!-- PLUGIN BARRA DE COOKIES -->
ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

Coluna SEXTA DE NARRATIVAS - OS PREFEITOS DE OUTRORA E A CRISE MORAL ENDÊMICA

A despeito dos últimos acontecimentos que tomaram conta dos noticiários buritienses relacionados com a condução da Administração Pública local , fiz uma rápida análise retrospectiva do passado da minha Buriti querida, quando eu era um Menino, que segundo as minhas Inesquecíveis Professoras MESTRAS, Maria Mendes, Assunção Bastos, Terezinha Machado, Jesus Bastos, Raimunda Chaves e Delzuita Faria, com muita convicção diziam em uníssono, que NÓS, os seus alunos seríamos o Futuro do Brasil e o período recente de TRINTA anos, constatando uma brutal derrocada Moral num comparativo com os Gestores da minha bela Infância.

Afloraram dentre outras lembranças, que me acompanham sempre, os nomes de Quatro ex-prefeitos, praticamente do início do meu caminhar terreno, Raimundo Almeida, Osvaldo Faria, Antonio Dutra e o mais próximo da atualidade, Benedito Machado, de Saudosas e Respeitáveis Memórias.

Resumidamente, vi e vejo assim: o seu Raimundo Almeida, deixou como Obra monumental, no meu entendimento, o nosso mais visível cartão Postal, paixão de todos os buritienses de todas as Gerações desde a sua construção, além de uma história de VIDA limpa. Conheci a sua residência no Povoado Mocambinho, quando acompanhava o meu Pai ou o meu Avô, quando iam comprar os variados e saborosos peixes do caudaloso e psicoso Rio Parnaíba, pois era na sua casa às margens do rio, confortável, todavia sem ostentação de luxos ou riqueza, que nos hospedávamos por alguns instantes.

Muitos anos depois, já senhor de mim, nos tornarmos amigos e em todos os Festejos de Santana nos encontrávamos na Praça Matriz, ao lado do SAUDOSO Coreto, Patrimônio Histórico, (destruído maldosamente, por um insano) construídos na sua gestão. Mantínhamos uma conversa franca e sadia sobre a vida e sobre a nossa Terra, sem falarmos em política. Viveu e partiu para o Oriente Eterno, um simples cidadão, sem processos por peculato ou qualquer outro delito, querido por todos. Creio poder afirmar que esses fatos são reais, sem a preocupação de incorrer numa inverdade.

O seu Osvaldo Faria, confiando na minha plausível anamnese, foi prefeito alternadamente três vezes - naquela época não havia reeleição sucessiva para prefeito - no entanto era simplesmente humano e afável com todos, cumprimentava a patuleia sem discriminação de cor, de credo ou de nível social, independentemente de período eleitoral e de serem considerados seus eleitores, estando prefeito ou não. Era comerciante e empregador correto, possuía propriedades imóveis adquiridas com suas receitas próprias e através de heranças.

Tinha um Caminhão GMC, que servia de transporte gratuito para nós estudantes na capital São Luís e outras pessoas da cidade. Suas filhas e filho não possuíam automóveis e a sua residência era simples e ainda hoje espelha a mesma simplicidade de outrora. Tive a honra e ainda me ORGULHO de termos sido amigos.

Não privei da intimidade do seu Antonio Dutra, em que pese ter sido amigo das suas filhas que estudaram comigo no Grupo Escolar Antônia Faria, todavia já profissional tivemos alguns encontros amistosos, em razão da minha Amizade com o seu irmão José Dutra desde o meu tempo infantil, e também através das Festas da AMIB. Foi um Gestor que, se não se notabilizou como excelente, também viveu de maneira simples sem desvarios ou desatinos.

Benedito Machado, cujo conhecimento mais próximo eu tive pela minha ligação de sala de aula com a querida e meiga professora Terezinha Machado, sua irmã e a minha colega de Turma Maria da Penha, sua sobrinha. Adulto e já profissionalizado, nos tornamos amigos diletos. Tornou - se inesquecível para a maioria da população buritiense pelas importantes Obras construídas, destacando - se a Piscina do Riacho do Morro, o Estádio Elza Machado e o Hospital DOUTOR SMITH BRAZ.

Esses Quatro Prefeitos, tinham esposas, filhos e parentes. Não entregaram a eles a totalidade dos cargos públicos municipais existentes na época e nem permitiram que eles se exibissem ou humilhassem alguém por serem filhos ou parentes da maior autoridade do Poder Executivo Municipal. Não se perdiam Embriagados em farras Homéricas. Não foram presos ou processados criminalmente, não se tem informação nesse sentido. Eu não as tenho.

Nos últimos trinta anos, Buriti tem sido sacudida por uma AVALANCHE de MALFEITOS praticados por seus prefeitos, a saber: improbidade administrativa, peculato, enriquecimento ilícito, prevaricação, nepotismo direto. Um Malcaratismo continuado, assustador e desmoralizante. Temos ex-prefeitos condenados a mais de VINTE ANOS de pena, além de pena de multa e pagamento dos valores roubados dos cofres públicos, outros em vias de serem processados, julgados e condenados pelos mesmos Crimes, transformando Buriti em vítima de uma PANDEMIA MORAL desenfreada, deixando a População em desalento.

Tudo por causa de uma ambição desmedidamente ilícita, pelo simples fato do deslumbramento com o Dinheiro do Público, dos cidadãos e das cidadãs e por não resistirem à tentação de escolherem o DINHEIRO ROUBADO como o seu DEUS, abdicando das amizades, dos amigos, da DIGNIDADE.

Senhores RAIMUNDO ALMEIDA, OSVALDO FARIA, ANTONIO DUTRA e BENEDITO MACHADO, meus diletos AMIGOS, VOCÊS deixaram para NÓS buritienses uma página que brilha, dignifica a História do Poder Executivo de Buriti, ALIVIA o nosso sentimento de TRISTEZA e de REVOLTA com o desastroso DESVIO de CONDUTA dos últimos Gestores do nosso TORRÃO SAGRADO. OBRIGADO pelos seus Exemplos de HONRRADEZ e continuem DESCANSANDO em PAZ!

SOBRE O AUTOR

É buritiense, ardoroso amante da sua terra, deu seus primeiros passos no velho Grupo Escolar Antônia Faria, cursou o Ginásio Industrial na Escola Técnica Federal do Maranhão e Científico no Liceu piauiense e no Liceu maranhense, bacharelou-se em Direito pela Faculdade de Direito/UFMA, é advogado inscrito na OAB/MA, ativo, Pós-graduado em Direito Civil, Direito Penal e Curso de Formação de Magistrado pela Escola de Magistrados do Maranhão, Delegado de Polícia Civil, Classe Especial, aposentado, exerceu todos os cargos de comando da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, incluindo o de Secretário. Detesta injustiça de qualquer natureza, principalmente contra os pobres e oprimidos, com trabalho realizado em favor destes, inclusive na Comarca de Buriti.

7 comentários: Leave Your Comments

  1. Crônica maravilhosa! Infelizmente esse mal de prefeitos vem assombrando a nossa Cidade.

    ResponderExcluir
  2. Perfeito!
    Derrocada moral e decadência total de nossa cidade, pena que a grande parcela da população é submissa aos caprichos do clubinho que é a política local.

    ResponderExcluir
  3. É muito triste Dr.Djalma,ver a situação em que a nossa cidade de Burití se encontra,tão acabada,desprestigiada,mal administrada.Os prefeitos de agora deveriam cuidar melhor da cidade e do povo sempre tão sofrido,por conta das más administrações das prefeituras.

    ResponderExcluir
  4. O POVINHO de Buriti são culpados só elegem Prefeitos Desonestos, porque esse POVINHO também são desonestos.Tem um dito popular MERDA só procura CU.

    ResponderExcluir
  5. Infelizmente o Arnaldo tá brincando de Prefeito e os vereadores sustentando as brincadeiras e as INRRESPONSABILIDA deste moço tão atrapalhado

    ResponderExcluir
  6. Sou contra quererem responsabilizarem somente os Prefeitos desonestos por seus atos ilícitos, essa responsabilidade é também do povo que o elegeram.

    ResponderExcluir
  7. e rapaz buriti esta decendo de ladeira abaixo uma prefeito fraco seus secretariados todos fracos tambem o eleitor nao vai espera nada de bom nessa gertao a saude pessima as gertantes vao pra ganhar bebe os teknos e medicos avaliam muito mal essas gertantes e mandao pra casa a mulher ja em tralho de parto as vezes as mulheres faltam pari no meio da rua ou bando de medicos e enfermeiros fracos eu acho que essas pessoas ainda estao e estagiando quando mandao as gestantes para ganhar bebe fora em outro municipio ja chegao quase morrendo sao todos incopetentes ta na hora de agir prefeito antes que seja tarde.

    ResponderExcluir

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ofensas pessoais, mensagens preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, ou ainda acusações levianas não serão aceitas. O objetivo do painel de comentários é promover o debate mais livre possível, respeitando o mínimo de bom senso e civilidade. O Redator-Chefe deste CORREIO poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.


Odonto Company Buriti - Rua da Bandeira, nº 25, salas 10 e 11, Centro.

BIOLAB - Rua Antônio Pereira Mourão, em frente ao HTB(Clínica)

PAINEL DO LEITOR - COMENTÁRIOS RECENTES