"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

(1º Princípio da Declaração de Chapultepec)

Visualizações desde 31 de Julho de 2009

COMO VOCÊ AVALIA OS 100 PRIMEIROS DIAS DA GESTÃO NALDO BATISTA?

IMPOSTOS MUNICIPAIS ARRECADADOS PARA BURITI-MA

quinta-feira, 9 de março de 2017

0

CAMPANHA "MARANHÃO NA PREVENÇÃO ÀS DROGAS" SERÁ LANÇADA NESSA SEXTA-FEIRA (10), EM SÃO LUÍS

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


O evento é organizado pelo Comitê Estadual de Prevenção às Drogas, formado pelo TJMA, MPMA, Câmara dos Deputados e Polícia Rodoviária Federal.
Nesta sexta-feira (10), às 9h, no auditório do Fórum Des. Sarney Costa, em São Luís (MA), será realizado o lançamento da Campanha “Maranhão na Prevenção às Drogas” e do projeto “Parceiros da Paz”, ambos promovidos pelo Comitê Estadual de Prevenção às Drogas, formado pelo Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), Ministério Público do Maranhão (MPMA), Câmara dos Deputados e Polícia Rodoviária Federal. O evento tem apoio do Governo do Maranhão, Federação dos Municípios do Maranhão e Polícia Federal.
O projeto e a campanha têm como objetivo mobilizar diversos atores sociais, na prevenção e combate ao consumo de drogas e à violência entre jovens e adolescentes. Envolvendo diversas instituições, dentre agentes de saúde, conselheiros de direito e tutelares, instituições sociais, lideranças comunitárias e a sociedade como um todo, as ações têm como público-alvo jovens de 12 a 29 anos.
“Abraçamos o projeto e resolvemos fazer parte do Comitê Estadual para integrar ações e oferecer nossa parceria, dentro do papel que possamos desempenhar, numa batalha constante e que precisa ser duramente enfrentada, que é o consumo de drogas e toda a violência e problemas sociais que ela carrega junto”, comenta o juiz auxiliar da Presidência do TJMA, Júlio Praseres, representante do Judiciário no comitê.
A partir de diversas atividades em cidades de todo o Maranhão, a Campanha “Maranhão na Prevenção às Drogas” tem como objetivo principal promover a integração, articulação e cooperação, em uma responsabilidade compartilhada entre governo, iniciativa privada e cidadãos, com o propósito de propor medidas e ações que visem à prevenção, cuidado, tratamento, saúde mental, reinserção social, redução do consumo e comércio de drogas lícitas (álcool) e ilícitas.
Em parceria, ainda, com conselhos municipais de direitos, movimentos sociais, associações comunitárias, universidades, sindicatos e outras entidades da sociedade civil, o projeto prevê a realização de debates, palestras, mostras e evento culturais que trabalhem a temática do combate ao consumo de drogas ilícitas entre jovens.
O trabalho foi construído ao longo de reuniões entre representantes das instituições, com a participação, além do juiz Júlio Prazeres, do juiz Jorge Sales, da promotora de Justiça Cristiane Lago, da deputada federal e presidente da Comissão Externa sobre o consumo de drogas entre jovens no Brasil da Câmara dos Deputados, Eliziane Gama, e de representantes de todas as instituições envolvidas.
 (Da Asscom/TJMA)
← Anterior Proxima → Página inicial

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

O COMENTÁRIO NÃO REPRESENTA A OPINIÃO DO BLOG; A RESPONSABILIDADE É DO AUTOR DA MENSAGEM. OFENSAS PESSOAIS, MENSAGENS PRECONCEITUOSAS, OU QUE INCITEM O ÓDIO E A VIOLÊNCIA, OU AINDA ACUSAÇÕES LEVIANAS NÃO SERÃO ACEITAS. O OBJETIVO DO PAINEL DE COMENTÁRIOS É PROMOVER O DEBATE MAIS LIVRE POSSÍVEL, RESPEITANDO O MÍNIMO DE BOM SENSO E CIVILIDADE.

Usuários on-line


usuários online