sede, tal o frescor das folhagens de todos.

Agradecidos a VOCÊS e à Natureza Criadora nos despedíamos na certeza de um até breve.

Hoje retornei neste mesmo local, sozinho e sozinho Te encontrei VIVO, no entanto, nós dois entristecidos e acabrunhados, pelo desrespeito e pelo o desprezo que Te impuseram!

Onde morava a tua família existe agora um Campo Verde de Soja de um Verde Hostil e Fúnebre, que nos entristece, nos amedronta e me dá NOJO, no entanto, me revolta e reforça a minha FÉ e me impulsiona a IMPLORAR ao nosso PAI SANTO, no sentido de dar-me força para lutar por Ti e pela que resta da Tua Família, porque necessitamos de VOCÊS, meu querido Bacurizeiro Rei, meu AMIGO.

Eu voltarei pra te rever, com Novidades Alvissareiras, confie e aguarde-me!


SOBRE O AUTOR

É buritiense, ardoroso amante da sua terra, deu seus primeiros passos no velho Grupo Escolar Antônia Faria, cursou o Ginásio Industrial na Escola Técnica Federal do Maranhão e Científico no Liceu piauiense e no Liceu maranhense, bacharelou-se em Direito pela Faculdade de Direito/UFMA, é advogado inscrito na OAB/MA, ativo, Pós-graduado em Direito Civil, Direito Penal e Curso de Formação de Magistrado pela Escola de Magistrados do Maranhão, Delegado de Polícia Civil, Classe Especial, aposentado, exerceu todos os cargos de comando da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, incluindo o de Secretário. Detesta injustiça de qualquer natureza, principalmente contra os pobres e oprimidos, com trabalho realizado em favor destes, inclusive na Comarca de Buriti.


Informe Epidemiológico nº 57/2021, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde – Semus nesta quinta-feira 1º de abril, às 18h, registra 36 casos positivos da covid-19 em Buriti - MA e 22 suspeitos de terem contraído a doença do novo coronavírus. Dos doentes, 35 estão em isolamento domiciliar, 1 (um) paciente está internado em UTI.


Em 2021, já foram anotadas 325 notificações sobre a covid-19. Do início da pandemia, em 11 de março de 2020, um total de 864 casos foram confirmados, sendo 808 recuperados e 20 óbitos. Outros 900 casos foram descartados.

O ex-vereador de Buriti (MA) Sargento Vagner publicou hoje (31) uma NOTA DE PESAR pelo falecimento da MARIA DA CONCEIÇÃO SILVA COSTA, 59 anos, que ocorreu ontem, terça-feira 30 de março de 2021. 

LEIA ÍNTEGRA DA NOTA DE PESAR:

 O ex-vereador de Buriti (MA) Sargento Vagner publicou hoje (31) uma NOTA DE PESAR pelo falecimento da professora MARIA ASSUNÇÃO VERAS CAMPOS, 75 anos, que ocorreu ontem, terça-feira 30 de março de 2021. 

LEIA ÍNTEGRA DA NOTA DE PESAR:

 A Prefeitura Municipal de Buriti divulgou NOTA DE PESAR pela morte da buritiense MARIA DA CONCEIÇÃO SILVA COSTA, popular CONCEIÇÃO COSTA, 59 anos, ocorrida nessa terça-feira, 30 de março de 2021. Ela foi vítima da covid-19.

LEIA ÍNTEGRA DA NOTA DE PESAR:


   A Prefeitura Municipal de Buriti divulgou NOTA DE PESAR pela morte da professora  professora MARIA ASSUNÇÃO VERAS CAMPOS, 75 anos de idade, ocorrida nessa quinta-feira, 30 de março de 2021. Ela foi vítima da covid-19.

LEIA ÍNTEGRA DA NOTA DE PESAR:

O sociólogo Paulo Romão, pré-candidato ao Senado pelo Partido dos Trabalhadores (PT), enviou correspondência aos institutos de pesquisa em atuação no Maranhão exigindo mais respeito ao real quadro de pretensões políticas do estado para as eleições de 2022. A iniciativa veio a reboque das pesquisas divulgadas na última semana em que não figura o nome de Romão como postulante da vaga para senador pelo estado.

O sociólogo afirmou que o “apagamento” da candidatura do PT nas pesquisas lhe causou estranheza, já que a blogosfera maranhense deu a devida visibilidade à disponibilização de seu nome na disputa em dezembro. “Este expediente que solenemente ignora nossa pretensão é desrespeitoso por demais e é negador do real debate político proposto”, avalia o petista.

Ele chega a questionar figuras postas nas pesquisas e que sequer anunciaram interesse em entrar na disputa por uma cadeira no senado. “Não me parece democrático e transparente simplesmente ignorar que nossa pretensão de disputar o senado federal está em curso e em discussão junto ao partido a que pertenço”, pontua Romão.

Confira íntegra da nota:

Candidatura

Há vinte anos no partido de Lula, Paulo Romão é o atual secretário estadual LGBT do PT no Maranhão e anunciou publicamente sua intenção de concorrer ao senado na vaga aberta pelo fim do mandato de Roberto Rocha no dia 6 de dezembro.

Na ocasião, em carta aberta aos dirigentes do partido e à sociedade, Paulo Romão citou sua vontade de debater outras perspectivas de desenvolvimento para o Maranhão. Agora, ele reitera a posição de não desistir diante da dificuldade, exigindo a inclusão de seu nome nas próximas pesquisas.

“Acredito que o exercício contínuo da democracia exige de cada um de nós o máximo respeito ao pluralismo de ideias e posições. É nosso direito como cidadão e é direito de todo o povo maranhense ter opções a escolher”, encerra.

É com grande pesar que comunicamos o falecimento da senhora MARIA ASSUNÇÃO VERAS CAMPOS, simplesmente ASSUNÇÃO VERAS, 75 anos, ocorrido por volta das 20h30 de ontem, terça-feira 30/3. Ela estava internada no Hospital de Urgência de Teresina – HUT e teve uma parada cardiorrespiratória por infecção do novo coronavírus.

ASSUNÇÃO VERAS, que residia desde 2019 em Teresina-PI, era pedagoga e exerceu o magistério por mais de 5 décadas. Também foi secretária da Câmara Municipal na administração do ex-prefeito Antônio Dutra. Viúva, deixa 2 filhos, 10 netos e 6 bisnetos. O sepultamento será no Cemitério Municipal São José.

 Biografia da Professora Assunção Veras, extraída da homenagem da UNOPAR

 Maria Assunção Veras Campos, nasceu no dia 18 de maio de 1945, em Buriti - MA, filha de Vitorino Veras Filho e Eusebia Marques da Silva. Teve ao todo nove irmãos. Ainda criança, Assunção Veras tinha dois sonhos: ser professora e advogada. Conseguiu realizar um de seus sonhos que foi o de lecionar. Na antiga União Artística Operária Buritiense foi construindo e aprendendo como se devia ensinar com a prática e os esforços já adquiridos.

Trabalhou no IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas) por 4 anos como auxiliar do Chefia. Foi secretária da Câmara Municipal na gestão do prefeito Antônio Dutra.

Em 1971, casou-se com Manoel Ferreira Campos, com quem teve 3 filhos: Roberlan, Alessandro e Maykon, permanecendo casada até 2014, ano de falecimento de seu marido. Em 1975, foi nomeada professora municipal na gestão do então prefeito Benedito Machado, continuando na União artística, depois foi transferida para Unidade de Ensino Inácia Vaz, passando também pelo colégio Complexo Educacional Professora Carmem Costa. Foi diretora temporária da U.I Antônio farias. Em 1982, foi nomeada pelo Estado. Foi também ecute do Mobral (Movimento Brasileiro de Alfabetização), logo após, foi promovida a Presidente.

Da U.I Antônio Farias foi transferida ao Centro de Ensino Maria Luiza Novaes Viana, nesta última, assume função na secretaria nos dois turnos, com muito esforço conseguiu finalizar o ensino superior na graduação Bacharel em pedagogia no ano de 2014 .

 É com grande pesar que comunicamos o falecimento da senhora MARIA DA CONCEIÇÃO SILVA COSTA, popular CONCEIÇÃO COSTA, 59 anos, ocorrido por volta das 19h30 de ontem, terça-feira 30/3. Ela estava internada no Hospital Tomaz Martins, na cidade de Santa Inês, a 360 km de Buriti-MA, e morreu vítima de complicações decorrentes da covid-19.

CONCEIÇÃO COSTA, que morava na Rua Santo Antônio, próximo à Delegacia, era técnica de enfermagem aposentada pelo Estado, trabalhou no Posto de Saúde nas gestões dos ex-prefeitos Neném Mourão e Naldo Batista, e atuou na secretaria escolar da antiga Unidade Integrada Antonio Farias por uns tempos. Separada, deixa 2 filhos e 2 netos. O sepultamento está previsto para ocorrer ao meio-dia de hoje (31) no povoado Barro Branco, onde residem seus familiares.

Este Correio Buritiense presta solidariedade aos amigos e familiares de Conceição Costa por esta irreparável perda e rogamos a Deus pelo seu conforto neste momento de grande dor, em que as palavras se apequenam e o espírito busca amparo na Fé.

 Pedagoga Assunção Veras e a técnica em enfermagem Conceição Costa não resistiram à letalidade do coronavírus.

Na noite desta terça-feira 30/3, duas buritienses perderam a vida para covid-19. As vítimas foram a técnica em enfermagem Maria da Conceição Silva Costa, 59 anos, que morreu por volta das 19h30, internada no Hospital Tomaz Martins, em Santa Inês; e a pedagoga Maria Assunção Veras Campos, 75 anos, que morreu às 20h30, internada no HUT - Hospital de urgência de Teresina.

O Informe Epidemiológico nº 55/2021, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde – Semus nesta terça-feira 30/3, às 18h, registra 38 casos positivos da covid-19 em Buriti - MA e 30 suspeitos de terem contraído a doença do novo coronavírus. Dos doentes, 36 estão em isolamento domiciliar, 1 (um) paciente está internado em UTI e 1 (um), em clínica.

Em 2021, já foram anotadas 322 notificações sobre a covid-19. Do início da pandemia, em 11 de março de 2020, um total de 864 casos foram confirmados, sendo 806 recuperados e 20 óbitos. Outros 890 casos foram descartados.

  

A poesia maranhense está de luto com a morte do poeta caxiense FRANCISCO DE ASSIS CARVALHO DA SILVA JUNIOR, popular Carvalho Júnior, 35 anos, ocorrida nesta terça-feira 30/3, devido a complicações decorrentes da covid-19. Ele lutava contra a doença na UTI do Hospital Macrorregional de Caxias, onde passou mais de um mês internado.

Carvalho Júnior, professor com cargo de gestor da escola estadual Gonçalves Dias, era membro-fundador da Academia Caxiense de Letras, ocupando a Cadeira nº 02, patronada por Clóvis Beviláqua Vidigal, e membro efetivo da Academia Sertaneja de Letras, Educação e Artes do Maranhão (Asleama). Vencedor do Troféu Nauro Machado no I Festival Maranhense de Conto e Poesia, promovido pela UEMA em 2015.

Publicou os livros de poemas Mulheres de Carvalho (Café & Lápis, São Luis, 2011), A Rua do Sol e da Lua (Scortecci, São Paulo, 2013), Dança dos dísticos (Editora Patuá, São Paulo, 2014), No alto da ladeira de pedra (Editora Patuá, São Paulo, 2017) e O homem-tijubina & outras cipoadas entre as folhagens da malícia (Editora Patuá, São Paulo, 2019). Tem poemas publicados em antologias e revistas literárias nacionais. Fica uma lacuna em Caxias e no universo cultural maranhense.

Carvalho Júnior deixa esposa e duas filhas, além de muitos amigos entristecidos com seu precoce falecimento.

A Academia Caxiense de Letras e a Asleama emitiram nota d pesar. Confiram abaixo.

     O Informe Epidemiológico nº 54/2021, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde – Semus nesta segunda-feira 29/3, às 18h, traz um aumento de 11 casos confirmados de covid-19, entre sábado (27) e hoje, o que elevou para 39 o número de pacientes ativos com doença em Buriti – MA.  Há ainda outros 30 suspeitos de terem contraído a doença do novo coronavírus. Dos internados, 1(um) paciente está em UTI e 1 (um) em clínica.

Em 2021, já foram anotadas 317 notificações sobre a covid-19. Do início da pandemia, em 11 de março de 2020, um total de 861 casos foram confirmados, sendo 802 recuperados e 20 óbitos. Outros 888 casos foram descartados.

 Ela estava internada na cidade de Coelho Neto e morreu na tarde deste sábado (27) após parada cardiorrespiratória consequência da doença do coronavírus.

A Secretaria de Saúde – Semus de Buriti – MA confirmou, por comunicado publicado há pouco, o primeiro óbito em criança causado pela COVID-19. Segundo as informações do Comunicado, a criança tinha apenas 1 ano de idade e estava internada na cidade vizinha de Coelho Neto (MA), após regulação da equipe de da Semus de Buriti-MA.  Ela tinha comorbidades e o estado de saúde se agravou com parada cardiorrespiratória e insuficiência respiratória aguda causada pela COVID-19.  Não resistiu e morreu por volta das 13h de hoje (27).

A SEMUS diz estar incansavelmente em alerta a todos os casos de COVID.19. “Alertamos a toda sociedade a seguir os protocolos sanitários para evitar a proliferação do vírus e aqueles que apresentarem quaisquer sintomas gripais ou sintomas de dificuldade respiratória, procurem imediatamente o centro de Referência Municipal Contra a Covid-19.”, diz o informe.

Com este óbito, sobe para 20 o número de mortes por Covid-19 em Buriti (MA).  São 847 diagnósticos positivos, 28 ativos e 35 suspeitos de contraírem a doença. 

 INFORME EPIDEMIOLÓGICO nº 53, da sexta-feira 26/3, porém divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde – Semus somente neste sábado 27/3 por razões técnicas, segundo informou em nota o DECOM, registra duas mortes por covid-19 em 24h. Agora o total de óbitos pela doença do novo coronavírus chega a 19 (dezenove) em Buriti/MA, o que representa 2,24% dos casos posititvos. Não foi especificado nenhum detalhe sobre os dois óbitos pela Semus no boletim.  Também foram contabilizados 29 (vinte e nove) casos positivos ativos e mais 35 suspeitos de contraírem a doença.  Dois pacientes estão internados em clínica e um está internado em UTI do Hospital Regional de Caxias.

Em 2021, já foram registradas 292 notificações sobre a doença do novo coronavírus. Do início da pandemia, há pouco mais de um ano, em 11 de março de 2020, um total de 847 casos foram confirmados, sendo 799 recuperados (94,33%). Outros 882 casos foram descartados.


* Editado às 18h09 de hoje (27) para substituição do boletim corrigido pela Semus

Odonto Company Buriti - Rua da Bandeira, nº 25, salas 10 e 11, Centro.

BIOLAB - Rua Antônio Pereira Mourão, em frente ao HTB(Clínica)

PAINEL DO LEITOR - COMENTÁRIOS RECENTES

Aviso de Cookies