ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

Cantora diz que teve de encerrar show antes do tempo contratado por não mandar alô a prefeito (confira o vídeo)

"Eu fui contratada para cantar, não para ficar mandando alô", disse a artista ainda no palco.


A cantora Tayara Andreza contou pelas redes sociais na madrugada de domingo 3/7 que teve seu show em Tracunhaém, Zona da Mata de Pernambuco, interrompido porque não “estava mandando alô” ao prefeito da cidade, Aluízio Xavier.


O G1 contatou a comunicação de Tracunhaém, que afirmou, por telefone, que o prefeito Aluízio Xavier (PSD) não estava no local no momento do ocorrido e que estava apurando os fatos para poder se pronunciar.


Segundo a artista, sua equipe ainda foi agredida com spray de pimenta na saída do “Trezenário de Tracunhaém”. Os autores da agressão seriam pessoas que prestavam serviço para a festa.


“Fiquei sabendo agora que o pessoal aqui da prefeitura está pedindo para a gente encerrar o show. Que eu saiba, eu fui contratada para cantar, não para ficar mandando alô. Aí o prefeito, não sei mais quem, porque eu não estava mandando alô, pediu para eu encerrar o show”, disparou Tayara ainda no palco.

 

CARREIRA

 

Tayara Andreza, de 29 anos, estourou com a Banda Torpedo, fazendo dupla por cinco anos com Deivison Kellrs nos vocais. Os dois participaram do quadro “É Pipoco”, do NE1, falando sobre o sucesso da banda.

 

Então grávida, Tayara comemorava ter deixado de trabalhar como atendente. Nas vozes de Deivison e Tayara, grandes sucessos da Banda Torpedo foram consagrados, como “Foi amor”, “Como a culpa é minha” e “Diz na minha cara”. Deivison faleceu em 2018, aos 30 anos, de câncer no fígado.

 

A cantora consolidou na carreira solo o brega romântico, que a lançou com a Torpedo. Um dos principais hits atuais da cantora é a “Atual do meu ex”, que viralizou no TikTok.

(BRASIL 247)

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ofensas pessoais, mensagens preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, ou ainda acusações levianas não serão aceitas. O objetivo do painel de comentários é promover o debate mais livre possível, respeitando o mínimo de bom senso e civilidade. O Redator-Chefe deste CORREIO poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.


Odonto Company Buriti - Rua da Bandeira, nº 25, salas 10 e 11, Centro.

BIOLAB - Rua Antônio Pereira Mourão, em frente ao HTB(Clínica)

PAINEL DO LEITOR - COMENTÁRIOS