"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

ULTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...

DISCURSO HISTÓRICO DE LULA: "Eu não sou mais um ser humano, eu sou uma ideia."

NOVO JUIZ DA 1ª VARA DA COMARCA DE COELHO NETO TOMA POSSE NO TJMA

Novo juiz da cidade de Coelho Neto, o 3º da esquerda .p/ direita. 
O juiz Paulo Roberto Brasil Teles de Menezes foi empossado na 1ª Vara da comarca de Coelho Neto (a 50 km de Buriti/MA) – de entrância intermediária – pelo presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), desembargador Cleones Cunha, em decorrência de permuta com a magistrada Raquel Araújo Castro Teles de Menezes, cuja aprovação ocorreu em sessão plenária administrativa do dia 5 de abril.
No ato de posse, realizado ontem, segunda-feira 24, o magistrado afirmou que vai dar continuidade ao trabalho desenvolvido pela juíza Raquel Teles de Menezes, que deixou a comarca de Coelho Neto saneada.
O juiz Paulo Roberto Brasil Teles de Menezes foi empossado no Gabinete da Presidência, com a presença dos desembargadores Jamil Gedeon e Paulo Velten, da secretária-geral da ESMAM, Marilse Medeiros, dos juízes auxiliares da presidência José Nilo Ribeiro Filho (coordenador dos Precatórios) e Julio Praseres.
O desembargador Cleones Cunha desejou sucesso ao magistrado nessa nova jornada profissional. A leitura do Termo de Posse foi feita pela diretora Geral do TJMA, juíza Isabella Lago.
CARREIRA
O juiz Paulo Roberto Brasil Teles de Menezes ingressou na magistratura em 2009, como juiz substituto da comarca de Maracaçumé, onde foi titularizado. Foi promovido, por merecimento para a 1ª Vara Cível de Timon em 2013, onde até então desenvolvia as atividades judicantes.
 (Da Asscom/ TJMA)
terça-feira, 25 de abril de 2017

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

O COMENTÁRIO NÃO REPRESENTA A OPINIÃO DO BLOG; A RESPONSABILIDADE É DO AUTOR DA MENSAGEM. OFENSAS PESSOAIS, MENSAGENS PRECONCEITUOSAS, OU QUE INCITEM O ÓDIO E A VIOLÊNCIA, OU AINDA ACUSAÇÕES LEVIANAS NÃO SERÃO ACEITAS. O OBJETIVO DO PAINEL DE COMENTÁRIOS É PROMOVER O DEBATE MAIS LIVRE POSSÍVEL, RESPEITANDO O MÍNIMO DE BOM SENSO E CIVILIDADE.