ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

Coluna SEXTA DE NARRATIVAS – OS NEGOS VELHOS OU MEUS PRETOS DO PASSADO E OS NEGROS DE AGORA.

Todas as minhas lembranças têm ligações com a minha infância ou meninice e no meu caminhar até hoje vividos na minha Buriti querida, haja vista que dela nunca me separei, ainda que morando em outras cidades, pois sempre, ano a ano eu a visitava e convivia com os meus familiares e amigos diletos. Os meus familiares e os meus amigos eram e são um misto de caboclos entre os quais estou incluído, brancos, negros e até mestiços como o fenomenal ciclista PACOTE, Raimundo Pacote, sobre quem já escrevi.


Os meus amigos NEGROS, eu os tratava carinhosa e respeitosamente por Meu Nego, Nego Velho ou meu Preto, seguindo meus Pais, meus Avós e os meus tios que assim tratavam os seus amigos e compadres. Hoje hipocritamente, no meu entendimento, se demoniza esse tratamento objetivando-se criminalizá-lo absurdamente na modalidade Crime de Racismo.


Tive e tenho muitos amigos NEGROS, embora eu sempre diga com convicção que em se tratando de gente, só temos uma Raça, a RAÇA HUMANA. Os Negros foram e são constantes na minha vida, desde colegas de Grupo Escolar em Buriti, Escola Técnica Federal do Maranhão, Liceu Maranhense e Universidade e entre colegas e amigos advogados e juízes. Em Buriti, destaco alguns dentre os muitos, todos merecedores do meu apreço. Assis Veras e Francisco Pereira saudosos colegas de turma do primário, ZEFULÔ, Caneco, Maria Paulino, Dona Catarina, seu Lourenço o melhor cozinheiro buritiense da época, Maria José Sousa dona do Hotel Pacaembu em Buriti e do Hotel Chapadinhense em Chapadinha onde hospedei-me muitas vezes e fui sempre tratado com CARINHO por ela e Thiago seu esposo e o seu filho Francisco.


Todas os citados eram queridos por todos os nossos conterrâneos, e nenhum deles se ofendia com o tratamento a que me refiro. Vejo com tristeza nos dias atuais, muitos Negros que conseguiram um grau de formação educacional e profissional elevado, perderem-se em discursos agressivos e desnecessários para contarem as suas Histórias vitoriosas, gritando que são Negros, que usarão os seus cabelos e as suas vestes, exageradamente extravagantes porque são INDEPENDENTES e PREPARADOS, atitude que tira o brilho das suas vitórias admiráveis.


Não DISCRIMINO e nem deprecio os nosso irmãos negros, os amo e LUTO para que sejamos verdadeiramente uma só RAÇA.
SOBRE O AUTOR

É buritiense, ardoroso amante da sua terra, deu seus primeiros passos no velho Grupo Escolar Antônia Faria, cursou o Ginásio Industrial na Escola Técnica Federal do Maranhão e Científico no Liceu piauiense e no Liceu maranhense, bacharelou-se em Direito pela Faculdade de Direito/UFMA, é advogado inscrito na OAB/MA, ativo, Pós-graduado em Direito Civil, Direito Penal e Curso de Formação de Magistrado pela Escola de Magistrados do Maranhão, Delegado de Polícia Civil, Classe Especial, aposentado, exerceu todos os cargos de comando da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, incluindo o de Secretário. Detesta injustiça de qualquer natureza, principalmente contra os pobres e oprimidos, com trabalho realizado em favor destes, inclusive na Comarca de Buriti.



3 comentários: Leave Your Comments

  1. Achei que a coluna tivesse acabado. Muito bom ouvir suas histórias.

    ResponderExcluir
  2. Meu caro conterrâneo e leitor Paulo.
    Agradecido de ❤, por prestigiar esta Coluna !!!

    ResponderExcluir
  3. Meu caro conterrâneo e leitor PAULO.
    GRATO de ❤, por prestigiar esta Coluna !!!

    ResponderExcluir

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ofensas pessoais, mensagens preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, ou ainda acusações levianas não serão aceitas. O objetivo do painel de comentários é promover o debate mais livre possível, respeitando o mínimo de bom senso e civilidade. O Redator-Chefe deste CORREIO poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.


BIOLAB - Rua Antônio Pereira Mourão, em frente ao HTB(Clínica)

PAINEL DO LEITOR - COMENTÁRIOS