!-- PLUGIN BARRA DE COOKIES -->
ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

UM DOS MELHORES QUADROS DO MARANHÃO, SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO FELIPE CAMARÃO FILIA-SE AO PARTIDO DOS TRABALHADORES (PT)

Na tarde de ontem, segunda-feira 7/6, Felipe Camarão, atual Secretário de Estado da Educação do Maranhão, protocolou pedido de filiação ao Partido dos Trabalhadores. A carta que representa seu pedido formal para integrar o partido foi entregue ao presidente do diretório estadual do PT/MA, Augusto Lobato, na sede do Diretório Estadual do partido, em São Luís.

“É motivo de orgulho estar recebendo o pedido de filiação do Felipe, que é um grande secretário do governador Flávio Dino. Nós vamos encaminhar para a executiva estadual do partido para analisar esse pedido e cumprir as regras estatutárias, assim como de outras solicitações que temos. Ele foi um dos que fez questão de vir entregar nas mãos do presidente. Respeitamos muito o Felipe Camarão, portanto para nós é um motivo de alegria receber a sua intenção de filiação”, destacou o presidente Augusto Lobato.

“Eu venho para somar. Não venho para ser uma estrela, mas venho para ver a estrela do partido brilhar. Venho como militante, como soldado do partido e quero ajudar o PT a ser maior do que já é. Humildemente, quero contribuir para que tenhamos uma bancada maior na Câmara dos deputados, para que possamos ajudar o governo do presidente Lula. Nós temos que ocupar esses espaços, com coletivos, com mulheres, com homens, trabalhadores e trabalhadoras que constroem esse estado. Agradeço muito ao presidente Augusto Lobato que fez a deferência de receber o meu pedido de filiação e me ouvir manifestar meu desejo de me ingressar no PT”, declarou Felipe Camarão.

Em sua carta pedido, Felipe ressalta sua atuação como gestor público desde 2005, quando assumiu, pela 1ª vez, a direção do Procon/MA, cargo ocupado por duas vezes por ele.

“Aos 23 anos, assumi, pela primeira vez, um cargo de gestão pública, qual seja o de Superintendente do PROCON Maranhão. Após, exerci diversas chefias, na Procuradoria Federal no Maranhão, inclusive a chefia geral do órgão no Estado e a subchefia da Procuradoria na UFMA. Participei da equipe de transição do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, tendo sido indicado, por ele, para o cargo de Secretário Municipal de Urbanismo e Habitação. Em 2014, participei da equipe de transição do Governador Flávio Dino e, em seu governo, já exerci os cargos de Secretário de Estado da Gestão e Previdência, da Cultura, de Governo, a Reitoria do IEMA e, hoje, acumulo a presidência da Fundação da Memória Republicana e o cargo de Secretário de Estado da Educação”, destaca trecho da carta.

No governo Flávio Dino, além de gestor da Seduc, Felipe Camarão também acumula o cargo de presidente da Fundação da Memória Republicana. Como secretário de Educação, Camarão é considerado o secretário que mais há mais tempo está à frente da pasta, atualmente com 5 anos e 3 meses como gestor.

“Enquanto Secretário de Educação do Estado, minha função principal, delegada pelo governador Flávio Dino, é levar oportunidade para o filho do trabalhador e da trabalhadora, para que possa ter chances iguais na busca pelo conhecimento. E é o que venho fazendo, por meio do Programa Escola Digna em suas diversas facetas. Hoje, protocolar meu pedido de filiação ao Partido dos Trabalhadores é muito simbólico e me enche de orgulho, mais ainda, por toda minha trajetória, que sempre buscou priorizar as lutas que são bandeiras do partido”, reforçou.

Para Cricielle Muniz, que integra a executiva nacional do partido, “o secretário se soma na luta, sobretudo na luta dos trabalhadores, e é bem-vindo nas trincheiras de luta do partido diante desse cenário desafiador que vivemos”, reforçou.

Sobre Felipe Camarão

 Natural do Rio de Janeiro, filho de um maranhense e uma carioca, Felipe Costa Camarão chegou criança ao Maranhão, onde cresceu e se estabilizou. Iniciou sua vida profissional ainda na adolescência, ministrando aulas de Inglês no curso de sua família. Em 2005, aos 23 anos, dirigiu o Procon/MA, pela primeira vez; cargo que voltou a ocupar em 2011 quando foi convidado a reassumir a direção do órgão.

Ao longo de sua carreira, foi aprovado em concursos públicos para escrivão de polícia civil, analista judiciário do TJ/MA, procurador federal, entre outros. Já como procurador federal, chefiou o escritório de representação da Advocacia-Geral da União e foi procurador-chefe da Procuradoria Seccional Federal do município. No final de 2008, foi nomeado procurador-chefe da Procuradoria Federal no Maranhão. Exerceu, ainda, o cargo de procurador-chefe da Procuradoria Federal Especializada junto ao INSS (PFE/INSS) e o de subprocurador-chefe da UFMA.

Atualmente, além de secretário de Estado da Educação e presidente da Fundação da Memória Republicana do Brasil, Felipe é membro Titular do Fórum Nacional de Educação (FNE), professor da Universidade Federal do Maranhão, membro da Academia Ludovicense de Letras e Sócio do Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão.

Doutorando em Direito pela UFMA e especialista em gestão pública, há 14 anos é Procurador Federal de carreira e professor universitário há 16 anos.

No governo Flávio Dino, já foi secretário de Gestão e Previdência; secretário da Cultura e secretário de Governo, antes de ser nomeado como secretário de Educação.

  Do Página 2

3 comentários: Leave Your Comments

  1. Esse aí é um profissional da área pública, sempre viveu as sobras da política, já até imagino que ele quer ser candidato em 2022, nunca fez uma roça ou uma empresa, ou seja, nunca produziu nada, mas é uma grande "personalidade" ê Brasil acabado.

    ResponderExcluir
  2. O Lula vai após a eleição de 2022 é voltar para a prisão. Aguardem...

    ResponderExcluir
  3. Tem um currículo fantástico, fruto, acredito, dos seus estudos e méritos. Espero que não seja contaminado pela ideologia petista de saquear os cofres públicos passando um recado da falsa política de combate à pobreza.

    ResponderExcluir

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ofensas pessoais, mensagens preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, ou ainda acusações levianas não serão aceitas. O objetivo do painel de comentários é promover o debate mais livre possível, respeitando o mínimo de bom senso e civilidade. O Redator-Chefe deste CORREIO poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.


Odonto Company Buriti - Rua da Bandeira, nº 25, salas 10 e 11, Centro.

BIOLAB - Rua Antônio Pereira Mourão, em frente ao HTB(Clínica)

PAINEL DO LEITOR - COMENTÁRIOS RECENTES