"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

DISCURSO HISTÓRICO DE LULA: "Eu não sou mais um ser humano, eu sou uma ideia."

Mulher é presa após tentativa de levar droga para seu companheiro em cela na delegacia de Buriti (MA)


Na quarta-feira 28/2, a Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Delegacia de Buriti, prendeu em flagrante delito a jovem MARIA EULDA PEREIRA DE MENESES, 22 anos de idade. Ela estava na Delegacia para visitar o companheiro que está preso por tráfico de drogas e no momento da revista pessoal se desfez de um invólucro contendo entorpecente, possivelmente maconha. Ela recebeu voz de prisão, quando então confessou que teria recebido a quantia de R$ 10,00 para transportar a droga para o interior da carceragem, local onde seria entregue ao preso conhecido como “Lucas da Bel”.
 MARIA EULDA foi autuada pela prática do crime de tráfico de drogas previsto no Art. 33, Caput, c/c Art. 40, Inciso III, ambos da Lei nº 11.343, de 23 de agosto de 2006. No momento, ela foi encaminhada a 3ª Delegacia Regional de Chapadinha, onde permanecerá até sua transferência para o presídio feminino no Complexo Penitenciário de Pedrinhas na capital maranhense.
No ano passado (2017), ela e seu companheiro já haviam sido presos em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, mas a Justiça os soltou para responder em liberdade. Este ano, no dia 08 de fevereiro, o companheiro dela foi preso novamente pelo crime tráfico de drogas, permanecendo deste então custodiado na Delegacia de Buriti. Agora foi a vez de ela ser presa novamente.

Um comentário: Leave Your Comments

  1. essa mulher presa com droga j esta em liberdade eita justiça frouxa estas leis e uma merda assim n vai

    ResponderExcluir

O COMENTÁRIO NÃO REPRESENTA A OPINIÃO DO BLOG; A RESPONSABILIDADE É DO AUTOR DA MENSAGEM. OFENSAS PESSOAIS, MENSAGENS PRECONCEITUOSAS, OU QUE INCITEM O ÓDIO E A VIOLÊNCIA, OU AINDA ACUSAÇÕES LEVIANAS NÃO SERÃO ACEITAS. O OBJETIVO DO PAINEL DE COMENTÁRIOS É PROMOVER O DEBATE MAIS LIVRE POSSÍVEL, RESPEITANDO O MÍNIMO DE BOM SENSO E CIVILIDADE.