"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

(1º Princípio da Declaração de Chapultepec)

Visualizações desde 31 de Julho de 2009

COMO VOCÊ AVALIA OS 100 PRIMEIROS DIAS DA GESTÃO NALDO BATISTA?

IMPOSTOS MUNICIPAIS ARRECADADOS PARA BURITI-MA

quinta-feira, 6 de julho de 2017

1

PM PRENDE HOMEM ACUSADO DE AGRESSÃO FÍSICA A UMA CRIANÇA EM BURITI (MA)

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


No último sábado 01/07, por volta das 16 horas, a PM foi informada que um menor de idade estava desaparecido e, segundo relatou a mãe do jovem aos Policiais, seu filho teria sido torturado por um cidadão conhecido como "Zé Budé", onde o mesmo acusava o menor de ter quebrado uns pés de mandioca de sua plantação. Ainda de acordo com a mãe, o ato de tortura foi registrado através de filmagem feita com de aparelho de telefone celular.
Policiais Militares deslocaram-se até o bairro Alto da Moderação e realizaram a prisão de JOSÉ DA SILVA DOS SANTOS, vulgo "Zé Budê", que foi conduzido e entregue no plantão central da delegacia de Polícia Civil para conhecimento dos fatos e tomada as providências cabíveis.
A criança só foi encontrada por volta das 18 horas e estava bastante assustado. Ele informou a seus familiares que havia se escondido em uma mata existente naquela localidade, o mesmo estava com algumas escoriações pelo corpo.


← Anterior Proxima → Página inicial

1 COMENTÁRIOS:

  1. Anônimo8/7/17 09:50

    Foi errado o que esse homem fez com essa criança realmente... Só que também a mãe dessa criança também deve prestar mais atenção ao filho dela ,se ele mexeu nas coisas aléia é porque ela não educou ele o suficiente... Então ele foi errado e ela também ,por deixar a criança solta demais .

    ResponderExcluir

O COMENTÁRIO NÃO REPRESENTA A OPINIÃO DO BLOG; A RESPONSABILIDADE É DO AUTOR DA MENSAGEM. OFENSAS PESSOAIS, MENSAGENS PRECONCEITUOSAS, OU QUE INCITEM O ÓDIO E A VIOLÊNCIA, OU AINDA ACUSAÇÕES LEVIANAS NÃO SERÃO ACEITAS. O OBJETIVO DO PAINEL DE COMENTÁRIOS É PROMOVER O DEBATE MAIS LIVRE POSSÍVEL, RESPEITANDO O MÍNIMO DE BOM SENSO E CIVILIDADE.

Usuários on-line


usuários online