"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

MORRE, AOS 77 ANOS, O JORNALISTA PAULO HENRIQUE AMORIM


De acordo com a Record TV, o apresentador sofreu um enfarte em casa.
Morreu, na manhã desta quarta-feira 10/7, o jornalista PAULO HENRIQUE AMORIM, aos 77 anos. De acordo com a Record TV, a mulher do apresentador, Geórgia Pinheiro, informou que ele sofreu um ataque cardíaco em casa. Além dela, ele deixa uma filha.
 Paulo Henrique Amorim estava na Record TV desde 2003, mas foi afastado no último mês do Domingo Espetacular. Ele começou no jornalismo no jornal A Noite, em 1961. Depois, diz a emissora, foi trabalhar em Nova York, como correspondente internacional da revista Realidade e, posteriormente, da revista Veja.
Paulo Henrique Amorim começou a trabalhar como jornalista no jornal "A Noite", em 1961, cobrindo a renúncia do então presidente Jânio Quadros.
Ao longo da carreira, ele também passou pela extinta TV Manchete e pela TV Globo, também como correspondente internacional. Em 1996, foi para a TV Bandeirantes, onde apresentou o Jornal da Band. Depois, foi para a TV Cultura e ficou lá até ir para a Record
 Paralelamente, o jornalista também editava o Conversa Afiada, um site focado na cobertura política do país que ele criou inicialmente como um blog em 2008. A notícia de sua morte repercutiu no meio profissional e político.

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ofensas pessoais, mensagens preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, ou ainda acusações levianas não serão aceitas. O objetivo do painel de comentários é promover o debate mais livre possível, respeitando o mínimo de bom senso e civilidade. O Redator-Chefe deste CORREIO poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Seguidores