"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

RESPLANDES TRANSPORTES - Viagens Diárias

RESPLANDES TRANSPORTES - Viagens Diárias

VENDE-SE UMA FAZENDA - CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

CORREIO BURITIENSE: TIRE SUAS DÚVIDAS SOBRE O NOVO CORONAVÍRUS E A COVID-19

1 - O que é o novo coronavírus? Que doença ele causa?

O vírus é um novo agente de uma família chamada CORONAVÍRUS, que provoca infecções respiratórias. A doença causada pelo novo coronavírus foi batizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) de COVID-19.
Segundo a OMS, os sintomas mais comuns da Covid-19 são febre, cansaço e tosse seca. Alguns pacientes podem ter dores no corpo, congestão ou corrimento nasal, dor de garganta ou diarreia. Esses sintomas geralmente são leves, começam gradualmente e, segundo o Ministério da Saúde (MS), levam de dois a 14 dias para aparecerem. Atualmente, estuda-se a possibilidade de os sintomas demorarem ainda mais para se manifestarem, mas essa hipótese não foi comprovada. Como a Covid-19 tem sintomas parecidos com os de uma gripe ou resfriado comuns, essa tabela ajuda a entender quais as diferenças entre eles:

Algumas pessoas são infectadas pelo novo coronavírus, mas não apresentam sintomas, nem se sentem mal. Mas uma a cada seis pessoas desenvolve um quadro grave com dificuldade para respirar. Isso é mais comum entre pessoas idosas e/ou com pressão alta, problemas cardíacos, respiratórios, câncer ou diabetes. Procure atendimento médico se tiver tosse e dificuldade para respirar

2 - A Covid-19 mata?

Em casos graves, sim. Felizmente, eles são a minoria. Em Wuhan, a cidade chinesa onde a pandemia começou, o novo coronavírus matou 1,4% das pessoas infectadas – ou seja, cerca de dois a cada 100. O número de Wuhan é particularmente importante, porque lá a doença foi controlada, o que permite um cálculo mais preciso.
Por outro lado, na Itália, o coronavírus está matando aproximadamente oito a cada 100 doentes. O fato de a população italiana ser, estatisticamente, mais velha do que a chinesa, pode explicar isso. Mas os cientistas ainda não têm certeza. Outro fator relevante foi a demora do governo italiano para impor medidas de confinamento da população, como o fechamento de escolas e do comércio – o que também está acontecendo no Brasil.
Há alguns dias, a média de mortos pela covid-19 no mundo era de quase quatro a cada 100 infectados – ou 4%. É um número maior do que o da gripe comum e comparável ao da dengue no Brasil. Esse dado, contudo, também não é definitivo.

3-Se a mortalidade não é mais alta do que a da dengue, por que precisamos nos isolar em casa?

  O novo coronavírus é altamente contagioso – e não precisa de um mosquito no meio do caminho. Pior: como os sintomas demoram até duas semanas para aparecer, podemos transmitir o vírus para muita gente enquanto ainda nos sentimos saudáveis. Isso já é uma certeza: dois a cada três novos casos do coronavírus foram transmitidos por alguém que tem o vírus e não sabe, pois não tem nenhum sintoma.
  Ou seja – mesmo que você se sinta bem, pode espalhar o novo coronavírus. Por isso, é melhor ajudar a prevenir novos casos seguindo as recomendações da Organização Mundial da Saúde e evitando ao máximo o contato social.

4 - E como o novo coronavírus é transmitido?

Segundo o Ministério da Saúde, qualquer pessoa que tenha contato próximo (cerca de 1 metro de distância já é o suficiente) com alguém com o novo coronavírus pode ser contaminado.
A transmissão do coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, fluidos de espirros, tosse ou catarro.
O contágio também pode acontecer quando alguém entra em contato com uma superfície tocada anteriormente por uma pessoa infectada.

5 - Como prevenir a contaminação pelo coronavírus?
O jeito mais simples é lavar as mãos várias vezes ao dia, mas especialmente depois de cumprimentar alguém ou tocar em objetos em que outras pessoas colocam as mãos. Esse vídeo mostra como fazer isso de maneira eficaz:
Álcool em gel 70% também é eficaz quando não houver como lavar as mãos. Mas lavá-las é o melhor jeito de eliminar o coronavírus. Bactérias, vírus e outros micro-organismos são protegidos por uma capa de gordura que é destruída pela água com sabão. Com isso, eles ficam indefesos e morrem rapidamente.
Além disso, se acostume a não tocar nos olhos, nariz ou boca se não estiver com as mãos lavadas. Fique em casa sempre que puder e permaneça em isolamento se estiver doente ou tiver tido contato próximo com alguém que tenha covid-19 – mesmo que seja apenas um caso suspeito.
Cubra a boca e o nariz (idealmente, usando o cotovelo, não as mãos) quando for espirrar ou tossir. Se tiver um lenço de papel disponível, use-o para cobrir a boca e evitar que as secreções se espalhem. Jogue o papel fora, em lugar adequado, em seguida.
Também é importante limpar e desinfetar objetos e superfícies que são tocados com frequência – principalmente se eles forem compartilhados.

6 - Máscaras cirúrgicas protegem contra o coronavírus?

Não. Na verdade, elas devem ser usadas por quem suspeita que está doente – porque a função da máscara é evitar que secreções contaminadas saiam do nariz e da boca e contaminem outras pessoas. Não há evidências científicas de que usar máscaras cirúrgicas evitem o contágio de doenças, avisa a Organização Mundial da Saúde.
Então, máscaras só para quem está com suspeita da doença ou cuidando de algum doente. Em ambos os casos, troque a máscara quando ficar úmida. E não se esqueça de lavar as mãos com frequência – e sempre que tocar na máscara.

7 - Mas, afinal, o que é um vírus?

  Vírus são seres simples, acelulares e muito pequenos – medem aproximadamente 0,2 micras, ou 0,0002 milímetros. A palavra tem origem no latim, língua em que significa fluído venenoso ou toxina.
  Os vírus precisam infectar outros seres vivos para sobreviver. Não confunda vírus e bactérias – apesar de ambos serem microscópicos em tamanho, eles não são a mesma coisa.
  Um exemplo: medicamentos antibióticos matam bactérias, mas não têm efeito contra vírus.

8 - Por que o correto é falar em novo coronavírus, e não só em coronavírus?

  Existem tipos de coronavírus conhecidos pela ciência desde 1937. Em 1965, essa família de vírus recebeu seu nome por eles se parecerem com uma coroa quando observados ao microscópio.
  O novo tipo de coronavírus, que está causando a pandemia atual, foi identificado em 31 de dezembro de 2019.
  Em fevereiro de 2020, ele foi batizado de SARS-CoV-2 pelo Comitê Internacional de Taxonomia de Vírus. SARS é a abreviação em inglês para síndrome respiratória aguda severa, ou grave.
  Ele recebeu esse nome porque é uma evolução genética do coronavírus que causou o surto de SARS em 2003, embora eles não sejam iguais.
  A maioria das pessoas se infecta com vários tipos de coronavírus comuns ao longo da vida.

9 - Quais as fontes deste texto e onde acho mais informações confiáveis?

   Coronavírus: Perguntas e respostas (Fundação Oswaldo Cruz)
  Orientações ao público sobre o novo coronavírus (Organização Mundial da Saúde, em inglês)
  Perguntas e respostas sobre covid-19 (Organização Mundial da Saúde, em inglês)

Fonte: The Intercept Brasil

12 comentários: Leave Your Comments

  1. Vinha dúvida é: quem está com o Naldo Batista, corre risco de pegar o coronavirus?

    ResponderExcluir
  2. O Naldo Batista está imune ao covid 19?

    ResponderExcluir
  3. Em buriti já existe uma vacina contra a gripe covid 19 ?

    ResponderExcluir
  4. Esse Naldo Batista virou motivo de chacotas

    ResponderExcluir
  5. O Naldo Batista já vai dar tratamento completo aos pacientes com covid19, inclusive o Secretário de Saúde já está atuando nos casos com prevenção, neste momento o tal Secretario despacha a documentação direto do pife do Ismael, um verdadeiro arcabouço, espécie de decreto lei com ações variadas, onde a maior de todas é curar pessoas com a covid através dos ouvidos por meio de "carro de som". Não bastando o tal carro, vc que adquirir covid19 pode ser precavido com uma parada de pife, lá no pife do Ismael. A Secretária Adjunta não pode assinar mais por ele.

    ResponderExcluir
  6. A limpeza do coronaldovírus será feita com o voto em outro, isso é certeza...!

    ResponderExcluir
  7. Passando na rua da piscina e Inacia Vaz uma poeira insulpotavel de caminhoes carregando barro pra construção da praça do senhor prefeito e fiquei pensando: será que nós buritiense estamos precisando de praça? SENHOR PREFEITO, NÓS QUEREMOS É O HOSPITAL, É EDUCAÇÃO, É SAÚDE É SEGURANÇA A ULTIMA COISA QUE ESTAMOS PRECISANDO NO BURITI É DE UMA PRAÇA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prefeitura de Buriti gasta recurso com praça, ao invés de gastar para o combate ao coronavirus, absurdo a poeira do Raimundo Clemente até a rodoviária, suspenda a obra prefeito, seja sensível ao mento que se vive.

      Excluir
    2. É a parceria/conluio do Nero Naldo e do Nenen Maxixe, carradas de terra em troca de votos e apoio político e conchavo para tirar votos do candidato de oposição com um poste, uma caneta azul palerma que andava garganteando que ia mostrar como se faz política.

      Excluir
  8. pessoal cadê o ACORDA BURITI e AS PROFESSORAS GUERREIRAS? Será que nosso Buriti tudo está maravilhoso?. Não no nosso Buriti ficou pior, não temos segurança, não temos saúde e ate a EDUCAÇÃO que era mais ou menos so piorou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As princesas liderança do movimento acorda Buriti estão comendo na mamata da prefeitura, prof. Santana, Filho Canuto, então o movimento só vai voltar quando o Arnaldo Cardoso ganhar as eleições...rs

      Excluir

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ofensas pessoais, mensagens preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, ou ainda acusações levianas não serão aceitas. O objetivo do painel de comentários é promover o debate mais livre possível, respeitando o mínimo de bom senso e civilidade. O Redator-Chefe deste CORREIO poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.