"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

Prefeito de Buriti instaura procedimento para investigar acúmulo ilícito de cargos por servidores municipais


Na edição nº 328 do Diário Oficial do Município de Buriti (MA), datado de 24 de abril deste ano, o prefeito de Buriti Naldo Batista (PCdoB), no uso das atribuições que a lei lhe confere, instaurou uma Comissão Processante (CP) para apurar acúmulo ilícito de cargos no setor público.  A decisão foi tomada considerando o relatório de vínculos de ativos, inativos e instituidores de pensão, enviado pelo Tribunal de Contas do Estado do Maranhão – TCE/MA, que apurou a existência de dois ou mais vínculos de servidores municipais.
Os servidores designados para compor a comissão são:
       José Ribamar Da Silva - Matrícula 1071-1 (Presidente)
       Francisca Eronildes Linhares De Menezes - matrícula 382-1 (secretária)
       Nahilton Vasconcelos Lima – matrícula 59-1 (membro)
 A CP vai ter acesso a toda a documentação necessária à elucidação dos fatos, bem como deverá colher quaisquer declarações, depoimentos e demais provas que entender pertinentes.
 No caso de configuração do acúmulo ilegal pela Comissão, o servidor deverá ser exonerado e, se houver a caracterização da má-fé em sua conduta, fica passível ainda de sofrer uma ação do Ministério Público Estadual com condenação de devolução dos recursos salariais recebidos ao longo do acúmulo.
Ao CORREIO, o Chefe de Gabinete da prefeitura, Dr Júnior, informou que há cerca de 80 casos de acúmulo apontados pelo TCE, sendo 41 servidores com 3 vínculos ou mais, todos já notificados pela prefeitura municipal.  
No dia 4 de abril último, o CORREIO BURITIENSE revelou com exclusividade indícios de irregularidades de acúmulo ilegal de cargos na Câmara Municipal de Buriti/MA. De acordo com TCE, 10 servidores constam tanto na folha de pagamento do município, quanto nas folhas de prefeituras e Câmara de Vereadores, o que é proibido. (CLIQUE AQUI E RELEMBRE)

8 comentários: Leave Your Comments

  1. Tem vereador que continua recebendo como técnico de laboratório e nem sequer pisa no serviço.
    Houve também uma má fé de servidores da saúde que tem duas matrículas, sendo que uma era inativa e quando o naldo entrou elas usaram esse termo conseguir aas duas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos começar pelos enfermeiros que trabalham aqui e em quiteria

      Excluir
  2. Esse Naldo Batista é muito ipoctra. Ele paga um monte de funcionário que acumula cargo.outro dia explodiu alguns deles. Só funcionário do povo!!
    Vereador Didi,vereadora Andréa Costa e vereador Roberh Almeida.São alguns deles!

    Os dois primeiro cada um tem duas matrículas, isso já vai quase 16 mil.

    Parabéns pela sua ipocresia senhor Prefeito Naldo Batista!!!!!

    2020 tá logo ali, espero que o povo de Buriti acorde e dê a resposta nas urnas que vc merecer.

    ResponderExcluir
  3. Acumulo de cargo..... Awnhoe prefeito como fica os professores que estão em Chapadinha ganhando sem trabalhar.....

    ResponderExcluir
  4. Tem muita gente com acúmulo de cargo. Oooo meu Deus e muita família de virada com essa situação.

    ResponderExcluir
  5. CONSELHEIRO TUTELAR DE BURITI É PRESO EM FLAGRANTE DELITO
    Em uma o
    eiro tutelar Adílio Gomes foi autuado em flagrante delito na saída da Churrascaria Brasil portando a quantia de R$ 400,00 entregue pelo radiologista Gilbert como pagamento da suposta compra de uma denúncia registrada no Conselho Tutelar contra seu desafeto José de Arimatéia (dentista). De acordo com o auto, o conselheiro responderá por suposto crime de corrupção passiva (artigo 317 do CPB - Código Penal Brasileiro) e violação de sigilo funcional (artigo 325 do CPB). Na tarde de quinta-feira (18/03) Adílio foi transferido para cadeia de Santa Quitéria por ter direito a prisão especial. Na sexta-feira (19), a Juíza de Direito, Dra Andrea Furtado Perlmutter Lago, negou pedido de Habeas Corpus impetrado pelo advogado do conselheiro.
    O Correio Buritiense ouviu o conselheiro Adílio, que se diz “vítima de uma ação orquestrada, um espetáculo montado com motivações evidentes, por pessoas poderosas que temem sua ação incisiva e atuação implacável no Conselho Tutelar para evitar abusos contra menores de Buriti”. Ele avisa que vai provar sua inocência e, no momento oportuno, revelará "fatos novos”, pois, segundo ele, mais do que nunca, precisa fazer a defesa de sua honra e do seu trabalho por Buriti.
    AddThis Sharing Buttons
    Share to Facebook
    FacebookShare to TwitterTwitterShare to WhatsAppWhatsAppShare to Imprimir

    ResponderExcluir
  6. Redator. Cadê o comentário sobre pq casos das pessoas que abandonaram sua nomeação a mais de 14 anos e agora estão de volta como se nada aconteceu. Vc é uma pessoa entendida e com certeza sabe que isso é errado. Comente não esconda.

    ResponderExcluir
  7. Redator. Cadê o comentário sobre pq casos das pessoas que abandonaram sua nomeação a mais de 14 anos e agora estão de volta como se nada aconteceu. Vc é uma pessoa entendida e com certeza sabe que isso é errado. Comente não esconda.

    ResponderExcluir

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ofensas pessoais, mensagens preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, ou ainda acusações levianas não serão aceitas. O objetivo do painel de comentários é promover o debate mais livre possível, respeitando o mínimo de bom senso e civilidade. O Redator-Chefe deste CORREIO poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Seguidores