"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

Polícia Civil prende mandante de chacina que deixou quatro ciganos mortos na cidade de Coelho Neto no último dia 9 de junho


Do Blog do Gilberto Lima
O criminoso ANTÔNIO CARLOS SOBRAL DA ROCHA, conhecido como “Didoca” ou “Cigano”, foi preso pela Polícia Civil na última sexta-feira 14/6, na cidade de Vitória do Mearim.
Ele é apontado como mandante da chacina que deixou quatro mortos e cinco feridos na cidade de Coelho Neto, a 43 km de Buriti, no último dia 9 de junho, nas proximidades do mercado do produtor. (CLIQUE PARA RELEMBRAR)
“DIDOCA” responde a pelo menos oito processos por homicídios, assaltos a bancos e porte ilegal de arma, além ser o líder e mandante de diversas investidas contra grupos de ciganos rivais por várias cidades do interior do Maranhão.
O criminoso foi apresentado à imprensa na manhã desta segunda-feira 17/6, na sede da Polícia Civil.

MORTOS E FERIDOS NA CHACINA
Três dos mortos foram identificados como José de Ribamar Silva Costa, conhecido como “Cacau”; Antônio José da Silva, conhecido como “Gê”; e Antônio Francisco da Silva Costa. Os três pertenciam à mesma família.
As vítimas feridas, Francisco Camilo da Rocha, Raimundo Nonato da Silva Costa e Maria Antônia da Silva Costa, foram conduzidas para a UPA e transferidas para Timon.
A criança, Francisco Guilherme da Silva Costa, de 3 anos, foi encaminhada ao Hospital de Presidente Dutra. Ela foi atingida por um disparo na cabeça.
RESGATADO DO SOCORRÃO EM 2012
Em abril de 2012, o homicida foi resgatado por criminosos quando estava algemado em uma maca, no Hospital Municipal Clementino Moura, o Socorrão II.
Os bandidos renderam o vigilante e o agrediram fisicamente, em seguida, o libertaram “Didoca” que estava algemado na maca, no meio do corredor.
Baleado no braço, o assaltante de banco foi levado na garupa de uma das motos, por um dos cúmplices.
ASSASSINATO EM 2013 EM ITAPECURU MIRIM
Antônio Rocha foi pronunciado a Júri Popular no dia 13 de outubro de 2016, como incurso nas penas do art. 121, § 2º, inc. IV, do CP, por ter assassinado Carlos Gonzaga Rodrigues.
O crime ocorreu no dia 09 de março de 2013, no Povoado Colombo, na BR-135, em Itapecuru Mirim. A vítima estava em uma motocicleta quando foi alvejada com vários tiros disparados por “Didoca”, que estava em um veículo com outros comparsas.
PRISÃO EM 2015
Ele é considerado um dos bandidos mais perigosos da Região dos Cocais. Anteriormente, ele foi preso em 24 de setembro de 2015 durante operação da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) em Miranda do Norte.
 PRISÃO EM 2016
O assassino foi preso no dia 11 de maio de 2016, na cidade de Miranda do Norte, durante operação realizada pela Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc) e da 8ª Delegacia Regional de Itapecuru-Mirim. Ele foi preso em companhia de Jaime de Assis Licar Santana, de 25 anos.
O mandado de prisão preventiva foi expedido pela 2ª Vara da Comarca de Itapecuru-Mirim pela prática de crime de homicídio.

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ofensas pessoais, mensagens preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, ou ainda acusações levianas não serão aceitas. O objetivo do painel de comentários é promover o debate mais livre possível, respeitando o mínimo de bom senso e civilidade. O Redator-Chefe deste CORREIO poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Seguidores