ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

PROFESSORES EFETIVOS E CONTRATADOS DA REDE ESTADUAL DO MARANHÃO RECEBERÃO REAJUSTE SALARIAL

Com a medida, o professor com jornada de 40 horas semanais, em início de carreira, que atualmente recebe R$ 6.358,96, terá a remuneração de R$ 6.867,68.

Reajuste salarial beneficia professores da rede estadual - Foto: Divulgação.

Professores efetivos e contratados da Rede Pública Estadual de Ensino do Maranhão terão seus salários reajustados a partir do dia 1° de fevereiro de 2022, conforme Medida Provisória encaminhada pelo governador Flávio Dino, nessa segunda-feira 13/12, à Assembleia Legislativa. Com esse ato, haverá reajuste no vencimento-base dos docentes do Subgrupo Magistério da Educação Básica e dos educadores contratados temporariamente.

Conforme a MP, servidores públicos estaduais do Subgrupo Magistério da Educação Básica, ativos e inativos terão um reajuste de 8% em seus vencimentos, independentemente do nível ou referência na carreira. Dessa forma, o professor com jornada de 40 horas semanais, em início de carreira, que atualmente recebe R$ 6.358,96, terá a remuneração de R$ 6.867,68. Mais uma vez, um destaque nacional como o maior valor pago ao docente com essa jornada no país.

Já os professores contratados temporariamente pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), no regime de 20 horas, receberão 30% sobre seus vencimentos, um impacto importante na remuneração desses professores que atuam por tempo determinado, na Rede Estadual de Ensino.

O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, destacou que a medida segue a política de valorização dos profissionais da educação. Ele frisou que recentemente o Governo do Estado concedeu progressões, titulações, promoções e gratificações do Profuncionário aos educadores.

“Progressões, titulações, promoções, Profuncionário e agora 8% de reajuste. Compromisso e respeito com os profissionais da educação do nosso estado. Em vez de abono ou parcela única de ‘sobra de FUNDEB’, que já é utilizado 100% para pagamentos dos professores do Maranhão, o governo Flávio Dino concede, nesse momento, reajuste salarial aos professores da Rede Estadual. Direito permanente e não parcela esporádica. Mais uma grande conquista para os profissionais em educação da rede estadual!”, enfatizou.

Na Medida Provisória (MP) n° 373/2021, editada pelo governador Flávio Dino, serão contemplados, também, outros servidores estaduais da Administração Pública Estadual Direta, Autárquica e Fundacional do Maranhão: policiais militares e bombeiros, policiais civis, fiscais agropecuários, auxiliares e técnicos penitenciários, analistas e assistentes de trânsito, entre outros cargos e carreiras.

“As mudanças observam as especificidades de cada carreira, além dos benefícios concedidos a cada uma, desde 2015. Ademais, a presente proposição observa as disponibilidades orçamentárias e financeiras, bem como os indeclináveis limites da Lei de Responsabilidade Fiscal”, diz o texto da Medida Provisória.

As majorações serão implantadas de forma escalonada: em 1º de fevereiro de 2022, cada reajuste será efetuado em 50% e a partir do dia 1° de março de 2022, cada reajuste será implantado em sua totalidade, como forma de preservar o equilíbrio das contas públicas estaduais.

Fonte: Seduc

15 comentários: Leave Your Comments

  1. Enquanto isso, em Buriti Maranhão nem diarios de classe foi recebido. É UM ANO HISTÓRICO, PRA NOSSA EDUCAÇÃO.

    ResponderExcluir
  2. No Buriti, a EDUCAÇÃO é barganha de politicos, enquanto isso estiver acontecendo nós teremos isso que estamos passando, colocando pessoas sem qualificação pra administrar. Ja visto isso no mandato anterior e estamos vendo isso agora.

    ResponderExcluir
  3. Um analfabeto não deveria nem se candidatar e imagine Governar um município, realmente, o povo tem culpa.

    ResponderExcluir
  4. Enquanto Buriti paga o décimo terceiro alguns pagam o décimo quarto,enquanto ele pensa se vai pagar o quarto outros tem data ora pagar o quinto.
    Eita Buriti terra de ninguém é de todos ao mesmo tempo

    ResponderExcluir
  5. Eu avisei secretária vc vai pagar caro por essas assinaturas compctuando com o roubo do prefeito.
    É muito roubo a céu aberto.
    Duas matrícula, que necessidade vc tem de se envolver nessa sujeira.

    ResponderExcluir
  6. E o pior assinando esses absurdos de notas fantasmas.Mentindo

    ResponderExcluir
  7. Roubo roubo roubo muito roubo bastante roubo.O que seu Genilson está fazendo era o que os vereadores deveriam fazer fiscalizar e não serem coniventes.
    A única oposição que temos hoje é seu Genilson que tem esclarecimento suficiente pra trazer a conhecimento de todos essas empresas frutas que estão enricando a custa da prefeitura.

    ResponderExcluir
  8. Realmente nunca se viu tanta formação pra professor sem ter aula.

    ResponderExcluir
  9. Jenilson não está fiscalizando e sim procurando um meio para casssar o Arnaldo e assumir sua vaga. Porque ele nunca denunciou ou outros governos? Será Porque estava comendo juntos?

    ResponderExcluir
  10. Tá explicado as fazendas o pátio de vaquejada e sei mais o que.
    É muito desvio minha gente .
    Era pro povo se reunir em frente o ministério público e pedir justiça.

    ResponderExcluir
  11. Secretaria de educação é tão sem noção que está se enforcando com as próprias mãos.Eu pensava que essa mulher fosse mais inteligente mais ela é conivente ela é tida semed

    ResponderExcluir
  12. 11 vereadores, eles é que deveriam fazer esse papel de fiscalizar os recursos públicos não voto mais em nenhum deles.
    São coniventes aprovam qualquer coisa desde que levem vantagem, eu me arrependo tanto de ter votado em um deles não me representa.
    E a presidente uma vergonha, também o que esperar de alguém que toma óleo de peroba dos móveis alheio.

    ResponderExcluir
  13. Rapaz eu me pergunto se em apenas 11 meses de gestão houve todo esse roubo em 4 ,e nos outros 3 anos

    ResponderExcluir
  14. Muito coisa errada o ex prefeito tai muito rico e zombando da cara do povo. Buriti cada vez pior sem saúde sem educação sem nada e eles aí com seus carros e imóveis e fazenda para todo lado. Buriti enquanto viver de favor de político não vai sair dessa situação dpenúria.

    ResponderExcluir
  15. Só que anônimo antes seu Genilson não era o vice.E com certeza tinha roubo sim só que nessa gestão tá demais ,está na vista e o pior em apenas 11 meses .O Naldo ao menos fez alguma coisa pra disfarçar se via algo na cidade e esse que não ver nada nem saúde nem educação. Me desculpe mas nessa gestão tá muito na vista em pouco tempo.

    ResponderExcluir

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ofensas pessoais, mensagens preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, ou ainda acusações levianas não serão aceitas. O objetivo do painel de comentários é promover o debate mais livre possível, respeitando o mínimo de bom senso e civilidade. O Redator-Chefe deste CORREIO poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.


Odonto Company Buriti - Rua da Bandeira, nº 25, salas 10 e 11, Centro.

BIOLAB - Rua Antônio Pereira Mourão, em frente ao HTB(Clínica)

PAINEL DO LEITOR - COMENTÁRIOS