ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

Coluna SEXTA DE NARRATIVAS - PEDRO BODÍM E O MEU ENTERRO

 

PEDRO DA CONCEIÇÃO, conhecido e tratado pelos que o conheciam pela alcunha de PEDRO BODÍM, era um buritiense trabalhador braçal, que desenvolvia as suas atividades no Engenho de Cana de Açúcar e no capinzal do senhor Miguel Barbosa, na Rua do Curral, hoje Rua da Bandeira, quando eu era um garoto na minha Buriti querida.  Seu Miguel Barbosa, pai do dentista prático Eliezer, de Edson, de Guido e da bela Dagmar era amigo do meu Pai e do meu avô Pio Passos.

Eu, o meu irmão Wilson e os meus primos que morávamos e estudávamos na cidade, éramos amigos do Edson e do Guido, que tinham idades próximas da maioria. Também laborávamos na busca de capim, num cercado arrendado pelo meu avô, situado na Rua João Roberto, cujo cercado era fronteiriço com o do seu Miguel Barbosa, onde Pedro Bodim diariamente era visto trabalhando. Ele era meio gago e por esse motivo, a meninada gostava de brincar imitando - o, a cujas provocações ele sempre reagia mais gago ainda.

Chegávamos no nosso cercado, nos escondíamos e começávamos a gritar, de vários pontos: ÊH PPPDDDUU HÓDDIIM, HÊÚ HÉRU O HÊU HÁPÍM CCÊU SONSON, SÔN - ÍM! Sem entender bem o que falávamos ele esbravejava:  CCC, CCÊUZ DIDI, DIDI, DIDIÁBUS DUDDU DUDÚZ INFEÉ, INFEFÉRNU, HEHÊU CUNCUN - ÊÇUÇUÇU VOVÔ, VOVÔ ÇCÇÊIZ.

Para nós era simplesmente impagável aquela gozação, até que num dia nublado e tarde fria, resolvemos dar um susto no Pedro Bodim, ao vê-lo passar tocando três jumentos rumo a Olaria para buscar tijolos. Os maiores, mais velhos e mais SAFADOS, combinaram me Enterrar na areia debaixo de um juazeiro frondoso, por onde todos passavam obrigatoriamente, e Pedro Bodim não escaparia.

Enterraram-me até o pescoço e me treinaram para esperar a passagem da nossa vítima. Eu tinha de esperar os jumentos carregados de tijolos se aproximarem então começar a gritar desesperado, chorando e dizer que uns Homens haviam tomado o meu dinheiro e me deixaram nu, para eu não poder voltar para casa. Foi um excelente teste para ator, que eu logrei êxito, segundo os meus diretores de produção teatral.

Tudo pronto, apareceu o Pedro Bodim e sua tropa de jumentos, que ao chegarem perto de mim e ouvirem os meus gritos e choro desesperado, assustados, correram e derrubaram as cargas.
Desesperado, meu Salvador correu até à sepultura e começou o interrogatório: MIMI, MIMI, NIN, NINI NUUU   QEEN QUEN QUEEN FÉFÊ FFEEEZ III IIÇUU?

Antes de eu começar a entregar os Malfeitores, eles apareceram gritando: te enganamos Pedro Bodiiim, te enganamos seu pamonhaaa! E antes que ELE pudesse reagir, todos começaram a juntar os jumentos e os tijolos derramados, repondo as cargas.

Pedro Bodim, recuperado do susto, começou a rir e rindo, os meus primos disseram: fala cantando, que dá certooo, e o milagre aconteceu, Pedro Bodim consegui dizer cantando e rindo   VOCCCÊS SÃÃO ÚUNS CACHOOORRUS, e seguiu o seu caminho, balançando a cabeça e rindo satisfeito.

Daquele dia em diante, nunca mais apoquentamos o nosso Amigo Pedro Bodim, que a cada encontro conosco sinalizava com as mãos e sorria lembrando da nossa brincadeira de crianças peraltas, como diziam os nossos pais e os nossos avós.

Meu caro PEDRO BODIM, meu inesquecível amigo. Onde quer que VOCÊ esteja eu sei que está bem, porque VOCÊ foi bondoso no seu CAMINHAR Terreno e por sua grandeza em generosidade, eu o HOMENAGEIO com o Título Simbólico de PEDRO DA CONCEIÇÃO, UM GAGO VALOROSO da História de Buriti e da minha INFÂNCIA.


SOBRE O AUTOR

É buritiense, ardoroso amante da sua terra, deu seus primeiros passos no velho Grupo Escolar Antônia Faria, cursou o Ginásio Industrial na Escola Técnica Federal do Maranhão e Científico no Liceu piauiense e no Liceu maranhense, bacharelou-se em Direito pela Faculdade de Direito/UFMA, é advogado inscrito na OAB/MA, ativo, Pós-graduado em Direito Civil, Direito Penal e Curso de Formação de Magistrado pela Escola de Magistrados do Maranhão, Delegado de Polícia Civil, Classe Especial, aposentado, exerceu todos os cargos de comando da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, incluindo o de Secretário. Detesta injustiça de qualquer natureza, principalmente contra os pobres e oprimidos, com trabalho realizado em favor destes, inclusive na Comarca de Buriti.

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ofensas pessoais, mensagens preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, ou ainda acusações levianas não serão aceitas. O objetivo do painel de comentários é promover o debate mais livre possível, respeitando o mínimo de bom senso e civilidade. O Redator-Chefe deste CORREIO poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.


Odonto Company Buriti - Rua da Bandeira, nº 25, salas 10 e 11, Centro.

BIOLAB - Rua Antônio Pereira Mourão, em frente ao HTB(Clínica)

PAINEL DO LEITOR - COMENTÁRIOS