"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

MULHER É ESFAQUEADA 12 VEZES PELO NAMORADO POR NÃO QUERER TER FILHO


Eric Silveira, de 29 anos, fugiu após o crime. Ele já tinha 4 passagens pela polícia, sendo 3 por violência contra a mulher. A jovem está internada.
Uma jovem de 20 anos que não quer ser identificada foi atingida por 12 golpes de faca pelo namorado em Francisco Morato, na Grande São Paulo. Eric Silveira fugiu após cometer o crime. A vítima está internada no hospital e teve o pulmão perfurado, além de receber 20 pontos no pescoço após uma tentativa de degola.  As informações são da Record TV. 
O crime aconteceu por volta das onze horas da noite de quarta-feira 30/11. Eric Silveira insistia em ter um filho com a namorada, mas ela achava que o relacionamento ainda estava muito recente. Ela já tem um filho de 2 anos de outra relação, fato que despertava ciúme no namorado.
A vítima marcou um encontro na casa, que estava em reforma para que pudessem morar juntos. Ela pediu para conversar com o namorado pessoalmente, dando a entender que iria romper o relacionamento. Eric foi até a casa, comprada pelo casal há duas semanas, onde ocorreu uma nova discussão. Ele pegou uma faca de serra e desferiu o primeiro golpe do braço da vítima. Depois, a levou para o quarto, tampou sua boca e tentou cortar o pescoço da namorada. Com a força, a faca quebrou e, enquanto ele foi até a cozinha, a vítima pulou a janela e correu até o portão da casa. Eric foi atrás e desferiu outros golpes na jovem. Ao todo, foram 12 facadas. Depois do crime, ele fugiu.
A vítima foi socorrida por uma tia e levada a um hospital da região. Ela chegou a ficar na UTI, mas já está no quarto em recuperação. Em um vídeo enviado para a TV, contou em detalhes o que aconteceu. A vítima revelou que até então ele não era agressivo, mas era ciumento. Ao registrar o boletim de ocorrência, a família da jovem descobriu que ele já tinha outras 4 passagens pela polícia, sendo 3 por violência contra mulher e uma de roubo. 
Depois de cometer o crime, Eric enviou mensagens para o celular da avó da vítima e escreveu: "Eu não fui para matar. Eu acabei sendo covarde na hora da briga. Minha vida acabou. Eu estou errado. Sou um lixo".
O caso foi registrado como violência doméstica e tentativa de feminicídio na Delegacia de Francisco Morato. Eric não foi localizado. 
*Portal R7.com

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ofensas pessoais, mensagens preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, ou ainda acusações levianas não serão aceitas. O objetivo do painel de comentários é promover o debate mais livre possível, respeitando o mínimo de bom senso e civilidade. O Redator-Chefe deste CORREIO poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Seguidores