"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

(1º Princípio da Declaração de Chapultepec)

Visualizações desde 31 de Julho de 2009

COMO VOCÊ AVALIA OS 100 PRIMEIROS DIAS DA GESTÃO NALDO BATISTA?

IMPOSTOS MUNICIPAIS ARRECADADOS PARA BURITI-MA

COMPRE JÁ

COMPRE JÁ

Confraternização da Amib

Confraternização da Amib

sábado, 13 de maio de 2017

24

DELEGADO ESCLARECE QUE ESTÁ SENDO PERSEGUIDO PELA CÚPULA DA SSP

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Sérgio Rego Damasceno foi demitido pelo Governador em ato publicado no Diário Oficial do Estado, na edição do último dia 04 de maio.
O delegado de Polícia Civil Sérgio Luís Rego Damasceno, que atuou em Buriti/MA no período de 2013 – 2015, demitido pelo governador Flávio Dino no último dia 04 de maio deste ano, relatou ao Correio Buritiense está sendo vítima de uma perseguição por parte da cúpula da Secretaria de Segurança Pública do Estado.
  A demissão ocorreu após julgamento de Processo Administrativo Disciplinar (PAD) instaurado pela Secretaria de Segurança Pública, através da Portaria n°118/2008. Acontece, porém, que o relator do processo no Conselho de Polícia Civil foi favorável à absolvição do delegado e pediu o arquivamento do procedimento. Nas palavras do relator “não restou configurada a alegada falta funcional”. Mesmo assim o colegiado decidiu por maioria pela aplicação da pena máxima de demissão.
O delegado, que se disse injustiçado e perseguido, ficou surpreso com a decisão da Comissão Processante tendo em vista que sempre cumpriu com seu dever funcional, “muitas vezes até mesmo usava meu veículo particular para realizar diligências”.  Ao Correio Buritiense, Sérgio Damasceno ainda lembrou que nunca praticou corrupção, extorsão ou mesmo tortura para ser punido desproporcionalmente pela corregedoria, onde, aliás, nunca havia tido punição, “nem mesmo advertência”. “Trabalhei em mais de nove cidades e só respondo a um processo que é esse de Buriti em 2016”, disse ele. "Nem sequer pude recorrer, pois ao invés da decisão da Comissão ser levada ao Conselho Superior de Polícia, conforme a lei, foi direto para publicação em decreto”.
Faltando apenas três anos para sua aposentadoria funcional o delegado afirma viver um momento difícil desde 2016, com uma “perseguição escancarada” da cúpula da SSP e que o seu grande espelho é o padre Cícero que sofreu muita injustiça, mas depois superou tudo.

ENTENDA O CASO QUE GEROU O PROCESSO DISCIPLINAR
No ano de 2008, a Corregedoria de Polícia Civil do Maranhão instaurou Processo Administrativo para apurar a responsabilidade do Delegado Sérgio Damasceno em relação a várias prisões ocorridas em 2005, na cidade de São Francisco do Maranhão. As prisões foram efetuadas por policiais militares de pessoas acusadas de diversos crimes, tais como, agiotagem, porte ilegal de armas e retenção de cartões de idosos. O delegado Sérgio Rego era o delegado titular, mas quando das prisões, estava cumprindo missão na cidade de Paraibano.
As prisões não foram formalizadas, os autos de flagrante não foram lavrados e nem comunicadas ao delegado. Os policiais militares mantiveram alguns presos por mais de 48 horas e todos, depois de libertados, procuraram o promotor de Justiça e denunciaram que foram presos ilegalmente, fato que chegou a Corregedoria de Polícia Civil.
O delegado Sérgio Damasceno juntou documento expedido pelo Delegado Regional de São João dos Patos comprovando que o mesmo estava respondendo pela Delegacia da cidade de Paraibano, não podendo ser responsabilizado pelas prisões.
A Comissão Processante concluiu que o delegado deveria ser responsabilizado pelas prisões, pois tomou conhecimento por telefone e não cessou a ilegalidade, cometendo assim ato de improbidade administrativa.
Distribuído o processo, o relator entendeu diferente e em seu voto pediu o arquivamento do procedimento inocentando o delegado Sérgio Rêgo, além de demonstrar que o processo estava prescrito. Entretanto, a maioria do Conselho votou pela demissão.
A decisão do conselho deveria ser publicada, segundo o Estatuto da Polícia Civil, para que o delegado pudesse recorrer, pois determina que das decisões do Conselho de Polícia Civil cabem recurso ao Conselho Superior de Polícia.
← Anterior Proxima → Página inicial

24 COMENTÁRIOS:

  1. CARA DE PAU SÓ ACREDITA NESTA TUA VERSÃO QUE NÃO TE CONHECE.KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  2. EM BARRAS-PE,ARAISOES-MA SOLTARAM FOGUES.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CORRIGO.EM BARRAS-PI,ARAIOSES-MA SOLTARAM FOGUETES !

      Excluir
    2. CORRIJO.

      Excluir
    3. RUA,RUA,RUA E LUGAR DE MAL POLICIAIS.

      Excluir
    4. Esta no lugar certo o que deveria ter acontecido há anos.

      Excluir
    5. mais um desempregado.A culpa foi sua que não se comportou e zelou seu emprego como deveria.

      Excluir
    6. Não tenho a menor dúvida q vc eh um dos que entrou na mira do delegado....nem aqui teve isso imagina na cidade dele...vai voltar advogar e superar isso...pode ser até prefeito

      Excluir
    7. Em Buriti não teve,porque o povo dai gostam do que ruir,isto é de pessoas que não prestam.Aqui em Barras é diferente.

      Excluir
  3. DELEGADO NÃO EX-DELEGAD ESCLARECE SUA EXPULSÃO.KKKKKKKK.

    ResponderExcluir
  4. PADRE CICERO ILUMINOU O GOVERNADOR FLAVIO DINO PARA FEZER JUSTIÇA.

    ResponderExcluir
  5. TODAS AS PESSOAS QUE ERRAM GOSTAM DE APELAR. ESTE EX-DELEGADO SERGIO REGO LEBROU AGORA DO PADRE CICERO !.

    ResponderExcluir
  6. EU COMO BOM BURITIENSE NÃO DESEJO MAL A NINGUEM,MAS O EX-DELEGADO SERGIO REGO CONTRIU PARA SUA EXPULSÃO.É TRISTE É MAIS UM DESEMPREGADO SEI QUE NÃO GANHAVA MAL MAS NÃO ZELOU PELO O QUE TINHA QUE ERA SEU EMPREGO.

    ResponderExcluir
  7. Este cara pensa que povo é BESTA vem falar de honestidade como tivesse MORAL e conduta para discutir o Assunto.O Governador Flávio Dino,agiu correto em expulsa-lo do quadro da Polícia Civil,parabéns Governador Flávio Dino.

    ResponderExcluir
  8. comeu mt no restaurante da minha mãe...uma pessoa boa e de bem...sempre muito educado e simples. Espero q corrijam isso com ele e que vcs q criticam e comemoram não passem por esse sofrimento

    ResponderExcluir
  9. A filha do ex presidente da camara casou? que estava esbanjando simpatia lá alguem sabe?
    Pois é quem ti viu quem te ver em...

    ResponderExcluir
  10. E quem vai demitir o governador q tá na lava jato. O povo, em 2018

    ResponderExcluir
  11. quando este delegado passou por aqui eu fazia parte do conselho tutelar, ele sempre nos atendeu muito bem e todo problema que a gente levava ele resolvia. Uma pena isso com ele, acredito que tenha família e esteja sofrendo muito.

    ResponderExcluir
  12. COM FERO QUE FERE, SERÁ FERIDO.

    ResponderExcluir
  13. DEUS É JUSTO FEZ MUITAS COISAS ERRADAS.AGORA ESTÁ PAGANDO.

    ResponderExcluir
  14. dotor sergio me deu muitas caronas pra eu ir visitar meus filhos que estuda em teresina...eu ia e voltava na segunda feira com ele. To rezando muito e pedindo a Deus pra resolver isto pra ele, pessoa boa

    ResponderExcluir
  15. Esse povo do Buriti, quando vê a desgraça de alguém, parece sentir prazer, e cai logo em cima igual urubú na carniça, oh! Que povo miserável.

    ResponderExcluir
  16. É verdade, o povo tem o poder de tirar e botar quando quer, e esse governo bananeira vai pra rua também, igual ao delegado.

    ResponderExcluir
  17. ainda tem corogem de mostrar a cara com o maior cinismo.

    ResponderExcluir

O COMENTÁRIO NÃO REPRESENTA A OPINIÃO DO BLOG; A RESPONSABILIDADE É DO AUTOR DA MENSAGEM. OFENSAS PESSOAIS, MENSAGENS PRECONCEITUOSAS, OU QUE INCITEM O ÓDIO E A VIOLÊNCIA, OU AINDA ACUSAÇÕES LEVIANAS NÃO SERÃO ACEITAS. O OBJETIVO DO PAINEL DE COMENTÁRIOS É PROMOVER O DEBATE MAIS LIVRE POSSÍVEL, RESPEITANDO O MÍNIMO DE BOM SENSO E CIVILIDADE.

Usuários on-line


usuários online