!-- PLUGIN BARRA DE COOKIES -->
ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

Coluna SEXTA DE NARRATIVAS - MARIA MACEDO, MÁRTIR E MILAGROSA

 

MARIA MACEDO, uma jovem buritiense nascida no Povoado Barra do Domiciano (Domiciano Duro de Oliveira), bonita, prendada, realizou o Sonho mais dourado de toda jovem da sua idade, o Casamento com o Príncipe Encantado.

Tudo na VIDA do casal seguia o seu Curso normal até o dia em que o seu cônjuge, o Senhor Antonio José, conhecido por ANTONIO PISTON sem justificativa, passou a ter o sentimento do Ciúme Doentio da jovem Maria, que embora sofrendo as agruras das acusações infundadas, tentava salvar o Casamento.

A história de casamento mal sucedido e o malfadado conselho que virou adágio popular " ruim com ele, pior sem ele ", ia mantendo a vida a dois no limite do tolerável, para ela e para as famílias dos dois, que jamais imaginaram pudesse acontecer sequer a separação pura e simples sem arranhões físicos.

Maria se conformava com as promessas do esposo quando este afirmava que iria modificar seu gênio e as suas atitudes, que a amava muito, e ela lhe dava sempre mais um voto de crença e de confiança,
na esperança de que os primeiros meses das Núpcias voltassem, e a União entre eles revigorasse o sentimento que antes parecia sublime e puro.


Ledo engano, pois a maldade já habitava o íntimo do seu companheiro Antonio Piston, que traçara adredemente o plano ardiloso de uma vingança cruel que assustaria as famílias deles, da comunidade Capãozinho onde moravam, de todos os povoados circunvizinhos e de todo o município de Buriti.

Amadurecido o planejamento do desumano companheiro, este o pôs em prática e em um dia de sol do ano de 2001, o Senhor José Alves, um Vaqueiro do Povoado Nova Esperança, antiga Fumaça, ao andar à procura de seu gado bovino nas matas entre esse Povoado e o de Capãozinho, observou um Grupo de Urubustingas sobrevoando um amontoado de galhos verdes amontoados sobre um corpo de mulher.com as vestes rasgadas.

Aproximou - se do local e apavorado, fez o sinal da cruz e pediu FORÇA ao nosso DEUS dizendo: valeeeei-me PAI do CÉU, é a dona Maria Macedo! Me ajudeeeeeeeeee! Em seguida, refeito do susto e com a coragem recuperada, espantou os urubus, passou a gritar por ajuda e duas outras pessoas acorreram ao local e com ele conseguiram juntar os restos mortais de dona Maria Macedo, completamente quebrada a porrete, em adiantado estado de putrefação.

O fato chamou a atenção de todos quantos tomaram conhecimento dessa atrocidade e se juntaram em solidariedade aos restos mortais e à memória da vítima.

O Enterro, mesmo às pressas em razão das circunstâncias, foi assistido por uma Grande multidão em prantos dolorosos. O assassino, desapareceu do município de Buriti e nunca mais foi visto ou conhecido o seu paradeiro, restando pensamentos no sentido de que ele talvez tenha se homiziado no território do vizinho estado do Piauí.

Meses depois dessa Tragédia, o Sepulcro de dona Maria Macedo no Povoado Capãozinho, onde morava, passou a ser visitado diariamente por muitas pessoas, movidos por um sentimento de piedade CRISTÃ e de FÉ, além da Crença de que Ela se tornou Milagrosa, pelo sofrimento da Morte Brutal, portanto beneficiada pela misericórdia do nosso DEUS Criador e JUSTO, e Hoje permanece entre NÓS, através da sua PROTEÇÃO e CURAS Miraculosas aos que recorrem a sua Alma Bendita! O local se tornou um ponto de Romaria e de encontro de Pagadores de Promessas pelos Milagres realizados por Ela.


Esta História VERDADEIRA, teve a colaboração do meu amigo ANTONIO SINÉSIO, de 87 anos de idade e de lucidez espetacular, morador e um dos fundadores do Povoado Fumaça tornado Nova Esperança a pedido dele ao Saudoso e Querido Padre José Costa, que celebrou a Primeira missa e o BATISMO do novo Povoado.
A Você amigo ANTONIO SINÉSIO, o meu preito de GRATIDÃO.

Dona MARIA MACEDO.

Pelo sua VIDA de honradez, pelo seu Sofrimento e Morte, a Senhora ingressou na História da nossa Buriti querida e é merecedora do nosso Amor, do nosso Respeito e o do nosso Acendrado CREDO na atuação da sua ALMA BENDITA!

Em face destes atributos, eu com o apoio de todos os que conheceram a sua História de VIDA Terrena e de Vida Celestial, eu premio a Senhora e a sua Memória, com o Título de MARIA MACEDO, A MÁRTIR E MILAGROSA BURITIENSE!

SOBRE O AUTOR


É buritiense, ardoroso amante da sua terra, deu seus primeiros passos no velho Grupo Escolar Antônia Faria, cursou o Ginásio Industrial na Escola Técnica Federal do Maranhão e Científico no Liceu piauiense e no Liceu maranhense, bacharelou-se em Direito pela Faculdade de Direito/UFMA, é advogado inscrito na OAB/MA, ativo, Pós-graduado em Direito Civil, Direito Penal e Curso de Formação de Magistrado pela Escola de Magistrados do Maranhão, Delegado de Polícia Civil, Classe Especial, aposentado, exerceu todos os cargos de comando da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, incluindo o de Secretário. Detesta injustiça de qualquer natureza, principalmente contra os pobres e oprimidos, com trabalho realizado em favor destes, inclusive na Comarca de Buriti.

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ofensas pessoais, mensagens preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, ou ainda acusações levianas não serão aceitas. O objetivo do painel de comentários é promover o debate mais livre possível, respeitando o mínimo de bom senso e civilidade. O Redator-Chefe deste CORREIO poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.


Odonto Company Buriti - Rua da Bandeira, nº 25, salas 10 e 11, Centro.

BIOLAB - Rua Antônio Pereira Mourão, em frente ao HTB(Clínica)

PAINEL DO LEITOR - COMENTÁRIOS RECENTES