"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

INSCRIÇÕES PARA 5ª EDIÇÃO DO FESTIVAL BURITIENSE DE POESIA ESTÃO ABERTAS ATÉ DIA 25


Os interessados em participar do V Festival Buritiense de Poesia têm até sexta-feira 25 para efetuarem suas inscrições. O Regulamento está disponível no link https://drive.google.com/file/d/16tW_fAsOTbfJff4lKRuwQ2uLakIbLlkP/view?usp=sharing. Os trabalhos inscritos devem ser entregues no Centro Cultural Adélia Moreira Martins Ferreira, sede da AMIB, no Centro de Buriti, preferencialmente em uma cópia em CD – Room, ou enviado através do e-mail amibburitima@gmail.com, digitado em fonte Arial, tamanho nº 12, em formato PDF.
As modalidades de participação no Festival são Autoria de poemas – Os interessados, poetas e poetisas, podem participar na condição de autores - e de Declamação e/ou Dramatização de poemas – os autores podem defender e/ou dramatizar seus poemas ou indicar intérpretes.
 No ato da inscrição, o candidato deverá preencher uma ficha contendo os dados pessoais, título do poema, seu pseudônimo, o nome do intérprete do poema, bem como endereço residencial e contato telefônico e whatsApp, se houver. As inscrições presenciais deverão ser realizadas no horário de 8h as 11h30 e de 14h às 17 horas.
Podem participar do Festival pessoas residentes na região do Baixo Parnaíba Maranhense, em especial em Buriti, além de buritienses residentes em qualquer localidade do Brasil, de qualquer idade.
Os participantes serão agrupados nas seguintes categorias:
I – Infantil – de 08 até 11 anos idade;
II – Juvenil – de 12 a 25 anos;
III – Adulta – de 26 anos a 59 anos;
IV – Sênior – de 60 anos a mais.
O lançamento do V Festival Buritiense de Poesia aconteceu no dia 18 de abril, em Buriti, no prédio da Amib, com a participação de poetas locais, artistas convidados e lideranças sociais no município.
Os autores das obras habilitadas serão informados no período de 08 a 22 de junho através do mural do Centro Cultural Adélia Moreira Martins Ferreira, dos contatos fornecidos na ficha de inscrição ou da Radio Alto FM 91.3 Mhz Buriti MA.
Oferecendo prêmios em dinheiro e certificados de participação, em sua 5ª edição, o Festival Buritiense de Poesia foi lançado em 18 de abril deste ano e a apresentação das poesias habilitadas para fins de classificação para a final será realizado até o dia 14 de julho. No dia 22 de julho, durante a programação dos Festejos de Buriti (MA), vai acontecer, então, a noite da grande etapa final de Premiação dos vencedores e certificação dos participantes.
SOBRE O V FESTIVAL BURITIENSE DE POESIA 

A 5ª edição do Festival Buritiense de Poesia 2018 tem como objetivos:
- Contribuir para a valorização da literatura e, em especial, da poesia, seja como expressão artística, seja como parte da cultura da comunidade;
- Incentivar a criação literária, estimulando o interesse e o gosto mais especificamente pelo gênero poesia; e
- Estimular o exercício do gênero poético no âmbito da comunidade do Baixo Parnaíba, em especial em Buriti, tanto na modalidade produção, como na modalidade leitura expressiva de texto poético (declamação), descobrindo e valorizando talentos artístico-literários voltados para a poesia (intérpretes e autores).
O Festival é ocasião para homenagear poetas buritienses e/ou residentes em Buriti. Na primeira edição, em 2010, o homenageado foi o poeta JOSÉ BORGES; na segunda, em 2012, o poeta e artista BILL DE JESUS; em 2014, o poeta LILI LAGO; e agora, nesta versão de 2018, o grande contemplado será FRANCISCO ALVES FERREIRA, o popular “MESTRE”.
O HOMENAGEADO
FRANCISCO ALVES FERREIRA, o “MESTRE”, nasceu do dia 28 de janeiro 1907, no lugar denominado ainda hoje de Barro Branco, a 16 km de Buriti. Aos oito anos de idade ele foi mordido por uma cobra venenosa chamada Goipeva. No dia seguinte, ele foi à roça e esqueceu um machado. O seu pai Benedito era muito severo e ele voltou à roça, em sol quente e descalço, para buscar o machado. Quando chegou a noite não conseguia dormir porque suas pernas estavam doendo muito. No dia seguinte continuou sentido dores e, por fim, ficou aleijado das pernas e da mão direita. Seus colegas e irmãos fizeram para Francisco uma viola de talo de buriti e o mesmo começou a tocar e cantar em Buriti, o povo ficava admirado pela inteligência dele. Francisco se aperfeiçoou na leitura e na escrita, e todos se admiravam até que o colocaram para ser Professor Municipal. Logo teve uma prova para professores formados e ele também fez a prova. E ficou em primeiro lugar. Foi o primeiro Professor municipal de Barro Branco. Francisco Alves Ferreira Faleceu em 28 de junho de 1974. 

IMAGENS DO DIA DE LANÇAMENTO DO V FESTIVAL

sábado, 19 de maio de 2018

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

O COMENTÁRIO NÃO REPRESENTA A OPINIÃO DO BLOG; A RESPONSABILIDADE É DO AUTOR DA MENSAGEM. OFENSAS PESSOAIS, MENSAGENS PRECONCEITUOSAS, OU QUE INCITEM O ÓDIO E A VIOLÊNCIA, OU AINDA ACUSAÇÕES LEVIANAS NÃO SERÃO ACEITAS. O OBJETIVO DO PAINEL DE COMENTÁRIOS É PROMOVER O DEBATE MAIS LIVRE POSSÍVEL, RESPEITANDO O MÍNIMO DE BOM SENSO E CIVILIDADE.

HISTÓRICO: "Eu não sou mais um ser humano, eu sou uma ideia."